História Acho que te amo! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Jinyoung, Mark
Tags Got7, Markson, Romance
Visualizações 124
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente.

Eu sinto que devo um capítulo pra essa fic, por isso estou atualizando hoje.

Espero que gostem.

Boa Leitura.

Capítulo 3 - Colar!


Colar!

 

— Eu sei lidar com pessoas como você, eu já fui assim. Eu já perdi muito não é um riquinho mimado que acha que é dono do mundo que vai me atrapalhar. Então vê se cresce porque a vida é muito mais do que viver num palácio, quando você se tornar um homem de verdade, vai entender.

Diz saindo do quarto, deixando apenas nós três.

Quem esse garoto pensa que é?

— Jackson? — Jaebum chama.

— Tuan! — Que raiva. — Vou fazer você engolir essas palavras.

 

Ando apressado até o banheiro, depois de duas semanas tenho feito muito isso. Tudo culpa daquele idiota do Wang, ele não tem me deixado em paz, tive alguns trabalhos rasurados, tenho ido ao chão, mais vezes do que eu queria, com ele sempre colocando o pé me fazendo cair.

Ontem, ele acusou de ter me visto colar e eu tive meu teste recolhido, hoje ele resolveu pegar “leve” só se bateu em mim me fazendo cair sobre aquele seu amigo idiota, que jogou toda sua refeição em mim incluindo aquele maldito suco de morango.

Ficar no nosso dormitório só não está pior, por causa do JB e do Jae que por incrível que pareça são bem legais comigo. Minha vontade e dizer o que ninguém tem vontade de dizer fora a minha vontade de bater naquele idiota.

Mas depois de saber que ele é filho do diretor, eu não posso fazer nada demorei e me matei de estudar pra chegar aqui não posso deixar  ele acabar não com os meus sonhos, mas com os meus objetivos.

Eu tenho escondido essas coisas do Jinyoung, a cara do Wang não será a mesma se o Jinyoung bater nele, digamos que ele é bom de briga.

Ligo de novo a torneira e molho novamente meu rosto.

— Essa mancha não vai sair nunca. — Olho pro meu uniforme. Me olho no espelho grande na parede. — Meu colar! — Toco no meu pescoço.

 

AUTORA POV

Sujo, muito sujo aquele suco de morango o havia deixado todo manchado, se olha no espelho respirando fundo, as coisas estão sendo insuportáveis, mas Mark sempre se achou forte o suficiente pra aguentar as coisas por mais difíceis que estejam.

Seu coração acelera ao tocar em seu pescoço e não sentir o colar, ah o colar o objeto que guarda com tanto amor, uma das poucas coisas que restou de seu pai, falecido.

“Deve ter caído no chão” pensa Mark, o mesmo sai do banheiro, tamanha é sua pressa que nem nota a torneira ligada, sai em “disparada” ao refeitório, precisa encontrar antes que alguém, alguém tipo Jackson o encontre.

— Já voltou? — Diz o Kim, um dos “amigos” de Jackson. — Quer mais suco?

— Ou talvez queira isso? — Jackson diz erguendo a mão balançando o colar.

— Me devolve isso é meu.  — Mark se aproxima para pegar, mas Jackson o joga para o outro.

Os minutos correm com o Jackson e Yugyeom “brincando” com Mark, um joga para o outro o colar, já causando desespero a Mark.

— Desista Tuan, eu não vou te dar. — Diz Yugyeom. — Vou fazer algo melhor.

Diz e sai andando, Mark tenta para-lo, mas se torna impossível com tantos alunos querendo ver o que o Kim vai fazer.

— Por favor. — Sai quase como uma suplica, diz olhando fixamente para a piscina. — Me devolva.

Por mais que no começo estivesse sendo “divertido” Jackson já não se sentia mais tão confortável naquela situação. O motivo nem mesmo ele sabe.

 — Implore. — O Kim diz sério. — E eu te dou seu precioso colar.

No passado Mark já fizera muitas pessoas implorarem era divertido, depois de perder todo o dinheiro ele se adaptou e mudou, aprendeu a não humilhar ninguém, e também sempre disse para si mesmo que também não se humilharia.

Mas agora, seus pensamentos estão voltados a recuperar o colar, foi de seu pai, o mesmo o deu de presente no seu aniversario de quinze anos e no mesmo dia ele morreu, fará qualquer coisa por esse objeto.

— Por favor, me...

Antes que Mark possa se ajoelhar e ele com certeza faria, Jackson o segura forte pelo braço o fazendo se ergue e ficar de pé novamente.

— Não, já chega. — O Wang diz firme e farto da situação. — Devolve logo pra ele.

— Ok. — Diz simples. — Pega. — Diz antes de arremessar o colar na piscina.

— Seu idiota. — Mark esbraveja. Olha para água, sem tempo pra pensar pula na piscina.

Mark tentar ir até o colar, mas a ação se torna impossível afinal ele não sabe nadar. Jackson o olhar se debater na água, é notável a “preocupação” dos presentes ali, preste a pular o Kim o segura firme por alguns minutos, Jackson o empurra com força sem pensar duas vezes se joga na água.

Puxando Mark para cima tirando da água, e deitando o mesmo no chão.

— Você é louco? — Jackson altera o tom de voz, talvez raiva ou talvez só preocupação. — Você não sabe nadar como pode pular? — Nenhuma resposta. — Tuan?

— Não fale... Como se ligasse. — Mark diz erguendo a cabeça antes de deita-la novamente no chão. 


Notas Finais


O que acharam?

Obrigado (a) por lerem.

~Kim.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...