História Aconteceu Tão Rápido - 2 Temporada - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?)
Personagens Daniel Mologni, Lukas Marques, Personagens Originais
Exibições 47
Palavras 662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura :3

Capítulo 4 - Só vem


Tirei meus óculos, e pulei na piscina, estava lá brincando com Diego na piscina, quando olhei para o jardim vi João Ricardo beijando outra menina, senti meus olhos marejarem
-D-dieg-o t-tenho q-que i-ir - falei com a voz falha
-Oquê foi? - ele perguntou confuso
-Tchau - falei, sai correndo da piscina, peguei minhas coisas e sai dalí
Cheguei no meu quarto, me joguei na minha cama e chorei muito, não entendi porque estava desse jeito

POV João Ricardo

Quando vi a Nallú conversando com aquele menino, confesso que fiquei morto de ciúmes, cheguei na primeira menina que eu vi
-Ei Bruna, me dá um beijo?
-Só vem - ela falou rindo safado
Puxei ela pela cintura, e beijei ela, enquanto nós estávamos no beijando, eu vi a Nallú, passar correndo e chorando, não pensei duas vezes, larguei a Bruna e fui atrás da Nallú
-Ei João, espera - escutei Bruna gritar, apenas ignorei
Cheguei na porta do quarto dela, ouvi um choro
*toc, toc*
-Saaai daqui - ela gritou
-Oi Nallú - falei entrando 
-Oque você ta fazendo aqui??? -ela falou assustada
-Vim te pedir desculpa - abaixei a cabeça
-Pelo oque? - ela falou enchugando as lágrimas
-Por ter beijado a Bruna, e não você

POV Anna Lua

-Para com isso João - falei com vergonha
Ele não respondeu, apenas me puxou para um beijo, não foi um beijo qualquer, foi um beijo selvagem, ele foi me deitando na cama, sem perceber eu estava só de calcinha, ai que eu percebi oque estava preste a acontecer
-João, para - falei 
-Oque foi? - ele falou saindo de cima de mim
-Hoje não tô afim - menti
-Ok, mas depois você não me escapa - ele sorriu safado
-Ta - falei com vergonha, peguei minha blusa e vesti
Ele vestiu a blusa dele
-Tchau - ele falou e me beijou
-Tchau - sorri e ele saiu
Me levantei, tomei um banho gelado, vesti um short jeans e uma blusa da adidas que batia no meio das minhas coxas, coloquei um tênis branco, alguem bate na porta
Abri a porta
-Vamos pro almoço - a monitora falou
-Tô indo - falei
Peguei meu celular, coloquei no bolso e sai
Vi uma mesa, na qual estavam 
Duda, Jady, e uma outra menina que eu não conhecia
-Nallú senta aqui - Jady gritou
Peguei minha bandeja com Purê de batata, bife, arroz, e um suco de abacaxi
-Olá meninas - falei me sentando
-Oi -Duda e Jady falaram em um coro
-Essa daqui é a Rânia - Duda falou
-Oi Rânia - falei sorridente
-Oi - ela falou envergonhada, ela tinha o cabelo grande e liso, era magra, tinha muito peito, e muita bunda, ela era morena, dos olhos castanhos escuros
Almocei, fui no meu quarto, peguei um livro e fui para o jardim, encostei em uma árvore e comecei á ler, meu celular apitou com uma mensagem

João crush: vem aqui na biblioteca
Eu: pra qe?
João crush: só vem

Me levantei rápido e fui
Cheguei lá a biblioteca tava toda escura
-Buuuu - ele me assustou
-Que susto - ri fraco
-Quero te pedir uma coisa - ele falou tímido
-Pois peça
- Então, eu sorrio sempre que ouço sua voz, sempre que vejo seu rosto. É uma reação automática à força poderosa que você exerce sobre mim. Ficaria os dias todos, todo o dia, apenas contemplando você ou escutando suas palavras.
Você é beleza e perfeição, a pessoa mais maravilhosa que conheço, e basta pensar em você para meu coração disparar. Então é obrigatório perguntar Quer namorar comigo?
- nessa hora eu já estava chorando - Agora todos os sentimentos se misturam no nervosismo de saber a sua resposta... Eu gosto tanto de você, quero tanto que você segure minha mão na sua enquanto caminhamos, e eu sei que juntos seremos perfeitos.
Diga que sim e me fará muito feliz! Diga que não e meu coração será despedaçado, mas saberei entender! 


Notas Finais


Será então real Jollú? :3
Até a próxima e desculpa qualquer erro >:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...