História Acordando de um pesadelo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ayato, Diabolik Lovers, Haru, Kyoko, Laito, Sakamaki, Tonari No Kaibutsu - Kun
Exibições 38
Palavras 841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ecchi, Escolar, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


não é o sonho de toda garota mais...

Capítulo 1 - Intimidação ?haha


Fanfic / Fanfiction Acordando de um pesadelo - Capítulo 1 - Intimidação ?haha

Acordei de manhã atrasada na primavera é sempre assim, pensando bem tudo esta dando errado no meu dia, quando olho a hora faço minhas higienes pessoais e me arrumo de pressa, nossa sai de pressa quase não me deixam entrar na escola. meu nome é Zoldyck Kyoko tenho 16 anos estou no segundo ano do ensino médio não falo com ninguém além de professores, é primavera por isso que acabei me atrasando .

professor: re , por favor os comprimentos matinais - falou levantando os braços para que nós nos levantarmos.  

eu : fiz os comprimentos e me sentei - pensando que o tempo batesse rápido  pois queria ir a biblioteca.

quebra de tempo ( hora do intervalo)

eu: estava subindo as escadas com alguns livros que peguei na biblioteca e de repente escorreguei e cai de joelhos logo em seguida veio um garoto e me carregou em direção a enfermaria .

kyouta: suavemente disse  kyoko você esta bem ? estou preocupado com você - com um olhar seriamente preocupado .

eu: sim estou - estava preocupada pois nem sabia que ele era e ele me chamava pelo primeiro nome , e como ele sabia meu nome .

kyouta: vou chamar a sensei para tratar você - deu um sorriso virando-se de costas .

eu: desculpe-me mas eu gostaria de saber qual é o seu nome ? - fiz essa pergunta seriamente.

kyouta: meu nome é kurosaki kyouta -ele falou com raiva parecia que ele iria me metralhar com os olhos. a sensei chegou meu trabalho esta feito a gente se ver kyoko tchau.

Sensei: você só tem arranhões nos joelhos mas vai ficar bem – disse sorrindo amavelmente –vou só terminar de desinfetar e fazer esses curativos e você esta liberada.

eu: - desde que parei de demonstrar meus sentimentos não lembro mas como sorrir ,chorar, corar ou ficar brava- uuh obrigada .

voltei pra sala de aula e lembrei que o próximo tempo era educação fisica, não pude deixar de notar que fiquei um pouco irritada, por que? Por que eu teria que ir pra essa aula idiota ? apesar de eu ser a aluna numero 1 da escola odeio essa materia.

Sensei: todos estão prontos para a aula de hoje ?

Minna: sim...- todo mundo respondeu empolgado .

Eu: menos eu claro o que a de bom em ficar correndo no sol? Ficar toda suada ..

Já estava com o uniforme de educação física, mas tinha que perguntar . sensei ?

Sensei: sim? Que foi kyoko?

Eu: é que eu machuquei os joelhos posso não fazer hoje?

Sensei : sim pode ver se melhora logo.

Eu: então sentei e fique só olhando..

Makoto: posso falar com você ?

Eu : Pode sim que foi?

Makoto: Não aqui vamos para outro lugar .-ela tinha um olhar de raiva como se eu tive-se quebrado algo que é dela.

Eu : Vamos.

Makoto: Vamos lá fora

Eu : Chegando lá havia mas quatro garotas . elas me jogaram contra a parede.

Makoto: Você é uma fingida, falsa você tem que sumir nem deveria ter aparecido, você sabe que esta quebrando uma regra você agora tem que lidar com as consequências .

Eu : -Estava bem perdida nessa historia então perguntei – de que vocês estão falando?

Makoto: Não se faça de desentendida você sabe que estamos falando do kurosaki kyouta, você sabe que só nós temos a liberdade de falar diretamente com ele, agora você quebra as regras e é carregada por ele.

Eu : Como vocês sabem que aquele garoto me ajudou ? – elas do nada começaram a puxar o meu cabelo.

Makoto: Nós temos a foto, agora você vai apanha tanto que vai desejar nunca ter cruzado o caminho de kurosaki . – falaram rindo

Eu : vieram pra cima de mim, não consegui  me conter e comecei a dar gargalhadas, eu estava fora de si tinha que me controlar mas não consegui agarrei o pescoço da makoto a garota que me levou até lá, e dei um soco no estomago dela .

Idiotas: solta ela faram tentando me atacar

Eu : mas não ia adiantar de nada eu tinha a makoto nas minhas mãos e pretendia mata-la se alguma delas me ataca-se, estava enforcando makoto, mandei todas se ajoelharem e pedirem perdão.

Idiotas: Sinto muito nos perdoe

Eu : Acho que vocês não vão querer contar pra ninguém o que aconteceu aqui né ? – o jeito que estava falando era bem diabólico.

Idiotas: Não

Eu : makoto estava chorando e já estava ficando roxa então resolvi solta-la.e falei quando quiserem brincar novamente podem me procurar estou disponível para brincar a qualquer momento.

Eu : Se quiser eu posso brincar agora de novo não tem problema.- pra falar a verdade não estava satisfeita eu tinha que ver sangue. Mas me acalmei, quando acabou a aula foi pra casa fiz tarefas , fiz comida e comi, tomei banho escovei os dente e quando eu já ia deitando na cama recebo um ligação de quem menos espero

Eu : oi quem é?

......aqui é.  

 

 

 

 


Notas Finais


obrigada por ler até o final essa minha historia, se não gostarem estou aberta a sugestão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...