História Acorrentados pelo Destino - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hinasasu, Naruto, Sasuhina
Exibições 338
Palavras 1.947
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


JESUS ME SEGURA
TEMOS MAIS DE 100 FAVORITOS 😍😍😍❤❤❤ devo todo esse sucesso a vocês ❤❤❤😍😍😍 seus lindjos

Maaas bem vamos la... Chegamos ao fim do primeiro arco e damos início ao segundo ! Peço que não me matem KKKKKK por fazer da Hinata gato e sapato às vezes ! e.e

PS : coloquei trechos de uma musica que eu amo ao decorrer do capitulo...eles estarão em itálico !

Boa leituraaaa 😍❤❤

Capítulo 10 - Memórias


Fanfic / Fanfiction Acorrentados pelo Destino - Capítulo 10 - Memórias


"Ninguém disse que seria fácil
É uma pena nos separarmos"
- The Scientist ( Coldplay )

Toneri mordeu o lábio inferior, seus olhos pararam sobre Hinata, estava linda, os cabelos cobriam-lhe metade do rosto, seus olhos estavam cerrados, seu coração pulsava fraco, seus pulmões ja não funcionavam direito, vez ou outra Sasuke teve que ajudar sobre isso. Toneri viu ali, sua oportunidade de se ter Hinata de volta, sabia que Sasuke iria recusar a idéia de princípio mas ele era o certo para ela, o clã Ōtsutsuki era o berço de Hinata, onde ela deveria estar.
Toneri estava pronto para executar o jutsu, juntou suas mãos, havia lido inúmeras vezes até decorar, com suas mãos juntas concentrou seu Chakra nas mãos e posicionou na cabeça de Hinata, a mão esquerda desceu até seu pulso, apertou gentilmente os pulsos delicados da menina, cruzou seus dedos com os dela e despejou uma quantidade exata de Chakra no corpo miúdo e largado de Hinata. De imediato Hinata abriu os olhos, o fio se apagou aos poucos, ela puxou uma quantidade relativa de ar, o suspiro pesado fez um barulho que ecoou pelo quarto imenso. Sasuke não queria olhar Hinata, teria certeza de que iria chorar se a visse bem.

Hinata colocou sua mão sobre o peito, parecia que seus órgãos não estavam funcionando a décadas, passou seus dedos delicados sobre seu rosto, estava gelado. Toneri se aproximou de Hinata, ela recuou sobre a cama, e se pôs embaixo das cobertas, seu olhar finalmente se encontrou com o de Sasuke, havia em seus olhos perolados uma certa dúvida, ela tentava a todo custo lembrar-se daquele moreno, mas não se lembrava, ela então sentiu o medo invadir sua espinha, estava ela com dois estranhos perto de ti.

-Q-Quem são vocês ? - Hinata desceu da cama, ativou seu Byakugan, se colocou em posição de defesa, Hinata sentia o corpo estranho, como se algo dentro dela gritasse para correr dali.

-Hinata, você está na Lua. - A voz serena e rouca de Toneri ecoou pelo quarto, Sasuke ainda estava com seu olhar focado para o chão, queria ir embora dali o mais rápido possível, ele queria apenas voltar para o clã Uchiha e afundar sua cabeça no travesseiro e sentir o cheiro doce de Hinata que havia ficado impregnado em sua casa.

- Como ? - Hinata cerrou os olhos, lembrava-se daquele homem de cabelos platinados, mas não o outro, o moreno que estava de cabeça baixa.  - Toneri-kun ? - As memórias vieram como flechas banhadas em fogo, suas memórias clarearam e ela se lembrou de Toneri.

- Hinata, você se lembra de mim ?! - A voz de Toneri veio alta e animada, ele se sentia vitorioso por Hinata se lembrar dele. Sentia ali a esperança de ficar com Hinata denovo se reerguer.

-Toneri onde estamos ? - Hinata deu um singelo abraço em Toneri que respondeu de mesma maneira. Sasuke se levantou, passou por Hinata sem encara-la, a morena seguiu com os olhos os passos do Uchiha que bateu a porta atras de si.

- Hinata estou tão feliz que esteja bem, estamos na Lua. Você veio fazer uma pequena visita e acabou batendo a cabeça - Toneri se sentia mal por mentir para Hinata, mas achou melhor assim, talvez se ela soubesse o tamanho esforço que ele e Sasuke haviam feito, ficaria triste por parecer ser um estorvo. Toneri sorriu doce para a morena que pareceu acreditar. - Você irá ficar mais para a visita ? - Toneri seguiu andando pelos corredores com Hinata ao seu lado. Mal parecia a menina que alguns minutos atrás se encontrava quase a merce da morte.

-Ah, acho melhor voltar para Konoha, sinto saudades de Hanabi-chan e de Ino - Hinata curvou o corpo para o lado balançando o tronco - Sinto que faz uma eternidade que não vejo elas! - Hinata sorriu para Toneri que retribuiu dando um sorriso amarelo.

- Aah sim, eu acompanho você até o portal - Toneri andou com as mãos na cintura de Hinata, a conduzindo pelo vasto corredor. - Saiba que o portal agora estará sempre aberto, então sinta-se livre para vir a hora que quiser. - Toneri puxou os braços de Hinata que soltou um leve gemido com o toque brusco do homem, num movimento rápido Toneri deu um sereno selinho nos lábios de Hinata que corou violentamente. Ela apenas acenou ja entrando no portal.

- Tenho que avisar o Hokage dos acontecimentos - Toneri pegou um pergaminho e escreveu a gravidade do caso e o que aconteceu, fez um pequeno jutsu e o pergaminho sumiu em meio a fumaça.

XxX

Sasuke voltou com passos duros até o clã, seu peito doía, ele se sentia idiota por sentir sentimentos por alguém que agora não tem conhecimento de sua existência, aquilo doía até os fios dos cabelos. Vez ou outra olhava para seu pulso, sentia falta de Hinata, era um misto de sensações, a liberdade estava mais parecida com uma prisão sem grades. Passou as mãos grossas pelos cabelos macios e espetados. A sensação de vazio preencheu seu coração novamente, aquilo lembrava quando perdeu Itachi. Mas nada superou a dor quando entrou em sua casa. Passou pelo sofa e pode ver espectros de suas memórias com Hinata, a quase noite de amores, a garota na cozinha preparando um ótimo café da manhã. E ela deitada em sua cama com a feição serena, a única coisa que permaneceu foi o cheiro embriagavel que Hinata exalava, nada a mais que isso. O Uchiha sentou-se na cama, passou a mão no colchão e trouxe seus dedos para o rosto, sentiu o cheiro de Hinata invadir suas narinas, passou a mão na nuca, sentia um arrepio inebriante percorrer sua espinha. Hinata teria sido a mulher que havia conseguido mudar o Uchiha.

- Hinata...- A voz do moreno saiu aos poucos, a rouquidão doeu em sua garganta, se manteve em silêncio desde que Hinata acordou, não teria coragem de perguntar a ela se lembrava-se dele, não teve que perguntar, a resposta veio por si só. Hinata não havia lembrado, de nada, nem das coisas que aconteceram no sofa até a declaração repentina do moreno. Ela o esqueceu e ele faria o mesmo.

XxX

Hinata caminhava pelas ruas, seu olhar estava baixo, via pessoas a olhando de canto e ela não entendia o motivo, estava suja ? Estava com algo em sua roupa ? Todos estranhavam por estar sem Sasuke. Durante as semanas que ficou com Sasuke, todos se acostumaram a presença da morena junto ao Uchiha. Mas ela não se lembrava...

Parou na loja da Yamanaka que acenou discretamente para a morena. Ela prontificou de se aproximar rapidamente da loira. Se comprimentaram com um suave abraço. Ino deu uma olhava discreta para o pulso da morena.

- Pelo visto esta livre hein ? - Ino mandou uma indireta, mas Hinata a olhou sem entender.

- Como ? - Hinata olhava para os lados sem entender, todos a olhavam de canto.

- Onde está Sasuke ? - Ino deu um batida com seu braço em Hinata que a olhou com cara de curiosidade. Hinata olhava curiosa para os lados.

- Quem é Sasuke ? - Hinata virou-se para trás. Ino a olhou preocupada e viu que Hinata estava sem o fio obviamente. Tiraria suas duvidas com um certo moreno agora mesmo.

- Ah ninguém, acho que me confundi - Ino sorriu amarelo e Hinata acreditou devolvendo o sorriso para a Yamanaka. - Hinata-chan preciso ver encomendas de flores agora, com sua licença...- Ino apenas virou a placa da floricultura com a frase " volto logo " para frente, deu um singelo beijo na bochecha alva da Hyuuga. Ino saiu caminhando discretamente e quando percebeu Hinata virar uma das ruas, pôs a correr para o distrito Uchiha.

- Algo de errado aconteceu - Ino franziu o cenho - Preciso descobrir !

XxX

Batidas fortes eram distribuídas na porta da casa de Sasuke, a porta demorou a ser aberta. A voz fina de Ino invadiu a casa silenciosa de Sasuke, o moreno apenas deu espaço para ela passar. Ela se sentou no sofa batendo a sola do sapato no piso, o som irritante fez Sasuke jogar as coisas de cima da lareira.

- O que quer aqui Ino ? - Sasuke mantia-se de costas para a loira que estava com cara de poucos amigos. Era incrível a feição inabalável que a Yamanaka fazia perante o Uchiha que tinha o Sharingan ativado e direcionado a ela.

- O que houve com Hinata...?- A pergunta fez o Sharingan sumir por completo, aquele nome desmontava Sasuke, Ino pegou o ponto certo do moreno, viu o corpo dele ficar trêmulo com a pergunta, o Uchiha falhou.

- Ela esta livre, assim como nós dois queriamos - A voz do Uchiha voltou a ter sua fonte de orgulho e poder.

- E por que ela não se lembra de você? - Ino cruzou as pernas grossas que eram cobertas com uma saia roxa que ia até seus tornozelos.

Sasuke suspirou, teria de contar a ela e a Naruto o que houve, os dois sabiam do envolvimento que os dois tiveram.

- Ino, fomos até a Lua, Hinata acabou passando mal e Toneri apareceu. Ele nos contou que o fio absorveria a força de Hinata, ela quase morreu ! Para salva-lá tivemos que apagar sua memória. Era isso ou a morte e eu não queria que ela morresse...- A voz de Sasuke saiu num sussuro e Ino entendeu que ali havia algo a mais.

- Vocês dois...? - Ino balançou o dedo indicador para Sasuke, ele deixou seu rosto corar pelas lembranças que tiveram naquele sofa onde agora ele estava sentado, podia ouvir os gemidos de Hinata naquela voz melodiosa invadir seus ouvidos. - Ai Kami-sama, Sasuke isso é algo serio...houve mais alguma coisa ? - Sasuke acentiu com a cabeça, Ino sorriu boba com o gesto do moreno.

- Eu acho que a amo - Sasuke deixou as palavras escaparem de seus lábios como se fosse algo fácil de se dizer - Eu me declarei a Hinata antes dela ficar desacordada, ela não correspondeu pelo que percebeu, e bem...- Sasuke suspirou e passou a mão pela nuca - Não acho que devo investir em algo que ja sei a resposta.

"Ninguém disse que seria fácil
É uma pena nos separarmos
Ninguém disse que seria fácil
Mas também não disseram que seria tão difícil
Oh, me leve de volta ao começo"
- The Scientist

- Sasuke, não sei se isso é algo para se esconder - Ino mordeu o lábio inferior, havia passado isso com uma pessoa...

- E você ? Tomou coragem para falar com Sai sobre seus sentimentos ? - Sasuke viu a garota balançar a cabeça negativamente - Não me cobre algo que nem mesmo você fez.

- E só por eu não tomar coragem vai deixar Hinata escapar ?! - Ino brandou furiosa - Pensei que Uchihas não desistissem fácil, pelo visto errei a respeito disso. - Ela se levantou e ajeitou sua saia, virou o rosto bruscamente sem olhar para o moreno que levantou rapidamente do sofa e impediu sua passagem pela porta, Ino arqueou a sobrancelha.

- Eu te ajudo com Sai e você me ajuda com Hinata - Sasuke bufou pelo que disse, não queria ajudar Ino por boa vontade mas porque precisava dela ao seu lado - Para você sera mais fácil, ele se lembra de você. Mas quanto a Hinata, terei que denovo conquista-la aos poucos. E você Ino  - Sasuke apontou para a loira que sorria vitoriosa - Vai ter que me ajudar a arrumar encontros com Hinata !

...


Notas Finais


Eai ?

Desculpa a demora !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...