História Across the Stars - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Anakin Skywalker (Darth Vader), Leia Organa, Luke Skywalker, Obi-Wan Kenobi, Padmé Amidala
Tags Anakin Skywalker, Obi Wan Kenobi, Padmé Amidala, Star Wars
Exibições 24
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Estupro, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpe

minha criatividade para títulos está ruim.

Esse não é um dos capítulos que eu mas gostei.

Mas temos que ter esses capitulos mais ou menos para que teremos legais em breve.

Boa Leitura

Capítulo 59 - Uma Questão de Tempo


Fanfic / Fanfiction Across the Stars - Capítulo 59 - Uma Questão de Tempo

N Mara

Eu encontro dentro da caixa um diamante cinza, que brilha mais do que os sóis gêmeos de Tatooine juntos, eu agora consigo sentir claramente tanta luz quanto escuridão emanando desta pedra preciosa.

Eu me sinto profundamente atraída, e na hora em que eu ia toca-la, Ava dá um tapa na minha mão e diz:

-Segure com cuidado, isso não um brinquedo.

 Eu concordo e pego na minha mão e pergunto:

-Oque eu faço?

Ela responde:

-Este cristal vai te permitir voltar no tempo, para uma época onde Obi Wan estará vivo, mas você deve ter cuidado, um movimento em falso e você pode alterar tudo.

Eu pergunto impressionada:

-Então este diamante tem o poder de voltar no tempo.

Ela responde:

-Sim, se você souber usa-lo da maneira correta. Primeiro você tem que se lembrar do momento em que mais sentiu raiva na vida e do momento em que mais se sentiu em paz. Tem que usar os dois juntos.

Realmente Ava não estava brincando quando disse que isto é perigoso, eu pergunto:

-Mas isto não é uma técnica do Lado Sombrio?

Ela responde:

-Sim, mas para dar certo, esse poder tem que ser empunhado da mesma maneira que foi forjado: utilizando ambos os lados da Força.

Eu pergunto:

-Ok, mas alguma coisa?

Ela responde:

-Sim, tem efeitos colaterais temporários: quando você voltar vai ter perdido 70% do açúcar no sangue e sua cabeça estar latejando tanto que você não vai querer fazer nada além de dormir.

Realmente isto é muito animador, mas eu não vu desistir, eu pergunto:

-E como eu volto?

Ela responde:

-Da mesma maneira que está indo.

Ok eu me concentro e relembro na minha cabeça a minha pior lembrança que é a morte do meu pai e da minha mãe junto com a melhor lembrança, que é o dia do meu casamento com Luke.

O cristal começa a brilhar mais forte e a minha vista começa a escurecer.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

N Mara

Eu acordo assustada e não reconhecendo o lugar onde eu estou. Espera um pouco este é o meu quarto de alguns anos atrás quando o Império ainda existia e eu e minha família vivíamos em bases rebeldes.

Eu percebo que ainda estou segurando o diamante cinza o que significa que não foi o sonho, e realmente funcionou.

Caminho até o espelho e vejo que estou com aparência de quando tinha Sete anos. Eu me lembro do que Ava falou, para ter cuidado que um movimento errado por ter consequências graves.

Eu olho pela janela e vejo que já está tarde, mas é claro que está eu nunca fui uma pessoa que acorda cedo, por causa da minha conexão com a noite e o fato de estar sendo treinada pelo Fantasma da Primeira Jedi.

Eu resolvo correr para rever logo o meu pai, já que é fato que quanto mais tempo eu ficar aqui, maior será a probabilidade de eu fazer alguma estupidez e estragar o futuro.

Eu vejo que ele está numa sessão de treinamento com Luke e Léia que são crianças de nove anos. Sem nem pensar duas vezes eu corro até ele e o abraço com força, sabendo que essa é a última vez.

Obi Wan ficou surpreso, me afastou e perguntou:

-O que aconteceu?

 Eu digo tentando disfarçar:

-Nada, eu apenas...

Percebo que estou me atrapalhando com as palavras, o que não é novidade porque eu sempre fui uma péssima mentirosa.

Então eu resolvo mudar de assunto dizendo:

-Eu te amo muito e não sei como te deixar ir.

Eu vejo meu reflexo nos olhos dele e percebo que eu estou chorando. Lamentável.

Ele pergunta:

-Você teve uma visão da minha morte?

Sem saber o que responder eu apenas aceno com a cabeça em um sim. E Torcendo para que isso não tenha consequências.

Ele diz:

-Mara minha filha, quando acontecer não se lamente. Não se preocupe que eu estarei em paz com a Força, e você vai conseguir suportar a dor da perda, porque você é a mais forte desta família.

Eu começo a me sentir melhor com essas palavras e sorrio enquanto ele enxuga as minhas lágrimas dizendo:

-Não importa onde eu esteja eu sempre vou cuidar de você. E eu sei que eu vou ficar orgulhoso com a mulher que você vai se tornar.

Eu o abraço novamente forte e ele diz:

-Você é a minha filha Mara Kenobi e nada vai mudar isso.

Agora eu me sinto melhor, e posso continuar com a minha vida. Eu me despeço do meu pai e volto para o meu quarto.

Eu seguro o diamante cinza e relembro o meu pior momento junto com o meu melhor momento. Em segundos a minha vista escurece novamente.

----------------------------------------------- ------------------------------------------------------------------------------

N Mara

Eu acordo no chão da sala de treinamento novamente como uma adulta de 20 anos. E me sinto mal e a minha cabeça estava latejando de um jeito que eu nunca imaginei ser possível.

Ava está do meu lado e está olhando para o chão, com dificuldade eu olho para onde ela está olhando e vejo que o diamante está em cinzas no chão.

Mas como?

Eu digo:

-Desculpa.

Ela volta o olhar para mim e diz:

-Não foi culpa sua, era a energia da noite que deixava o diamante estabilizado, e como ele ficou milhares de anos debaixo do oceano trancado numa caixa, o poder dele se instabilizou. Eu estou surpresa que tenha dado para usar uma última vez.

Eu pergunto tentando ignorar a minha dor de cabeça severa:

-E tem como consertar?

Ela responde:

-Não, eu vou ter que construir um novo.

Eu pergunto curiosa:

-Você tinha esse poder o tempo todo, por que você não o usou para mudar o passado.

Ela responde:

-Mudar o passado é perigoso e imprevisível, e se eu tentasse tudo poderia acabar pior.

Eu gostaria de conversar mais, mas não posso por que a cada segundo que passo eu me sinto pior e a dor piora.

Ela percebe e diz:

-Eu vou te levar para casa, duvido que você possa trabalhar neste estado.

Eu digo:

-Obrigada.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

N Mara

Eu quase me arrependi de ter aceitado a carona de Ava. Ela é tão louca quanto Luke e Anakin quando está atrás do volante.

Mas nós chegamos ao meu apartamento e ela começou a usar algumas técnicas jedis em mim para aliviar a dor.

Ela pergunta:

-Como você está se sentindo?

Eu respondo:

-Melhor.

Eu vejo o comunicador dela tocar e ela diz:

-É Lucrécia, está na hora de ir trabalhar.

Eu digo:

-Então vai.

Ela pergunta:

-Tem certeza que você vai ficar bem sozinha.

Eu respondo:

-Sim, mas Luke está chegando.

Ela concorda e sai do meu apartamento e eu tento usar o meu tempo sozinha para dormir.


Notas Finais


Então era um diamante com poder de voltar no tempo.

Aposto que ninguém pensou nisso.

E No Próximo Capítulo será legal.

Eu Prometo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...