História Acting On the Target - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, One Direction
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Niall Horan, One Direction, Romance
Exibições 13
Palavras 2.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui agora pra vocês a segunda parte, vai acontecer muita coisa agora, vocês vão entender essa foto do Niall chorando, por mais que seja muito triste pra mim também ela era necessária assim como as "tragédias" de hoje.

Capítulo 28 - Desde o começo- Parte 2


Fanfic / Fanfiction Acting On the Target - Capítulo 28 - Desde o começo- Parte 2

Voltando ao presente...

-É basicamente isso, e então...- perguntei vendo ela olhar pro nada, estava me deixando nervoso.

-Eu... Nem sei o que dizer... Isso é muito estranho... Você ter um fantasma atrás de você, e agora atrás de mim... A quanto tempo os ataques voltaram?- ela disse e me olhou.

-A mais ou menos... Acho que um dia depois de nos conhecermos mais ou menos, quando eu tava encarando a porta, era porque eu vi a sombra do Steve lá, só que quando você saiu do quarto ele desapareceu.

-Será que... O motivo pra ele estar voltando... Sou... Eu?

-Não Lu! Claro que não, ele deu um prazo, e esse prazo acabou então ele ia voltar de qualquer jeito.

-Mais ele não me quer perto de você, e se fizer algo com você?

-Ele nunca faria nada comigo, ele pode ser um monstro mais eu sei que nunca machucaria, ele precisa de mim pro plano dele dar certo... Mais ele pode machucar você, e seria a mesma coisa que me machucar.

-Se você quiser eu posso me afastar, vou entender...- ela disse e meu coração acelerou, e  eu a enterrompi.

-Lu não! Por mais que eu queira você fora de perigo ainda quero você comigo, eu não ia aguentar ficar longe de você.- ela sorriu corando e eu fui pra perto dela a dando um selinho.

-Niall agora uma pergunta, quem era a garota que você ia encontrar quando machuco o Liam.

-Sério Luísa? Você quer mesmo saber quem era a menina de tipo dez anos atrás.

-Niall se você não me contar...- ela cruzou os braços e eu revirei os olhos.

-Uma menina chamada Melanie.

-Como ela era?- ai senhor me dá paciência.

-Era loira com olhos verdes.

-Bom saber disso.

-Okay tanto faz, mais e agora, o que vamos fazer?- ela colocou a mão no queixo pensando.

-Talvez já tenha uma cura...

-Na verdade... Tem uma cura sim...

-E por que você ainda não fez criatura?!- ela me interrompeu e eu revirei os olhos.

-Por que é quase impossível dar certo, eu posso entrar em um coma irreversível, minha mãe nunca me deixou fazer.

-Mas, o que é a cura?

-Uma cirurgia, eles vão abrir meu cerebro pra remover essa parte que me permite ver fantasmas, só que essa parte fica do lado da parte que me dá consciência, e ela é extremamente sensível, se eu não entrar em coma eu posso ficar com uma seqüela, as chances da cirúrgia dar certo são muito pequenas, e eu tenho muito medo...- disse olhando pra baixo, ela levantou meu rosto me fazendo olha-lá.

-Você não precisa fazer, mais então precisamos dar um outro jeito, fugir não vai adiantar, então o que vamos fazer?- ela disse e eu respirei fundo, sabia o que deveria ser feito, se não fosse por mim, faria por ela, eu não ia me afastar mais também não poderia a por em perigo, a amo tanto que preciso por minha vida em jogo por ela.

-Eu vou fazer a cirúrgia.- diase e ela arregalou os olhos.

-O que!? Niall não! Você pode nunca acordar, não posso te perder...- disse com a voz sumindo no final da frase.

-Eu sei mais... Não posso te por em perigo por minha culpa, ponho minha vida em risco pra tentar salvar você.- disse vendo os olhos dela ficarem marejados, ela me abraçou forte e eu a abracei do mesmo jeito.

-Eu te amo muito Niall, mais doque qualquer pessoa nesse mundo.

-Eu também te amo demais, e eu vou fazer isso por você, e vou voltar pra ficarmos juntos pra sempre.- disse e depois suspirei- Obrigado.

-Pelo o que?

-Por não me abandonar, por aceitar meu problema, por não desistir de mim mesmo sabendo que sua vida está em perigo por minha causa, por não ser igual a outras pessoas.- disse e no final me bati mentalmente por ter falado a última parte.

-Quem desistiu de você Niall?- ela perguntou se afastando o suficiente pra podermos ver os olhos um do outro.

-Haw... Alguns amigos e umas pessoas da minha família...

-Nossa que pessoas horríveis.- ela disse e nós rimos- mais e agora Ni? Vai marcar mesmo sua cirúrgia?

-Vou, já estou certo disso, ainda hoje ligo pro doutor Henry pra marcarmos a cirúrgia.

(~)

04 de Fevereiro, 10:45 A.M.
Luisa's P.O.V.

Hoje seria a cirúrgia de Niall, ele contou pras meninas que também estavam aqui junto com os meninos, só nós sabíamos então não iríamos espalhar pros outros, nem posso contar pro Ash, mais tudo bem, se tudo sair bem vai ser como se ele nunca tivesse visto fantasmas, Niall estava em um quarto esperando pra hora da cirúrgia que seria as onze, os meninos e as meninas estavam na sala de espera, decidiram nos deixar um tempo a sós.

-Você tem mesmo certeza disso Ni?- disse fazendo carinho nos seus cabelos.

-Absoluta, lembra doque eu te disse? Estou fazedo isso por você.- sorri e beijei sua testa.

-Já disse que eu te amo?

-Já, mais é sempre bom ouvir denovo.

-Eu te amo Niall.

-Eu te amo mais Luisa.- ele suspirou- Lu eu preciso te dizer uma coisa antes da cirúrgia.

-O que?

-Eu sei que não devia falar assim mais você precisa saber caso aconteça... Se eu não voltar, pede pro Liam te dar seu presente.

-Que presente?

-Você não precisa saber, não agora, só pede pra ele se eu não estiver acordado pra te dar.- meus olhos marejaram.

-Não fala assim Niall, claro que você vai estar aqui pra me dar.

-E vou estar aqui pro nosso casamento?- ele disse casamento?

-Ahn... C-claro Niall.- disse e ele sorriu.

-Niall, está na hora.- um doutor entrou no quarto dizendo isso, Niall se levantou e me abraçou, eu senti as lágrimas que estavam sendo presas nos meus olhos cairem, nos separamos e ele também estava chorando, ele me deu um beijo na testa.

-Niall, promete que volta pra mim?- disse abraçando seu pescoço e ele minha cintura.

-Eu prometo, eu vou voltar pra você meu amor, e se eu demorar pra voltar você promete me esperar?

-Claro que sim.

-E caso eu não voltar, você pode ficar com o Ash, eu gosto dele.

-Mais você vai voltar, tenho certeza disso.- o dei um último selinho e ele seguiu o médico, voltei pra sala de espera, Nicole veio junto com Nathália me abraçar, nos separamos e os meninos vieram me abraçar, me sentei e deixei as lágrimas caírem, eu estava muito nervosa, tomara que tudo dê certo.

(~)

8 horas depois...

Já tinha passado muito tempo desde o início da cirúrgia, eu estava muito nervosa, e com muito medo, nada pode dar errado, eu estava com muito medo, não quero ficar sem ele.

-Luisa Costa?- um médico chegou perguntando e eu me levantei.

-Como foi a cirúrgia?- disse com meu nervosismo almentando.

-Ela correu sem complicações, agora é esperar o efeito da anestesia passar e ver se ele acorda e se tem alguma sequela, ele já está no quarto, podem ir vê-lo mais sem barulhos altos, e a anestesia deve passar em vinte minutos aproximadamente.- ele disse e saiu, nós nos dividimos pra ir no quarto, primeiro Liam e Nathália, depois foram Louis e Nicole, e por fim Harry e Louize, quando todos foram faltava cinco minutos pra anestesia acabar, então eu fui logo para o quarto.

Entrei no mesmo e Niall estava ainda desacordado, estava pálido e com uma bandagem na cabeça, me sentei na cama ao seu lado acariciando sua bochecha, quando vi no relógio os cinco minutos já tinham passado, olhei pra ele esperando que acorda-se. Dez minutos depois ele ainda não tinha acordado, comecei a chorar, segurei sua mão, mais a dele ficava solta com a minha.

-Niall não... Volta pra mim por favor.- sussurei enquanto as lágrimas caiam sem parar- eu te amo meu loirinho.- disse e senti sua mão se prender a minha, olhei pra elas as vendo entrelaçadas, olhei pra Niall e ele estava abrindo os olhos devagar.

-Luisa?- sua voz saiu rouca e baixa, parecia também fraca, sorri ainda chorando.

-Niall!- ele abriu os olhos e me olhou abrindo um sorriso.

-Eu não disse que voltava?- ele levantou nossas mãos ainda entrelaçadas e deu um beijo na minha- Vou poder entregar seu presente.

-Não vai mesmo me dizer o que é?- perguntei e ele negou.

-Você é muito curiosa.- elr riu.

-Poupe-me dos insultos Niall, eu tava desesperada a alguns minutos achando que você não ia voltar pra mim.- ele separou sua mão da minha a encostando no meu rosto.

-Eu sempre vou voltar pra você, não importa o que aconteça, sempre vou ficar com você.

(~)

06 de Fevereiro, 09:00 A.M.
Nicole's P.O.V.

Hoje seria o primeiro dia da faculdade, eu estava muito animada, já estava entrando pelo campus, estava usando um vestido quadriculado branco, azul e verde, ele era só um pouco acima do joelho, uma sapatilha branca e preta e uma tiara preta, estava com meus livros nas mãos e meu celular na bolsa, entrei no meu bloco e já tinha várias pessoas andando por lá, estavam conversando em grupinhos, fui andando pelos corredores procurando a secretaria, e concluindo, eu estava completamente perdida, fui até um grupo de meninos que estavam conversando.

-Oi, com licença, algum de vocês pode me mostrar onde é a diretoria?

-Claro, eu te levo.- um menino um pouco alto disse, ele tinha cabelo preto em um topete e olhos azuis, usava uma blusa verde e uma jaqueta por cima, uma jeans e um all star meio sujo cinza, ele levava alguns livros em baixo do braço, eu agradeci e eles foi andando e eu o segui.

-Você é nova aqui né?- ele perguntou.

-Sim, e você é?- disse o olhando.

-Ah desculpe, nem me apresentei, Matias Griffin, primeiro ano de medicina.- ele estendeu a mão pra mim e eu apertei.

-Nicole Vieira, primeiro ano de medicina também.

-Que legal então somos colegas!

-É acho que sim...- chegamos na secretaria.

-Bom é aqui, te vejo na aula senhorita Vieira.- ele disse e saiu andando, peguei meus horários e a chave do meu armário, fui até ele e coloquei alguns livros e ficando com outros que usaria na primeira aula, seria de anatomia humana, fui para a sala e ainda não tinha ninguém, me sentei em uma das primeiras carteiras, peguei o livro que eu estava lendo e fiquei lá até bater o sinal, mais um pouco depois dele bater o livro é removido de minhas mãos, olhei pra cima.

-Matias- sorri- devolve meu livro por favor.- ele me deu e se sentou ao meu lado, ficamos conversando até toda a turma chegar e o professor, Matias era muito legal e bem inteligente, nós tomamos lanche juntos e ele me apresentou a mais alguns amigos dele, quando deu o sinal da saida nós nos despedimos e eu fui andando até em casa, estava muito feliz, Matias até agora se mostrou um ótimo amigo.

(~)

07 de Fevereiro, 08:15 P.M.

Niall tinha tomado alta hoje, os médicos diceram que ele não tem nenhum efeito colateral, mais saber se ele ainda vê fantasmas eles não sabem dizer, só Niall pode dizer, e isso pode levar alguns dias, ele ficou com alguns pontos na cabeça mais vai tirar a linha em alguns dias, ninguém vai ver porque é bem perto do cabelo e da pra ele disfarçar, hoje nós ficamos o dia inteiro juntos na minha casa, ele não ficou na casa dele desde quando Steve atacou, ele disse que ainda tinha receio de entrar lá e ficar por muito tempo.

Estavamos no quarto, ele deitado no meu colo e eu mexendo no celular encostada na cabeceira da cama.

-Princesa?- Niall me chamou e eu desliguei o celular o olhando.

-Diga Príncipe.- disse fazendo carinho em seu cabelo e ele riu.

-Canta pra mim?

-O que? Pra que Niall?

-Porque eu gosto de ouvir ela, e ela vai me ajudar a dormir hoje, por favor.- ele disse juntando as mãos e fazendo um biquinho trêmulo e eu bufei.

-Ta bom, só porque você ta doente, não fique se acostumando com isso.- ele comemorou e eu revirei os olhos, apaguei a luz e ele se ajeitou no meu colo, pensei em uma música e logo uma perfeita veio em minha cabeça, Strong.

-My hands, your hands Tight up like two ships drifting Weightless, waves try to break it I'd do anything to save it Why is it so hard to save it? My heart, your heart Sit tight like bookends Pages between us Written with no end So many words we're not saying Don't wanna wait till it's gone You make me strong I'm sorry if I say, "I need you" But I don't care, I'm not scared of love 'Cause when I'm not with you I'm weaker Is that so wrong? Is it so wrong? That you make me strong Think of how much love that's been wasted People always try to escape it Move on to stop their heart breaking But there's nothing I'm running from You make me strong I'm sorry if I say, "I need you" But I don't care, I'm not scared of love 'Cause when I'm not with you I'm weaker Is that so wrong? Is it so wrong? So baby hold on to my heart Need you to keep me from falling apart I'll always hold on 'Cause you make me strong I'm sorry if I say, "I need you" But I don't care, I'm not scared of love 'Cause when I'm not with you I'm weaker Is that so wrong? Is it so wrong? I'm sorry if I say, "I need you" But I don't care, I'm not scared of love 'Cause when I'm not with you I'm weaker Is that so wrong? Is it so wrong? That you make me strong I'm sorry if I say, "I need you" But I don't care, I'm not scared of love 'Cause when I'm not with you I'm weaker Is that so wrong? Is it so wrong? That you make me strong.

Terminei de cantar e ele já estava dormindo e com um leve sorriso no rosto, estava abraçando minha cintura, como eu não ia conseguir puxar ele pra cima pra deitar direito, eu fui indo pra baixo até ficar totalmente deitada, me arrumei no seu abraço e sorri vendo seu rosto perto do meu, parecia que tudo agora finalmente estava se ajeitando.


Notas Finais


Será que agora ele para de ver espíritos? E esse tal de Matias, o que vocês acham dele, só um pequeno spoiler, o Louis não gosta dele kkkkk. E a parte antes da cirúrgia? Eu tava quase chorando enquanto escrevia o antes e depois, é muito emocionante.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...