História Action Dekning - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dove Cameron, Dulce María, Dylan O'Brien, Justin Bieber
Personagens Dove Cameron, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Ação, Adulto, Amor, Armas, Beijo, Dove, Drogas, Dylan, Ficção, Justin, Linguagem Imprópria, Máfia, Originais, Perigo, Romance
Visualizações 3
Palavras 612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui, essa fic apresenta o principal Justin Bieber, espero que gostem, e espero que comentem

Capítulo 1 - Protocolo- Justin Bieber


Por volta de 11:00

Autora Narrando;

No edifício fronteiro ao mercado Velho, situado numa das zonas caóticas da cidade,  caberia toda a população da minúscula Costa Negra, onde Justin morara até um mês atrás com seus pais, Sandra e Maurício.  Ainda acostumado ao clima fresco e puro, ao voltar de seu trabalho, e avistar aquele imenso prédio cinzento, Justin logo se deprimia.

Vinha com aquele mal cheiro do trabalho, quase centenário do mercado, sobressaindo o dos animais como porcos e bois, que se encaixavam em seu antigo trabalho. A cidade ali, à cada dia morria.

Os inquilinos que Justin encontrava sempre no Hall de entrada, corredores ou elevadores, eram como mortos-vivos, pessoas ranzinzas,  de mal com a vida, até mesmo mulheres.

Dylan, irmão de Justin, e também vizinho,  era o único morador limpo e de bom aspecto do edifício. 

Não entendia por que tal homem propenso ao luxo residia ali. Aliás, eles nem se davam muito bem. Dylan tinha 25, já Justin 19, o irmão mais velho esclareceu que gostaria que Justin ficasse com os pais, e assim que Justin chegou pela primeira vez no prédio, Dylan simplesmente disse-lhe:

- Não espere que eu serei seu guia ou algo do tipo, agora que está aqui, vire-se.

A partir daí acabaram não se encaixando e se acostumando com as presenças um do outro.

Depois de muito esperar, finalmente entrou no elevador. Saiu e percoreu o corredor estreito e escuro do andar onde já houvera até assassinatos.  Girou a chave e abriu a porta do apartamento. Encontrou tudo em sua perfeita ordem, e decidiu tomar um longo banho, deitar-se ou talvez checar se seu irmão já avia chegado.

Saiu somente de toalha, e colocou uma calça jeans,  e uma camisa gola alta cinza. Decidiu somente dar uma olhada no apartamento do irmão.  Pegou sua chave reserva, e trancou sua residência. A porta do irmão,  depois de aberta, abriu lentamente, raspando algumas vezes no chão. 

Passou seus olhos arregalados pelos cómodos: Sala, Cozinha, ambos bagunçados.

Andou até o quarto, o mesmo estava revirado,  assim como o banheiro. 

-O que diabos é isso?- O irmão mais novo sussurou à si mesmo.

Ouviu-se um barulho de helicóptero pousando no terraço do prédio. 

"Dylan é completamente organizado, por que deixaria seu próprio apartamento assim? Aliás,  alguém pode ter entrado aqui...Não, à somente duas chaves,  a de Dylan, e a minha-"

Seus pensamentos foram interrompidos pelo telefone.

Segurou o aparelho receoso, e suspirou antes de coloca-lo no ouvido.

- Alô?- Alguns chiados foram ouvidos, nada além- Alô? - Justin repetiu com mais segurança. 

-Quem é?  Dylan está? - Uma voz rouca, fina e apressada se fez presente. 

-Sou Justin, irmão de Dylan, ele já deveria ter chegado!.

-Droga! Viu uma bolsa azul ai?.

-Não,  quem é você?.

-Isso não importa no momento.

-Importa muito.

-Tanto faz! Vá até seu apartamento, escolha algumas roupas, coloque em uma mala, e de o fora dai!.

-Por que? Eu não vou obedecer. 

-POR QUE VOCÊ ESTÁ EM PERIGO! SAIA DAI IDIOTA! EU TE ENCONTRO FORA DO PRÉDIO! - A ligação fora encerada. 

Justin apressou-se e abriu seu apartamento, juntou a maioria de suas roupas e jogou tudo dentro de sua mala verde. 

Não sabia o por que acreditou naquela mulher, mais ela estava desesperada demais para ser apenas um trote, e ele precisava de respostas. 

Trancou a porta,  e foi fazer o mesmo com o apartamento do irmão,  sendo impedido pelo barulho do telefone.

Um pouco traumatizado, levou o telefone a seu rosto com as mãos trêmulas. 

-Alô? - Somente uma respiração forte e descompassada fora ouvida- Alô? - Desligaram após confirmar,  avia alguém lá dentro.

Juntin pensando de tal maneira, trancou tudo e correu para fora do prédio,  não sem antes ouvir uma conversa do porteiro com dois homens um pouco grandes. Procuravam Dylan.


Notas Finais


E ai? Gostaria que comentassem mesmo, mesmo!
Bjs!♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...