História Adam, Sauli e Tommy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adam Lambert
Exibições 2
Palavras 642
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


 Um dia, Adam e Saulí estavam num restaurante quando o celular de Adam toca e Sauli já desconfiado de quem era reclama:
 - Ah, não. Você não vai atender.
 - Mas eu preciso atender...
 - Já estou por aqui com esse Tommy.
 - Saulí, um momento.
 Adam atende o celular e diz que está ocupado e depois retorna a ligação, deixando Sauli nervoso.
 - Ele não tinha uma outra hora para ligar não? Ele anda muito abusado.
 - Ele é meu amigo e tocamos juntos por muito tempo. Não posso ignorá - lo de uma hora para outra.
 - Quer saber de uma coisa? Fica com ele. Eu sei que você e ele ainda se gostam. Sauli já ia saindo.
 - Não acredito que você está com ciúmes? Volta aqui! Eu e ele somos apenas amigos.
 - Sei bem que tipo de amigos: "amigos com algo á mais". Pensa que não vejo como você fica depois que fala com ele?
 - Eu não fico nada. Eu e você estamos juntos e isso basta!
 - Basta? Isso é pouco para mim. Quer saber de uma coisa? Eu vou embora e você pode ligar para ele dizendo que terminamos.
 Todos no restaurante pararam com seus jantares e conversas e começaram a olhar para a mesa dos dois.
 - Se você quiser ir, que vá mas não pense que vou correr atrás de você.
 Sauli estava muito nervoso com Adam por causa de Tommy que ao sair nem reparou num garçom e acabou o derrubando. Adam foi tentar ajudar o garçom a se levantar e pedir desculpas por Sauli e ele começou a gritar 
 - Sai da minha frente, idiota! Não quero mais saber de você.
 - Sauli, vamos para casa conversar com calma. Olha só, estão todos olhando para nós.
 - Que olhem. É bom mesmo que vejam que você não vale nada. Finje estar comigo mas queria estar lá nos braços dele.
 - Vamos embora. Não quero falar disso aqui em público.
 - Me larga! Eu não vou com você. Se quiser que vá sozinho. 
 Os dois foram embora mas Saulí não quis mais falar com Adam pelo resto da noite. Ele até preferiu voltar para a sua casa e dormir sozinho.
 Adam retornou a ligação para Tommy e disse que ele e Saulí andaram discutindo, o que deixou Tommy meio esperançoso.
 - Então, por que continuar com ele se vocês não estão conseguindo se entender?
 - É ele que é muito cabeça dura. Já tentei falar várias vezes para parar de agir feito um idiota mas ele é muito possessivo e eu não estou 
aguentando isso.
 Saulí resolve ir atrás de Tommy para ter uma conversa séria com ele.
 - Olha aqui. Se você pensa que vai ganhar essa parada e ficar com Adam, está muito enganado.
 - É você que o está perdendo com esse seu jeito possessivo.
 - Ah é. O que mais ele andou falando de mim? Eu já devia desconfiar que vocês estão tramando contra mim.
 - Espera aí... Não estamos tramando nada e ele não me disse nada que você não queira.
 - Você fica ligando para ele e mandando mensagens. Já estou de saco cheio de você interferindo na nossa vida. Ou você para de falar com 
ele ou eu volto e quebro a sua cara.
 - Pode fazer o que quiser, eu não tenho medo.
 - Pois deveria ter, porque eu de cabeça quente sou terrível.
 Depois que Saulí vai embora, Tommy liga para Adam:
 - Adam, Saulí acabou de vir até aqui na minha casa e teve a ousadia de me ameaçar se eu não parar de fala com você. Vê se pode?!
 - Não acredito! Eu vou ter uma conversa franca com ele.
 - Não. Melhor nem falar que eu falei com você. Esquece...
 - Vou terminar tudo com ele. Não dá mais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...