História Additcs To Love - Jikook - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jikook, Namjin, Park Jimin, Surubangtan, Taeyoonseok, Vhope
Exibições 428
Palavras 836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha eu atualizando rápido, pra alegria de vocês

Boa Leitura!!

Capítulo 34 - Zero. Dezesseis


Fanfic / Fanfiction Additcs To Love - Jikook - Capítulo 34 - Zero. Dezesseis

                   [Park Jimin]

2 semanas se passaram

2 semanas e Jungkook não apareceu, não foi ao grupo de apoio em nenhum dos dias, não atende minhas ligações, e respondeu apenas uma de todas as mensagens dizendo que estava bem e eu não precisava me preocupar, era mentira eu sei que o Jungkook não está nada bem. Eu não fiz questão de ir atrás dele depois de uma semana inteira atrás.

Jeon estava partindo meu coração, eu disse que me apaixonei por ele e o que eu recebo em troca? Rejeição. Estou sendo rejeitado, de novo e isso está acabando comigo. Toda vez que eu penso em como minha vida está eu quero encher a cara e esquecer tudo que está acontecendo, mas não posso, eu preciso ficar sóbrio pelo Jungkook, mesmo que ele não me queira, eu tenho que estar sóbrio para cuidar dele.

- Você precisa falar com o Jungkook. - Hoseok dizia enquanto mexia em algo do meu quarto.

- Ele estava usando heroína Hobi. - Eu falo e seus olhos rolam.

- Mas ele disse que foi só uma vez não? - Apesar dos pesares Hobi era meio inocente as vezes.

- Eu não sou idiota, não esqueça que eu namorei um cara que me transformou em um alcoólatra, eu sei como as coisas funcionam.

- Aish, de ao menos uma chance pro garoto se explicar. - Hoseok pede.

- Não tem o que explicar. - Eu sento na cama cabisbaixo. - Ele usou heroína porque quis.

- Jimin, não sofra assim. - Hobi se direciona até a porta. - Vá falar com ele, vocês não são mais crianças. - Ele fecha a porta me deixando sozinho.

Tudo estava muito confuso, um lado meu queria ir até Jungkook o abraçar e dizer que não se importava com o que ele usava ou deixava de usar, e outro pedia que eu ajudasse Jungkook que não o deixasse assim, tão ensasiado de substâncias químicas, eu precisava conversar com alguém, alguém que realmente pudesse me ajudar.

                     ♡☆♡☆♡☆♡

- Aceita um café querido? - Seokjin pergunta e eu apenas nego. Sendo assim ele serve apenas a si mesmo e ao seu marido que está do seu lado.

- Então, em que podemos ajudar? - Namjoom pergunta.

- Jungkook... - Eu falo meio sem jeito. - Ele não está nada bem.

- Oh, é por isso que ele não tem vindo as reuniões? - Jin coloca as mãos em sua boca fazendo uma expressão de surpresa. - O que aconteceu com ele?

- Eu o peguei usando heroína. - Finalmente solto a verdade e os dois não demonstram reação apenas esperam que eu continue a falar. - Nós tivemos uma briga feia, eu disse que me importava com ele pois e-eu... - Acabo gaguejando. - Eu estou apaixonado por ele, desde então não nos vimos.

- Preste atenção no que vou dizer garoto. - Namjoon diz. - Qualquer um diria para você cair fora e esquecer Jungkook, que ele é cilada.

- E você vai me dizer isso? - Pergunto dando de ombros.

- Não, eu nunca diria tal coisa, pelo contrário, Jungkook esta sozinho, ele precisa de alguém, e você? - Ele me pergunta. Mordo o lábio pois não estava entendendo a onde ele queria chegar. - Esta sozinho não? Também precisa de alguém não é? - Eu não respondo, me mantenho em silencio. - Foi o que eu pensei.

- Se eu preciso de alguém não vem ao caso, o que importa agora é o Jungkook. - Eu respondo e vejo Jin dar uma risada irônica.

- Entenda algo Jimin, o seu alguém é Jungkook, e o alguém de Jungkook é você. - Jin diz. - Não tenha medo de entregar seu coração para uma pessoa.

- Fala isso porque está casado com Namjoon. - Respondo rudemente.

- Deixe me contar algo. - Ele se ajeita na cadeira. - Quando eu conheci Namjoon ele estava em depressão profunda. - Jin consegue ver surpresa em meus olhos, nunca poderia imaginar que alguém tão feliz como Namjoon já teria sofrido com algo do tipo. - Ele estava a beira do precipício, pronto para se jogar, bom ele se jogou, foi uma tentativa falha de suicídio, eu estava no meu estágio de enfermagem na época e quando soube que um jovem tinha tentado se matar eu fui correndo ajudar. - Seus olhos se enchem de lágrimas ao lembrar e Namjoon segura a sua mão.

- O que Jin está tentando dizer é que ele foi o meu paraquedas, me salvou no ultimo momento. - Namjoon termina de falar.

- Mas e se eu não for o paraquedas de Jungkook? E se ele não quiser um paraquedas? E se ele achar que o seu paraquedas é o vício idiota dele? - Eu bufo de tristeza.

- Então o mostre que existe outro vício, Jimin. - Jin responde.

- E qual outro vício seria capaz de ajudar Jungkook? - Eu pergunto.

- Amor. - Namjoon. - Faça Jungkok ser viciado em amor.

                                 🔺


Notas Finais


Algumas pessoas falaram os seus vícios nos comentários do cap anterior, então vou dizer os meus. Sou viciada em coca cola, em neosoro (aqueles remédios que destrancam o nariz), eu quase não sinto mais cheiro das coisas por causa desse vício e sou viciada em remédio pra dormir. E vocês? São viciadas em que?
Como acham que Jungkook está?
Estão ansiosas para o MAMA? Eu to ahaushsush

Até o próximo cap! Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...