História Adeus querido Naruto - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Naruto Sasunaru
Exibições 113
Palavras 1.033
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorou muito mas chegou a tão esperada continuação (ou nem tão esperada assim).
Lembram de mim ? Acho que não.
Espero que gostem e boa leitura!!

Capítulo 2 - A carta de Sasuke.


Naruto estava sentado na cadeira de seu escritório assinando um dos vários papéis de contratos quando Shikamaru, seu conselheiro, entrará em sua sala com uma desanimação fora do comum.

- Hokage-Sama tem uma carta pra você!  - falou ainda mais desanimado do que quando havia chegado a sala.

- De quem é ? - perguntou o loiro sem desviar os olhos do documento que lia para logo depois assinar.

- Não tinha nome do destinatário, somente o Nome do Hokage como remetente - explicou calmamente se dirigindo até a mesa de Naruto depositando a carta ali e logo depois saindo sem falar mais nada.

Naruto olhou para a carta meio desconfiado e logo depois a pegou meio hesitante e quando a abriu ficou ainda mais confuso… quem será que a havia mandado aquela carta?...

    Adeus… Querido Naruto.

Já faz mais de dois anos que eu fui embora da vila, que eu fui embora da sua vida. A exatos três anos atrás escrevi uma carta que não chegou até você então você nunca entendeu o verdadeiro motivo da minha partida.

Como você está agora ? Está bem ? Está feliz com sua esposa e dois filhos ? Sim eu soube que vocês tiveram duas crianças um chamado Boruto e a outra se chama himawari. Soube também que finalmente conseguiu se tornar aquilo que por tantos anos desejou, e, fico feliz por você mas… gostaria que você soubesse como eu me sinto, já que eu estou decidido de não voltar mais à Konoha, eu pensei que não faria mal finalmente te contar como me sinto.

Primeiramente quero te contar porque eu “fugi de Konoha” como você fala. Eu simplesmente fugi porque eu iria tomar uma atitude muito importante na minha vida, na nossa, vida. Mas não foi exatamente como eu queria, na verdade, não foi nada do jeito que eu queria. Quando eu voltei eu finalmente ia me declarar pra você… exatamente eu iria me declarar, mas quando cheguei a primeira notícia que eu tive foi uma das piores “ Naruto Uzumaki havia se casado com a princesa Hyuga”. Você tem idéia do quanto aquela notícia me abalou?  Creio que não. Mas sim eu o tão frio e egocêntrico Sasuke Uchiha bebeu até não ser lembrar mais de nada, apenas para conseguir parar de pensar o quanto você deveria estar feliz por estar construindo uma família e eu não estava incluído nela, o quão feliz você deveria estar enquanto desfilava pela vila com sua doce e gentil esposa. Então eu fui embora por não aguentar mais, eu não estava mais aguentando ver você com ela eu não estava mais aguentando essa dor que estava no meu peito - e está até hoje. -

Agora vou tentar explicar como eu realmente me sinto, e desta vez eu serei sincero tanto com você quanto comigo mesmo.

Eu me sinto péssimo, desde que eu fui embora, eu sempre voltava para a vila de madrugada e todas as noites eu ficava te observando enquanto você dormia em meio aos montes de papéis que ficam espalhados por sua mesa, você parecia tão calmo mas ao mesmo tempo cansado e desesperado. E mesmo com toda essa distância entre nós nossos laços não se quebraram, pelo menos não pela minha parte e me doeu muito não poder falar com você, naqueles momentos tudo o que eu mais queria era entrar por aquela janela e te abraçar e te beijar até você acordar mas eu me contive e consegui controlar, e, agora eu estou aqui sentado debaixo de uma árvore enquanto tento ao máximo não chorar - o que é impossível - mas falhamente pois lágrimas sempre rolam em meu rosto quando me lembro de você quando este isso é desesperador. A dor que sinto é muito forte e faz meus olhos arderem, meu coração doer, meu estômago embrulhar e um nó se formar em minha garganta quase que me sufocando.

Mas apesar de tudo eu te agradeço, te agradeço por fazer eu conseguir ter esse sentimento por você, esse sentimento tão puro e verdadeiro que eu vou preservar pelo resto das minhas vidas seja quantas vidas forem necessárias e eu sei, que eu, te amarei em todas elas e amarei tão verdadeiramente como eu te amo agora é apenas te peço que seja feliz! E que não desperdice suas chances como eu fiz. Não vale a pena você desperdiçar uma vida inteira - no nosso caso três - fazendo o que você não quer enquanto aquilo que você sempre quis sempre esteve à sua frente.

Obrigado por tudo Dobe! Essa é a primeira e única carta que receberá de mim.  

Eu te amo Dobe, do fundo do meu coração!

             Sasuke Uchiha

Naruto lia a carta  meio às muitas lágrimas que rolavam por seu rosto. “Como pude ser tão burro” pensou enquanto sentia o coração apertar seu peito sentindo uma dor horrível naquele local e num depois de muitos minutos ou seriam horas?  Nem ele sabia, só sabia que teria que achar Sasuke e se explicar, por que, ele também precisava contar para Sasuke como se sentia.

Saiu saltando pela janela da Torre do Hokage em direção à única árvore que se lembrava ser significativa tanto para ele quanto para a pessoa que ele procurava tão desesperadamente.

Chegando a tal árvore se surpreende ao encontrar Sasuke sentado debaixo da mesma enquanto chorava dolorosamente e soltava soluços mudos, se aproxima sentindo seu coração bater mais rápido e doer ao mesmo tempo, agachou e abraçou o Uchiha que não parecia muito surpreso com sua aparição e somente se aconchegou em seu abraço o quanto pôde.

- Vejo que nosso laço realmente não se enfraqueceu - sussurrou o moreno com a voz rouca e falha por conta do choro que ainda não havia cessado.

- Sasuke eu preciso… - ele foi interrompido pelo moreno que apertou o abraço e sussurrou sofrido.

- Eu já sei… Eu te amo - sussurrou sentindo o abraço se intensificar ainda mais.

- Eu amo você seu idiota! Desculpas por demorar tanto pra perceber isso - falou com a voz embargada pelo choro que se fez presente novamente.

E naquela noite eles se declararam e se amaram pela primeira vez.


Notas Finais


Obrigado por esperarem e lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...