Hist√≥ria Adimiradora secreta ūüėĽ - Cap√≠tulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Visualiza√ß√Ķes 28
Palavras 1.358
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Comédia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos atualizar e só lembrando que os capítulos não serão muito longos ok?
Então vamos lá.

Cap√≠tulo 3 - Gatinha malvada ūüėĽ


Fanfic / Fanfiction Adimiradora secreta 😻 - Cap√≠tulo 3 - Gatinha malvada 😻

Continuando...

Ainda naquela noite, após falar com aquela demônia e ela sair do bate-papo me deixando falando sozinho, eu terminei tomar o meu Wisk, fumei mais um cigarro pra acalmar um pouco o calor e tremor que tentava dorminar o meu corpo e depois de um tempo quando me acalmei um pouco, eu fui pro banheiro e tomei mais um banho só que dessa vez foi frio e durou mais ou menos meia hora. Depois disso eu nem vesti nada, só me joguei na cama e dormi, ou pelo menos tentei ja que a imagem daquela foto da garota e os gemidos dela não me deixavam em paz, Aish parecia um pesadelo.

Na manhã seguinte, eu ja acordei meio estressado por ter dormido muito pouco e nesses casos eu sempre ficava muito puto do tipo que dava chute no vento. Então depois que acordei, eu fui tomar banho, quando terminei eu vesti o meu uniforme, me arrumei todo e em seguida saí de casa sem nem tomar café, eu sempre comia no trabalho com os meus parceiros.

Então depois que saí de casa, eu peguei o meu carro e segui pra delegacia onde eu trabalhava. No caminho eu acabei me lembrando da porra da foto da garota e do puta gemido dela e aquilo me deixou duro de novo. Mas que porra que tava acontecendo comigo? Porque eu tava ficando excitado por uma garota? Aish que doidice. 

Ok, quando cheguei na delegacia, eu estacionei o meu carro e entrei no local dando graças à santa Sehuna que não tava tão movimentado ainda, porque do jeito que eu tava extressado, era capaz de arrebentar a cara do primeiro bandido que eu olhasse. Então como a delegacia tava bem calma, eu passei direto pra minha sala, onde me sentei em minha cadeira e ja fui abrindo o meu bate-papo na intenção de chamar aquela garota infeliz e pedi explicações a respeito dela saber o meu nome, mas quando eu abri o bate-papo, ja tinha umas mensagens dela meio que estranhas.

Bate-papo on...

Mensagem recebida a 30 minutos atrás.

Remetente - Baby.

Mensagem: 

Baby: papi kd você? 

Baby: Eu preciso falar com você, é muito urgente.

Baby: Papi fala comigo por favor.

Suga: Oi oi, tô aqui, o que você quer garota? 

Suga: Eeeeeeiiii kd você sua louca?

Baby: Calma, tô aqui. Pode falar papi.

Baby mudou o nome de "Suga" para "Papi"

Papi: Eu quero explicações de como você sabe o meu nome e quem te deu essa informação, bora fala logo.

Baby: Papi você leu as mensagens que mandei antes?

Papi: Sim, não muda de assunto.

Baby: Não tô mudando de assunto, só que pensei que você fosse me perguntar do que se tratava.

Papi: Aish isso não me interessa, fala logo o que quero saber porra.

Baby: Não vou falar nada, se você vai ser malvado comigo, eu vou ser com você também.

Papi: Aish mereço. Ta bom, desculpa, fala aí o que você queria falar de tão importante comigo?

Baby: Só queria mostrar uma coisa que comprei e queria sua opinião.

Papi: E o que é?

Baby: Vou mandar a foto ok?

Papi: Ta, tanto faz.

Baby: [Mídia] - foto do perfil.

Baby: Gostou papi? Gostou da sua gatinha malvada?

Papi: ...

Baby: Ei, responde.

Papi: Calma porra, eu... eu tô tentando, espera.

Baby: [áudio] - Ficou excitado papi? Então vem cá e me fode bem gostoso, Aaaaaaarrr papi eu quero gemer encima do teu pau, miaaauu a gatinha quer leitinho quentinho do papi gatinho, ooooooowwwwnn papi vem me fuder vem.

Papi: Filha de uma puta eu vou te agarrar e Você vai me pagar por isso. Porra tô duro.

Baby: Uau, me deixa chupar seu pau papi, até você gozar na minha boquinha e eu engoli tudinho olhando pra você bem safadinha.

Papi: PÁRA COM ISSO CARALHO, EU TÔ NO TRABALHO, PÁRA DE FALAR ESSAS COISAS, EU VOU DÁ NA TUA CARA SUA PUTA.

Baby: Aaaawwwnnn eu quero, eu adoro.

Papi: Adoro o que doida?

Baby: Apanhar na cara papi, apanhar em todo lugar que você quiser bater.

Papi: Minha filha eu vou explicar só mais uma vez e espero que você entenda. Eu sou gay, eu gosto de homem, gosto de cu. Entendeu agora?

Baby: Unrhum, eu sei e quero que você fôda o meu com bastante força e jorre toda sua porra nele.

Papi: É o que? Você... você quer... explica logo porra, eu não tô conseguindo processar nada.

Baby: [áudio] - Aaaaaarrr papi fode o meu cuzinho vai, mete tudo papi mete, goza gostoso vai papi Huuuuummm que delícia papi fuck fuck fuck yeah yeah yeah ooooooohh suga yah.

Papi: Puta merda garota, você... aaaaarrrsh.

Baby: Não tente lutar contra Min yoongi, você ja provou da fruta e gostou tanto que casou e queria todo dia. Por isso eu sei que você ainda curte uma buceta quentinha.

Papi: Como sabe que ja fui casado? E diz logo quem te falou o meu nome.

Baby: Já falei que tenho minhas fontes e agora preciso ir, tenho que resolver umas coisas, bye bye.

Papi: Vai infeliz, filha do capeta.

Baby: Também te amo papi.

Papi: E eu te... te odeio.

Baby: É? magoou, tô de mau e de greve, você vai ficar sem fotos e áudios por tempo indeterminado.

Papi: Tô nem aí, nem... nem vai me fazer falta.

Baby: Vamos ver então, a gatinha malvada ta de mau. Bye.

Papi: Espera, volta aqui...

Baby ficou off!

Papi: Vou chegar em casa por volta das 20:00hrs e é bom que você esteja on line, ou eu vou ser bem mais malvado com você.

Bate-papo off!

Depois que a infeliz ficou off e eu deixei o meu recado pra ela, eu também fiquei off e quando quis ir pra lanchonete comer alguma coisa, eu fui impedido por uma grande ereção entre minhas pernas, pois é, meu pênis tava tão duro que doía e eu já o sentia melado. 

Suga: Porra, aquela desgraçada me deixou duro de novo, aaaah mas eu mato aquela vadia gostosa do caralho... opa, não... não... não era isso que eu ia falar. AAAAARRRSH MAS QUE PORRA. - falei massegeando de leve o meu pênis totalmente ereto e acabei me alterando e dando um murro na mesa e derrepente alguém entrou na minha sala meio assustado, era o meu amigo Jungkook gostoso. Porra, pensa num cara lindo e que com certeza era muito gostoso. Tudo nele era lindo, suas pernas, seu abs definido, seus cabelos negros e lisos, seus olhos sedutores, sua voz, sua boca e o principal, sua bunda, pense numa bunda que senhor me abana com ortiga. Resumindo, ele era perfeitamente perfeito e quando entrou na minha sala usando o uniforme da Polícia apertado em seu corpo, eu fiquei ainda mais louco pra fuder aquele pedaço de mau caminho, mas tinha um problema, durante todo o tempo que eu conhecia o Jungkook, o mesmo nunca me deu vestígios se era gay. Jungkook sempre foi muito calado e reservado e pra piorar o meu sofrimento, porque querer comer um cara gostoso e não poder é um grande sofrimento. Então, eu descobri que o Kook namorava, o que me fazia ficar só na vontade, mas se ele me desse uma chance eu fudia ele com muito prazer. Oh se fudia.

Jungkook: O que aconteceu Suga? - perguntou ele entrando na minha sala e eu rapidamente tirei a mão de cima do meu membro, encruzei as pernas e disfarcei.

Suga: Hã? Não foi nada, só tô com dor de cabeça. - falei passando uma mão na nuca fingindo que tava sentindo dor de cabeça, mas na verdade tava era com um puta tesão e fui surpreendido por ele se aproximando, apoiando as mãos na minha mesa e me olhando nos olhos com uma certa malícia.

Jungkook: Ta com dor de cabeça ou na cabeça? E só porque sente dor você esmurra a mesa com tanta violência? - perguntou ele em um sussurro e mordeu o lábio me deixando mais louco ainda.

Suga: Hein? eu... eu... eu preciso ir no banheiro. - falei nervoso levantando da mesa e indo na direção da porta e quando a abri e fui saindo, ele me abordou.

Jungkook: Quer ajuda com esse probleminha? - perguntou ele meio baixo e quando eu virei, me deparei com ele sentado na minha mesa, com as pernas meio abertas e o mesmo me olhava com malícia e mordia os lábios. Eu só consegui pensar em uma coisa naquele momento.

            "WTF?" 

Continua...


Notas Finais


Eita preula que agora chegou João cu na historia.
Será no que vai resultar isso?
Saberemos em breve.
Até o próximo capítulo beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...