Hist√≥ria Adimiradora secreta ūüėĽ - Cap√≠tulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Visualiza√ß√Ķes 27
Palavras 1.540
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Comédia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos atualizar meu povo.

Capítulo 4 - Maldito pirulito!!!


Fanfic / Fanfiction Adimiradora secreta 😻 - Cap√≠tulo 4 - Maldito pirulito!!!

Continuando...

Eu olhava pro Jungkook totalmente pasmo e ele mordia o lábio enquanto me olhava sem vergonha. Ooooh cara gostoso da porra.

Suga: É... é... Jungkook você quer me ajudar? - perguntei fechando a porta e ele sorriu cínico.

Jungkook: Unrhum, você quer minha ajuda? - perguntou ele usando uma voz sensual e eu então me aproximei dele, fiquei entre suas pernas, apertei uma de suas cochas com uma mão e com a outra eu o segurei pela nunca e aproximei nossos rostos.

Suga: Quero sim Baby, ajuda o suguinha vai, olha só como eu tô, doe, faz parar vai. - falei baixo por conta do prazer enquanto rebolava entre as pernas dele esfregando meu membro duro como rocha no dele e o mesmo aproximou a boca do meu ouvido e sussurrou.

Jungkook: Ta bom então, eu vou buscar um remédio pra sua dor de cabeça. - falou ele em um sussurro, em seguida me empurrou, desceu da mesa e seguiu até a porta. Eu juro que não entendi porra nenhuma.

Suga: Espera Jungkook, você... você não vai tipo... - perguntei olhando pra ele enquanto apertava meu membro por cima da calça e ele sorriu.

Jungkook: Hahahaha... pensou que eu ia te chupar Suga? Ta maluco mesmo, cara eu tenho namorada e você sabe disso, eu só te ofereci um remédio. - falou ele me olhando cínico e eu juro que quis socar a cara dele até ele desmaiar e depois eu comia ele desmaiado mesmo. Aquilo me deu muita raiva.

Suga: Quer saber? Vai se ferrar você e teu remédio, enfia essa porra no teu cu caralho e sai daqui. - falei zangado e ele me olhou assustado, porém sem tirar seu sorriso cínico dos lábios.

Jungkook: Eita, agressivo, só queria ajudar, eu hein. - falou ele meio que debochado e eu fui até ele e o empurrei pra fora da minha sala.

Suga: Aaaarsh sai daqui sai sai sai. - falei o botando pra fora e em seguida bati a porta, tranquei e voltei a sentar na minha mesa, onde abaixei a cabeça e tentei ficar quieto e me recompor, mas a infeliz pestinha me chamou no bate-papo e eu resolvi responder.

Bate- papo on...

Baby: Papi kd você?

Papi: Tô aqui, o que você quer?

Baby: Nossa, ta agressivo. O que foi? Ta zangadinho?

Papi: Não, eu não tô zangado, tô putaço mesmo.

Baby: Own que lindinho. Diga pra sua baby o porque dessa zanga toda. Hun?

Papi: Tudo por sua culpa, você fica me provocando falando besteira, me deixa duro e depois some, aí meu parcero de trabalho entra aqui e fica se insinuando pra mim e se oferece pra me ajudar, eu pensei que ele ia me chupar gostoso, mas o filho da puta tava era me oferecendo remédio, aish que raiva.

Baby: Calma papi, pra que tanta fúria? Meu papi quer o que?

Papi: Eu quero ser chupado minha querida, quero uma boca sugando o meu pau com gostoso até eu gozar, entendeu?

Baby: Unrhum. Se eu estivesse aí, faria isso por você.

Papi: Sei.

Baby: Sério. Papi você quer gozar?

Papi: Eu necessito de uma boa gozada, mas Não posso agora porquê tô no trabalho.

Baby: E daí? Não curte adrenalina?

Papi: Meu trabalho é pura adrenalina minha querida.

Baby: Mas eu tô falando de adrenalina prazerosa.

Papi: Cara fala logo o que você quer e me deixa trabalhar, Não me extressa mais do que ja tô extressado.

Baby: Ta, calma. Faz o seguinte, tranca a porta, abre seu ziper e bota seu pau pra fora.

Papi: É o que? Ta maluca? Vou fazer isso não.

Baby: Vai papi é rapidinho, vai, faz isso pela sua Baby, me deixa te fazer gozar gostosinho vai.

Papi: Ta ta, Não precisa apelar tanto. A porta ja ta trancada.

Baby: Ótimo, agora bota seu pau pra fora e atende a minha chamada de vídeo, ok?

Papi: Ta.

Falei desanimado olhando pra tela do computador e ela então fez a chamada de vídeo e eu atendi, o rosto dela não aparecia, só seu corpo que inclusive era lindo. Ela tava sentada em uma cama eu acho, com uma almofada no meio das pernas e tinha um pirulito na mão.

Chamada de vídeo da baby...

Chamada atendida pelo papi...

Baby: Olá papi. Me deixa ver Seu pau.

Papi: Só se me deixar ver seu rosto.

Baby: Calma, ainda não é a hora. Vamos lá papi, se entregue ao momento, me mostre ele, quero ver você se masturbando bem gostoso.

Ela falava com uma voz sensual que me fazia arrepiar e eu ja sabendo como aquela diabinha era e que ela não iria desistir do que queria, eu abri minha calça, em seguida a abaixei junto com minha cueca, segurei meu membro ja ereto o deixando na visão dela e comecei a me masturbar bem devagar.

Papi: Pronto, ta satisfeita agora? - eu falava e me masturbava olhando pra ela que rebolava se esfregando na almofada

Baby: Não, eu só vou ficar satisfeita quando te ver gozando, quero ver seu leitinho branquinho jorrando. Nossa papi ele é grande, grosso e tão branquinho, aaaawwwn eu quero ele na minha boquinha igual o meu pirulito. - Ela falou provocante e em seguida começou a chupar o pirulito com sensualidade, aquilo me deixou doido e eu acelerei minha masturbação.

Papi: Aaaaaarrrr filha da puta, faz isso com esse pirulito não. - Eu falava baixo pra ninguém ouvir do lado de fora da sala e a diabinha sorriu passando a língua nos lábios.

Baby: Porque? hun? Te deixo doidinho assim? É? - Perguntou ela em um sussurro e não parava de rebolar se esfregando na almofada me deixando ainda mais louco.

Papi: Me deixa ver teu rosto vai. - falei diminuindo o ritmo da minha masturbação e ela sorriu cínica.

Baby: Não. Tenho uma coisinha bem melhor pra te mostrar. 

Suga: O que é?

Baby: Isso papi. - Ela falou e puta merda, ela tirou a almofada do meio das pernas e as abriu bem, a desgraçada tava nua e ainda rebolava me mostrando sua vagina linda. Eita porra nessa hora eu senti uma pontada forte no meu pênis e acelerei de novo a masturbação.

Suga: Aaaaaarrr caralho eu vou te achar infeliz huuuuum eu huuuuuum eu vou te achar. - falei arrastado por conta do tesão e ela ja me vendo aperriado, resolveu provocar mais ainda; deslisando o pirulito de sua boca até sua vacina e começou a se masturbar com ele.

Baby: Aaaaaawwwnn papiiiiiii que delícia. Ta gostoso assim ta? hun? - Perguntou ela esfregando o pirulito no próprio clitóris e eu mordia o lábio enquanto me masturbava.

Papi: Unrhum, aaaaaarr porra. - Eu ja não tava mais suportando aquilo e ela sorria vendo o meu sofrimento e pra piorar ainda mais, ela enfiou o pirulito na própria vagina e começou a rebolar e gemer.

Baby: Aaaar ah ah ah papi fuck me yeaaaah Huuuuum Min Yoongi me fode gostoso ah aha ha ah que delícia. - ela gemia rebolando enquanto se fudia com o pirulito e massageava um de seus pequenos seios e eu ja sentia meu pênis latejar indicando meu gozo próximo.

Papi: Aaaaaaarrrrrsh desgraçada eu vou gozar huuuuuummm. - Falei entre os dentes me controlando pra não gritar e ela derrepente se jogou pra trás deitando na cama, abriu mais as pernas e acelerou seus movimentos com o pirulito em sua vagina.

Baby: Aaaaaaarrr papi eu vou gozar, sua Baby vai gozar, fode mais papi mais mais mais huuuuummmm. - ela gemia e rebolava enquanto se fudia rápido e eu ja não suportando mais, acelerei o quanto pude minha masturbação.

Papi: Ooooooohhh caralho eu vou gozar, eu vou gozar porra, porra, porra, porraaaaaaaa aaaaaaarrrrrrrrssshh. - Pronto, com apenas mais alguns movimentos de sobe e desce no meu pênis, eu gozei e gozei gostoso sujando o chão e minha mão. 

Papi: Aaaaaaarrr cansei, morri, que porra foi essa maluco? - Falei me encostando na costa da cadeira e quando olhei pra tela do computador, notei que a infeliz tava paradinha, eu pensei que ela tinha morrido e a chamei preocupado, claro né, vai que ela gozou e morreu, aquilo podia sobrar pra mim.

Papi: Ei, ei maluca. - Chamei batendo de leve na tela do computador e ela se mexeu devagar. Obrigado senhor ela não tava morta.

Baby: Hun? - respondeu manhosa.

Papi: O que foi? Ta se sentindo mau? - Perguntei preocupado, não sei porque me preocupei com aquela peste.

Baby: Não papi, tô levinha levinha, gozei gostoso e você? - Ela perguntou tirando o pirulito de dentro de si, o botou na boca e sentou na cama de novo com todo cuidado pra mim não ver seu rosto.

Papi: Eu gozei também. Ei, eu preciso trabalhar agora. Você vai ficar bem?

Baby: Own, ta preocupado comigo papi? Que lindinho. - falou fazendo um biquinho fofu.

Papi: Quem? eu? eu não aish, tchau sua idiota. - falei sério e ela sorriu mordendo o lábio.

Baby: Tchauzinho meu papi gostoso, até mais tarde. - ela beijou a câmera como se estivesse me beijando e eu sorri ladio. Essa garota é louca mesmo.

Papi: Tchau.

Papi ficou off!

Depois que fiquei off, notei que ela ainda ficou on line e até quis voltar pra esculhambar e mandar ela sair, mas deduzi que como ela era uma puta sem vergonha, devia ta seduzindo outro. Então eu simplismente me limpei, limpei o chão que sujei com meu gozo, ajeitei minha roupa e fui trabalhar em mais uma missão estressante, a diferença é que agora eu tava levinho levinho, tudo por culpa daquela infeliz e daquele maldito pirulito.

Continua...


Notas Finais


Eita Suga, pra quem é gay tu até que ta gostando de uma pepeka né kkkkkkk...
Espero quw gostem e me perdoem se ficou uma bosta.
Beijos e Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...