História Admirador Secreto - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jang Doyoon, Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing
Tags Abo, Jicheol, Jihan, Meanie, Seventeen
Exibições 136
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLA
CAPT BEM DKDNEKSNDIE
GOODE LEITURA

Capítulo 12 - Prova



É, ele entrou no cio, mas quem dera que isso fosse o maior problema, ao entrar no banheiro Woozi foi se olhar no espelho que está encostado na parede, ele não sabe como isso aconteceu, mas o espelho caiu em cima dele cortando sua cabeça e seus braços, e no chão ele sentiu, que dessa vez chegou mais cedo.



— É o que eu estou pensando não é? Coups o perguntou se segurando para não arrombar a porta, a cada momento fica mais difícil para ele, não tem como ele fugir do próprio instinto, é impossível. 





— É. A mudança na voz do menor foi grande, e Seungcheol percebeu isso, aparentemente Woozi está chorando. 




— Por que você está chorando? Ao terminar de falar ele não conseguiu se segurar e fechou os olhos e mordendo seu lábio inferior ao mesmo tempo, está extremamente difícil se segurar, e ele, mais do que ninguém sabe como fica quando sente esse cheiro. E para piorar tudo, bateu com a mão fechada na porta assustando o pequeno, ele chegou a tremer de tanto susto que sentiu.— Me desculpe. Coups continuou agora com a voz trêmula, os gemidos surgiram só que sem som algum. — Eu acho melhor… ir embora. 




— NÃO! Woozi gritou assustando a pessoa do outro lado da porta do banheiro. — Você não pode me deixar assim… por favor, não vá embora. Ao notar o desespero na voz do menor, Seungcheol pensou no que se pode pensar estando na situação que o garoto de cabelos rosa está, será que ele quer que o maior entre no banheiro e resolva isso de uma vez? 



Sem conseguir se controlar e com a mão trêmula, ela seguiu até a fechadura da porta, na intenção de abrir a porta, mesmo não querendo, ele não pode ir contra seu instinto, não tem forças suficientes para fazer isso, mas será que não mesmo? 



— Eu me cortei. Com a voz completamente embargada de um pranto de dor, de alguma forma isso abriu os olhos de Coups e ele não pensou duas vezes e abriu a porta, tudo só piorou quando ele viu Woozi nu, os dois olharam um nos olhos do outro e a louca vontade de fazer o que se faz nesses casos foi tão grande que para a contrair, o maior deu um tapa em sua cara, com toda a força que tem em seu braço. 


Os olhos do pequeno se arregalaram ao ver o ato que Seungcheol acabará de fazer consigo mesmo, ele não entendeu o porquê daquilo, a marca de sua mão em seu rosto apareceu bem vermelha, e sem perder tempo, Coups avançou dando dois passos, e o cheiro foi aumentando, fazendo com que ele parasse de andar. Suas mãos se fecharam, e não só elas tremem, seu corpo inteiro está nesse estado, e não para por ai, seus olhos começaram a lacrimejar e as lágrimas começaram a cair, ele faz de tudo para segurar o que sente, e que cada vez aumenta.


Seungcheol respirou fundo e limpou rapidamente abaixo dos olhos e continuou a andar, Woozi está perto do box, sentado e com as mãos e a cabeça sangrando, os cortes não foram muito profundos, mas precisam urgentemente de cuidados. O menor olha atentamente para seu amigo que se aproxima dele, e dando passos lentos e soltando gemidos dolorosos, ele chegou perto de Woozi e franziu as sobrancelhas pelo que sente, as lágrimas caíram de uma forma mais rápida e em uma rapidez ele pegou o pequeno no colo e o levou em passos rápidos até o quarto novamente, e chegando lá ele o colocou na cama e sem olhar para ele voltou para o banheiro e bateu a porta com força e ficando encostado nela, Coups está ofegante, suando como nunca havia suado antes, e a situação lá em baixo não é das melhores, dói, dói demais, além de toda aquela área estar completamente molhada. Essa foi uma verdadeira prova que ele passou, e ele sabe que ela ainda não acabou, agora tem a pior parte. 



Xxxx


Usando uma máscara que se assemelha muito com as que os médicos usam no momento que realizam alguma cirurgia, Coups está no quarto com Woozi, com um Kit de primeiros socorros ao seu lado, ele está tentando limpar todos os ferimentos do menor, o cheiro está tão forte, mais tão forte que ele não sente mais cheiro  de nada, só aquilo, invadiu totalmente suas narinas, mesmo com as mãos e braços temendo, mesmo suando tanto que seus cabelos como o resto de seu corpo estão completamente molhados,  e mesmo com as dores fortes em seu pênis, ele está ali, ajudando seu amigo, faz o máximo que pode para colocar tudo isso de lado e só pensar que Woozi precisa dele, e falando nele, o garoto não tira os olhos de Coups, está impressionado com a sua atitude, muito impressionado.


Ao terminar de limpar seus braços e sua cabeça, Seungcheol passou uma pomada que arrancou alguns gritos de dor de Woozi, a ardência que já era esperada causou isso, mas ela foi embora com o curativo que o maior colocou na cabeça do pequeno  e depois em seus braços. Colocou uma faixa nos braços dele, e depois em sua cabeça. Ao terminar ele se levantou, mas sentiu a mão de Woozi em seu braço, causando uma sensação estranha, uma corrente elétrica passou por todo seu corpo, e suspirando e fechando seus olhos e forçando suas pálpebras devido ao que sente, ele se virou para o menor. 



— Obrigado. Woozi disse completamente calmo e para acabar com o emocional de seu amigo ele sorriu. 



— N-não. Ele até que tentou falar, mas não conseguiu totalmente. — A de que. Isso saiu em uma rapidez de sua boca, ainda bem ofegante e sentindo as piores sensações que o impossibilitam de falar, voltou em passos rápidos para o banheiro e fechou a porta a trancando. 



Lá dentro ele tirou a máscara e a camisa que usa, passou a mão em seus cabelos completamente molhados e suspirou, diversas vezes, toda aquela situação sufocante parece ter acabado, e de repente ele se lembrou de um problema muito maior que ele havia esquecido, Woozi é o único ômega da cidade, e todos são alfas, ele não pode ficar na cidade, pode até morrer se continuar ali. Os olhos de Coups começaram a olhar para todos os cantos do banheiro, mais uma vez o maldito desespero invadiu seu peito e não consegue pensar em nenhuma solução para isso. O que ele vai fazer para proteger Woozi de uma cidade inteira? 



E como havia dito, os problemas maiores só estão começando a aparecer. 




— Coups. O dono do apelido ouviu a voz de Woozi, só que ela está bem diferente, manhosa, pode-se até compara-la com um gemido. — Eu preciso de você. Os olhos do maior se arregalaram, ele entendeu muito bem a mensagem que o pequeno disse, ele praticamente gemeu para ele. 



E agora, o que você vai fazer Seungcheol? 


Notas Finais


O QUE VAI FAZER AGORA REGINA
ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!
SURTEI COM OS COMENTS DO CAPT ANTERIOR KDNDKDNDK CONTINUEM PARANDO DE FANTASMAR AMEM!
KISSES E MAIS KISSES!
ATÉ MAIS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...