História Adolescentes Suicidas - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hidan, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kisame Hoshigaki, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Personagens Originais, Sasuke Uchiha, Shizune, Tsunade Senju, Zetsu
Tags Akatsuki, Automutilação, Auto-mutilação, Bebidas, Cigarro, Colegial, Deidara, Deisaso, Depressão, Hentai, Hidan, Itachi, Itachi Uchiha, Itakisa, Kakuhidan, Kakuzu, Kisaita, Kisame, Kisame Hoshigaki, Madara Uchiha, Obito, Obito Uchiha, Orochimaru, Pain, Painkonan, Romance, Sasodei, Sasori, Suícidio, Tobi, Tobizet, Yaoi
Exibições 206
Palavras 780
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aqui está mais um capítulo fresquinho pra vcs.
Espero que gostem...

Capítulo 8 - Amor


Fanfic / Fanfiction Adolescentes Suicidas - Capítulo 8 - Amor

KISAME POLV'S ON.

Acordei com o maldito som do despertador berrando no meu ouvido, eu apenas peguei aquele objeto infernal e o taquei na parede do outro lado do quarto e tentei voltar a dormir. Cobri meu corpo com a cobertor novamente e fechei os olhos.

-Kisame, anda logo! Hoje você tem prova!-ouvi meu pai gritando do outro lado da porta.

-Como se eu me importasse com isso.-eu disse baixinho, me levantando da cama.

-Eu ouvi isso!

Apenas bufei e me arrastei para o banheiro, retirei minha calça junto com a cueca box e entrei dentro do box, abrindo a torneira e sentindo a água quente do chuveiro cair sobre as minhas costas. Lavei rapidamente meu cabelo e terminei de me banhar, sai, enrolei a toalha em minha cintura e voltei para o quarto.

Andei até o guarda-roupa, peguei e vesti uma blusa azul-clara de mangas curtas com a imagem de um tubarão, uma calça jeans cinza, meu All Star verde-água e sai.

Fui para a cozinha e abri a geladeira, peguei um pouco de gelatina de limão que tinha sobrado da  sobremesa do almoço de ontem e me sentei, enquanto eu comia olhava para a tela do meu celular, vendo se tinha alguma mensagem.

Terminei de tomar café, peguei minha mochila e sai.

Enquanto andava pelas ruas de Fox, coloquei os fones de ouvido e comecei a escutar Paramore-CrushCrushCrush. Andei mais alguns quarteirões e logo cheguei naquele hospício disfarçado de colégio, me sentei de baixo de um uma árvore e fiquei esperando os outros chegarem.

Pouco a pouco, os outros foram chegando, Itachi se sentou ao meu lado e me beijou, nós não nos importávamos se os outros alunos daquele colégio vissem, nunca escondemos nosso relacionamento de ninguém e não era agora que esconderíamos, nem nunca.

-Deidara não vai vir porque disse que está doente e Sasori falou que iria cuidar dele.-Konan disse para os outros.

-Será mesmo que ele está doente? Ou aconteceu alguma coisa e ele não quer nos contar?-Hidan perguntou.

-Acho que é a segunda opção.-Kakuzu comentou.

-Se aconteceu alguma coisa, ele ira nos falar. Ele sempre fala.-Itachi disse.

Todos assentiram, logo o sinal tocou e todos foram para a sala de aula.

Eu nunca tirava os olhos de Itachi, eu estava preocupado com ele e faria de tudo para protege-lo. Comecei a mexer nos cabelos do moreno que estavam presos em um rabo de cavalo baixo enquanto esperávamos o professor entrar.

O professsor Kakashi era o nosso professor de história, ele começou a falar sobre o antigo Egito e eu como sempre não aprestei atenção em nada. Estava morrendo de sono e só de pensar que eu teria que fazer uma prova de matemática, minha cabeça começava a latejar de dor.

-Senhor Hoshigaki, poderia aprestar atenção na aula?-ouvi o professor falar.

Todos direcionaram seus olhares a mim, menos os meus amigos. Acho que eles também não estavam aprestando muita atenção também.

-Me desculpe...-eu disse.

Ouvi alguns risinhos abafados, já estava acostumado com aquilo. 

Desliguei minha mente e apenas passei a observar meu reflexo refletido na janela.

KISAME POLV'S OFF.

 

DEIDARA POLV'S ON.

 

Eu estava deitado na minha cama com minha cabeça latejando de dor, Sasori estava deitado do meu lado, acariciando meus longos fios loiros. Eu estava com febre e nem tinha me conseguido me levantar para ir ao colégio.

Não adiantaria eu pedir para a minha mãe me levar no médico, ela estava muito ocupada trazendo vários homens todas as noites para casa e eu tinha que escutar os certos "ruídos" vindos do quarto dela.

Ela sempre traiu meu pai e meu pai sempre traiu ela...

-Dei, você está bem?-ouvi a voz de Sasori perguntar.

-Sim... Estou bem, Danna.

-Não me chame assim...-o ruivo disse, com as bochechas coradas.

Tinha me esquecido que eu chamava ele assim só quando estávamos nos nossos momentos mais "íntimos". 

-Foi mal...-eu disse, sorrindo.

Ele sorriu.

Amava aquele sorriso, amava ser o motivo do sorriso dele.

Observei ele sentar em cima dos lençóis brancos e retirar seu moletom vermelho-escuro, revelando seus braços cheios de cicatrizes. Em seguida ele retirou sua camisa cinza e se deitou novamente na cama, me abraçando.

-Eu te amo.-ouvi ele disser.

Amava ouvi-lo dizer aquilo, amava saber que ele s importava comigo, amava saber que era amado...

-Eu te amo mais...-respondi.

Ele riu nauseado e passou a beijar minha nuca, me abraçando cada vez mais forte.

Sentia o calor de seu corpo me esquentando, seus fortes braços me apertando contra o seu musculoso peito, sua quente respiração sobre minha cabeça...

Tudo era maravilhoso... Tê-lo por perto era maravilhoso.

 

"Um dia me perguntaram: O que você viu nele? 

E eu respondi: O que faltava em mim"

 

 

 


Notas Finais


O que acharam??? Até o próximo capítulo...
Beijos de brigadeiro<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...