História Adotada para o mal - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hot, Tae, Yooingi
Visualizações 53
Palavras 1.256
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Parceiro


Fanfic / Fanfiction Adotada para o mal - Capítulo 25 - Parceiro


POV * JIN *


Eu praticamente vivi a minha vida toda na residência do senhor Min, ele praticamente foi para mim um pai.


Meu verdadeiro pai era seu amigo, irmão e guarda costa dele, mais infelizmente em um dos ataques ele faleceu me deixando na vida, então eu fui criado para ser o que meu pai foi e hoje sou o companheiro mais confiante Do senhor Min e de seu filho Min Yoongi.


A algum tempo ele faleceu por causa de problemas em sua saúde, eu fiquei encarregado de cuidar dos jovens de sia residência e assim eu faço até agora.


- Jin hyung? - olhei para Jimin que estava ao meu lado no banco de trás do carro que estava em movimento- Está tudo bem?


- E por que não estaria? - ergo uma sombrancelha enquanto ele da um mero sorriso.


- Estou falando com você a um tempo - ele olha para a janela - Está muito pensativo que nem me respondeu e por isso quero saber se está tudo bem com você - ele volta seu olhar para mim novamente.


Jimin era realmente fofo, ele cuidava de todos e sempre se preocupava com todos de casa.


Lembro de que ele chegou em nosso lar quando eu tinha apenas dezessete anos enquanto o pequeno tinha doze, ele era menor do que é hoje.


Mesmo com essa aparência, Jimin depois de sua chegada não me enganava, pois por traz dessa cara fofa e esse jeito gentil de ser, qualquer um não o temeria e isso sim seria o maior erro pois ele é incrível na parte de lutar e atirar, um jovem muito incrível.


- Eu estou bem... - entrego um sorriso fraco para ele que me entregou o mesmo - Só estava pensando no meu passado e tudo o que eu passei de um tempo pra cá - suspirei - Momentos bons e ruins.


- Jin hyung não pense no passando - ele segurou um de meus ombros - O passado normalmente machuca - ele voltou seu olhar para a janela - Ainda mais o nosso... - ele pode ter sussurrado mais mesmo assim pude ouvir.


Eu e ele estávamos a caminho da casa de um de nossos parceiros em negócios, não me lembro o nome do mesmo, mais sabia que ele era bem temido, claro menos por Yoongi que mandou nos dois para termos uma conversa com ele sobre um certo assunto e eu realmente quero que seja somente uma simples conversa e não um começo de uma matança.


Ao chegar a residência somente dois guardas haviam na frente dos portões quando descemos do carro.


- Por favor - fez um gesto que era para a gente se posicionar para sermos revistados e assim foi - Estão limpos... Me sigam.


Seguimos o mesmo, passamos por um corredor que parecia sem fim até afim chegar a sala do mesmo.


- Senhor... - o homem que nos acompanhava falou para ele que estava sentado provavelmente em sua cadeira de costas olhando para a janela por traz dele - Eles estão aqui... Quer que eles entre? - eu e Jimin nos olhamos de uma forma que significava " Mais que saco por que dessa enrolação..-


- Deixe que entre e nos deixem a sós - e assim o mesmo fez colocou nós dois dentro da sala fechando a porta logo em seguida - Que bom que vieram - ele se virou, aquele homem me dava um certo nojo - por favor vocês dois - estendeu a mão apontando para as duas cadeiras a sua frente para que a gente fosse até ali para sentar - Bom como vão as coisas na residência do jovem Min? - olhei para Jimin que estava com a aparência serena e então voltei meu olhar para aquele velho.


- Vão bem, nada fora do normal de sempre - ele suspirou e olhou para cima.


- Sabe que quando falo isso é por que quero saber de Bianca não sabe? - me olhou novamente com um sorriso fraco - Me diga tudo sobre como ela está - suspirei e comecei.


- Ela está bem... Está se alimentando melhor agora depois daquele ocorrido... Já começou a se acostumar com o lugar onde moramos e até com o fato de se casar com Yoongi... - o velho a minha frente sorriu mostrando que estava satisfeito com o que havia le dito.


- Fico feliz por isso... E sabem quando sera esse tal casamento? - neguei com a cabeça mesmo sabendo que faltava pouco para isso ocorrer, isso foi um pedido de Yoongi para mim - Hum, bom... Acho que é só isso que temos a falar não é mesmo?


- Acho que sim - eu e Jimin nos levantamos - Então até m... - do nada Jimin deu passos se aproximando do mesmo que olhou confuso.


- Quero fazer uma pergunta ao senhor - meu coração acelerou um pouco, estava crescendo um medo do que ele poderia estar tramando.


- Claro jovem Parck faça - vi ele respira fundo como se estivesse pensando se era o certo.


- Quando o senhor pretende ir vela? - droga justo a pergunta que eu não queria que ele fizesse.


- Eu irei decidir ainda... - o velho desviou o olhar de Jimin focando em outro canto - Agora podem ir... - fez um sinal com a mão para que fôssemos embora.


- Mais... - interrompi Jimin que iria continuar o pegando pelo braço e andando até aporta.


- Vamos.. - o mesmo se soltou de minha mão e bateu o pé.


- Ela é sua filha seu verme... Vai esperar que algo aconteça com alguma de vocês dois para ambos assumirem esse laço - ele nada falou somente permaneceu - Você realmente não liga por ter deixado aquela garota incrível para traz sozinha? - peguei Jimin antes que o menor continuasse.


- Desculpa senhor Sejin isso nunca se repetirá - puxei o pequeno com força indo rápido para o nosso carro e entrando no mesmo - QUAL O SEU PROBLEMA? - ele abaixou a cabeça - ELE PODERIA TER COMEÇADO UMA GUERRA SABIA?


- Desculpa mais aquilo estava preso em mim querendo se soltar o mais rápido... Desculpa hyung.. - suspirei fundo e mandei o motorista dar a partida.


- Sabe que Yoongi vai saber disso não sabe? - ele afirmou - Eu quase falei aquilo também sabia... Mais me controlei o máximo possível - olhei para o mesmo que me olhava - Eu queria saber o que aquele velho nojento está planejando desde que deu como presente sua filha para o falecido senhor Min - suspirei fundo acompanhado por Jimin.


- Eu também hyung - ele olhou para a paisagem na janela - Sabe eu nunca disse isso por causa de pessoas mais... - nos encaramos - Eu estou com medo do que ele planeja...


ENQUANTO ISSO NA RESIDÊNCIA DE SEJIN


- Mande o entrar - eu estava nervoso por causa daqueles moleques, mais rapidamente minha raiva se foi quando eu vi aquele ser entrar em minha sala - Que bom que agora temos muito tempo para conversar já que não está trabalhando mais... - me levantei e levantei minha mão apertando em comprimento a mão de meu aliado - É bom te ver de novo jovem Jung Hoseok - o mesmo sorriu junto a mim.


- Digo o mesmo sonhor Sejin... Então quando começamos o nosso plano?




.




.




.





Acho melhor você se prepar jovem Min Yoongi pois essa história está perto do fim.


Notas Finais


Comentem e favoritem se gostarem
( ˘ ³˘)❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...