História Adotados! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Itadei, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sasunaru
Visualizações 87
Palavras 1.677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá minna!, voltei com mais uma fanfic! e sim, claramente ela é Yaoi.... podem comemorar hihihihi
depois de um tempo pensando em uma historia legal para dar a voces, me lembrei dessa historia que fiz na cabeça ha muito tempo atras mas nunca postei (Todo mundo já fez isso kkkkk)
espero que gostem e que sejam paciente com meus erros de ortografia e de portugues!
como minha vida esta um pouco agitada só consegurei postar caps novos em finais de semana ou na propria sexta se eu conseguir

{Tia-lean}

Capítulo 1 - Prólogo.


Naruto

​E lá estava eu novamente correndo atrás daquele maldito que ousou encostar novamente no meu irmão.

-SAI!! se eu te pegar filho da puta, voce vai morrer! volta aqui!

-mas eu nem toquei nele, foi acidente!- dizia ele enquanto ria desviando das coisas que eu atirava nele.

corremos por um bom tempo ate eu perde-lo de vista pelos corredores.

-Aquele projeto de abort- fui interrompido por uma voz extremamente irritada.

-Deidara!

virei para traz encontrando a diretora me encarando.

-Me acompanhe por favor! onde esta o seu irmao?

-No quarto, senhora, fiz algo de errado?- disse com medo de receber outra puniçao de ter que arrumas todos os banheiros de novo.

-Além de chingar outra pessoa, correr pelos corredores e bagunçar as coisas brincando de guerrinha, o que são coisas proibidas... nada fora do normal.- disse com sarcasmo na voz

-Mas ele passou a mão nao bunda do Naruto!

-Ele oque?!- parou de andar imediatamente olhando para mim- tudo bem, depois eu cuido disso pessoalmente... entre por favor.- disse me dando espaço para entrar em sua sala.

-Chamei voce aqui Deidara, por que voce é mais serio do que seu irmão e vai me deixar explicar melhor. Em 25 anos desta instituiçao de adoçao voce chegou aqui bem novinho junto ao seu irmao, como todas as crianças e adoolescentes daqui, e eu cuidei muito bem de voces até agora... mas aconteceu uma coisa inesperada! voce vai fazer junto com seu irmao 18 anose vão poder sair daqui com pequenos empregos e um pequeno apartamente que arrumamos para voces... bom, era o que iria acontecer.

-Como assim?- perguntei.

-Voces foram adotados!- disse alegre mas ainda com postura séria.

-O QUE?!?... -Não posso acreditar nisso! isso não esta acontecendo! não hoje! não agora!

-uma casal muito importante veio procurar voces, quando viram sua ficha pediram imediatamente sua adoçao! parece que voces mesmo adolescentes conquistaram esse casal que estao procurando novos filhos- ela agora colocava a mao nas bochechas como se estivesse sonhando com algo feliz.

Nao, nao, nao, nao, nao, nao, nao, nao, nao, nao, nao, NÃO PODE ESTAR ACONTECENDO ISSO! COMO ASSIM?! PASSEI A MINHA VIDA TODA QUI, ESPERANDO UMA FAMILIA E QUANDO EU POSSO SAIR FINALMENTE, VEM ME ADOTAR?! FUCK!

No meio desse transe de chingar meio mundo ate minha raiva passar, percebi que ja estava dentro de um carro com o Naruto do meu lado cantarolando alegre e ja estavamos em um lugar que eu nao reconhecia mais.

-O-oque...? como eu vim parar aqui...? Naruto! me explica! - ele parou de cantarolar me olhando com uma cara ''voce é idiota? ou o que?''

-Nossa Dei-chan, voce tem alzaimer? fomos adotado! sabe como eu estou feliz com isso?

-Eu nao gostei nada disso! estragou meus planos de serem só nós dois depois de sairmos de ''lá''.

-Nao vai ser ruim, podemos começar tudo de novo e realmente orgulhar nossos ''pais''. vamos deidara! vai ser divertido!

-"Divertido"? voce esta levando isso na brincadeira? isso é sério Naruto, ninguem te adota sem pelo menos te visitar ou se apresentar antes! isso é estranho!

-Voce é muito desconfiado, Dei-chan, vamos deixar isso de lado ok?- disse se virando para a janela  olhando a paisagem.

 

Nao estou tentando te colocar pra baixo Naru-chan... eu só estou frustrado! eu queria que a partir de agora fosse só nós dois, vivendo felizes e orgulhando a sí mesmos, mas meus planos foram por agua abaixo... tudo bem, pelo menos voce vai ter "pais" de verdade agora, sei muito bem como voce esta feliz, consigo ver nos seus olhos.

Meu nome é Deidara, é só isso mesmo, nao tenho sobrenome. como voce deve ter percebido eu sou orfão, eu e meu irmao gemeo desde que nascemos. fomos encontrados na porta do orfanato com menos de 5 horas de vidas. cliche não é? bom, pelo menos estavamos tomado banho e com roupas limpas e cheirosas. acho que tiveram a decencia de nos deixar apresentaveis antes de nos abandonar.... junto com meu irmao temos 17 anos. somos gemeos mas não identicos, só algumas coisas iguais, como a cor do cabelo loiro e os olhos azuis. ele é mais moreno,  mais baixinho, e mais criança. mas mesmo assim eu o amo com todo meu coraçao e ele sabe disso.

Nesse momento estavamos entrando em um tipo de bairro nobre, onde as casas eram lindas com quintais verdes e decorados com flores ou com caminhos de pedras e bancos de madeira.

acabamos parando na frente de uma das imensas casas daquele querteirão, descemos e o motorista nos ajudou com a mala.

confesso que estava ficando com as maos suadas por causa do nervoso de ter que encontrar eles, diferente de Naruto que estava uma pilha de felicidade do meu lado.

-Vamos Dei! vamos entrar logo!- disse me puxando pelo braço ate a porta apertando a campainha umas 3 vezes seguidas.

-Naruto!, calma ai! quer quebrar?- disse batendo na sua mão como uma mãe no seu filho.

-Desculpe, mas estou ancioso! quero conhece-los!

-Você está muito ansioso, igual a uma criança! se comporta! ou quer que nos devolv- a porta foi aberta.

no outro lado da porta havia uma mulher muito bonita de olhos negros e cabelo  preto quase beirando um azul escuro lindo.

ela ia perguntar quem era mas depois fez um 'o' perfeito com a boca e de repente estávamos sendo puxados pela mão por ela para o interior da casa. depois de segundos paramos na no que eu julguei a sala de estar na frente de uma poltrona de couro bege com um homem sentado nela. seu rosto estava escondido atrás do jornal mas quando percebeu nossa presença logo nos deu atenção. seu rosto era lindo, como da mulher mas seu semblante serio não me permitiu fita-lo por muito tempo por causa de vergonha, mesmo sentado dava pra ver que era alto, seus olhos iguais a da mulher eram negros e seu cabelo também, tinha duas marcas no rosto de nascença (acho eu) que  davam o ar de Homão Da Porra Toda.

estava tão tenso que nem sabia por onde começar a falar, vendo minha aflição ela iaria começar a falar mas foi interrompida pelo Naru.

-Olá! meu nome é Naruto! estou muito contente em conhecer vocês! vocês tem uma bela casa! como são seus nomes? quantos anos vocês tem? posso ter um cachorrinho? vai Deidara fala alguma coisa!

 Eu nunca desejei tanto morrer naquele momento, ele não parava de falar um segundo! queria poder bater nele mas agora pra não passar vergonha vou me apresentar também...

-o-oi... meu nome é Deidara...- não consegui dizer mais nada por que a mulher pulou na gente e quase nos matou sufocados.

-oooowww, olha Fugako, como são fofos! eu quero morder! hihihihihi

-Mikoto, controle por favor sim? quer que eles te odeiem?

Pela primeira vez ele se pronunciou, se levantando da poltrona e chegando perto de nós. seu rosto serio foi substituído por um sorriso de lado.

-Prazer! Fugako Uchiha- disse passando a mão no topo das nossas cabeças.

-E eu, a mikoto!- disse sorridente a mulher enquanto nos abraçava mais forte.

olhei pro lado e vi Naruto como se fosse um gato com tanto carinho. então pude relaxar, também gostei de conhece-los.

-Eu queria começar a conversar e lhes mostrar a casa mas ela quer muito que vocês vejam o quarto que ela mesma decorou pra vocês.

-sigam-me senhores.- disse ela nos guiando pelas escadas. 

no segundo andar da casa presumi ser o andar dos quartos, no corredor longo havia quatro portas, duas do lado esquerdo e duas no direito. a dona Mikoto apontou pra mim a primeira porta do lado esquerdo e muito vergonhoso e a abri tendo o vislumbre de um lindo e grande decorado quarto decorado do jeito que eu decoraria. olhei pra trás muito feliz e vi o sorriso dela aumentar. enquanto do outro lado eu podia ver o quarto do Naru decorado com a cara dele. e ele com uma cara de "meu deus" hahahaha foi hilário.

o resto do dia passou muito bem, acabei descobrindo varias coisas com eles e outras eu nem precisei perguntar por que sou um ótimo observador. mas uma das coisas que eu achei estranho foi que eles disseram que o quarto deles é no primeiro andar. nos fundos, então por que tem mais dois quartos lá em cima? ah, deve ser de hóspedes. estou imaginando coisas.

só sei que hoje foi um dia agitado e eu estou super cansado. e preciso dormir.... na minha nova cama! que eu descobri ser muito confortável!, depois de tomar banho e deitar em um instante eu dormir, mas logo percebi que já era de manha.....

''mas já?!''

decidi não dar trabalho para eles por terem que me acordar e levantei sozinho, fiz minha higiene matinal e olhei o relógio, eram 5:15 da manha..... eu acho que acordei cedo de mais, mas agora estou com sede e preciso de agua.

saí do quarto e fui direto pro quarto do naru onde abri a porta devagar o encontrando dormindo tranquilamente. fechei a porta e desci as escadas tomando cuidado para não fazer nenhum barulho.

chegando a cozinha -onde descobri ser o melhor lugar da casa- abri sorrateiramente a geladeira tirando uma jarra de leite e um pedaço de bolo de morango com creme. bebia o leite e comia o bolo feliz da vida quando tomei um susto com alguém entrando na cozinha. era um rapaz acho que um ou dois anos mais velho que eu. tinha os olhos negros como a noite e cabelos compridos amarrados em um rabo de cavalo baixo  e as charmosas marquinhas iguais a do Sr. Uchiha.. ele me olhava de cima a baixo com um ar sério 

-Quem é você?- disse para mim com uma voz que penetrou a minha alma.

naquele momento eu não sabia o que fazer. então eu apenas larguei tudo e corri, passando por ele que fez uma cara de surpreso mas não me impediu. corri para o meu quarto me jogando na cama e pensando em mil e uma formas de me matar.

 

 


Notas Finais


olá minna! sim! a tia voltou! (eu não demorei tanto assim né? kkkk)
bom essa mais nova fanfic minha não vai ter a visão centrada no naruto como eu fiz no Meu Omega e sim no deidara, então esperem pra ver as loucas confusões que ele vai aprontar. e não, não é ABO.. infelizmente.
até mais!
(eu estava com muita saudades!, me mandem um beijo quem ainda lembra de mim! \(*-*)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...