História Adrinette e filha do futuro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Plagg, Tikki
Tags Adrinette Ladychat
Exibições 83
Palavras 1.816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


espero que gostem da minha historia
beijinhos
comentem

Capítulo 1 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction Adrinette e filha do futuro - Capítulo 1 - Surpresa

-Mari acorda estas atrasada .-tikke

-ahh… mais 5 min

-mara sal 7.35

-o quêeee?-e então eu  corro fazenda a minha higiene matinal .fiz tudo o que tinha de fazer e corri para a escola mas antes eu pedi um bolo para comer, corro desesperada para não chegar tarde e afisto ayila nino e o meu querido adrian

-oi  bom dia …-dise com dificuldade por ter corrido

-oi bom dia mari.-diz adrian sorrindo

-oi atrasada como sempre.-ayla

-oi mari.-

-ai meu adrian vem comigo.-essa é a chloé que corre e salta para os brasos do adrian

-chloe larga-me para com isso .-e arranca ela de si.-e eu não sou seu adrian .-isso é normal, e fomos para as aulas e estava tudo bem e já íamos para a aula do almoso e eu ia comer em casa

-Meninos eu bou comer em casa .-eu digo saindo

-espera eu vou contigo, vou ter uma secção de fotos

-t-ta-a-a.-e saímos os dois devagar eu estava a sair da escola  com o adrian

-mamaaaa…que bom que encontreite .-vi uma menina loira com olhos azuis como osmeus e os cabelos preços como os meus … e  se agarrando as minhas parnas e ao adrian .-mamaaa

Adrian on

Como é que é a menina chamou mari de mama como então agarrei o seu braço ,eu já algum tempo tenho sentido algo para com mari mas agora estou fulo como ela tem uma filha e não comido eu estava com raiva

-marii porque não me dizeste,.-eu dize com ciomes

-o quê ..

-t-tu tens .-e apontei

-o que eu não tenho nada  eu eu ainda s-s-sou s-s-sou v-v-virgem.-ela dize corada como um pimento e então eu também fico… então eu me abaixo

-entao quem es eu sou

-meu pai do passado e eu do futuro.-ooooo quê agora ..eu eu estou espantado

-agora agora …aiii .-  eu olhei para mari e ela estava pasma , eu peguei e liguei para meu pai e ele atendei e eu disse que estava maguado e estava em casa de mari .. querem saber por que ele gosta de mari e ele resmongou mt por causa de não poder ir a secção .-ola menina como te chamas

-diama ..tenho 5 anos e venho do futuro

-uau como.-eu emari dizemos

-podemos ir para algun lado .-diz a diana

-s-sim para onde .-mari

-para sua casa.-eu

-c-como… e o que dizemos

-depois vemos .-eu digo então saímos correndo para a casa dela e entramos na padaria e o sino toca avisando que entramos

-mari …quem é essa menina

-ola sr.sabine ..mi-minha prima viemos com a mari

-comer …tudo bem podem sobir eu e seu pai ainda não vamos comer temos mt clientes e entregas

-ta.-mari dize e sobimos para a cozinha

-entao quen som os teus pais .-eu pergunto de novo

-voces

-m-mas c-como e-eu s-so tenho 16 anos

-eu fui pega pelo um akuma e tazida para aqui ..mas ele desapareceu

-e como .-agora era eu

-a fofos e eu os conheso vem …e quando cheguei eu fi em que ano estávamos e foi fazil vocês contao muitas historias de suas épocas e dos kuanis palgg e tikke

-aaahhhh como sabes .-dizemos os dois

-ora eles andam pela casa

-queeeeeeê? Como pela casa

-voces são borros ….a e eles estão com vocês .-agora foi a gota de agua ela sabia como tanto tempo escondendo as identidades para uma menina para revelar ….espara  emtao a-a-a ma-ma-mari

-tuuu.-e gritamos um para o outro e coramos os dois .e a menina ria da gente

-papai  es hilario …tu e plagg estão sempre discutindo.-eu ainda estou bemmmm surpreso mari mt calada e então eu a olho e ela estava desmaiada

-mari acordaaaa…pelo amor de deus acorda .-eu digo desesperado agora que sei que ela é o meu amor em dobro né  eu amo ela com a mascara e sem

-papaii…a mamae esta bem .-diz ela preocupada

-achu melhor a levar para o quarto.-era plagg

-socorroooo.-ouvimos uma voz por de baixo de mari .-mari acorda esta-me relando

-ohhh tikke …onde estas

-aaiii os meus ossos .- e então ajudei a pobre criatura

-ém tikke não querias que disse-se-mos nada para eles e agora  .-como assim eles já sabiam

-olhem depois conversamos suas criatiras …vou levar a mari para o quarto…e quietos e se escondem menguem pode os ver intendido .-e saio com mari em direção ao quarto dela ..eu já estive aqui como chat e foi quando comecei a gostar dela e dei um sorriso pois ela aguia comido como a my lady ..mas era mt doce também comíamos juntos á noite e conversava-mos mt … eu subo as escadas a te a sua cama e a deito com cuidado e me sento ao seu lado e fazo um carinho em sua face e não sei quanto tempo ficamos assim ela desacordada e eu a cariciar ..nao posso a creditar estávamos tam próximos como fui cego ,e idiota .. fui despertado com mari se mexendo

-ahh..ahh omde estou .-pergunta ainda com dificuldade

-que bom que acordou …-eu digo a abraçando e a largo rápido

-aaahhh  …. A-adri-na …eu eu tive um sonho esquisito.- e eu rio ela deve dizer de diana e asnossas mascaras

-oi mylady .-dize e peguei dua mao e a beijei

-ah-ahhh…eééé v-ver-da-de

-iap …fico mt feliz em saber que es a minha princesa

-aaiiii …chatttt.-dize apontando para mim.-minha nossa .-e eu ea falar quando ouço um grito e a porta se abri tom forte

-mamaaaaaa….ahhhh…papaiii.-era diana chorando então nos levantamos e corremos em sua direção  com tanta preça eu escorreguei pelas escadas levando comigo mari escada a baixo

-aaaiiiiii…-dizemos os dois

-plaggg e tikke estão brigando com nuru.-mari estava em cima de mim e estávamos esfregando a cabeça

-e quem é nuru .-pergunto  

-o meu kwami .-a o que ela também tem um

-tambem tens um ….como

-alguém deu-me

-quem-? Perguntamos os dois

-desculpa mas não posso contar mais nada  do futuro so que soa meus pais …mas vamos logo nuro ahhhh.-dize voltando a chorar e a seguimos 

-CALADOS. -grita mari quando vimos a barafunda na cozinha, e todos, pararam de gritar

-desculpa .-dizeram os três juntos

-estão desculpados mas silencio .-e vimos uma criatura roxa se esconder nos braços de diana, e ela fazendo carinho e a beijando

-olha mas não parece a quele kwami do livro tikke

-do que falas mari.-eu pergunto e ouço tikke responder

-é ele mari é o kwami do vilão

-o quê ?....-disemos os dois

-não bom fazer mal a nuruuuu.-diana chora .-ele é mt bom e somos amigossss

-ta ta ele bem do futoru e deve de estar diferente .-eu digo

-vamos comer …puxa hoje promete .-mari

-parece que sim .-eu respondo colocando a mao em seu ombro e aproximando o meu rosto ao seu .-temos mt para conversar princesa.-eu digo só para ela ouvir e por fim dou uma pequena mordida em sua orelha e ela , a fazendo arrepiar ..eu não sei o que me deu mas parece que meu lado chat esta ativo…vamos comer então minhas princesas eu digo para as duas posemos a messa e comemos e ate os kwamis comeram e todos conversava-mos

-diana temos que ir para a escola sim vais ficar aqui ta .-eu digo e ela foi com a gente para a padaria e vimos os pais de mari. Diana sabine pode ficar com a diana

-sim querido e podes me tratar por tia

-s-sim s-sim .-a gora a gente fala so para a diana .-não podes os tratar por avos ta bem .-eu digo

-sim diana tome cuidado.-e nos dois a beijamos e fomos para a escola eu de vez em quando olhava para mari e ela estava corada então pego em sua mao e a levo aos meus lábios e a beijo

-mari agora a gente já pode namorar já me aceitas….-e ela baixa o seu rosto

-tu não gostas de mim …t-tu queres a sua lady não eu

-isso não é verdade ..gosto das duas .-eu digo e virei na próxima rua e segui para o parque

-a-adrian temos a-aulas

-nos vamos conversar primeiro .-e então nos chegamos ao parque  e eu a puxei para um banco próximo ao lago.-tu es mt difícil eu já tentei de todo para a lady e a mari …quantas vezes eu quis algo contigo nas minhas visitas que te fazia HÁ MARINETTE EM?e tu nada sempre dizias não …sempre não o que eu te dizia era verdade eu tinha um sentimento pelas tuas doas fases e …tu já não .-essa untima parte doeu um pouco porque era verdade eu mt vezes tentei algo com a mari mas na hora H  ela recuava dizendo que gostava de outra pessoa

-tu como adrian n-nunca quiseste nada comigo .-ela agora olhava para mim determinada

-e se eu quisesse e não tinha coragem …também mal falas comigo como adrian ….ja com a mascara falavas mt bem .-agora eu também falava determinado ,e ela vira o rosto e faz bico , olha que ficou bem fofa e adorável

-nessa parte tens ração …-ela diz co o bico

-mas porque.-eu pergunto, ela abaixa o rosto e começa a brincar com os dedos parecia nervosa

-e-e-eu me enrolava toda so para falar um oi … e e podias pensar que era esquisita .-esso era verdade eu achava mari rara e acho que foi por isso que quis conhece-la mais se não dava como adrian tinha de ser como chat foi o que eu fiz   

-e sim eu achava-te rara e com isso veio a curiosidade de te conhecer, sabes quando o Nathaniel foi akumatizado tu falaste lindamente com chat, então tive a ideia de te começar a visitar como chat para te conhecer. -vi ela a corar em seguida.-entao como adrian aceitas namorar comigo

-s-sim  …e d-d-desculpa p-por ser assim ….v-vou tentar m-melhorar para falar contigo.-e eu a agarrei pela sua cintura e coloquei um dedo nos seus lábios a calando e como resposta ela cora

-eu sei que é uma questão de tempo e vais melhorar …mas confesso que gosto de teu lado tímido minha princesa .. e-eu p-posso te beijar .-eu gaguejai um pouco apreensivo pela sua respostas porque sempre que tentava a beijar como chat ela se afastava, e então ela fez sinas com a cabeça em positivo, fui baixando o meu rosto para eu provar seus lábios ,e por fim eu selei nossos labios ,mas tentei aprofundar o beijo mas não dava , me afastei um pouco .-mari abre a tua boca .-e a sim ela fez e eu passei a minha língua para dentro de sua boca e ela tinha um gosto divino era doce como mel a ouço ela gemer contra os meus lábios e sinto ela envolver meu pescoço com seus braços   mas tivemos de mos afastar pelo ar que estava a acabar…entao nos olhamos e estávamos vem corados

-g-go-gostaste do b-beijo .-ela pergunta envergonhada

 

Continua………….


Notas Finais


ola como foi o capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...