História Adventure Of Life - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrew Lincoln, Chandler Riggs, Jeffrey Dean Morgan, Norman Reedus, The Walking Dead
Personagens Norman Reedus, Personagens Originais
Tags Aventura, Norman Reedus, Romance
Exibições 51
Palavras 522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Especial


Fanfic / Fanfiction Adventure Of Life - Capítulo 4 - Especial


       Quando eu finalmente consegui pegar todas as minhas coisas, me deparo com aquela multidão correndo quase em minha direção. A única reação que tive foi sentar novamente para esperar aquele tumulto acabar. Eu sabia que aquilo não podia ser comigo, será que até os americanos esperavam a minha chegada?
       Foi quando eu percebi que todas aquelas pessoas gritavam num mesmo propósito e com roupas em comum. Alguns com blusas e outros com casacos mas todos tinham algum desenho ou foto de algum personagem de The Walking Dead. Rapidamente subi no banco onde estava sentada pra ver se conseguia descobrir o que ia rolar ali. 
            — Ei moçinha, não pode subir aí! — disse uma voz que me assustou
            — Claro, desculpa. Só queria saber o que está acontecendo. — respondo descendo do banco. 
            — Tudo bem moça! Não se preocupe, são só alguns atores de The Walking Dead chegando. Você conhece? — me pergunta o segurança 
            — Lógico que sim! — respondo quase pulando no homem 
      Senti que aquele era o momento, eu ia conhecer meus atores preferidos. Não estava acreditando que conheceria eles logo na minha chegada ao país. Até que senti meu celular tocar e quando olho pra tela é o numero do táxi que pedi antes do tumulto. 
             — Senhorita, já estou no local. - diz
             — Ok, estou indo! 
        Achei o carro, disse o destino ao motorista que fez muitas perguntas sobre mim e sobre o motivo de estar de mudança para aquele lugar. Chegando no meu destino, ele me entrega um cartão e disse que poderia ligar sempre que precisasse. Agradeci pela conversa agradável e ele me desejou sorte nessa nova etapa. Quando entro no prédio, o proprietário do apartamento estava na recepção me esperando para a entrega das minhas chaves e apresentação do apartamento. 
           — Nossa, até que enfim você chegou menina! — me diz o homem 
           — Olá, senhor Otto! — respondo e escuto a risada da mulher que estava em seu lado. 
           — Oi Mel, vamos subir para o seu novo apartamento? — me diz a mulher que devia ser esposa do Otto. 
      Eles me ajudaram a subir com minhas malas e quando chegaram na porta do apartamento entregaram as chaves em minhas mãos. 
           — Cuida dele pra mim, esse lugar é especial. — me diz a mulher. 
           — Tudo bem Leah, vou cuidar como se ele fosse meu. — respondo.
       Leah parecia a minha mãe quando falava, coloca sentimento e delicadeza em tudo. O apartamento estava em perfeitas condições, já podia me sentir em casa.
          - Meu número está aqui, se precisar sair para comprar algo e não souber onde ir, me liga. - me diz Leah. 
          - Claro! - respondo abraçando a mulher em forma de agradecimento. 
          Eles foram embora e a primeira coisa que fiz foi procurar o meu quarto. O apartamento era pequeno e eu tinha tantos planos pra decoração dele que o meu pinterest só tinha fotos de salas, cozinhas, banheiros e quartos. Em meu apartamento tinham 2 quartos, onde eu poderia montar um home office. Chegando no primeiro quarto me deparo com uma cama imensa e lembro que Leah fez questão de deixar lá para mim, aquele mulher realmente sabia das coisas. Me deitei na cama, e apaguei. 
 


Notas Finais


Até amanhã!
Por favor, comentem se estão gostando. Bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...