História Afeições - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Tags Chaeyoung, Dahyun, Jeong, Jihyo, Mina, Momo, Naeyon, Sana, Twice, Tzuyu
Exibições 56
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente, essa é a minha primeira fic, espero que gostem!

Capítulo 1 - Primeiro dia


Perspectiva da Momo

- Momo! Acorda! Você ja está atrasada pra o colégio! - Ouço minha mãe gritar pela milésima vez so que dessa vez abrindo as cortinas do quarto.

- Aishh - Levanto finalmente e faço minha higiene matinal; por mais que esteja com saudade das minhas amigas minha vontade era de continuar a dormir, a última noite não foi a das melhores - Tchau mãe - Desço as escadas enfio um biscoito na boca e saio apressada avisando.

Assim que chego à escola vou ao encontro de Sana e Chaeyoung

- Finalmente, pensei que não viria mais - Sana fala guiando a gente para dentro 

- Não tive uma boa noite - Bocejo. 

Entramos na sala e vejo todas minhas amigas juntas, vamos ao seu encontro e percebo a batida de leve que a Sana dá na bunda de Dahyun que sorri logo em sua direção, percebo então a inquietação de Tzuyu com a cena não entendendo muito bem, e reconheço de imediato a Jihyo - Temos que marcar imediatamente um ensaio, ainda hoje pedirei ao Sr. Jonho para podermos ensaiar no auditório 

- Ah, calma ae Jihyo, primeiro dia, precisamos de uma diversão - Jeong fala tranquilamente, recebendo rapidamente apoio da Naeyon

- Verdade, planejei que a gente fosse a minha casa, meus pais estão fora, podemos nos divertir quanto quiser - A Naeyon fala entusiasmada sorrindo para a Jeong.

Não sei porque mas nunca gostei da relação tão próxima das duas, desde do ano passado quando conheci a Naeyon senti algo me tomando por inteira, tentava falar pra ela sobre meus sentimentos, mas nunca deixava me expressar e ainda hoje fico super nervosa em sua frente, e acho isso péssimo, pois minhas bochechas ficam vermelhas de uma forma bem explícita. 

- Ta vendo; vamos galera, so hoje - Todos aceitam com um sorriso no rosto, inclusive a Jihyo que saiu por vencida, menos a Chae que estava muito estranha e disse que não poderia; desde a entrada percebo o quanto ela estava cabisbaixa.

Então estava marcado. No intervalo fui para o refeitório atrás principalmente da Chae, a escola parecia ter ganhado muitos alunos e isso tornava o clima muito agitado.

- Você devia conversar com ela, Tzu - Ouço enquanto caminhava em direção à Chae a voz meiga de Naeyon falando para a Tzuyu. Tento passar despercebida

- O que houve com a Tzuyu? - sento a mesa onde Chaeyoung estava

-Não tá óbvio Momo? Ela gosta da Sana, enquanto a outra so vive apertando a bunda das meninas - a Chae fala em um tom indignado

- E porque ela simplesmente não fala? 

- E eu que sei? - sinto a frieza em suas palavras

- E você? porque ta assim? - pergunto mudando de assunto

- Nada... só alguns problemas familiares...

- Hum.. Cadê a Sana? 

- Saiu com a Jeong pra fazer sabe la o que - Por um momento fiquei feliz, será que a Jeong e a Sana se pegam? Não acredito que penso nisso como algo positivo so pra ela não ficar com a Naeyon e eu assim tiver chance...

O sino toca e vamos pra mais três aulas cansativas do professor Fehr, que pareciam não acabar nunca, a única que sempre ficava ativa independente era a Naeyon... Sempre a Naeyon, precisava tirar ela da minha cabeça de uma forma ou de outra!

Finalmente as aulas acabam e o professor me chama para uma conversa, estranho, e então faço um sinal para as meninas de que a gente se fala depois. 

- Hirai Momo, você não me entregou o trabalho, estou preocupada com suas notas. Você nunca foi assim, sempre foi uma excelente aluna

- Ée... desculpa professor, esqueci completamente... - ele me olha por um tempo preocupado

- Olha Momo, lhe darei mais uma chance, aceito seu trabalho até semana que vem

- Obrigada professor! - Desde a viagem do meu pai me sinto muito mal, não durmo direito a muitos dias. Ao sair da sala, parecia não haver mais ninguém, até que vejo através do vidro de uma sala fechada uma linda menina com um corpo maravilhosamente definido, ela me atraiu tanto que me fez ficar intacta babando, ela era tão bonita, estava de costas, mas parecia ser alguém que conhecia, ela fazia uns movimentos de dança super reais e naturais e que me chamavam bastante atenção, até que ela se virou em minha direção e eu senti minhas bochechas esquentarem de tão vermelhas ao susto que tomei ao perceber quem era...


Prossegue...








Notas Finais


Bom, o que acharam?? Desculpem-me pelos erros e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...