História Afraid To Love You. - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~lylasproblem

Postado
Categorias Bea Miller (Beatrice Miller), Fifth Harmony, Jacob Whitesides, Shawn Mendes, Troy Ogletree
Personagens Ally Brooke, Bea Miller, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Jacob Whitesides, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes, Troy Ogletree
Tags Bea Miller, Camren, Fifth Harmony, Jacob Whitesides, Keana, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 65
Palavras 2.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi povo <3 FELIZ DIA DAS CRIANÇAS(Mesmo que nós não sejamos mais crianças ksmdkaçd saudades infância :( )
esse capítulo vai ter muita treta, então peguem a pipoca e comecem a ler, vejo vocês nas notas finais sz

Capítulo 4 - She's giving me nerves


- Vadia, vadia, vadia! – Cassidy gritava o mais alto que podia, chamando a atenção de algumas pessoas que passavam pelo corredor. – Camila, você tem certeza que a Allyson dormiu na casa do Troy?

- Sim, eu tenho a prova. – Camila diz, entregando o celular para Cassidy. – A própria Ally comentou isso no grupo.

Camila se sentia culpada por falar aquilo para Cassidy, pois ela achava que prejudicaria Ally e Troy e ainda mais suas amigas. E ela também sabia que Lauren iria se decepcionar com ela.

- Eu não acredito que ela está querendo roubar o meu homem, isso não vai ficar assim.

A latina estava com um enorme peso na consciência. Ela não queria mais ser a popular, e ser amiga de Cassidy. Ela queria andar com as outras meninas, ela queria ser amiga delas. E estava decidida a mudar de lado.

- Cassidy, por favor, não faça nada de mal para Ally e Troy. – Camila disse um pouco insegura.

- Como é? Camila você está ficando louca? Eu não ouvi isso de você, não acredito que você está defendendo aquela babaca! – Cassidy disse totalmente brava.

Camila criou coragem e decidiu colocar para fora tudo aquilo que queria falar para Cassidy algum tempo atrás.

- Sim, é isso o que você ouviu, eu estou defendendo a Ally sim. Quer saber, eu já estou cansada de você e essa obsessão toda pelo Troy achando que ele gosta de você, ele tem é NOJO de você Cassidy. Ele ama a Ally, todos nós já percebemos isso e você continua sendo infantil. E tem mais, você se achar a superior por ser rica, bonita e ser filha de um médico não vai te fazer melhor do que ninguém. Não me procure mais pois eu não quero mais ser sua amiga, adeus.  – Camila apenas pegou seu celular e saiu de perto de Cassidy, que ficou sem entender nada.

- Se essa traidora pensa que vai se sair bem nessa, ela está bem enganada. Eu vou infernizar a vida desses idiotas. – Disse Cassidy, dando uma risada irônica.

Camila saiu a procura das 5 garotas, ela estava ansiosa para saber se elas a aceitariam como amiga. Felizmente elas estavam no corredor perto da sala 206.

- Oi, gente. Eu queria tratar de um assunto importante com vocês. – Camila disse, tentando disfarçar um sorrisinho, já que Lauren estava encarando ela.

- Tá, fala ai o que aconteceu Camila. – Dinah falou, cruzando os braços.

- Bom, eu decidi não ser mas amiga da Cassidy, eu percebi que ela não merecia a minha amizade, e então eu queria saber se vocês me aceitariam como amiga. 

Dinah e as outras meninas se reuniram por alguns minutos e decidiram.

- Camila, nós conversamos e decidimos que você pode sim ser nossa amiga, mas se você falar alguma coisa nossa para Cassidy, você vai se ver comigo, só avisando. – Dinah falou, avisando a Camila se ela traísse a confiança das garotas.

Lauren estava tentando conter a felicidade de ter Camila em seu grupo de amigas.

- Entendi, mas eu não quero mais ser amiga daquela cobra, eu criei nojo dela.

- É assim que se fala garota, toca aqui. – Dinah e Camila deram um five-high com as mãos.

- Que tal a gente falar sobre Ally e Troy ontem? – Bea disse, curiosa para saber sobre os dois.

- É verdade, conta o que aconteceu, Ally! – Normani falou, empolgada.

Ally contou tudo o que aconteceu desde que eles chegaram na casa de Troy, até quando eles estavam vindo para escola. 

- OMG! Ally, ele está afim de você! – Dinah disse, batendo as mãos em sua perna, empolgada. – Se não for amor, então eu não sei o que é.

- Não acredito que a irmã dele atrapalhou o beijo, que coisa viu! Mas então, você está mesmo gostando dele? – Lauren falou, chateada porque o beijo dos dois não tinha acontecido.

- Sim, eu acho que estou apaixonada. Ele é incrível, ele me faz sentir especial. – Ally disse dando um sorrisinho.

- Dá pra perceber que você está apaixonada, vocês são tão fofinhos juntos, eu não vejo a hora de ele se declarar pra você. – Dinah falou, dando um breve abraço em Ally.

- Sério? Dá pra perceber tanto assim?

Troy estava indo em direção para onde as meninas estavam, enquanto Ally estava olhando toda boba para o garoto.

- Sim, dá pra perceber. – Dinah falou sussurrando no ouvido da garota.

- Oi gente. Ué, Camila? Ela virou nossa amiga agora?

- Sim, eu decidi não ser mais amiga daquela cobra. Agora eu estou aqui. – Camila disse dando um sorriso.

- Que bom que você decidiu deixar de ser amiga dela, seja bem vinda. Olha só, Camila e Lauren no nosso grupo na mesma semana, que coincidência!

Camila e Lauren apenas trocaram um rápido olhar, um pouco tímidas.

- Ally, tá tudo bem? Você tá meio calada... – Troy disse colocando o braço em volta do pescoço de Ally, fazendo ela ficar um pouco vermelha, enquanto as meninas se entreolhavam.

- Tá tudo sim. - Ally disse enquanto olhava pra baixo. 

Cassidy estava vindo na direção onde eles estavam, com cara de poucos amigos. Dinah se levantou, de prontidão.

- Olha só, a vadia já está com o Troy, você é muito desesperada por macho não é Ally? - Cassidy disse ironicamente.

- A única desesperada por macho aqui é você, não pode ver um que já fica querendo atenção. - Dinah falou, encarando Cassidy.

- Não se mete, idiota. - Cassidy falou enquanto revirava os olhos. - Já fiquei sabendo que você dormiu na casa do meu Troy, não é?

- Eu não sou seu, e sim ela dormiu na minha casa, achou ruim? - Troy se levantou junto com Ally, defendendo ela.

- Troy, você é muito cego mesmo! Você vai defender mesmo essa desesperada por atenção? Quer saber? Dane-se! Você nunca chegará aos meus pés, Allyson! Você é feia, gorda, e ainda por cima é uma bebê chorona, nunca irá conseguir nada sendo ridícula assim!

Dinah não aguentava mais e deu um tapa na cara de Cassidy.

- Cassidy, cala a boca antes que eu faça coisa pior, saia daqui agora! - Dinah disse irritada, e Cassidy olhou com desprezo para eles e saiu dali.

Ally chorava sem parar, ela achava que Cassidy estava certa, ela era apenas uma bebê chorona que não era bonita.

- Ally, não chora por causa daquela ridícula, você sabe que é linda. - Troy disse, enxugando as lágrimas de Ally, tentando reconforta-la.

- Essa garota não cansa de infernizar a vida de todos não? Ainda mais da Ally que nunca fez nada de mal pra ela? - Normani disse, enquanto abraçava a garota loira. 

- Agora que eu resolvi abandona-la, ela vai continuar com isso, sinto muito, a culpa foi minha de ter mostrado a conversa em que Ally contava que estava na casa de Troy. - Camila disse, assumindo a culpa de tudo isso ter acontecido.

- Você não tem culpa Camila, ela que é uma louca obcecada por prejudicar Ally e o Troy. - Bea disse, enquanto também abraçava Ally. - A aula começa em 15 minutos, vem Ally, vamos lá para a sala. Enquanto eles passavam pelo corredor da sala, muitas pessoas olhavam para Ally se perguntando o porquê de ela estar chorando muito.

- Eu queria entender o porquê de ela me odiar tanto, eu não aguento mais isso. - Ally disse, enquanto continuava chorando.

- Ela é uma louca Ally, mas nós e Troy vamos estar aqui para te proteger, não se preocupe. - Dinah falou enquanto dava um beijo na testa da mais baixa.

 Ally mal conseguia se concentrar na aula, pensando no episódio que havia acontecido antes da aula, enquanto derramava discretamente mais algumas lágrimas.

(...) 

Depois das longas aulas de inglês, física, química e matemática, o sinal anunciava que era a hora do recreio.

Ally, Troy e as meninas foram até o refeitório, e muitas pessoas olhavam para Ally e riam, cochichando algumas coisas para os seus colegas, que também caiam no riso.

- Porque todos estão rindo? Eu não entendo! - Ally disse tentando entender as risadas maldosas dos outros alunos.

- Ah não, Ally, olha isso! - Lauren disse, entregando o seu celular para Ally.

Alguém havia feito uma conta fake de Ally, falando coisas horríveis como " sou gorda, feia e bebê chorona, mas adoro me atirar nos garotos que vejo pela frente" " transo por 1 dólar’’  ‘’ Troy é apenas um idiota que diz que me ama, mas só gosta mesmo do que eu faço depois da aula", eles sabiam que era uma conta falsa, mas achavam engraçado rir daquilo.

Todos do refeitório continuavam rindo de Ally, que já estava chorando novamente.

- Vem Ally, vamos sair daqui. - Troy falou, abraçando a garota, e levando ela para um lugar mais vazio.

Um garoto que estava com uma jaqueta do time de basquete da escola chamou Ally para poder fazer uma piadinha idiota.

- Ally! - A mesma virou-se rapidamente.

- Será que se eu te pagar 1 dólar você faz uma strip para mim mais tarde? - O garoto disse, rindo de Ally, enquanto os outros garotos estavam rindo junto.

Então Troy pegou o garoto que estava rindo de Ally e o segurou pela camisa, pressionando ele na parede do corredor.

- Você não precisa me pagar nada para eu arrancar os seus dentes e fazer um colar! Se eu ouvir vocês rindo dela novamente eu irei fazer você se arrepender de ter nascido! E isso serve para vocês também - Troy disse, apontando para os outros garotos que também estavam ali. - Cadê o machão que estava rindo da minha garota agora pouco?

Ally deu um sorriso quando Troy disse " minha garota ".

- N-não eu estava só brincando, eu não acho a Ally tudo aquilo que a Cassidy disse. - O garoto disse enquanto tentava se soltar.

- Cassidy. Tinha que ser. Dessa vez você escapa, mas na próxima, eu vou te bater até você se arrepender, vamos gente. - Troy disse enquanto soltava o garoto e ia com as meninas a procura de Cassidy.

As meninas levaram Ally para o banheiro, para lavar o seu rosto, e no caminho ainda tinha muitas pessoas rindo da conta fake de Ally.

- Olha só quem está aqui, a bebê chorona que faz strip para os meninos depois da aula. - Lea falou enquanto ria de Ally junto com algumas amigas.

- Não fala isso, ela vai começar a chorar, já que é só isso que ela sabe fazer. - Ashley falou fingindo pena, enquanto lavava as mãos na pia do banheiro. 

- É melhor vocês ficarem quietinhas antes que eu me irrite e eu enfie o seu rostinho de ET na privada! Anda cai fora daqui! E suas amiguinhas também! - Dinah disse com os punhos fechados, já com raiva, e as outras garotas saíram de lá rapidamente, deixando apenas as 6 garotas no banheiro.

- Obrigada por me defender Dinah. - Ally disse enquanto lavava o rosto.

- De nada, Ally. Agora eu tô muito afim de bater naquela cobra da Cassidy até ela chorar. - Dinah falou dando um sorrisinho irônico.

Depois de saírem do banheiro, as meninas e Troy foram até um lugar que tinha pouco movimento, mas ainda tinha bastante gente. Quando chegaram, avistaram uma pessoa que obviamente era a responsável por tudo aquilo: Cassidy.

Dinah caminhou em direção a ela, totalmente brava.

- Agora você irá se ver comigo e com os meus punhos! - Dinah partiu para cima de Cassidy, e a derrubou no chão.  Muitas pessoas se reuniam em volta de onde as duas garotas estavam brigando.

 

Dinah socava a cara de Cassidy repetitivamente, e então, socou o nariz da última, que sangrava muito. Cassidy tentava se defender, porém sem sucesso.

- Cadê a garota que se acha superior? Não tô vendo ela! - Dinah disse, enquanto continuava batendo na garota de cabelos curtos e morenos. A briga continuou por alguns 5 minutos, até que funcionários da escola separaram as duas.

- ME SOLTEM! EU AINDA TENHO MUITO O QUE BATER NESSA RATA! - Dinah falou, enquanto se debatia nos braços de algumas funcionárias da escola, que a seguravam.

Cassidy estava acabada, seu rosto estava totalmente roxo, seu nariz estava sangrando muito, e ela também estava com alguns arranhões nos braços. Dinah foi levada para a diretoria, e Cassidy para a enfermaria.

As pessoas que estavam assistindo a briga estavam chocados com o que tinham acabado de ver. "Cassidy, a mais popular da escola foi derrotada por Dinah Jane, a bad bitch da Carter’s High School.’’ Era o que algumas pessoas comentavam.

Ally ainda estava chorando nos braços de Troy, ela estava pasma com o que acabara de ver.

- Me desculpa Troy, eu vou encharcar o seu casaco de lágrimas. - Ally falou dando uma pequena risada entre o choro.

- Tá tudo bem Allycat, chore o quanto quiser, eu não ligo. - Troy disse, abraçando um pouco mais a garota.

- Gente, eu tô preocupada com a Dinah, será que ela levou suspensão? Eu não vou aguentar ficar longe da minha amiga! - Normani disse, preocupada com a melhor amiga.

(...)

Algum tempo depois, Dinah sai da diretoria, sem esboçar algum tipo de preocupação. As meninas e Troy levantam rapidamente, na espera da resposta da garota.

- Dinah, o que aconteceu? Você foi suspensa? Me conta! - Normani disse preocupada com a melhor amiga.

- Tá tudo bem gente, eu não ganhei suspensão, só ganhei uma advertência e eles vão chamar os meus pais e os de Cassidy, pois o que ela fez com Ally foi mais grave.

- " Só? ‘’ se meus pais sonhassem que eu briguei na escola eu tava morta! Mas eu estou feliz que você não foi suspensa. - Normani disse feliz, e abraçando Dinah, que retribuiu o abraço apertado da melhor amiga.

O sinal do recreio havia batido, e eles foram em direção às salas de aula. Cada um deles teriam aulas separadas agora, pois eram as aulas extras.

Eles já haviam se livrado de Cassidy por um tempo, mas ainda havia alguém para atrapalhar a vida do grupo de amigos: Will.


Notas Finais


Gostaram das tretas? Dinah e Troy defendendo a Ally é a coisa mais malavilosa, quero pra mim <3
nesse capitulo teve um pouco de cada shipper, menos a Bea que segura vela kakakaka, mas não se preocupem que em breve nossa Bea irá ganhar destaque, já que o Jacob vai estar nos próximos capítulos sz
Até mais :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...