História Afraid to Love you - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 6
Palavras 685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


FEBRE ME PERDOEM, FIQUEI 2 DIAS SEM POSTAR NADA... Mas como prova do meu amor por vocês... Consegui postar esse! Espero que gostem :v

Capítulo 6 - Capítulo 6- Praia


Eu não me lembro de muita coisa... Porém, quando acordei, eu estava no meu quarto e meu irmão estava sentado na cadeira, próximo de minha cama. Ao lado do meu irmão, estava uma mesinha com um pano e uma tigela com água.

- Acordou bela adormecida? - falou ironicamente e suspirando- Ainda bem que lhe encontrei naquela montanha.

- Ei... - disse com algumas dores no corpo- O que aconteceu?

- Ué, pensava que essa era a minha pergunta... Mas enfim, não se esforce tanto. - ele falou sério, me deitando novamente na cama.

Ficamos um tempo conversando, até que resolvi dar um cochilo. Ele disse que iria na praia com o Dylan e alguns amigos dele... Os dois são como "amigos inseparáveis", mesmo sendo dois homens. Não tinha ninguém na casa, somente eu na cama.

Quando acordei, me assuste com o que eu vi. O garoto de ontem, estava na cadeira me observando. Ele colocou as mãos em meus lábios e me impediu de gritar.

- Eu conheço sua casa, e subi pela janela... - disse preocupado e botando a mão na minha testa- Parece que você está com... Febre?

- Saia daqui logo! Se minha mãe chegar ou meus irmãos verem você aqui... - falei retirando a mão dele é cochichando.

- Não se preocupe... - ele levantou e sentou do meu lado.

Fiquei corada... Tinha um menino no meu quarto, na minha cama. Ele ficou me encarando por um tempo até que se levantou, pegou o pano e molhou na tigela e colocou na minha testa.

- Não fique assim... Corada. - ele falou rindo.

- Bobo... Não estou corada! Sai daqui logo... - falei me virando em frente à parede.

Ele ficou meio chateado e saiu pela janela. Ele é maluco? Depois de alguns minutos, eu levantei e decidi ir a praia. Eu tinha poucos amigos, e a única pessoa que eu pudia contar era a Emily.

Emily é uma amiga minha de infância, e foi por causa do nosso beijo infantil que mudei minha sexualidade. Ainda somos melhores amigas... Peguei meu celular é mandei uma mensagem pra ela. Faz alguns meses que não ligou ou mando alguma mensagem pra ela.

Na hora, ela tinha respondido: "Rayssa! A quanto tempo... Estou com saudades? Vamos sim, ainda bem que você está aqui :) "

Emily tem cabelo castanho e seus olhos são azuis, éramos inseparáveis antes de eu viajar... Porém as coisas se tornaram diferentes. Eu abri a gaveta do armário, peguei um dos meus  biquínis e vesti. Espero que ela não repare nos meus seios... Estão meio grandes. Que pensamento idiota!

Desci as escadas, peguei a chave de casa e decidi me encontrar com ela lá. Peguei um táxi, e estava a caminho. A vista para a praia é bem bonito! No caminho, botei meus fones de ouvido para conectar com meu celular, e ouvi música.

Ao chegar, Emily estava com sua irmã gêmea, a Layka. As duas eram totalmente diferentes... A Layka tem cabelo castanho e curto, e vive no celular, fico surpresa por te vindo.

- Rayssa! Que saudades... Como foi a viagem longa? - perguntou Emily entusiasmada ao me ver.

- Foi ótima... E por que a Layka veio junto? - perguntei encarando a Layka com um olhar meio servero. 

- Ah! Ela vai se encontrar com alguns amigos numa loja de jogos aqui perto, resolvi ajudá-la! - ela disse prendendo seu cabelo.

A Layka encontrou seus amigos e nós andamos até encontrar um lugar bom na praia. Senti que estava sendo espionada...

Ao sentarmos no local, arrumamos o pano para colocar as nossas coisas enquanto nós íamos tomar um banho. Emily não sabia nadar muito bem, e resolvi enciná-la.

A correnteza estava forte, e estava nos puxando a cada passo que dávamos. Antes que pudéssemos perceber, uma onda gigantesca apareceu atrás de nós. Eu já estava meio tonta para sair... E não tinha tantas forças por causa do desmaio que eu tive.

Eu estava sendo carregada por alguém, mas a Emily parecia estar bem... A última visão que vi dela foi numa lancha que estava alguns adolescentes. Quem está né ajudando? Meus olhos estavam fechando e a única coisa que eu pude escutar foi uma voz masculina, dizendo meu nome...

Continua...


Notas Finais


Gente espero que tenham gostado! Foi longo esse, amei <3

Pretendo fazer maiores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...