História After - Camren - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Personagens Originais
Tags After, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Lauren Jauregui
Exibições 304
Palavras 576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - 10


   Não consigo evitar que as lágrimas escorram pelo meu rosto quando chego à escada. Odeio a faculdade, e as aulas ainda nem começaram. Por que não fiquei com uma colega de quarto mais parecida comigo? Eu deveria estar dormindo àquela hora, preparando-me para a segunda-feira. Festas não são minha praia, e meu lugar não é com essas pessoas. Até gosto da Dinah, mas não quero ser exposta a esse tipo de situação, nem a pessoas como Camila. Ela é um mistério para mim. Por que precisa ser tão babaca? Então me lembro de suas prateleiras de livros… por que tudo aquilo? É impossível que uma mulher grossa e toda tatuada como Camila tenha algum apreço por aqueles livros. A única coisa que consigo imaginá-la lendo é o rótulo de uma garrafa de cerveja.

  Enxugando as lágrimas, me dou conta de que não faço a menor ideia de onde fica a casa, nem de como voltar para o campus. Quanto mais penso nas decisões que tomei nessa noite, mais frustrada e estressada fico.

  Eu deveria ter pensado melhor; é exatamente por isso que planejo todos os meus passos, para não acabar em uma situação como essa. A casa ainda está lotada e a música está altíssima. Nate não está por perto, nem Zed. Seria melhor procurar um quarto vago e dormir no chão? Tem pelo menos uns quinze quartos lá em cima, será que consigo dar a sorte de encontrar um vazio? Apesar dos meus esforços para esconder minhas emoções, falho, e não quero descer e permitir que todo mundo me veja desse jeito. Dou meia volta, encontro o banheiro para o qual levamos Dinah e me sento no chão, colocando a cabeça entre os joelhos.

  Ligo para Noah de novo, e dessa vez ele atende no segundo toque.

  “Laur? É tarde, está tudo bem?”, ele pergunta com um tom de voz meio atordoado.

  “Sim. Quer dizer, não. Vim para uma festa idiota com minha colega de quarto e agora estou presa em uma república sem ter onde dormir e sem saber como voltar para casa”, digo em meio ao choro. Sei que não é uma questão de vida ou morte, mas estou muito chateada para ter uma ideia mais clara da situação.

  “Uma festa? Com aquela menina loira?” Ele parece surpreso.

  “Pois é, com Dinah. Mas ela está apagada em um dos quartos.”

  “Por que você saiu com ela? Ela é tão… Não é o tipo de pessoa com quem você andaria”, Noah diz, e o tom de bronca em sua voz me irrita. Eu queria que ele me dissesse que vai ficar tudo bem, que amanhã é outro dia. Queria que me encorajasse, e não que me julgasse.

 “Isso não importa, Noah…” Solto um suspiro, mas nesse momento alguém tenta abrir a porta, e corrijo minha postura. “Só um minuto!”, grito para a pessoa do lado de fora e passo papel higiênico ao redor dos olhos, mas isso só faz com que o delineador fique ainda mais borrado. É exatamente por isso que não uso esse tipo de coisa.

  “Ligo pra você daqui a pouco, tem gente querendo usar o banheiro”, digo para Noah e desligo antes que ele possa reclamar.

  A pessoa do lado de fora começa a esmurrar a porta, e eu solto um grunhido enquanto vou até lá abrir, enxugando os olhos mais uma vez. “Eu disse só um min…”

  Mas me interrompo ao notar os olhos castanhos que me encaram fixamente.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...