História After A Message - Justin Bieber - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Bieber, Justin Bieber
Visualizações 9
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente eu quero dizer que essa é a minha primeira história, e que minha escrita não é boa. Então me desculpem qualquer coisa.
Segundamente eu tô morrendo de medo de vocês não gostarem.

Capítulo 1 - - O começo de tudo


     


Bárbara Palvin

Pov 

18 de agosto de 2015 



Hoje está sendo mais um dia cansativo na escola, os preparativos para a gincana do dia dos estudantes estavam deixando todos os alunos e professores responsáveis malucos. Todos estavam competitivos demais, e os garotos da minha sala muito seguros por terem ganhado no ano anterior.        

 Isso de certa forma faz com que automaticamente as outras turmas e os novatos fiquem com certo medo da nossa turma. Estamos no último ano e bom, minha turma quer fechar o ano com a nossa sala ganhando essa gincana.



Apesar de todos os assuntos da gincana, o professor nesse exato momento estava passando vários exercícios pra entregar amanhã. Reviro os olhos, bufando em seguida. Eu só quero minha cama, não vou fazer porcaria de trabalho nenhum. Digamos que eu não sou mais a garota estudiosa que eu era quando cheguei nesse colégio. Mas também não sou a bagunçeira, pode se dizer que eu estudo quando acho necessário.

- Amiga _ Alexia, minha melhor amiga me chama balançando meus ombros, enquanto eu termino de copiar a matéria, mas eu não iria responder esses exercícios. _ - Hey, louca tá em que mundo?! já vai tocar. To te chamando a horas.

- Exagerada - _Reviro os olhos _- Sei lá, só tava pensando _ respondo ainda um pouco distraída.

- Em que? _ pergunta enquanto eu termino de copiar, e guardo meu caderno e já pego as chaves do meu Audi R8. O meu bebê. Presente do meu pai. 

- Que hoje com toda certeza eu vou dormir cedo, tô morta. Não sei de onde surge tanto sono. _ falo

- affe, tu só pensa em dormi, a gente podia ir pra uma sorveteria ou pro shopping hoje a tarde, que acha? diz que sim. _ fala animada.

- aahn.. Best me desculpa, mas é que hoje eu não tô com a mínima coragem de sair. A gente pode ir outro dia? Tipo.. _ O sinal toca interrompendo o que eu iria falar. 


- Esquece tem esse trabalho pra fazer, eu já tava esquecida dele. Outro dia a gente vai. Vamos embora agora. _ fala me puxando em direção a porta.

- Tá bom então.. _ falo enquanto ela me puxa pra porta da sala.

Esperamos um pouco até parar o empurra empurra das criançinhas, vulgo nossos colegas. Depois de deixar alguns livros nos nossos  respectivos armários. Caminhamos em direção a saída, quando do nada alguém passa ao meu lado e puxa meu cabelo. Olho rapidamente e vejo que foi Justin um dos garotos que estuda com a gente.

 

O garoto simplesmente se virou de frente pra mim, e andando de costas ele abriu um sorriso completamente fofo. Cara que sorriso era aquele. Sorri de volta timidamente. Assim ele se virou e foi de encontro ao seu grupo de amigos que estavam na saída conversando. Já Alexia ao meu lado olhou pra mim com um ponto de interrogação no olhar.

- oque acabou de acontecer? _ pergunta confusa.

- Não sei, ele não fala comigo desde a sétima série. _ dou de ombros.

- sim, ele mudou muito desde aquele tempo. Antes ele era o garoto fofo que fazia de tudo pelas garotas. Se fosse amigas dele ou não. E acabava sempre apanhando das garotas da turma e dos amigos por ajudar as garotas. _ minha amiga relembra 

- eu sempre fui a única que nunca bati nele. Eu era extremamente tímida naquele tempo. _ falo.

- eu sei, você me contou. Esqueceu?! _  revira os olhos.


Quando vou chegando perto do meu carro, vejo Stacy uma garota que me odeia, me olhando com ódio junto com seu grupo de amigas, ou devo dizer vadias. Ela me odeia sem motivo algum. Não tenho culpa se ela foi adotada. Muito menos se ela não pode ter nada do que eu tenho.


Notas Finais


Espero que gostem.
Aaah quero agradecer a minha best, a Gabby por me ajudar tanto, e me incentivar a fazer a fic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...