História After all - CAMREN - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 1.106
Palavras 814
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo novo pra vocês por que eu sou um amorzinho. ❤

Capítulo 11 - Capítulo-11


Camila:

Estacionei  em frente a casa de Lauren. Saí do carro junto com a minha filha indo em direção ao estúdio.
-Respeita a sua mãe e a sua madrinha, ouviu?
-Eu já entendi, deixa de ser chata.
No momento em que eu iria repreender a minha filha por ter falado assim comigo. Eu tive a visão mais linda do mundo.
Lauren estava descalça, com uma blusa branca que cobria metade de sua barriga definida, uma saia grande que ia até os pés, os cabelos soltos e ondulados e aqueles malditos óculos de grau, que a deixava  muito mais sexy. Se é possível.
Ela ainda não tinha me visto, então, aproveitei pra ficar admirando.
-Eu já disse que esse painel é mais pra esquerda. Você tá surdo? Quantas vezes eu vou ter que falar?
Lauren gritava autoritária com o seu assistente.
É incrível o poder que ela tem sobre mim, ainda mais quando  está com aquela câmera na mão; minhas fantasias vão a loucura.
Fiquei alí observando ela até ser notada.
-Oi Camila, tudo bem?
-Tudo sim,Lolo. Vim só trazer a Liza, já tenho que ir pro escritório.
-Ata. Entendi.
-Então, mais tarde eu passo aqui pra buscar ela.
-ok, até mais tarde.
-Tchau filha, te amo.
Falo, depositando um beijo na testa dela.
-tchau mãe, também te amo.
Saí do estúdio correndo, pois já estava atrasada pro trabalho.

Lauren:

Depois que Camila saiu, Vero foi fotografar no meu lugar pra que eu pudesse dar atenção a minha filha.
-Você já tomou café? Quer que eu prepare alguma coisa?
-Não precisa. Eu já comi
-huum, ok. Você quer tomar banho na piscina? Tem umas roupas que eu comprei pra você  no seu quarto; deve ter biquini lá.
-Tá bom. Vou lá trocar de roupa.
Minha filha falou saindo de perto de mim e indo em direção ao quarto que era dela, porém não habitado pela mesma.
Já haviam se passado 5 minutos e nada de Eliza sair do quarto.
Então resolvi ver se tinha algo errado.
-Eliza minha filha, aconteceu alguma coisa? Por que está demorando tanto?
Ela abriu a porta imediatamente.
-Eu estava conversando com um amigo. E, não precisa fingir que está preocupada comigo, minha mãe não tá aqui pra assistir seu teatrinho, Lauren.
-Não fala assim comigo, Eliza.
-Eu falo do jeito que eu quiser!
Gritou minha filha antes de me deixar sozinha no corredor.
Cada palavra que saia da boca dela me machucava profundamente.
Nós erámos tão dependentes uma da outra, tão grudadas. Mas tudo o que ela faz é jogar na minha cara o quão covarde eu sou.
Sinto tanta falta de como éramos antes.
  
               Flashback on

-Vamos meu amor, está na hora de dormir.
Disse Camila pra nossa filha.
-Eu só vou dormir se a mamãe Lolo me contar uma história.
-Eu conto, mas só se você me der um beijo.
Digo fazendo biquinho com os lábios, que logo ganham um selinho da minha filha.
-Aé? Você só dá beijo nela? Não me ama mais?
-Não fala isso mamãe Camz, é que eu sou mais grudada com a mamãe Lolo. Mas vou te dar beijo também.
Falou minha filha, dando um selinho em Camila.
-Vamos deitar, eu vou te contar uma história.
Apesar de já ter 5 anos, minha filha amava dormir no quarto comigo e com a Camila.
-Era uma vez, uma moça linda, mas ela era muito triste. Vivia sozinha nos cantos. Ela não tinha amigos, ela não tinha família, ela não tinha nada.
Até que ela conheceu uma outra moça linda. Elas viraram melhores amigas, mas depois de um tempo elas viram que o que sentiram não era amizade e sim amor.
Então, resolveram ficar juntas e enfrentar todo o preconceito do mundo.
Elas se casaram, e, depois de um ano de casadas elas resolveram ter um filho.
Foram 9 mêses de espectava.
As moças estava muito felizes com a chegada do bebê.
E, quando descobriram que era uma menina foi uma grande festa.
A menina nasceu levando ainda mais felicidade pras duas moças lindas.
E, a cada ano que se passava, as moças se amavam mais.
A filha delas tinha muita sorte de ser fruto de um amor tão puro e verdadeiro.
Enfrentaram o preconceito juntas, como deve ser uma família.
E depois de tudo, viveram felizes para sempre.

Camila me olhava sorrindo, pois conhecia muito bem aquela história, afinal, era a história de nossas vidas.
Eliza já se encontrava dormindo no meu colo, com o rosto enterrado na curva do meu pescoço, uma mania que puxou de mim.
Ali, deitada na minha cama com as duas mulheres da minha vida, eu pude perceber o quão feliz eu era. Eu tinha certeza que a minhá história iria ter também um "e viveram felizes para sempre"
               Flashback off

Eu daria tudo pra ter denovo essa relação com a minha filha.
Tudo mesmo.

   


Notas Finais


Gente, o que vocês querem pro próximo capítulo?
(Eliza conversa com Lauren e põe pra fora tudo o que está sentindo),
(Eliza dá um gelo em Lauren) ou (mais briga de Eliza com Lauren)????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...