História After Death - Interativa


Escrita por: ~ e ~Liz_Pandaneel


Sinopse:
Os olhos entregam a dor delas. O sorriso forçado entrega que tudo está dando errado, o tempo pode estar acabando.
Um sonho. Um pedido. Uma salvação. Um propósito. Seis garotas, seis vidas... Seis mortes.
O olhar perdido e pedidos de socorro impossíveis. Apenas eles podem ouvir... Mas quem disse que eles se importam?

Vagas Fechadas

Fanfic por.: @Liz_Pandaneel & @Coookie-chan
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Beatrix, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz"
Tags Abandono, Amizade, Amor, Ayato Sakamaki, Caçadores, Colegial, Comedia Romantica, Contos De Fadas, Depressão, Desejo, Diabolik Lovers, Diabolik Lovers Lost Eden, Doenças, Drama, Espada, Família, Harém Inverso, Interativa, Kanato Sakamaki, Karla, Karla Tsukinami, Kino, Kino Sakamaki, Laito, Laito Sakamaki, Morte, Mukami, Objetivo, Ódio, Pedido, Promessa, Reiji, Reiji Sakamaki, Romance, Sadomasoquismo, Sakamaki, Shin, Shin Tsukinami, Shoujo, Shu, Shu Sakamaki, Shuu Sakamaki, Sobrenatural, Sonhos, Subaru, Subaru Sakamaki, Treta, Tsukinami, Vampiros, Vingança
Exibições 648
Comentários 52
Palavras 773
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction After Death - Interativa
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo e Fichas
39
395
589
 
2.
Escolhidas
13
253
184

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~misake-mei32
Capítulo 1 - Prólogo e Fichas
Usuário: ~misake-mei32
Usuário
{Hey,olá! }
Um decada depois eu terminei a ficha USHUAHS
A primeira vez que fasso uma ficha assim,então me da sorte ai reiji haushahs.
Enfim,esse é um personagem especial pra mim,e espero que gostem: 3


🌸Link: https://spiritfanfics.com/perfil/udbfudbfufbd/jornal/afther-deat-ficha-6563691



Kissus ❤
Postado por ~CyberGirl01
Capítulo 1 - Prólogo e Fichas
Usuário: ~CyberGirl01
Usuário
❝Vou lavar todas as louças da Titia Liz e da Tia Coookie, eu prometo! De mindinho! ^3^❞ 

♕Nome Completo: Hikari Miyazaki 

♕Apelido(s): Hika ou Mia

♚Par: Reiji Sakamaki

♕Idade: 17

♕Data de nascimento: 27 de setembro

♕Signo: Libra ♎

♕Peso: 53 kg

♕Altura: 1,57

♕Tipo sanguíneo: AB (positivo)

♕Grupo Social: Nerd

♕Cor favorita: Branco e rosa

♕Animal favorito: Pássaro

♕Comida favorita: Milkshake 

♕Aparência:
http://s1.zerochan.net/Hatsune.Miku.600.1960163.jpg
http://static.zerochan.net/Hatsune.Miku.full.1986127.jpg
http://static.zerochan.net/Hatsune.Miku.full.1838932.jpg
http://s1.zerochan.net/Hatsune.Miku.600.1868418.jpg

Possui longos cabelos róseos, que chegam a cintura de tão longos. Embora não pareça, são naturais, e por causa da cor, muitos a chamam de cabelo de chiclete de forma maldosa. E por mais que goste deles soltos, os prende em maria chiquinhas por ter esse costume desde criança, e as vezes os decora com simples flores. Seus olhos são de um rosa mais escuro, o que combina perfeitamente com seus cabelos. Seu rosto lembra vagamente ao de uma criança, e está sempre acompanhado de sorrisos. Seu corpo não é muito chamativo, é mediano, mas ela exagera dizendo que é uma magricela e que só tem ossos. Sua pele é branca, porém levemente morena.  
Tem o costume de usar roupas rosas e compridas, raramente usando roupas mais curtas, apenas em épocas quentes e roupas mais claras -a maioria branca, sua cor favorita.

♕Personalidade: Hikari é uma pessoa aparentemente alegre. De fato, está sempre sorrindo na presença de todos a sua volta, mas muitas vezes seus sorrisos não são verdadeiros. Como ela mesma diz para alguns poucos, isso é "uma máscara de felicidade". É brincalhona boa parte das vezes, no entanto, só quem realmente conhece. Esforça-se para fazer todos os seus amigos e amigas felizes, por mais difícil que a pessoa seja. Mesmo se quem queira agradar seja alguém triste ou agressivo, ela faz de tudo para colocar um mínimo sorriso no rosto deste, nem que tenha que passar uma grande vergonha. Somente quando percebe que suas tentativas são inúteis e se tornam irritantes é que para.
Perante quem acabara de conhecer, é tímida, ficando com o rosto rubro e gaguejando em boa parte das vezes. Contudo, boa parte de sua personalidade ela tenta manter oculto dos outros: o seu lado sentimental e explosivo. Ela é bastante sensível, se segurando para não chorar na frente dos outros quando lhe é dito algo frio ou gritar de raiva quando é insultada. Por mais que tente esconder, quando sua raiva ou tristeza são grandes, ela acaba demonstrando isso, expondo seus pensamentos que algumas vezes chegam a ofender os outros e manchar sua imagem de "garota alegre". 
Também há o seu lado depressivo, do qual só para quem realmente confia o demonstra, e o considera “sua própria escuridão”. Ela não consegue ser otimista quando o assunto é ela mesma, se vendo como uma pessoa suja ou ruim que não faz nada além de ser uma falsa palhaça e coisas erradas. 
Diversas vezes, chega a agir feito uma criança e ser considerada uma. Não somente pelo fato de suas brincadeiras e de seu jeito um tanto carinhoso, também pelo fato que ela não consegue enxergar maldade nas pessoas. Acredita, de todo coração, que por mais que a pessoa seja má, no fundo há algo de bom, isso vale até mesmo para os vampiros. Essa crença cega dela faz com que pareça ingênua como uma garotinha na presença de muitas pessoas, mas ela realmente não é. Mesmo sendo vista desta forma, é bastante inteligente em diversos assuntos e sabe agir como uma adulta quando bem quer e a situação exige isso.


♕História de como era a vida da garota antes de sua morte:
Desde sempre, viveu em uma casa simples e pobre. Seus pais nem sempre tinham o suficiente, era um desafio se manterem e cuidar da filha. O pai de Hikari trabalhava muito, chegando até a madrugada exausto, para conseguir dinheiro para o sustento. Enquanto a mãe, passava o dia com ela, sempre alegre, tentando mostrar que estava tudo bem -mesmo quando não estava-, e Hikari acabou herdando esse jeito sorridente. Contudo, a tristeza deles era esquecida quando ela os abraçava, mesmo a pequena não entendo o que se passava, ainda era muito ingênua.
Mesmo com todos os esforços, estava ficando cada vez mais difícil. O casal não teve escolha e teve que dar a filha para a adoção. Hikari apenas acordou e se viu no orfanato, só sabendo muito depois que eles haviam deixado-a lá. Acabou acreditando que eles não a queriam mais e que fez algo errado, e ganhou o medo de ser abandonada.
Passou cerca de 8 anos sem uma família, tendo apenas a companhia de outras crianças que chegavam e iam embora logo quando era adotadas. Ela sempre estava com aquela máscara de felicidade, escondendo a sua tristeza e solidão para os outros, enquanto tentava animar os que chegavam. Contava também os velhos contos de fadas para os pequenos á noite, e pensava que essas histórias eram grandes idiotices por serem tão mentirosas.
Quando finalmente completou 12 anos, e era a mais velha do orfanato á não ser adotada, já não tinha esperanças de uma vida melhor. Até um casal adotá-la, o que foi realmente uma surpresa. Eles não eram ricos, tinham mais do que o suficiente. No entanto, Hikari suspeitava das reais intenções deles, e tinha razão. A partir do primeiro dia que passou a viver na casa deles, tornou-se a empregada do lar e babá dos outros filhos deles. Por ter muitos serviços á serem feitos, diariamente, passou a faltar as aulas e largou a escola -que já estava estudava desde que foi abandonada-, mau podia sair de casa por causa disso.
Sentia-se feito um pássaro engaiolado, presa a rotina e deveres sem poder sair de sua “prisão”. E como se não bastasse, aqueles que deveria chamar de “pais”, a maltratavam psicologicamente, dizendo o quanto era inútil a existência dela e que não fazia nada de certo, além de outras ofensas e xingamentos que realmente a entristeciam. Sua única sorte é que seus novos irmãos, Arisu e Hiroshi de apenas 7 anos, eram bons com ela e ajudavam-na certas vezes, até pediam para brincar com eles e jogarem xadrez juntos. O problema era que eles se arriscavam muito quando corriam pela casa ou faziam bagunça, e se Hikari não estivesse com eles nesses momentos, poderiam ter morrido em algumas delas. 
Apesar da pequena felicidade que sentia em ter um lar, seu coração doía muito, pois não era esse tipo de vida que tanto queria antes. Ela queria ser livre, não presa como estava sendo. Se perguntava, inúmeras vezes, se seus antigos pais queriam essa vida pra ela quando a abandonaram. 

♕Como foi sua morte: Quando um de seu irmão mais novo, Hiroshi, iria ser atropelado por um caminhão em alta velocidade, ela o empurrou e acabou por ser atingida em seu lugar e morreu momentos depois. Aquilo não foi somente para salvá-lo, mas para acabar com toda a dor que tinha.

♕Gostos:
❦ Doces
❦ Jogos de inteligência
❦ Crianças
❦ Flores de todos os tipos
❦ Instrumentos musicais
❦ Alegrar os outros
❦ Dormir o quanto quiser
❦ Estar livre de serviços
❦ Ler ficções
❦ Músicas calmas

♕Desgostos:
♡ Ver os outros sofrendo
♡ Discutir
♡ Barulho
♡ Acordar muito cedo 
♡ Alguns serviços domésticos
♡ Demonstrar suas emoções “podres”
♡ Ser chamada de “fofa” ou “cabelo de chiclete”
♡ Não poder expressar sua opinião
♡ Ser incapaz de ajudar
♡ Perder em jogo 


♕Hobbies:
❦ Jogar xadrez
❦ Ler livros de ficção
❦ Observar a noite

♕Fobias/ Medos:
♡ Ficar sozinha
♡ Tempestades
♡ Ser julgada
♡ Animais selvagens
♡ Filmes de terror

♕Traumas:
♡ Ser abandonada

♕Sonho de vida:
❦ Se sentir livre e encontrar a verdadeira felicidade


♕Frase representativa:❝I can even be a princess, but will not come any prince to rescue me❞ ❝Posso até ser princesa, mas não virá nenhum príncipe para me resgatar❞


♕Música representativa: All the things she said


♚Relação com o par: A relação deles é bastante complicada, desde o inicio. Inicialmente, Hikari tentava se afastar dele sempre que podia. Somente quando viu pontos semelhantes entre si foi que tomou coragem para ter uma relação melhor com ele. No entanto, o sadismo de Reiji prejudica muito ela, e algumas vezes até no psicológico, mas ela não demonstra nada para ele. Tenta sempre sorrir perto dele, e isso o incomoda por não entender o motivo dela fazer isso. 

♛Relação com as outras garotas: Ela tenta ser próxima de todas e faz de tudo para agradá-las. Ela sabe que todas tem um jeito diferente e que, sem dúvida, sofreram mais do que ela, e ela respeita isso. Entende que nem todas são abertas, mas está sempre disposta para ajudar e ouvir tudo. Está sempre sorridente perto delas, em todos os momentos, exceto nos tristes e sérios -obviamente.


♚Relação com os outros Sakamaki: Ela não consegue se relacionar muito bem com eles. Ela fica um pouco mais quieta na presença deles, por ter certo medo de cada um. Não consegue enxergar muita maldade neles, por acreditar sempre que há algo bom em todo mundo, mas não fala deste pensamento para as garotas por medo de ser julgada. 



♛Uma das garotas da qual sua personagem vai mais interagir.: Par do Subaru e\ou do Par do Shuu.


♜Perguntas♜

♖Algum segredo chocante da vida em que vivia?
Quando seus novos pais pegavam pesado nas ofensas com ela durante o dia, á noite ela chegava a cortar os pulsos enquanto chorava.

♖Gostaria de ficar no céu, ou no inferno? Reflita.
Céu

♖Como sua personagem se comportaria na escola?
Ela geralmente fica quieta, em seu canto, e lendo e relendo o assunto que foi dado em aula. Ela apenas conversa quando necessário com as amigos e os vampiros, sendo totalmente centrada na aula. Por passar boa parte do tempo lendo na escola, tira excelentes notas.

♖Se a vida de alguém estivesse em risco, ajudaria?
Sim, nem pensaria duas vezes.

♖Exatas/ Humanas ou Biológicas?
Exatas

♖Sua reação se por acaso for estuprada pelo ser par, ou alguém que não seja ele?
Ficaria bastante depressiva, mais do que costuma ser, e não seria tão sorridente quanto de costume.
Postado por ~LunaOswald
Capítulo 1 - Prólogo e Fichas
Usuário: ~LunaOswald
Usuário
- ESCRAVO! Que que eu tenho que ler para participar dessa budega maravilhosa mesmo?
- Isso aqui, Luna.
- Ta, "Eu vou lavar toda a louça da titia Liz e da titia Cookie"...? QUÊ? Eu não disse isso não! Apaga produção! Apa---

*e encerramos nossa transmissão*

『•••••••••FICHA•••••••••

 ◤⊿ 

♣Nome Completo♣
Amaya Kuriyama

♠Apelido♠
•Maya•
{É como normalmente a chamam, para abreviar o nome, sabe?}

•Tigresa de bolso•
{Baixinha e irritadinha, que apelido melhor?}


♥Par♥
Laito Sakamaki

♦Idade/data de nascimento/signo♦
17
15/05
Touro♉

♣Tipo sanguíneo♣
AB-
♠Grupo Social♠
Rebelde, antissocial e um pouco de nerd (nerd por obrigação)
♥Cor favorita♥
Azul
†Peso/altura†
50,7kg - 1,60
♦Animal favorito♦
Panda
♣Comida favorita♣
Lasanha com MUITO queijo.

♠Aparência♠
»Tem aparência de alguém frôzinha e tranquila, mas não é nada disso, na verdade, é o oposto.
»Ela é baixa, 1.60 de altura.
»Tem cabelos pretos lisos que batem em sua cintura. Possui grandes e chamativos olhos também pretos, que, dependendo da claridade, podem ser castanhos muito escuros. Uma pele alva e macia. Tem grandes e volumosos cílios, tem a boca fina e rosada. E um sorriso maravilhoso. Possui um corpo bonito, mas possui mais peito do que bunda. E tem uma barriga lisinha. Amaya é tão linda, por parecer tão natural, como se não estivesse tentando e nem ligasse para parecer bonita, ela simplesmente é.«

»https://goo.gl/wiy670
»https://goo.gl/8jwZP4
»https://goo.gl/Cj3b4q
»https://goo.gl/idySOj
»https://goo.gl/kioKqd
»https://goo.gl/yrO1go
»https://goo.gl/pvvTEU
»https://goo.gl/nqFBRL
Mio Akiyama ·—· K-on


* Pijama;
»https://goo.gl/vnzts8

* Roupas do dia a dia;
»https://goo.gl/ZOgiJO
»https://goo.gl/UzKbWw
»https://goo.gl/RdhPWe
»https://goo.gl/m9RVF9

* Para sair;
»https://goo.gl/MH1GaM
»https://goo.gl/SwjtJJ
»https://goo.gl/h7YaOp
»https://goo.gl/DhtVs7
»https://goo.gl/ap5gUw

* Festas.
»https://goo.gl/yF4Fjd
»https://goo.gl/hjxc1B
»https://goo.gl/mKqI5h
»https://goo.gl/n3TUpj

*Bônus:
»https://goo.gl/nI578t
https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRZEiN0TYXLNMUn5ze2qxxzcQVUIxEKMLqfzkz_CmRPmwFBqe4j
»https://goo.gl/UiZ9DI

***

♥Personalidade♥
•Maya é dona de uma personalidade quieta. Ela quase nunca fala nada. Ela pode ser considerada Kuundere•
•Ela não gosta muito de falar, ela vive, como dizem, em outro mundo.
•Ela tem sérios problemas de raiva, e quanto mais dizem para ela se acalmar, mais brava ela fica.
•Maya, além de ser quieta, tem uma personalidade esquentada e marrenta, é extremamente curiosa e não mede suas ações e isso a deixa encrencada muitas vezes•
•Ela é legalzinha somente com seus amigos, mas ela é meio que a quietona do grupo, sabe?•
•Ela come muito, e ainda mantem essa sua pequena estatura e a magreza. Mesmo comendo praticamente toda hora, não tem jeito algum para cozinhar, capaz de botar fogo na casa•
•Teimosa, se ela quer algo, não importa se mil pessoas falarem que vai dar errado. Ela vai fazer até quebrar a cara.
•Amaya é uma bomba relógio, quando a irritam pra valer não a quem segure, fica extremamente agressiva, impulsiva, e uma língua deveras afiada, mas não usa palavrões nem diz coisas que realmente deixa a “adversaria” chateada.•
•Quando ela gosta de alguém, ela é muito preocupada e atenciosa, mas não admite que gosta da pessoa
"- Não é que eu me preocupe com você. É só que... Er... Eu só queria... Hm... Ver se estava tudo bem"
•Quando ela não gosta de alguém, se torna fria com a pessoa, querendo afasta-la o máximo de si•
•Mesmo não parecendo, Amaya é muito ciumenta, odeia que peguem suas coisas sem permissão, e fica com ciúmes de pessoas queridas, mesmo tentando ao máximo disfarçar, todos percebem o ciúme•
•Fica desconfortável a falar sobre sexo, constrangida e corada ao extremo e isso é muito perceptível. Mas não chega a gaguejar•
•Não é sensível, quando alguém briga com ela, quase sempre tem uma resposta, não se magoa facilmente, e em hipótese alguma ela chora na frente de desconhecidos e raramente na frente dos amigos, ela vai ao seu quarto e chora sozinha•
•Maya gosta do silencio, odeia barulheira. Gosta do som de seus fones. A noite, sempre vai a algum lugar aberto para olhar o céu a lua e as estrelas, ela ama a noite, acha a lua maravilhosa•
"- A lua é tragicamente linda, você não acha?"
•É deveras inteligente e observadora. Odeia chamar atenção, pra ela o bom é ficar no seu canto sozinho ou na companhia de alguém que goste. •Tem MUITA dificuldade em demonstrar seus sentimentos, muita mesmo, ela não sabe se expressar, só escrevendo.
•Ela é grossa sem perceber e as pessoas as vezes ficam magoadas. Ela é uma PÉSSIMA mentirosa, ela não serve para mentir, começa a ficar nervosa, gaguejar e olhar para os lados.
•Mas ela, como todos, tem seus defeitos. Por exemplo, ser competitiva de mais, curiosa.

***

♦História de como era a vida da garota antes de sua morte♦
•Amaya nunca foi acostumada com riquezas. Ela, desde que se conhecia por gente, viveu em sua pequena casa, uma casa minuscula para 5 pessoas.
•Maya começou a se excluir do mundo, aos 8 anos, quando seu irmão mais velho Hikaru - na época com 13 anos - sen fora. Hikaru morreu para salva-la quando a mesma, em uma viagem, começou a se afogar em um rio. Acontece que, quando Hikaru a empurrou pra fora do rio, uma correnteza pegou ele, e seu pe ficou preso em alguma coisa. Ela estava aprendendo a nadar, mas, depois desse dia, ela desistiu tanto de aprender a nadar, quanto a nadar. E ele morreu. Seu melhor amigo, morreu.
•Ela morou sua vida inteira naqueles lugares em que as pessoas eram consideram "pessoas não prestam", "maloqueiros", "bandido". É assim que eram chamados as pessoas que vivem onde ela vivia, eram assim chamadas as pessoas do subúrbio, um lugar pobre e humilde, que tem pessoas maravilhosa mas é desvalorizado devido aos bandidos existentes nele, lá, é bater ou apanhar. Amaya já perdeu as contas de quantas vezes quase (por pouquíssimo) foi estrupada, roubada, atacada. Mas não generalizem, existem pessoas incríveis lá.
•Seu pai, Takashi, é um bêbado descontrolado, ele fica dormindo em casa de dia, e em bares se embebedando a noite e ainda ficava fazendo apostas e perdendo todo o seu dinheiro. Sua mãe, Mei, era a diva da casa. Gentil, e trabalhava como empregada o dia todo para ajudar o possível sua família, Amaya nunca entendeu o porquê de sua mãe aturar Takashi, ele é dorme até meio-dia, gasta todo o dinheiro, chama seus amigos idiotas para a casa jogar poker e ainda faz Mei servir eles, não trabalha e ainda bate nela.
•Maya, como a mais velha, cuidava de seus irmãos mais novos, Hideki e Kaname – Gêmeos de 7 anos – e, para ajudar a mãe, trabalhava em um Maid Café a tarde. Chegava da escola e uma hora depois ia trabalhar. Maldito eram os dias em que os colegas de classe da mesma iam ao café, para zoar com ela, jogando as coisas no chão de propósito só para ela limpar. E também inúmeras foram as vezes que depois do trabalho, pessoas más do subúrbio a seguiam para tentar pega-la desprevenida.
•Ela, mesmo vivendo no subúrbio, estudou em escolas ótimas, escola para ricos. Porque a mãe dela não sabia ler mas sempre dizia "Eu posso ser pobre, mas você não. Você vai ter uma vida bem melhor que a minha.", então, com ou sem o apoio da mãe, ela sempre estudou e passou em escolas caríssimas. A única matéria que ela passava raspando era matemática.
•Nessas escolas, ela sofria bullying, não manual, verbal. As pessoas a chamavam de pobre, bolsista, bandida. Enquanto eles iam de carros extremamente chiques para a escola, ela ia com um skate .O diretor também não gostava de "gente da laia dela" e, sempre que alguém ia caçar briga e ela revidava, Amaya levava a culpa. Mas não vamos generalizar, ela até que conheceu alguns ricos e ricas legais. Pior foi quando sumiu um troféu de sua escola, a acusaram só por ela estar perto na hora que aconteceu. Ela sempre era uma dos 3 melhores da sala, ela sempre fez de tudo para ser e sua mãe sempre dizia "Querida, tudo que os outros fazem você pode fazer. Mas você faz melhor.".
•Amaya entrou no mundo mágico da leitura aos 6 anos influenciada pela sua mãe, que lhe deu um livro maravilhoso. Maya sempre procurou ler livros sem ilustração, pois ela mesma gosta de imaginar os acontecimentos. Então, aos 9 anos, ela começou a aprender a desenhar. Hoje em dia, ela desenha (ou desenhava né, porque... Ela morreu) muito bem, sua especialidade é paisagens. Ela, inclusive, por não conseguir se expressar bem, tem um diário, e lá ela conta tudo que acontece ao seu redor TUDO. Tudo que sente, tudo que a machuca TU-DO e também ilustra. Ela tenta fingir que o diário não é importante, para ninguém tentar pegar, sabe?
•Certo dia, seu pai chegou maluco, completamente pirado, havia perdido 3 jogos seguidos, cheirava a cerveja e estava totalmente embriagado. E, queria mais dinheiro – para apostar mais, acredita? – e Mei, não tendo mais nada falou que não seria possível dar. Ele ficou pirada, dizendo coisas como "tem sim, mentirosa" " passa a bosta do dinheiro pra ca" e com isso, eles começaram a discutir, até que Takashi levantou a mão, ele iria bater em sua mãe. Amaya, por puro impulso, empurrou a mãe para frente, recebendo o total impacto do empurrão de seu pai. Mas acontece que, esse empurrão fez Amaya cair e bater a cabeça bem na quina da pia. E foi nesse fatídico dia, que seu pai lhe tirou não só os sonhos de vida dela, como lhe tirou própria vida.

♣Como foi sua morte♣
Traumatismo Craniano.

♠Gostos♠
»Ler.
»Escrever
»O céu.
»Hip-hop
»Ler
»Rock antigo
»Rap
»Escrever
»Chocolate
»Eu já disse ler?
»Mangá
»Animes
»Fotografia
{Ela ama retratar o mundo ao seu redor e, o interessante, é que ela usa uma polaroid para tirar ad fotos.}

♠Desgostos♠
»Matemática — ela não entende essa matéria de jeito nenhum. Acho que ela não gosta, justamente por não entender.
»Que a rebaixem.
»Mentiras.
»Digam que ela não é capaz.
»Castanha e nozes – Porque ela é extremamente alérgica a isso, sua garganta incha e ela não consegue respirar.
»Esnobes
»Julguem as pessoas precipitadamente.

♥Hobbies♥
»Observar o céu
»Desenhar
»Escrever
»Hip-hop (ou dança de rua) — Ela aprendeu esse estilo de dança nas ruas de seu subúrbio. E pratica desde então.
»Fotografar

♦Fobias/ Medos♦
»Claustrofobia — Medo de lugares fechados.
»Ser esquecida.


★Manias★
•Limão e sal•
{ Acredite ou não, Amaya criou o estranho habito de comer limão com sal, tipo, você pode encontrar uma garota com um pedaço de limão na boca e um potinho de sal andando pela sua casa}
•Drapetomania•
{Mania de andar sem destino, sair andando por ai. Sim, ela, principalmente a noite, saí andando por aí pensando na vida. O que é muito ruim pra ela, já que andar na mansão no meio da noite é tipo escrever "me morda" na testa}
•Falar Sozinha•
{Ela faz isso desde sempre, talvez porque isso a faz se sentir menos sozinha? Não sei. Mas ela morre de vergonha quando a pegam fazendo isso}

♣Traumas♣
Água, lagoas, RIOS, mar qualquer coisa relacionada a água e profundidade - até porque ela ainda não sabe nadar.

♠Sonho de vida♠
{So queria dizer o quanto isso é irônico porque... ELAS TÃO MORTA AHSHUAHA... "Sonho de VIDA"}
»Ser uma grande escritora.
»Viajar o mundo todo.
»Pisar na lua.
»Visitar a Escócia.

♥Frase representativa♥
"Você tem que sorrir e acenar, e nunca deixa-los notar como é difícil suportar"

"Vai ficar nessa de viver para agradar? Viva do seu jeito e quem quiser que te acompanhe"

"Ninguém realmente se importa."

"Ninguém nota sua dor, ninguém nota suas lagrimas, mas todos notam os seus erros"

♦Música representativa♦
Royals – Lorde
»https://youtu.be/GXElxz_o6sk«;

Scotland – The Lumineers
(e como toda música que eu gosto n tem tradução em video: aqui vai a tradução em letra)
»https://youtu.be/MkAYEg7Zikk || https://m.letras.mus.br/the-lumineers/scotland/traducao.html«;

♣Relações♣

•Com o par.:
De início, a relação não era muito boa, não. Ela não gostava nem um pouco do fato dele "surgir das trevas, do chão, da merda toda" na frente dela DO NADA. E também, odiava quando ele atrapalhava ela a lê só pra fazer aqueles comentários deveras pervertidos que a faziam corar por inteira.
Como já dito antes, ela é muito tímida para essas coisas pervertidas, e Laito é a fonte de coisas pervertidas. Ela até que gosta dele, quando ele não está falando coisas que a faz corar dos pés a cabeça. Mas ela entende que isso é uma característica... Uma característica pessoal do ruivo, por assim dizer.

•Com as outras garotas.:
Olha, foi bem difícil essa relação começar, porque ela meio que não falava com ninguém. E, sem perceber ela é grossa com as pessoas, então as outras tendem a achar que ela é chata. Mas se conseguirem trazer ela pra "panelinha" vão notar que ela pode ser meio grossa, mas ela na verdade se importa com as pessoas, ela só finge que não se importa.

•Com os outros Sakamaki.:
•Shuu•
Bem, sua relação com Shu quase não existe. Ele não fala com ela, e ela não tem questão de falar com ele. O que eles tem em comum são a música.

•Reiji•
{Não gosta dele. Ela a lembra de sua familia. Muito certinho. E também ela odeia regras e ele é cheio disso}

•Ayato•
Ela acha ele muito engraçado. Mas não gosta do fato de ele se denominar "ore-sama". Acha ela possessivo de mais. Okay, Amaya é ciumenta, não possessiva. É diferente}

•Kanato•
{Ele é meio — diz-se muito — assustador. Não que ela tenha medo dele. Mas prefere manter distância. Ele a olha coloiro.a fosse matar. Ela é meio desconfiada dele}

•Subaru•
{Ela se identifica com essa parte irritada de Subaru. E, pessoalmente, acha a adaga dele linda. Ela já tentou socializar com ele. E ela já foi tirar uma foto daquela misteriosa torre que é cercada por flores. Ela achou lindo, um lugar tão assustador como a torre, envolto a coisas tão lindas como flores; o assustador com o lindo}

•Uma das garotas da qual sua personagem vai mais interagir:
»Noiva do Kanato.
Uma pessoa que consiga ver por trás da grosseria dela.

♠Algo mais?♠
»Ela, quando foi pra mansão Sakamaki, levou muitos livros e mangás com ela. (Eu n sei se elas vão se mudar ou não então...)
»O diário dela. Eu acho que eu já falei dele né? Mas vou repetir, ela por não conseguir demonstrar seus sentimentos direito, tem o diário dela. Ela fala tudo que sente nele, e, quando não esta com ele, ela esconde pra ninguém ver. Ela tenta fazer com que o diário não pareça importante, pra ninguém tentar pegar, saca? Ela desenha e escreve nele.

♥Perguntas♥
•Algum segredo chocante da vida em que vivia?
»Amaya matou uma garota.
Deixe-me explicar, certo dia Maya, aos seus 13 anos, estava de boas no banheiro da escola (uma de ricos que ela conseguiu bolsa), quando surgiu uma garota, ela meio que por não ter nada pra fazer (e também porque Amaya tirou mais que ela na prova e ela não suportava isso) começou a xingar Maya, por pura raiva. Até a coitada da roupa da Amaya levou patada, a garota começou a inclusive insultar porque Maya usa o mesmo tênis all star vermelho praticamente toda semana. Mas o que ela podia fazer? Não tinha dinheiro, tudo que ganhava no Maid Latte ia para a família. Voltando, Amaya estava aguentando os insultos da menina, mas quando ela disse que seu irmão (no caso a garota não sabia que Hikaru estava morto) devia ser um bandido das "quebradas onde você mora" Amaya não aguentou, meteu um soco na cara da garota, um soco tão forte que conseqüentemente fez a garota cair para trás, e bater a cabeça o cerebelo na chão. Agora, não sei se vocês sabem, mas, tem um ponto no cerebelo que se bate, o cérebro não envia mensagem para o corpo respirar. E foi bem esse local que a garota bateu.
Amaya nunca esqueceu do rosto da garota, do seus cabelos castanhos e seus olhos azuis naquela hora já sem vida, e principalmente não esqueceu o nome dela. Ami.
Isso a pesou a consciência o resto da vida (e ainda na morte).
Quando ela morreu, ela achou deveras irônico porque é como se ela estivesse pagando por seu ato. Ela morreu de fraturar a cabeça também. Mas, diferente de Ami, a morte dela foi por traumatismo craniano, não por um golpe na nuca (cerebelo).

•Gostaria de ficar no céu, ou no inferno? Reflita.
»Céu.

•Como sua personagem se comportaria na escola?
»Ela ficaria no canto dela, provavelmente lendo. Sua aula favorita é filosofia. De começo era iria em todas as aulas, mas, sua vida inteira ela teve que se dedicar a estudar por ser bolsista. Agora, que pagam pra ela, ela vai finalmente poder relaxar.
Cabularia algumas aulas para ficar no terraço observando a lua, escrevendo em seu diário, desenhando, lendo, tirando foto, ou fazendo ambas as coisas. O terraço é seu lugar favorito, antes da lanchonete.

•Se a vida de alguém estivesse em risco, ajudaria?
»Sim. Ela pode parecer grossa, mas se importa com as pessoas.

•Exatas/ Humanas ou Biológicas?
»Humanas

•Se for estrupada por alguém.
»Primeiramente, ficaria completamente chocada, desacreditada e tentaria excluir essa pessoa da vida da dela. Se for por alguém ela ia se sentir completamente suja. E se for o par (o que eu realmente acho que pode acontecer pq... Né. Eh o Laito) ela ficaria desacreditada e devastada. Ela confiou nele. E ele vira faz isso? Como ele pode? Ela ia se sentir completamente traída.


•~•~•~•~•~•~•

Espero que tenham gostadooo!
Postado por ~Coookie-chan
Capítulo 1 - Prólogo e Fichas
Usuário: ~Coookie-chan
Usuário
Ficha.:

Nome Completo.:

Apelido.:

Par.:

Idade.: (Entre 15 e 19 anos)

Data de nascimento.:

Signo.:

Peso.:

Altura.:

Tipo sanguíneo.:

Grupo Social.:

Cor favorita.:

Animal favorito.:

Comida favorita.:



Aparência (descrição).:

Aparência (fotos).:

Personalidade.:



História de como era a vida da garota antes de sua morte.:

Como foi sua morte.:



Gostos.:

Desgostos.:

Hobbies.:

Fobias/ Medos.:

Traumas.:

Sonho de vida.:



Frase representativa.:

Música representativa.:



Relação com o par.:

Relação com as outras garotas.:

Relação com os outros Sakamaki.:



Uma das garotas da qual sua personagem vai mais interagir.:



*Perguntas*

Algum segredo chocante da vida em que vivia?

Gostaria de ficar no céu, ou no inferno? Reflita.

Como sua personagem se comportaria na escola?

Se a vida de alguém estivesse em risco, ajudaria?

Exatas/ Humanas ou Biológicas?

Sua reação se por acaso for estuprada pelo ser par, ou alguém que não seja ele?
Postado por ~Liz_Pandaneel
Capítulo 1 - Prólogo e Fichas
Usuário: ~Liz_Pandaneel
Usuário
♡ Nome Completo.:
*Alice Lewys.

♡ Apelido.:
*Liz.

♡ Par.:
*Ayato.

♡ Idade.:
*17 anos.

♡ Data de nascimento.:
*1/10/1998.

♡ Signo.:
*Libra.

♡ Tipo sanguíneo.:
*AB-

♡ Peso/Altura.:
*55kg - 1,66m.


♡ Grupo Social.:
*Rebelde.

♡ Cor favorita.:
*Roxo.

♡ Animal favorito.:
*Pandas, claro.

♡ Comida favorita.:
*Batata frita.


♡ Aparência (descrição).: Tenho longos cabelos roxos escuros que alcançam minha cintura e olhos verdes claros extremamente brilhantes. Meu corpo possui muitas curvas, mas não tenho muito conteúdo, se é que me entendem. Também tenho algumas sardas escondidas nas minhas bochechas, o que dizem que me deixam fofa, mas discordo totalmente. Aos 15 anos fiz uma tatuagem em meu pulso, apenas uma frase mesmo: I promise. Geralmente uso roupas um pouco mais apertadas, pois me deixam confortáveis, como calças legging pretas ou shorts jeans acompanhados de regatas ou blusas caídas, e é claro, com minhas botas. Dificilmente uso vestidos, pois acredito que minha calcinha aparece.

♡ Aparência (fotos).:
* http://pin.it/h_bFM-a
* http://pin.it/l5a5866
* http://pin.it/lQVjUIg
* http://pin.it/Kc3-71k

♡ Personalidade.:

* Sou uma garota extremamente azarada, preguiçosa e desastrada, isso é porque muitas vezes tropeço ou acabo esbarrando nos móveis que aparecem em minha frente, deixando meu pé com dódoi. As vezes sou muito irritada ou grossa com aqueles que me deixam brava, o que é praticamente impossível. Meu lado positivo é ser calma e fofa, só algumas vezes, geralmente para conseguir algo que eu queira. Encrenqueira? Um pouco. Arranjo briga nos momentos que não devo? Claro. Xingo? Claro que não, sou uma dama (sqn). Na maioria das vezes, sou bem animada e sempre procuro divertir as pessoas em minha volta, por isso finjo estar feliz e forço sorrisos. Costumo ficar sozinha, chorando por... Motivos que nunca pensei que aconteceriam comigo. Estou sempre disposta a ajudar os outros, e perdoo com muita facilidade, isso porque sou muito sensível.

♡ História de como era a vida da garota antes de sua morte.:

* Infelizmente nasci em uma família rica, onde as pessoas se importavam mais com "ter" do que "ser". Entre pássaros pretos, eu era o único pássaro branco. Esnobes e ambiciosos, por mais que tentasse ignorar, já era fato. Eram corruptos e não se importavam com ninguém, afinal, é isso que acontece quando o poder sobe na cabeça das pessoas. Tive uma ótima escola e educação, mas não era suficiente, queria algo muito melhor que isso: queria achar minha felicidade. A única pessoa que desenvolvi laços foi meu irmão mais velho, sempre ausente. A única pessoa que ligava para mim e que me defendiam lá era ele. Porém, quando completei 17 anos, meus pais mandaram-o para um intercâmbio nos Estados Unidos. Logo, arranjaram um "noivo" de outra família rica para mim. Minha vida virou completamente, tudo estava dando errado e ainda por cima, tinha que aceitar tudo aquilo com um sorriso falso em meus lábios.
O dia do casamento chegou, mas não houve nenhuma cerimônia... Pelo contrário. Ele traiu a minha família por vingança e eu fui o "objeto" de ódio. Torturas físicas e psicológicas... Conseguia ver apenas meu sangue derramando, misturando-se com minhas lágrimas quentes. A polícia descobriu o local em que estávamos, mas era tarde demais, ele já havia tirado minhas esperanças, a minha vida.

Como foi sua morte.: Tortura.

♡ Gostos.:
* Colecionar bichinhos de pelúcia.
* Escutar músicas no volume máximo.
* Comer.
* Filmes de terror e comédia romântica.
* Brigadeiro.
* Usar calcinhas de ursinhos.
* Jogar vôlei.
* Ver todos felizes.

♡ Desgostos.:
* Balões.
* Pessoas sádicas e mau-humoradas.
* BARATAS.
* Ser observada.
* Ser julgada.
* Escutar alguém dizer que quer morrer.
* Assédio.
* Injustiças.

♡ Manias:
* Sentar-se nas cadeiras de pernas cruzadas ou de qualquer outra maneira, menos a correta "para uma dama".
* Amarrar seu cabelo em um coque frouxo quando quer se concentrar.
* Inflar as bochechas quando está nervosa.
* Balançar seus pés quando está animada para alguma coisa.
* Usar suas botas quase sempre.
* Não conseguir olhar nos olhos das pessoas por muito tempo, pois se sente julgada.
* Desenhar rostos nas cascas dos ovos que vai cozinhar.
* Roer unha.

♡ Hobbies.:
* Esgrima.
* Piano.
* Conseguir ser completamente irritante com quem a irrita.
* Roubar comida dos outros.
* Desenhar.

♡ Fobias/ Medos.:
* Não ser amada por ninguém.
* Ficar sozinha.
* Ser perseguida por patos.
* O entardecer.
* Fantasmas.
* Escuro.

♡ Traumas.:
* Ser amarrada.
* Objetos pontiagudos.

♡ Sonho de vida.:
* Ser amada.

♡ Frase representativa.:
* Love isn't just a joke!
♡ Música representativa.:
* Photograph.

♡ Relação com o par.:
* Ele seria uma das únicas pessoas que Liz sentiria um ódio extremo, mas nem por isso o trata mal. O jeito intenso de Ayato ser, de algum modo, a intrigava, fazendo com que respondesse ele. Não gostava quando ele agia com brutalidade, sendo em gestos ou palavras.

♡ Relação com as outras garotas.:
* Seria educada e fofa com todas, a não ser que algo a tirasse do sério(o que é difícil). Poderia passar horas ali, dando conselhos ou simplesmente escutando-as.

♡ Relação com os outros Sakamaki.:
* Considera Laito como o pegador pervertido que quer pegar todo mundo; tenta respeitar Reiji o máximo, pois ele mete juízo naquela casa; tem uma imensa vontade de pegar o Teddy e sair correndo pela casa,só para ver o que aconteceria e gosta de fazer brigadeiros para Kanato; sente um pouco de medo de Shuu, mas parece o mais normal daquela casa; acha engraçado quando Subaru está irritado e se zanga com o fato de não conseguir quebrar uma parede ao vê-lo "quebrar" uma.

♡ Uma das garotas da qual sua personagem vai mais interagir.: Par do Shuu.

Algo mais?
* Asc: Aquário.
Lua: Libra.


~ Perguntas ~


* Algum segredo chocante da vida em que vivia? *

* Gostaria de ficar no céu, ou no inferno? Reflita. *
~ Céu.

* Como sua personagem se comportaria na escola? *
~ Seria estudiosa, mas conversará muito nas aulas.

* Se a vida de alguém estivesse em risco, ajudaria? *
~ Sem dúvidas.

* Exatas/ Humanas ou Biológicas? *
~ Exatas.

* Sua reação se por acaso for estuprada pelo ser par, ou alguém que não seja ele? *
~ Ignoraria a existência dele por completo, tentando esquecer tudo o que aconteceu.