História After midnight - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, G-Dragon
Personagens G-Dragon, T.O.P
Tags Bigbang, Choi Seung Hyun, Gtop, Kwon Ji Yong, Top
Exibições 33
Palavras 625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cada capítulo dessa história será contado por um personagem de cada vez, revesando entre Choi Seung-Hyun e Kwon Ji-Yong.
O capítulo a seguir é contado por Kwon Ji-Yong e escrito por leãozinho.

Capítulo 6 - Cappuccino


Fanfic / Fanfiction After midnight - Capítulo 6 - Cappuccino

Eu fui com Seung na reunião. Sinceramente... Ele não passava de um Grosso,  arrogante,  medíocre e riquinho, me tratava mal,  fazia ameaças direto entre outras coisas....  Eu realmente precisava de dinheiro,  mas não a ponto de ser tratado daquele jeito. 

Eu me sai bem na reunião,  mas Seung não pareceu-me estar satisfeito com aquilo,  pelo menos não em meu ponto de vista.  
 Eu adiantei todo meu trabalho em casa,  já que não tinha nada para fazer além disso.   Eu realmente estava tentando ser simpático,  gentil e o mais doce possível,  mas Choi Seung-Hyung não colaborava, estava pegando raiva, por que aquela implicância toda.... Era somente comigo?  

Na manhã do meu segundo dia de trabalho,  o tempo decidiu mudar,  agora encontrava-se chuvoso, frio. Eu fui ao trabalho do mesmo jeito,  peguei chuva da minha casa até o ponto de ônibus,  não fiquei encharcado,  mas molhei-me inteiro a ponto de qualquer vento que batesse eu sentisse frio.  Quando cheguei Seung já havia entrado em seu escritório, estava eu atrasado?  

Coloquei meus papéis preenchidos sob a mesa,  felizmente não havia molhado... Eu me sentei ali esfregando minhas mãos umas nas outras para tentar me aquecer e ajeitei a minha touca. Por tédio...  Eu fui até a porta de Seung-Hyung,  eu o olhei pela brecha da porta. 
Eu vi sua mesa cheia de papéis, e olhei para o mesmo que lia os papéis.  Talvez fosse por isso que ele era chato 24hrs por dia...?  Eu encostei na maçaneta,  mas logo a soltei.  Me afastei da porta,  fui até minha bolsa e peguei minha carteira que tinha alguns trocados. Eu fui a cafeteria mais próxima e comprei dois Cappuccino, e subi até o último andar novamente,  Corri a minha mesa,  peguei os papéis e então o ouvi me chamar. "Na hora! "

Pensei e fui até a sala do mesmo,  abri a porta com os pés e entrei.  

— Bom dia. — Disse sem olha-lo me reverenciando e coloquei o Cappuccino em sua mesa  e por fim os meus papéis adiantados. — Fiz ontem anoite. —  Disparei me afastando dele por conta das minhas vestes estarem meio molhadas.  Eu olhei para seus papéis e para os lembretes colado em um quadro que havia ali. — Em que lhe posso ser útil? — Falei segurando o meu Cappuccino com ambas das mãos. 

— O que Houve com você? — Eu ouvi sua voz grossa e me virei o vendo olhar o Cappuccino.

— Como assim oque houve comigo? — Disse o olhando e tirei um gole do Cappuccino que segurava.

— Está molhando meu carpete! — Disse ele e eu olhei para baixo rapidamente afastando-me do carpete rapidamente.  

— Desculpa.... — Falei em um fiapo de voz, e respirei fundo antes de me reverenciar.

—Comeu algo antes de vir? — Perguntou ele e eu levantei a cabeça. 

— Não foi por que eu quis eu juro,  foi que quando eu acordei estava chovendo muito e eu não tenho guard.... Como é? — Eu Disparei, olhando-o sem entender...  Ele não ia me dar uma bronca...? —... Comi um pedaço de pão...

— Se eu mandar você ir na cafeteria e pegar o que quiser você vai sair de cima do meu carpete limpo e seco? —  Ele ainda estava com os olhos nos papéis, olhei ao Cappuccino que havia trago a ele e suspirei.  

— Sim,  eu...  Sairia... — Falei quase para mim mesmo e abaixando o olhar para o meu Cappuccino que o soprei antes de tirar mais um gole.

 — Está aqui ainda por quê? — Eu levantei o olhar e vi ele olhando-me e suspirei. 

— Desculpa.... — Disse rindo forçado e me afastei aos poucos. Eu sai da sala e fechei a porta. 

Eu me sentei em seu lugar e olhei para o computador. Se eu comprasse alguma coisa....  Não ia voltar para casa de ônibus,  então decidi tomar só o Cappuccino mesmo.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...