História After The End - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne
Tags Chara, Depressão, Frans, Frisk, Rota Pacifista, Sanrisk, Sans, Sans X Frisk, Sansxfrisk, Undertale
Exibições 175
Palavras 651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem ^^
Estou tentando aumentar o tamanho do capítulo, prometo que o próximo será ainda maior!
De qualquer maneira, aproveitem a leitura >w<

Capítulo 4 - Alguns Problemas


Fanfic / Fanfiction After The End - Capítulo 4 - Alguns Problemas

POV Narradora

            Frisk abriu seus olhos, demorando um pouco para assimilar quando e como havia parado em seu quarto, ela lembrava-se claramente de estar na escola até que... Dormiu no ombro de Sans!

            A morena levantou-se num pulo da cama, correndo até o andar de baixo com certa pressa, procurou alguém na casa, até que avistou Sans assistindo um programa de Mettaton na televisão, ela correu até ele e entrou na sua frente, impedindo-o de ver o que passava na tela do aparelho, o que fez o mesmo bufar e largar a garrafa de ketchup que bebia na mesa de centro, olhando para ela logo depois.

            – O que foi? – Sans olhou-a com uma expressão desinteressada, enquanto a garota bufada a sua frente.

            – Por que já estou aqui? Quantas horas são? Eu perdi aula? O que aconteceu? – Ela disse tão rápido que ficou praticamente incompreensível pelo rapaz, que por pouco não entenderia o que ela queria lhe dizer.

            – Ei, se acalme... Eu percebi que você havia dormido, e quando olhei as horas já havia acabado o intervalo à algum tempo, então te levei de volta para casa. Agora saia da frente da TV, eu quero assistir... – Ele apoiou o cotovelo no braço do sofá, e aguardou a garota sair dali.

            Frisk, por outro lado, apenas o encarava, franzindo o cenho enquanto batia o pé no chão impacientemente.

            – Você me fez perder aula? Saaaaans!! – O jeito que a pequena havia pronunciado seu nome havia feito o albino rir com a situação, fazendo Frisk ficar cada vez mais irritada. – Argh! Do que você está rindo?!? – Isso apenas provocou mais risos no maior – Desisto! – Ela então se dirigiu até a cozinha, sendo seguida pelo maior, que puxou sua mão sem machuca-la e a fez se virar para ele.

            Frisk encarou-o, levantando a cabeça, já que apesar de ser baixo, ainda era maior que ela, ambos coraram enquanto se observavam, Sans apenas se focava no pescoço agora exposto da garota – Já que sua camisa de uniforme estava desabotoada em três botões, algo que não era visto com frequência.

            – S-Sans, está tudo bem? – A garota franziu o cenho, observando o garoto que olhava fixamente para seu pescoço, um calafrio percorreu o seu corpo. – Sans? – Foi aí que o albino havia percebido o que havia ocorrido e se afastou enquanto soltava a mão da morena.

            – Heh, me desculpa Kiddo... Eu me distraí um pouco. – Esboçou um de seus típicos sorrisos.

            QUEBRA DE TEMPO
           

           Frisk retornou para casa após o horário de aulas na companhia de Sans, que insistiu em leva-la em casa e mantê-la segura. Chegaram na casa da garota em pouco tempo, já que moravam em ruas vizinhas. Sams tocou a campainha, que fora rapidamente atendida por Toriel, que fez uma expressão de raiva ao ver a garota na porta.

            – Cabulando aula, minha criança?! Que feio! Precisamos conversar seriamente. – Aquela frase provocou um arrepio na espinha de Frisk, que arregalou os olhos no mesmo instante e engoliu em seco, olhando para Sans como se pedisse ajuda desesperadamente.

            Sans engoliu em seco também e se virou para Toriel, a fim de conversar calmamente sobre o ocorrido... Ou pelo menos tentar.

            – H-Hum... Eu... É... Eu posso explicar Tori... – O apelido provocou certos ciúmes em Frisk, que mordeu o lábio inferior e franziu o cenho, mas não disse nada. Sans suspirou e pensou um pouco, até que finalmente disse algo. – Frisk não estava se sentindo bem, então a levei para casa, eu juro, foi apenas isso.

            Toriel cruzou os braços e olhou para ambos com uma expressão desconfiada, mas apenas suspirou e desfez sua pose, encarando Sans agora.

            – Certo, vou acreditar em você dessa vez, obrigada por cuidar dela, Sans... – Um pequeno sorriso surgiu nos lábios de Toriel, que segurou os ombros de Frisk e foi em direção a sua casa, acompanhada pela menor, Sans por sua vez apenas deu meia volta e se teletransportou em direção a sua casa.

            


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...