História After The End - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 19
Palavras 754
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Somehow...I'm Still Alive...


Fanfic / Fanfiction After The End - Capítulo 1 - Somehow...I'm Still Alive...


Mais um longo dia estava pela frente nesse mundo cruel…
Uma gota de suor escorreu por minha testa e eu não hesitei em limpá-la. Precisava achar comida, minha fome era imensa, depois de passar 2 dias apenas comendo migalhas.
Continuei andando pela longa estrada que se estendia mais e mais.
Até que avisto uma placa de lojinha no final da rua, me encho de expectativas para encontrar comida.

Cauteloso, pego minha Glock e vou andando até a porta dupla da lojinha.
Quando abro a porta,levo um susto com o barulho de um sininho que estava na porta,sinto um forte cheiro de carcaça podre, uma leve vontade de vomitar me vem à cabeça, mas consigo conter-me e ignoro o horrível cheiro.

Ainda com minha Glock em mãos eu aponto para o corredor por onde eu passava…E noto que no finalzinho daquela mesma prateleira ainda sobrara um pacote de bolachas, intacto.

Corro para pega-lo, pensando apenas em devorá-lo por completo, mas um grunido me impede e eu paralizo no mesmo lugar, já sacando a arma.
Um zumbi ergue-se por detrás da prateleira, e eu logo atiro no tal, errando na primeira, mas acerto um belo tiro em seu crânio na segunda.
-UHUL! - Comemorei.
Segundos depois me toco que, um tiro é um tiro, ou seja, barulho…
"Porra.. Esqueci de usar a droga da faca."

Peguei rapidamente meu prêmio e logo o coloquei em minha mochila quase vazia…Dei uma rápida checada na lojinha mais uma vez, achei algumas bandagens em outro corredor, o resto nada me servia.
Saí da lojinha andando rápido, uma hora ou outra eu sabia que mais zumbis apareceriam por alí por causa da minha burrice.

O objetivo agora era encontrar um lugar pra passar a noite, eu já me encontrava exausto por ter andado tantos quilômetros, depois que saí de casa, eu vivo como um nômade, trocando de casa sempre…
Mal virei a esquina e já me encontro com um pequeno grupo de sete zumbis,eles me notam e logo dou meia volta correndo para o quarteirão oposto.

Os zumbis continuavam me seguindo, lentos como lesma mas querendo me devorar.
Distraído, eu tropeço em uma maldita pedra e caio de nariz no chão.
"Fudeu..Fudeu muito.."
Estava quase me levantando mas um zumbi conseguiu chegar na hora para ter sua refeição.

Eu o seguro com uma mão e a outra tentando pegar a maldita faca que estava em algum lugar na minha cintura.

Vejo outro zumbi se aproximando e já entro em desespero, mas também olho pro lado e vejo minha faca jogada no chão há poucos metros dalí, deve ter caído quando eu caí.

Então minha última opção foi a boa e velha Glock. Apontei a mesma para o crânio do zumbi que eu segurava, e atirei… Miolos voaram na minha cara.
Rapidamente saí de baixo do cadáver, apontado a arma para o outro zumbi que se aproximava faminto.
Atirei errando o primeiro tiro que o acertou no ombro, mas o segundo certeiro na cabeça.

Ainda restavam 5 zumbis me seguindo e eu não queria ficar alí de jeito nenhum, peguei a maldita faca do chão e saí correndo dalí de novo.

Vejo um carro vermelho no final da rua, com a porta entreaberta.
"Meu abrigo de hoje"
Entrei e fechei a porta logo em seguida, por sorte ele estava vazio e não tinha cheiro de carcaça.

Tranquei todas as portas aliviado.
Tirei minha mochila da costa e abri por completo seu zíper, retirando uma garrafa de água pela metade e meu pacotinho de bolacha.
Comecei a comer, vendo um belo filme de zumbis querendo me devorar batendo repentinamente na janela do carro.

Após terminar todo o pacote, bebi um pouco da minha água, deixando o líquido quase no final.
O sol já estava se pondo e eu já estava morto.
Deitei minha cabeça sobre o banco do passageiro e fechei os olhos.

"Acordei, estava uma bela manhã, Ah não ser os desgraçados que continuavam batendo no vidro, é difícil de acreditar que eles passaram a noite toda batendo no maldito vidro… Eu saí do carro já empurrando um que estava perto da porta. Pego minha faca e cravo na cabeça do mesmo que estava no chão, mas… ele não morreu! Ele logo segura minha mão puxando para a sua boca e comendo-a. Eu gritava de dor, e os outros zumbis chegaram e participaram do café da manhã também, arrancando minhas tripas e..."

-Ah!! - Acordei desesperado.
-Foi só um sonho…- Falei limpando o suor que escorria em minha testa.
...


Notas Finais


❤❤❤ #AFTERTHEEND #OBRIGADOPORLER #KISSESANDHUGS #ATEOPROXIMOCAP
❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...