História After The End - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 11
Palavras 818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Fucking Zombies


Fanfic / Fanfiction After The End - Capítulo 2 - Fucking Zombies

•CAP II : Fucking Zombies•

Olhei pela janela verificando se não havia zumbis alí por perto… Até o momento, nada.
Coloquei minha mochila nas costas e saí do carro, olhando para todas as esquinas.
Fui andando até o final da rua com minha Glock em mãos.

Perto dalí, eu vejo um grupo de 5 zumbis comendo ratos, a vontade de vomitar me vêm à cabeça outra vez, mas eu recuo e sigo meu caminho para a estrada oposta.
"Preciso sair daqui…"
"Mundo cruel…"

-Vamos lá.. você consegue.. - Falei para mim mesmo, confiante.

Eu vejo no final da rua, nada mais nada menos do que uma bicicleta , minha passagem pra fora dessa cidade imunda.
Corri até ela cheio de alegria, levantei ela do chão e subi.

Pedalei até sair da pequena cidade, não foi o que aconteceu. Uma horda faminta vagava pelo penúltimo quarteirão e eu continuava pedalando.
Até que os zumbis me notaram e eu no desespero, acabei caindo da bicicleta.
Fiquei cercado de zumbis, minha morte era certa.

Até que, me assusto com um barulho de tiro vindo por detrás de mim, mais zumbis caíam no chão, porém não era o suficiente. Peguei minha Glock e atirei nos zumbis que estavam na minha frente.
Levantei rapidamente na primeira brecha, mas um zumbi que estava se rastejando no chão pegou meu pé na última hora, fazendo-me cair outra vez, por sorte havia um automóvel alí por perto.

Cravei balas na cara do desgraçado e me arrastei para debaixo do carro. Os zumbis que ainda tentavam me pegar, foram mortos com a minha faca, mais e mais zumbis se atraíram até por onde os tiros estavam indo.
Eu não sei quem era a pessoa, mas eu só queria agradecer-la por salvar minha vida.

Depois de passar a metade do dia debaixo daquele carro imundo, ainda haviam poucos zumbis, o que me preocupava é que só me restavam três balas e como sou ruim de mira, poderia gastar elas em vão.

O sol já estava se pondo e eu tinha que arranjar uma forma de sair dalí se não quisesse passar a noite debaixo de um carro nojento.
Peguei minha faca e saí pelo outro lado do carro, nenhum zumbi havia me notado, ainda.
Eu saio correndo virando a esquina da rua, mas, sou impedido e sinto uma mão segurar-me pelo braço, eu rapidamente me viro pronto pra cravar a faca em seu crânio. Por incrível que pareça, não era um zumbi, e sim um garoto de cabelos castanhos, ele usava uma calça jeans cinza, com uma jaqueta  e uma camisa preta por baixo.

- Não faz isso! Quer morrer?! - Disse o estranho ainda me segurando.

-Me solta! Tenho que sair daqui! - Afirmei com raiva.

-Por aqui, eu posso salvar nós dois - Disse o estranho me puxando.

-Como posso confiar em você?! - Perguntei.

-Ou confia, ou morre. - Disse o garoto apontando para o grupo de zumbis que se aproximavam.

Eu não tive outra escolha a não ser seguí-lo.
Nós corremos por uma passagem estreita até uma escada, eu ajudei ele a subir, percebi que ele estava mancando.
Os zumbis continuavam subindo mas nós já havíamos entrado no pequeno prédio. Eu fechei a porta e tranquei, ele sentou na cama e descansou.

-O..Obrigado por me salvar - Agradeci.

-Não há de quê.. Você tava precisando mesmo - Disse o garoto ironizando.

-O quê aconteceu com sua perna? Não foi mordido né? - Perguntei assustado.

-Se eu tivesse sido mordido eu já teria amputado não acha? - Disse o garoto com um leve sorriso no rosto.

Olhei pela janela e vi mais uma horda vagando pelas ruas.
-Essa cidade é um inferno… - Afirmei com raiva.

-Você não é o único que acha isso.. Então, você perguntou sobre minha perna, foi um acidente enquanto eu fugia desses desgraçados - Disse o garoto olhando para o seu ferimento.

-Talvez.. Eu possa te ajudar! Tenho umas bandagens na mochila - Afirmei.

Eu abri a mochila e peguei as bandagens, limpando o sangue que escorria sobre a perna do garoto com a água que me restava. Coloquei a bandagem e o ferimento logo parou de sangrar.

-M..Muito obrigado, ah e… Meu nome é Logan, prazer em conhecê-lo - Disse o garoto, agradecido.

- Jake, prazer em conhecer você também.

-Ah, já ia me esquecendo, era você que estava atirando naquela hora? Perguntei.

-Era eu sim, as pessoas costumavam dizer que eu tinha uma ótima mira - Explicou.

-Então você era policial antes de tudo isso? - Perguntei.

-Não, eu só tinha uma mira boa, ás vezes eu praticava com a minha besta, mas ela levou o farelo em uma fuga - Afirmou.

-Fique a vontade, pode dormir na parte de cima do beliche se quiser - Disse Logan olhando para cima.

-Obrigado.. - Agradeci.
"Que fome…"
"Mais um dia sem comer.."
"Essa vida é um inferno…"


Notas Finais


❤❤❤ #AFTERTHEEND #KISSESANDHUGS #ATEOPROXIMOCAP
❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...