História After The Nightmare - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Until Dawn
Personagens Ashley "Ash", Beth Washington, Christopher "Chris", Emily "Em", Hannah Washington, Jessica "Jess", Joshua "Josh" Washington, Matthew "Matt", Michael "Mike" Munroe, Personagens Originais, Samantha "Sam"
Tags Chrashley, Nightmare, Smike
Exibições 84
Palavras 1.494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente nesse cap. Aqui vai mostrar término de algum casal aí kkk e será que a Emily se apaixonou de verdade
Espero que gostem e boa leitura

Capítulo 2 - O Término e Emily Apaixonada!?


Visão de Sam

Já amanheceu e eu disse que ia visitar a Jess no hospital, eu espero que ela esteja bem, mas agora eu preciso tomar um banho e comer algo

Depois de eu ter tomado banho e comido alguma coisa, eu peguei minha bolsa e peguei o caminho em direção ao hospital que a Jess estava, Mike disse que estava tudo bem com eles mas, eu não tenho certeza disso, as vezes o Mike mente que está mas na verdade está péssimo, porque eu estou pensando tanto nele, eu...... Eu vou ir ver a Jess

Enquanto eu passava na frente de um restaurante, pela janela eu consegui ver Matt e Emily, admito, odeio ver o Matt com ela, não de ciúmes mas de pena, não era a toa que o Mike chamava ele de pau mandado, coitado

Agora pensando no futuro, eu quero muito entrar em uma universidade de história, eu amo história, eu sei que tem gente que odeia história, tipo o Chris mas acho que isso não vai estragar nossa amizade, em falar no Chris eu estou preocupado com ele pois ele estava com a perna quebrada, e também estou ansiosa pra ver o Chris e a Ashley namorando, já era tempo né

Depois de um tempo andando eu cheguei ao hospital, fui até a recepcionista, e ela me atendeu muito bem, o problema era que ela estava muito nervosa, provavelmente primeiro dia de trabalho aqui, mas logo ela me deu o número do quarto da Jess, eu fui até o elevador e fui para o terceiro andar do hospital, sim ele é enorme, o número do quarto dela é 2202 estranho é a data da morte das irmãs, que bizarro 22 de fevereiro, não liguei muito pra isso, pois o mais importante agora é saber se Jess está bem, eu logo cheguei ao quarto ouvi uma discussão lá dentro, preferi ficar na porta ouvindo, sei que não devia ter feito isso, mas a curiosidade falou mais alto

"Eu vi você olhando de um jeito estranho pra Sam" Jess diz com a voz trêmula

"Jess me escuta, eu não gosto e nunca vou gostar da Sam" Mike disse e começou a rir

"Sai daqui Mike" Jess disse quase chorando

"Jess se acalma, eu nunca vou trocar você, ainda mas pela Sam" Mike disse tentando acalma-la

"Eu não acredito em você" Jess diz e começou a chorar

"Fica calma, ta bom" Mike diz e a abraça eu olhei pela abertura na cortina do quarto

"T-ta bom" Jess diz parando de chorar

Eu me afastei da porta e decidi que ia mandar uma mensagem pro Mike dizendo que eu não posso ir visitar a Jess hoje, mas agora eu preciso ir embora, eu saí do hospital, confusa com o que tinha acontecido, e na volta eu vi Emily sair com muita raiva daquele mesmo restaurante que eu vi Matt e Emily, o que aconteceu

Visão de Matt

Eu convidei a Emily para ir tomar café da manhã, num restaurante que tinha ali perto de casa, custou muito pra ela aceitar a ir, mas ela aceitou, estou com pena dela do que vou falar pra ela, eu já tinha chegado no restaurante e logo depois Emily chegou, eu chamei ela é ela se sentou numa cadeira a minha frente

"Emily eu preciso te dizer uma coisa" Eu disse

"Fala, babaca" Ela disse fria e grossa

"Eu quero terminar com você" Eu disse curto e grosso, ela me olhou estranho "Eu não aguento mais você, eu te amo de verdade e você me faz de pano de chão, acabou Emily" Eu disse com muita raiva

"Mas Matt......"

"A-C-A-B-O-U, ou você não entendeu" Eu disse cortando sua frase, ela se levantou e saiu furiosa pela porta e a batendo, todos me olharam, me senti constrangido agora

Visão de Ashley

É muito bom você acordar nos braços da pessoa que ama, é muito bom mesmo, não estou sendo maliciosa é porque da um sentimento bom mesmo, eu me levantei devagar saindo dos braços do Chris para não acorda-lo, eu fui até o banheiro pra escover meus dentes, agora eu preciso descer e fazer um café da manhã muito bom pra certas pessoas e por comemorar que saímos vivos daquela montanha, eu não posso dizer nada que já nos livramos daquele lugar, pois eu acordei várias vezes na madrugada, pois tinha pesadelos horríveis do Chris sendo morto ou eu mesmo brutalmente, e também porque o delegado ainda vai nos chamar na delegacia para saber mais sobre isso, tenho a impressão de que o pesadelo vai voltar e ainda pior, enquanto eu estava perdida nos meus pensamentos na cozinha, alguém me abraçou por trás, eu logo me virei e era Chris, e ele estava sem camisa, espera como um nerd pode ter esse corpo, meu deus, eu acho que vou desmaiar, ele foi se aproximando cada vez mais e minhas pernas quando quebrando de moles que estavam, eu já podia sentir sua respiração, quando ele me beijou mesmo e eu já falei que aquilo é tão bom, que eu nunca queria parar de beija-lo

"Eu te acordei" Eu perguntei assim que nos separamos

"Não, talvez um pouco quando foi sair da cama" Ele disse segurando a risada

"Desculpa" Eu disse envergonhada, não sei porque, acho que é porque até quatro dias atrás eu estava numa biblioteca estudando com ele e agora eu estou dormindo com ele, é, é isso sim

Visão de Emily

Eu estava andando quase desgovernada pela rua e quase fui atropelada pensando no que o babaca disse pra mim

Eu estava andando e pensando em quanto ele foi grosso comigo quando eu esbarro em um homem, ele era charmoso, lindo, forte e gentil, eu caí no chão e ele me levantou

"Ah, me desculpe" Ele disse me ajudando a levantar

"Não foi nada" Eu disse, meu deus que cara gostoso, eu estava com as bochechas avermelhadas, o que, mas isso nunca aconteceu comigo, eu estou envergonhada na frente de um homem, que inclusive é lindo, cheiroso, ah ele é tudo que eu sempre quis, o que..... Não, eu estou me tornando uma Ashley que só gosta e não tem atitude ai meu deus

"Quer sair algum dia desses" O homem me perguntou

"C-claro" Eu disse gaguejando, e com as bochechas viradas em um tomate, ele me deu um cartão com o número dele eu olhei pra verificar o número quando ia falar com ele, ele desapareceu, ele era um anjo só pode

"OBRIGADO DEUS PELO PRESENTE, mesmo que não seja meu aniversário" Eu digo um pouco alto

"Emily" Eu ouço a voz da Sam vindo de trás de mim

"O que foi" Eu perguntei e achei estranho a cara dela pra mim

"Você ta apaixonada Emily, DE VERDADE" Ela disse me deixando com medo

"O que, não, não, não, eu não quero ser a vadia" Eu disse quase chorando

"Você ta dizendo a Ashley" A Sam perguntou

"Não te interessa tchau" Eu digo e saio correndo

Visão de Sam

Ah, a Emily está apaixonada, que fofo, eu estava continuando o meu caminho para casa quando o Mike apareceu na minha frente

"Mike, o que você ta fazendo aqui" Eu digo surpresa

"Eu vim falar com você, não posso" Ele perguntou

"N-não, não pode" Eu falei o empurrando e continuando meu caminho

"Ei, espera aí" Ele disse entrando na minha frente "Eu sei que você ouviu a discussão" Ele disse me encarando

"Eu não ouvi nada" Eu disse e tentei ir embora mas ele não deixou

"E você sabe o que ela disse" Mike disse me segurando pelo braço

"Não eu não sei" Eu disse mais calma e eu podia sentir a respiração do Mike na perto da minha boca, eu logo intervi, eu logo o empurrei também é fui embora ele ficou lá parado

Visão de Ashley

O Chris foi embora porque ele tem que fazer umas coisas e ouvi alguém bater na porta loucamente, quando abri Emily entrou gritando e chorando

"Meu deus Emily o que aconteceu" Eu perguntei preocupada

"EU ESTOU APAIXONADA" Ela gritou de desespero

"Entendi..... Você nunca pode se apaixonar, porque vai ser igual a mim" Eu digo

"AAAAAAAH, pera aí, como você sabe" Ela perguntou

"já disseram isso pra mim" Eu disse

"Por favor Ashley me ajuda, como você é o Chris ficaram juntos, me diz como e o que eu preciso" Ela disse desesperada

"Ta bom, arruma um chalé numa montanha, um amigo psicopata, que tenha planos pra juntar vocês dois com serras, armas e decisões, tenha um wendigo atrás do seu amigo psicopata um velhote querendo salvar seu amigo psicopata e a pessoas que você gosta vai junto, aí quando essa pessoa estiver indo você da um beijo nele de despedida ou algo assim" Eu falei sarcástica

"Ta bom" Emily disse correndo até a porta mais eu a impedi

"Eu estava sendo sarcástica" Eu disse

"Ah droga" Ela disse

"Mas eu posso te ajudar" Eu disse animando ela

Continua........


Notas Finais


Então está aí
Espero que tenham gostado, desculpem pelos erros de português e até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...