História Again. (Season 1) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Comedia Romantica
Exibições 30
Palavras 1.625
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Anteriormente em Again...
(S/N) revê os amigos e descobre que apesar de tudo, ela não está sozinha.

Obs.: Queridos leitores, a partir desse capitulo da fanfic colocarei todas as falas - seja em coreano ou inglês - em português, pois seria muito trabalhoso traduzir todas as falas e delegaria muito tempo o qual eu não tenho. Obrigada pela compreensão e boa leitura

Capítulo 4 - O amor está no ar...


Fanfic / Fanfiction Again. (Season 1) - Capítulo 4 - O amor está no ar...

Luisa colocou na mesa torradas em forma de coração.

- Promoção da casa para os brasileirinhos mais fofos dessa cidade toda! - disse ela sorrindo 

- que paixão toda é essa?! - eu disse meio que rindo 

- Estou inflamada de amor e paixão assim todos os dias! também com o marido que tenho! - ela sorriu e virou para trás.

Logo depois Tamiris entrou pela porta e veio correndo até a mesa puxando uma cadeira para sentar, então disse:

- Eu estou muito apaixonada pelo professor de física quântica da faculdade!

- está todo mundo apaixonada - disse Edward sorrindo e revirando os olhos. Respondi:

- É, está todo mundo apaixonado! Mas então me conte mais sobre esse professor.

- Ainda bem que quer saber - disse ela batendo palmas - Ele fica tão sexy quando fala da teoria do teletransporte dos nêutrons dentro dos átomos! Quando ele mexe no cabelo, quando ele sorri de satisfação quando os alunos fazem perguntas, quando ele fala convicto das suas equações e como ele bate as mãos empoeiradas de giz depois de uma conta terminada... é irresistível! 

- e como você sabe tudo isso? assisti a aula dele? 

- assisto, mas ele não sabe! assisto como um NINJA! - ela disse a ultima palavra fazendo cocegas na barriga de Rebeca.

- TIO JACKSON CHEGO! - exclamou Edward ao ver o carro vermelho estacionando na frente da lanchonete. Ele buzinou.

comecei a arrumar as crianças colocando as mochilas em seus ombros. Luisa disse quando já ia saindo:

- Você vai vir no jazz hoje?

- Juro que vou tentar!

fechei a porta e caminhei até o carro. depois de colocar as crianças no banco de tás e fivela-las nas cadeirinhas fui para o banco da frente.

- Como vocês estão hoje? - Perguntou Jackson em coreano e as crianças responderam em coreano para a minha surpresa:

- Bem - disseram elas.

- Como vocês sabem falar tudo isso?

- Como você quer que a gente faça amigos sem falar a língua deles? já tem um mês que estamos aqui! - Disse Rebeca em coreano me deixando de queixo caido. Não sabia que meus filhos ja dominavam tanto o idioma que eu mesma tenho tanta dificuldade em aprender!

Paramos em frente a escola, as crianças desceram e foram caminhando até a porta da escola. no caminho uma das mães com duas outras crianças pararam meus filhos e todos eles vieram e direção ao carro. quando chegaram a mãe ja disparou:

- Olá! tudo bem? eu gostaria muito que seus filhos fossem dormir lá em casa amanhã. Eu e outras mães combinamos que nossos filhos tendo amizade com crianças de outra cultura seria um aprendizado e tanto! então queria que você deixasse ele irem brincar e depois dormir lá em casa amanhã depois da escola. seria legal se eles levassem CD´s com musicas do seu pais e DVD's com filmes e desenhos de lá.

- Hmmm... Pode ser. Vou providenciar tudo. até amanhã. - as crianças pularam de alegria.

Entrei dento do carro outra vez e fomos embora. Quando tomamos uma distancia Jackson disse:

- Você é louca de deixar seus filhos irem para a casa de qualquer um assim?

- Como eles mesmos disseram, precisam de amigos... e de uma aventura.

 Chegamos a empresa e corremos para pegar o elevador ainda aberto. quando entramos ouvimos Yugyeom pedindo para segurar o elevador.

- Bom dia! - ele disse entrando no elevador e depois disse à Jackson - Eu conversei com ela!

- E ai como foi?

- Vamos sair amanhã! ela é linda e inteligente! Nem acredito!

- Quem pode resistir aos seus encantos? - disse Jackson brincalhão. Yungyeom sorriu sem graça e Jackson retrucou - Está vendo! não sorri assim pra mim que eu apaixono! Ai me beija logo! - Todos rimos. Perguntei enquanto a porta do elevador se abria e saiamos:

- E quem é ela?

- A moça do marketing! - disse Jackson antes do amigo. 

- Ela é bem bonita mesmo! Parabéns garanhão - disse a ultima palavra em português deixando-os confusos.

Quando passamos pela porta, damo-nos de cara com Vitoria e JB se agarrando no canto da sala. 

- VOCÊS JÁ OUVIRAM FALAR DE PROFISSIONALISMO? - gritou Yungyeom fazendo o casal se assustar e desvencilhar-se em um repente. 

- Nós somos os chefes, nós que determinamos o profissionalismo aqui - disse Vitória sorrindo para o marido e logo depois dando-o mais um beijo, então continuou:

- como vocês sabem, Jr e Youngjae viajaram para o japão, por isso eu dei o dia de folga para Mark passar com a esposa e vocês façam o que quiser, estão de folga, menos você (S/N), terá que ir no centro resolver umas coisas para mim.

- Eu vou com ela - disse Jackson sorrindo - Ela não sabe andar no centro!

- E se você for reconhecido pelas fãs?

- Serei discreto e educado.

Vitoria pensou um pouco e por fim soltou o veredito: positivo. Entramos dentro do carro e ele colocou uma musica do Justin Bieber.

- Então, como tem sido seu dia até agora? - Pergunta Jackson 

- Bom, até agora eu só tenho visto pessoas apaixonadas em todos os lugares.

- as vezes também me sinto assim. Parece que todos encontram o amor da sua vida menos eu.

- Parei de acreditar e amor com cinco anos de casada!

- e até demorou!

- Você não vai falar que me avisou né? Eu era uma criança sem rumo!

- Eu sei , não vou dizer isso. fica calma por favor. 

Jackson é tão alegre e elétrico que ver ele sério é de partir o coração. ficamos um pouco em silencio ouvindo musica até que eu resolvi quebrar o silencio:

- Eu acho que deveríamos Comemorar nossa solteirice.

- Como? - disse ele ainda sério

 - Poderíamos comprar potes grandes de sorvete e ir para o cinema.

- Onde esconderíamos os potes de sorvete?

- Eu tenho uma bolsa bem grande, acho que dá.

- Amanhã, Fechado?

- Fechado! - eu disse sorrindo

                                                                                                    *** 

- Então, parece que eu estou indo só à um café com ele e que não estou imaginando nosso casamento e o nome de nossos filhos? - disse Tami apertando os dedos nervosa.

- Sim, super natural! - respondi sincera.

- E você se divirta no seu encontro!

- Não é um encontro já falei!

- faça que nem eu, seja iludida! - ela disse isso e saiu logo em seguida.

Peguei minha bolsa e fui para fora do prédio esperar Jackson. Minutos depois ele apareceu. Primeira parada: supermercado. compramos um pote grande de sorvete e batata frita. Colocamos todo na bolsa para não chamar a atenção e fomo para o cinema.

- Que filme você quer assistir? - Perguntou ele

- Qualquer um que tenha muita ação!

- 007 então!

- Será que com esse novo ator ficou bom?

- Todo 007 fica bom!

- Ok, vamos assistir legendado então.

- OK, vou lá comprar os ingressos.

- acho melhor não! fica escondidinho ai antes que alguém te reconheça. - peguei a carteira dentro da bolsa e fui lá comprar, quando voltei vi que nada adiantou minha providencia, meia duzia de meninas haviam se ajuntado em volta dele. Passei no meio delas e senti a inveja delas em mim, então disse para acalmar os animos:

- Sou (S/N) , amiga dele, quase uma irmã! - funcionou, pois elas sorriram.

Passamos para dentro da sala de cinema e conseguimos um lugar lá em cima bem no canto onde ninguém podia nos pegar. O filme começou e realmente vi que a mudança de ator não muda a qualidade do bom e velho 007. Minha postura na cadeira estava me encomodando então virei o corpo para Jackson que também se ajeitou. Nossas mãos se encostaram e senti um leve choque. No filme começou a tocar uma musica classica enquanto o vilão dançava com a mocinha. Olhei para Jackson e ele estava olhando para mim, bem no fundo dos meus olhos. O clima frio fez com que eu chegasse um pouco mais perto dele, quando o olhei de novo ele tambem olho para mim. nossos olhos ficaram pareados assim como nossas bocas. 'Não, não' eu dizia para mim mesma, mas em um instante a musica tinha tomado conta do lugar e do momento e entrado no fundo de nossos corações. Como imãs nos atraimos e então uma explosão no filme fez-nos despertar antes que jogássemos a noite toda fora.

Saímos do cinema um pouco depois do resto das pessoas pois estávamos colocando tudo dentro da bolsa outra vez. Fomos para a casa conversando alegremente dentro do carro e ouvindo musica como se nada tivesse acontecido. ele parou na frente de casa.

- Então - ele disse - foi bom, até amanhã.

- Até amanhã... - cheguei mais perto para dar um beijo em seu rosto e senti que ele estava entre virar ou deixar que eu o desse o beijo da friendzone. Ele deixou que eu desse o beijo da friendzone.

                                                                                                        ***

Luisa esta embriagada de amor como sempre, mas Tami não quer falar sobre ontem e seus olhos estão inchados. Yungyeon e BamBam gritaram ao lenge para que eu parasse a porta e vi quando a moça do marketing e Yungyeon mudaram de caminho para não se encontrarem. Entramos na sala principal e parece que Vick e JB comportaram todo o seu desejo na noite anterior. Jackson me viu e sorrio, mas dessa vez um pouco sem graça. sentei do lado dele e disse:

- É parece que tudo voltou ao normal.

                         (OFF (S/N) ON JACKSON)

- É, graças a Deus. - Eu respondi a ela, mas sinceramente, no meu coração nada está normal.  

  

 


Notas Finais


obrigada por lerem pessoal, espero que estejam gostando. Desculpe-me os erros.
Até quinta!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...