História Agatha Winchester - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural, Teen Wolf
Personagens Castiel, Dean Winchester, Liam Dunbar, Lydia Martin, Melissa McCall, Sam Winchester, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Romance, Supernatural, Teen Wolf
Exibições 23
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Self Inserction, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Por causa dos pensamentos da noite anterior, Agatha teve um pesadelo perturbador. Começou com ela andando na rua onde fica a sua casa à noite. Mas algo estava diferente. Ela sentia seu corpo pesado e, ao tocar seu rosto, sentiu longas presas frias ao passar de leve pelas bochechas. Ela tinha se transformado. Começou a correr procurando por ajuda na sua casa, mas quando chegou e abriu a porta, como que instantaneamente, suas mãos e suas roupas ficaram cheias de sangue e, ao mesmo tempo, surgiu um gosto de carne na sua boca. Seu coração acelerou. O que ela havia feito? 

Subiu as escadas em direção ao seu quarto sentindo que algo estava errado. Tentava gritar o nome de todos os conhecidos mas sua voz não saia. Quando chegou na porta de seu quarto, abriu lentamente com o coração na boca pois ela estava sentindo que tinha alguma coisa atrás daquela porta. Quando viu, quase vomitou. Scott e seus irmãos totalmente ensanguentados e com cortes profundos de presas e mordidas.

Foi na direção de Scott para toca-lo, mas quando sentiu o cheiro do sangue e da carne chegando mais perto, sentiu uma fome insaciável. Ficou tão insuportável que ela nem pensava mais e saiu correndo para rua à procura de algo para comer. Mas antes de alcançar a porta, parou na frente de um espelho e viu a fera selvagem que havia se tornado. Com essa imagem de si mesma, Agatha acordou com um pulo com o despertador. Será que ela chegaria aquele ponto?

Por causa desse pesadelo horrível, Agatha sentiu algo q não havia sentido antes: a falta que Scott faria se ele morresse, mesmo depois de tudo que eles passaram e que ele fez ela sentir, ela não conseguiria viver sem ele. Ela tinha que conversar com ele e consertar tudo aquilo. Principalmente que ela ainda não sabia se controlar e precisava da ajuda dele. Ela já sabia o que ia fazer: ela ia chegar lá, encontrá-lo e beija-lo, como se fosse o seu ultimo beijo. Eles nunca haviam se beijado antes e ela sabia que ele ia gostar e ia ser uma boa maneira de ela pedir desculpas pelo que andava fazendo com ele e ele teria a chance de se desculpar também. 

Se sentiu renovada com esse pensamento. Abriu um sorriso para o espelho com essa nova energia e foi para escola. No caminho, enquanto dirigia a moto começou a pensa em tudo que pudesse dar errado com esse seu plano. E se ela tivesse seus famosos ataques de pânico por causa da depressão? E se travasse e não conseguisse dar o beijo? "É melhor eu parar de pensar nisso", pensou ela. 

Chegando na escola, sentiu seu coração acelerar e ficar sem fôlego. Parou no corredor, respirou fundo algumas vezes, e seguiu caminho até o armário de Scott. Quando dobrou o corredor onde ficava o armário dele, Agatha congelou. Ele estava beijando outra menina apoiado no seu armário com intervalos em que ele sorri para ela e fala alguma coisas. Ela ouviu Stiles chamá-la, mas ela não estava mais consciente. Sentiu uma dor no peito, o coração batendo rápido demais agora. O braço esquerdo ficou dormente e sua respiração estava falhando. Ela sentiu suas forças se esvaindo. Ela ia cair, mas Stiles a segurou.
- Você está bem?
- Meu peito...- foi só o que ela conseguiu dizer. 
- Scott!- gritou Stiles.

E essa era a última coisa que se lembra. Ela não ficou inconsciente, mas dor era tão intensa que ela não conseguia prestar atenção em nada na sua volta. A dor no peito e o que tinha acabado de ver. O que estava acontecendo com ela? Lágrimas saiam dos seus olhos. Ela sabia por que sentia elas descendo pelo rosto, quentes e salgadas. 
- Agatha, fica com a gente. Por favor- falou Scott do banco da frente do Jipe de Stiles. 

Então, viu o letreiro grande e brilhoso e sua mente caiu numa escuridão completa.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...