História Age of Dragons - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eragon, Thor
Personagens Brom, Durza, Frigga, Odin
Tags Eragon, Thor
Visualizações 80
Palavras 1.949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi amores! Mais um capítulo para vocês!!!

Capítulo 34 - Capitulo 34


Quando acordei senti as consequências do dia anterior, eu ainda estava cansada e meu corpo estava marcado pelas “caricias” de Thor e depois dessa fiz um nota mental para me lembrar de nunca mais deixa-lo me tomar dessa maneira “mentira é feio Lunna” ‘quem te disse que eu estou mentindo??’ “ ha como se você fosse capaz de não se deixar levar de novo, o Thor te dobra do jeito que ele quer” e por mais que eu odiasse admitir Dereck estava certo eu não conseguiria cumprir essa promessa eu só espero que ele não faça isso de novo tão cedo “é o mínimo que você pode pedir” ‘Dereck!’ “não esta mais aqui quem falou” me levantei e fui para o banheiro ligando a torneira da banheira e deixando ela encher enquanto eu pegava minhas roupas.

Quando voltei me encarei no espelho, minha cintura e minhas pernas tinham tons de roxo em alguns lugares assim como meus seios mas isso não me importava  o problema era meu pescoço e ombros que tinham marcas em lugares que seriam impossíveis de se esconder “você tem magia use-a” pus minha mão em meu pescoço.

_Waíse heill!

Rapidamente todas as manchas desapareceram e as das outras partes do meu corpo diminuíram ficando levemente avermelhadas. Satisfeita com o resultado tomei meu banho e me vesti para ir tomar café, quando cheguei no quarto Thor estava sentado na cama esfregando os olhos.

_Bom dia!

_Bom dia!- respondeu sonolento.

Olhei bem para as marcas que eu havia deixado em seu corpo e fiquei com um pouco de pena pois seu pescoço não estava em melhor estado que o meu e suas costas tinham muitos arranhões onde alguns tinham sangrado um bocado, estendi minha mão e o curei assim com fiz comigo, as marcas do seu pescoço sumiram e em suas costas ficaram poucos arranhões. Ele olhou para mim e sorriu me dando um selinho e se levantando para tomar seu banho voltando após vinte minutos, então finalmente saímos para tomar café.Ninguém mencionou nada e passamos o dia tranquilamente com a única diferença de que agora o filhote nos atrapalhava constantemente querendo atenção. Tudo estava tranquilo até no final daquela semana.

Aquele dia em especifico havia sido bem cansativo pois os garotos estavam começando a ficar espertos e aprendendo a lutar com mais rapidez meu tio como sempre me puxou para uma luta como viemos fazendo desde quando o ovo de Kayla chocou, e como eu estava muito cansada acabei dormindo quase que de imediato porém no meio da noite comecei a vez flashs, o ovo vermelho e uma garota que não parecia ter mais que quinze anos, morena de olhos castanho claros, corpo esguio que aparentava estar numa floresta próxima ao palácio.

Acordei meio desnorteada e percebi que ainda estava bastante escuro, então me levantei devagar para não acordar Thor e me troquei rapidamente, ao sair do quarto vejo que meu tio estava vindo em minha direção.

_Pode deixar que eu vou pegar o Dereck e ir atrás dela- eu disse.

_Quer que eu avise ao Thor que você saiu, pois logo vai amanhecer e pode levar um tempo até você conseguir convence-la de vir com você.

_Faça! Volto assim que puder.

Dito e feito fui até a área externa do palácio onde Dereck já me esperava com um soldado terminando de lhe colocar a sela. Quando a tarefa foi terminada subi em suas costas e ele levantou voo deixando o palácio para trás a floresta não ficava tão longe apenas alguns quilômetros do palácio, quando chegamos decidi descer das costas de Dereck e segui a pé pois não queria assustar a garota “vou me manter por perto”.

_Skulblakas ven!  

Logo minha visão se modificou se adaptando a escuridão ainda presente me permitindo ver por onde ia. Durante duas horas procurei pela garota floresta a dentro me perguntando por diversas vezes o por que de uma garota estar sozinha no meio do nada, eu estava quase desistindo de encontra-la quando vi menos de um quilometro a frente uma cabana. “Graças aos deuses achei que teríamos de desistir”, segui rapidamente em direção a cabana e quando cheguei encarei aquela pequena casa, ela era toda feita de madeira e folhas e foi construída a beira de uma pequena montanha. Deixei de olhar os detalhes e fui em direção a porta batendo na mesma que depois de alguns segundos foi aberta pela mulher que vi em meu sono.

_C-como você me achou? E quem é você?

Por um segundo senti pena dela aquela moça parecia estar esperando outra pessoa quando e me viu sua pele ficou ainda mais pálida do que já era.

_Meu nome é Lunna sou a princesa de Asgard e eu vim aqui falar com você sobre a pedra vermelha que encontrou hoje!

Ela entrou rapidamente para dentro de sua casa e me entregou o ovo que parecia ter sido moldado em rubi.

_Tome pode levar não tenho nenhum interesse em ficar com nada que seja propriedade da família real.- sorrio de leve e ela me olha confusa

_ Isso não é propriedade real, isso é seu eu estou aqui simplesmente para lhe falar o que é isso e assim você vai ver que sua vida vai mudar drasticamente assim com a minha mudou dois anos atrás quando encontrei algo idêntico a isso com a diferença de que era negro como a noite.

Ela pareceu um pouco hesitante no começo mas permitiu que eu entrasse em sua casa, ela me pediu para sentar num sofá simples que tinha em sua sala e foi até a cozinha dizendo que traria um chá para bebermos em 20 minutos ela trouxe chá com alguns biscoitos que tinham um gosto maravilhoso.

_E então qual o seu nome?

_ É Daiana, alteza!

_Não precisa ser tão formal Daiana, pode me chamar apenas de Lunna.

_Então é.. Lunna o que essa pedra é ou tem de tão importante para a própria princesa vir me procurar por causa dela?

_Não é uma pedra minha querida, isso é um ovo! Mas não um ovo qualquer mas um ovo de dragão!- ela me olha como se eu fosse louca então resolvo lhe contar toda a historia de quando encontrei o ovo de Dereck, meu casamento e o ataque dos Ra’zac.

Quando acabo ela esta encostada na cadeira onde havia se sentado parecendo estar completamente desnorteada, eu resolvi ficar em silencio para deixa-la pensar em tudo o que eu havia dito pois sabia o quanto era difícil aceitar que sua vida vai mudar tanto principalmente quando você pode morrer por tal mudança. Ela respira fundo e olha para mim.

_Cavaleira de dragão?- aceno que sim- mas eu não escolhi ter essa vida tudo que eu quero é ter um pouco de paz por isso me isolei do restante do mundo. Por que isso esta acontecendo comigo?- perguntou com lagrimas nos olhos.

_Ouça Daiana ninguém escolhe ser cavaleiro de dragão, nunca isso foi possível ou você acha que eu escolhi essa vida?- perguntei me ajoelhando em sua frente limpando suas lagrimas- Ser um cavaleiro é uma enorme honra que muitos matariam para ter mas poucos tem e esses pouco são extremamente afortunados por tal porque todos tem uma característica que o dragão considera que valha a pena e principalmente porque eles sabem quem tem a capacidade para lutar pelo que é justo.

            Daiana baixou a cabeça e ficou em silencio por alguns minutos quando ela iria me responder a porta se abre mostrando um homem, ao qual ela se levantou e o abraçou. Fiquei de pé olhando aquela cena, o homem puxa o rosto de Daiana e vê que ela estava chorando.

            _Minha irmã o que aconteceu? Por que esta chorando?- ele olha para mim notando minha presença- E quem é você? O que esta fazendo aqui com a minha irmã?- pergunta ele puxando uma espada com a lamina mais curta que as tradicionais.

            _Se acalme, meu nome é Lunna sou a princesa de Asgard e eu vim aqui falar com sua irmã!

            _Haha faça me rir! O que diabos uma princesa estaria fazendo aqui falando com pessoas simples como nós? Para mim você não passa de uma impostora!

_Primeiro eu nunca fui dessas frescuras de não falar com outras pessoas só por causa do status dela, segundo eu sou sim a princesa mas acima de tudo eu sou uma cavaleira de dragão e é justamente o fato de sua irmã ter sido escolhida para se tornar cavaleira que me trouxe até aqui.

Ele olhou para mim incrédulo então mostrei para ele a minha mão .

_Está vendo eu não estou mentindo e se quiser mais provas da verdade venham comigo vem meu dragão e então quando aceitar a verdade vou levar sua irmã comigo para o palácio onde será treinada para se tornar uma cavaleira.

_Eu não vou abandonar minha irmã!- ele falou colérico.

_Você não vai abandonar a sua irmã ela vai simplesmente morar em um lugar diferente de você mas isso não quer dizer que você não pode ir visita-la de vez em quando.

Ele me olha extremamente desconfiado, aparentemente ele é super protetor coma a irmã e ela não se importa com isso “Lunna já amanheceu todos devem estar preocupados venha aqui fora eu vou me mostrar pra eles e nos vamos até o palácio assim ele vai ficar mais tranquilo” ‘certo! Vou leva-los até você mas pelo que eu estou vendo esse cara vai dar muito trabalho ele trata a irmã como se ela fosse uma criança!’ “deixe para se preocupar com isso depois vamos logo porque eu estou com fome” ‘dois’

_Quer que eu prove se eu estou mentindo ou não? Vamos lá fora vou leva-los para ver meu dragão e depois vamos para o palácio para você conhecer seus novos companheiros, pegue seu ovo vou espera-los lá fora.

Passei pelos dois e sai da casa do lado de fora consegui ouvir os dois conversando e cheguei a pensar que eles não viriam mas logo eles saíram da casa com Daiana segurando o ovo. ”tem uma clareira trinta metros a sua esquerda vá para lá” fui na direção indicada por Dereck sendo seguida a certa distancia por eles, quando entramos na clareira logo o sol é tampado por uma sombra Dereck pousa suavemente  olhando para meus “novos amigos”.

Daiana fica boquiaberta e tenta chegar perto mas o irmão a impede “acho que essa é uma relação meio abusiva porá parte do irmão” ‘meio?’ ele analisa Dereck de

_Aparentemente você não mentiu.

_Não agora deixa sua irmã se aproximar como ela queria, afinal logo logo ela vai ter um desses e vai estar lutando a meu lado, será ela a te proteger de agora em diante então é melhor você e ela se acostumarem!

Ele me olha possesso de raiva mas deixa a irmã passar, ela se aproxima com receio mas Dereck fecha os olhos abaixando a cabeça na direção dela num sinal claro de que ela podia ficar tranquila. Daiana lhe acaricia meio receosa mas logo se acalma e sorri se virando para o irmão.

_Eu quero ir com a princesa, se é meu destino então eu vou aceita-lo.

_Ótimo vamos!

Me aproximei de Dereck subindo em sua pata e estendendo os braços para ela pegando-a pela cintura e colocando-a nas costas dele montando atrás. O irmão dela veio em nossa direção se sentando pouco atrás de mim “ainda bem que a distancia é curta vocês estão muito pesados” e com isso ele levantou voo deixando Daiana levemente assustada segurei o braço dela para lhe passar segurança e ela pareceu se acalmar e assim fomos para o palácio onde eu tinha certeza de que o irmão dela me traria muitos problemas.

 

 


Notas Finais


Amores tenho uma noticia para dar: eu ´pretendo(ainda não é certo) escrever outra fic, se isso acontecer tanto essa como a nova passaram a receber atualizações somente uma vez por semana nos dias já marcados. Repito ainda não é certo e se realmente for escrever eu aviso a vocês na quinta. Bjs e até lá <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...