História Age of Dragons - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eragon, Thor
Personagens Brom, Durza, Frigga, Odin
Tags Eragon, Thor
Exibições 45
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo amores! Eu ainda não decidi sobre a segunda fic semana que vem eu aviso a vocês

Capítulo 35 - Capitulo 35


Quando chegamos no palácio Odim, Frigga e Thor já esperavam na entrada, um guarda veio ajudar a descer Daiana e o irmão desci do dragão e fomos até eles.

_Odim, Frigga, Thor essa é Daiana a nova cavaleira e seu irmão.

_Ele achou que era mentira?- perguntou Odim, acenei que sim- então você já teve sua prova meu jovem não precisa se preocupar sua irmã estará em boas mãos.

_Me perdoe meu rei mas desde quando o fato de minha irmã aprender a lutar para defender pessoas que nem se quer conhece pode me deixar tranquilo? Porque até onde sei essa possibilidade é altíssima e eu não vou permitir que minha irmã o faça.

_Mas irmão isso sou eu que....

_CALADA! Você não sabe de nada é jovem de mais pra saber o que quer da vida!

_E você mais ainda meu jovem- respondeu Odim- eu sei o quanto é difícil deixar alguém próximo lutar por desconhecidos como você mesmo disse, mas sua irmã foi escolhida para receber a maior honra dos nove mundos e não cabe nem se quer a ela decidir se isso é o que ela quer ou não quem dirá lá a você mas eu lhe garanto sua irmã será muito bem treinada e cuidada, além claro, de você poder visita-la duas vezes por semana e logo mais irmos abrir a arena onde os cavaleiros treina para o publico então você mesmo poderá ver o quanto ela está se dando bem.- disse ele aparentando não estar gostando nada do tal garoto que fechou o semblante.

_Se o meu rei diz eu não vou questionar mas não quero ver minha irmã sendo machucada nem nos treinos ou nas lutas.- respondeu serio.

_Ai você já esta querendo de mais, nos aprendemos errando e nas lutas contra os Ra’zac vai ser impossível ela sair sem no mínimos alguns cortes e roxos, eu mesma me quebrei toda lutando na guerra e acabei me machucando de mais por estar sozinha, mas agora que temos mais cavaleiros isso será mais difícil.

Ele me olha possesso, se vira para irmã agarrando o braço dela e falando algo em seu ouvido que a fez se encolher, ele a solta e sai do palácio extremamente raivoso as pessoas quando o viam saiam da frente dele por medo de sua reação.

_O que seu irmão lhe falou querida?- perguntou Frigga já olhando o braço dela.

_Não foi nada de mais, meu irmão sempre foi super protetor ele tem medo de me deixar sozinha só isso.- respondeu sem olha-la nos olhos.

“Ele ainda vai trabalho isso não é uma coisa normal é doentio” ‘como você mesmo já falou vamos deixar isso de lado por enquanto vamos nos concentrar em treina-la por enquanto’.

_Ouça Daiana isso que seu irmão fez não é cuidado é uma possessão doentia, mas se você acha isso normal e não quiser fazer nada quanto a isso tudo bem ninguém vai insistir para que você o faça ok?- ela acena que sim- bom vamos? Estou faminta! E ainda tenho que te apresentar aos outros e começar seu treino!

_Mais já?- perguntou receosa.

_Claro! Quanto mais cedo começar melhor!- disse sorrindo , ela também o fez minimamente e nos seguiu palácio a dentro.

Quando chegamos no salão todos já estavam lá e os apresentamos, Daiana se mostrou uma garota muito tímida mas bastante educada acho que o fato de ela ter se isolado não ajudou muito ela nesse quesito. Terminado o café fomos para a arena onde ela se sentiu levemente desconfortável com a armadura e o modo como treinávamos os cavaleiros mas mesmo assim ela se mostrou pronta a ignorar tudo isso e aprender.

No começo ela era como os outros Um completo desastre, mas após algum tempo ela mostrou que aprendia rápido pois após algumas poucas horas de treino ela conseguiu se defender de alguns golpes e acertar a flecha no alvo(não era certo mas pelo menos era alguma coisa). Ao final do dia quando acabamos de lutar e decidimos encerrar os treinos ela veio em minha direção.

_E ai o que achou dos treinos?- perguntei.

_Gostei bastante, eu estou um pouco dolorida dos golpes que levei mas eu adorei, não importa  o que meu irmão me diga eu quero continuar com os treinos eu quero ajudar as pessoas!- disse ela com um brilho genuinamente infantil nos olhos, engraçado como aquela atitude lembrou a mim mesma quando comecei a treinar.

_É assim que se fala! Se continuar nesse entusiasmo logo vai estar melhor que eu!

Ela deu uma gargalhada deliciosa praticamente infantil e isso me espantou.

_Como se isso fosse possível! Como é que eu vou ficar melhor que você? A senhorita está lutando a muito mais tempo que eu.

_Nada é impossível! Mas mudando de assunto quantos anos você tem?

_Eu tenho 15! Por que?

_Por nada é só que você tem uma risada infantil mesmo tendo um.... corpo mais adulto.- Ela riu sem graça- mas não leve isso a mal é só que é difícil achar pessoas como você!

_Esta tudo bem eu não me ofendi!

Terminamos de guardar tudo e voltamos para o palácio, durante todo o jantar eu não conseguia parar de pensar no quanto Daiana era nova e que talvez o irmão dela estivesse um pouco certo em ser tão protetor “proteger é uma coisa o que ele faz é doença nos livramos ela de um grande problema” isso me aliviou um pouco mas não muito. Aquilo estava tomando tanto minha mente que resolvi ir me deitar para dormir e quem sabe com sorte tirar isso da cabeça.

Quando acabei de me trocar Thor já estava no quarto.

_Lunna o que aconteceu? Por que você estava tão distraída durante o jantar?

Contei a ele tudo o que tinha acontecido na casa da Daiana, o que ela tinha me falado na arena e o quanto isso me incomodava. Ele ficou quieto por algum tempo olhando para o nada.

_Olha eu não sei o que dizer, pois por um lado ela é realmente muito nova mas por outro é como o Dereck disse o irmão dela é doente.

_Mas eu não consigo entender, eu tinha 18 quando encontrei Dereck e já achei que eu era muito nova e agora aparece ela com 15? Eu realmente não entendo como as coisas funcionam!

 _É como seu tio te disse, os dragões sabem o que fazem e se ela foi escolhida é porque tem algum motivo e eu tenho certeza que logo nos vamos descobrir o que é! E enquanto isso não acontece tudo o que podemos fazer é esperar.

_Tem razão! Estou me preocupando atoa!

Ele sorri e me dá um beijo na minha testa, e vamos dormir.


Notas Finais


Bjs amores! Até semana que vem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...