História Agente Stark - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida, Gigi Hadid, Hailey Rhode Baldwin, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Os Vingadores (The Avengers), S.H.I.E.L.D., The Flash, Viúva-Negra (Black Widow)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Barry Allen (Flash), Cara Delevingne, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Gigi Hadid, Gwen Stacy, Hailey Baldwin, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Laura Barton, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Pepper Potts, Peter Parker, Pietro Maximoff (Mercúrio), Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Sharon Carter (Agente 13), Steve Rogers, Thor, Tia May
Tags Arlequina, Avengers, Barry Allen, Civil War, Esquadrão Suicida, Flash, Gigi Hadid, Guerra Civil, Hailey Baldwin, Harley Quinn, Homem Aranha, Homem De Ferro, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Marvel, Natasha Romanoff, Peter Parker, Robert Downey Jr, Scarlett Johansson, Suicide Squad, Tom Holland, Tony Stark, Vingadores, Viuva Negra
Exibições 101
Palavras 1.977
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Misunderstood


Fanfic / Fanfiction Agente Stark - Capítulo 27 - Misunderstood

- Vou marcar uma consulta pra ela no otorrino ainda essa semana -Stark disse sarcástico bebendo seu suco e olhando para Romanoff que permanecia imóvel olhando para filha e chorando, mas ele também tinha levado um grande susto quando ouviu a filha chamá-la de mãe - A audição dela está ficando cada vez pior! -exclamou cortando sua carne com um sorriso de lado ele não podia está mais feliz finalmente eles iam ser tornar uma família! Mas preferia tirar onda pelo fato dela está chorando e não atender o pedido da filha

- Mãe?! -ela chamou pela mesma estalando os dedos e Romanoff abriu um sorriso imenso olhando pra ela com os olhos brilhando - Sentar aqui comigo! -falou de novo fazendo a mesma chorar mais porque ela tentava ir mais suas pernas estavam bambas a única coisa que conseguia fazer era se lembrar do seu passado e agradecer por tudo ter dado certo então se levantou segurou sua bandeja e deu a volta na mesa se sentando do lado da filha e enxugando as lágrimas - Até que fim! -exclamou vitoriosa

- Nunca pensei que veria isso! A Viúva Negra chorando? -Scott zombou com os olhos arregalados - Tava parecendo uma bebê manhosa -nem a Romanoff se segurou nessa hora e riu junto com os outros

- Tudo pode acontecer -ela disse arqueando uma sobrancelha

- Okay -Barton falou animado se ajeitando na cadeira chamando a atenção de todos - A Ky já pode me chamar de titio agora? -perguntou para Stark e o mesmo se engasgou com a comida

- Mais nem por cima do meu cadáver -Stark respondeu bem rápido pois estava tossindo e bebeu um copo d'água

- Sim! Pode! -Romanoff e Kylie exclamaram em uníssono então Barton ajeitou sua roupa e deu um sorriso para Stark que ainda passava mal fazendo todos rirem pareciam duas crianças

- É muito bom finalmente vê-los assim! -Dr. Banner exclamou e todos lhe olharam confusos - Formam um belíssima família! -completou e todos assentiram com a cabeça afinal os Vingadores sabiam disso e até ajudaram eles naquela época mas por conta da idéia do Fury decidiram também guardar segredo

- Mudando totalmente de assunto -ela cortou eles imediatamente - Eu necessito de um pote enorme de sorvete de flocos -completou gesticulando as mãos

- Pois vai ficar querendo -Cooper indagou severamente e ela revirou os olhos não dando a mínima e olhou pro pai que rapidamente negou com a cabeça

- Mãe, eu quero sorvete! Eu posso? -ela petguntou olhando para Romanoff e suplicou lógico que aquilo foi mais um choque pra ela

- Claro -Romanoff disse assentindo com a cabeça e Stark bufou - Tony, nós queremos dois potes de...-anunciou e Stark negou com a cabeça e balançou seu indicador

- Eu não vou! -Stark exclamou dando de ombros

- Então vamos ter que ir, filha -Romanoff indagou fazendo uma carinha triste e o mesmo arregalou os olhos - Até que vai ser divertido, sair de noite e andar pela cidade...Faz tempo que não faço isso! -completou vendo Stark se estressar

- Com certeza vai ser um ótimo passeio! -ela exclamou e olhou para Peter e Sophia - Vocês vem também? -perguntou e a loirinha assentiu rapidamente

- Eu adoraria -Parker respondeu piscando um olho pra ela e desviou olhando discretamente para Stark

- Vai querer mais alguma coisa meu tesouro? -Stark perguntou depois de ter limpado a boca com o guardanapo e ter se levantado do banco fazendo eles rirem baixinho sabiam que quando o garoto dissesse que ia ele faria de tudo para competir a atenção da filha - Estou indo agora mesmo! -alguns Vingadores também saíram da mesa porque já tinham terminado e daqui a pouco ia tocar o sinal para recolher e ficaram só Stark, Romanoff e Kylie na mesa a sua amiga e seu namorado foram com os outros

- É vai ser um belo passeio em família! -ela exclamou assim que abriu a porta da sala e foi procurar uma roupa em algumas das gavetas

- Você não pode sair de maneira alguma -Romanoff falou triste fechando a gaveta e colocando a filha sentada na cama mas era o certo a se fazer

- Mas eu quero ir! Vai ser divertido! -ela exclamou se levantado e continuando a procurar a roupa

- Kylie! -Stark lhe chamou - Está na hora de dormir -disse assim que ela olhou para ele

- Qual é o problema? Porque eu não posso ir com vocês? Eu quero sair daqui ver a cidade e sentir aquele ar friozinho de Nova York...-ela explicou olhando para seus pais que por um instante decidiram abrir o jogo para ela mas depois continuaram com o combinado

- Não vai sair daqui -foi a única coisa que Stark disse e saiu da sala acompanhado de Romanoff que tinha acabado de fechar as cortinas

- Aff -ela indagou fechando as gavetas e se levantando mas tomou um susto quando ia fechar a porta e o garoto entrou - Claro que você pode entrar meu amor -falou com ironia quando o mesmo passou por ela e fechou a porta - Veio fazer o que aqui? -perguntou se sentando na cama

- Levar você pra cidade -Parker respondeu bem rápido com um sorriso maroto nos lábios se sentando na cama e a garota ficou no seu colo

- Porque eu não posso sair? E porque todos estão com medo de mim? -ela perguntou quando Parker apoiou o queixo na cabeça dela e lhe abraçou

- Impressão sua -Parker respondeu tentando não falar demais

- No refeitório todos estavam me olhando apavorados -ela disse franzido a testa

- Os Vingadores? -Parker estava se fazendo de bobo

- Não dessa vez eles souberam esconder bem, estou falando das outras pessoas que se afastavam quando eu passava ou me olhavam com medo -ela rebateu deixando o mesmo sem palavras

- Isso não é verdade! -Parker exclamou e a garota saiu do seus braços

- O que está acontecendo? Eu sei que tem alguma coisa errada! -ela perguntou lhe encarando e ele desviou o olhar deixando ela triste

- Isso é coisa da sua cabeça -Parker indagou ríspido ainda sem olhar para ela

- Você não quer me contar -ela questionou segurando seu rosto e lhe virando para ele olhar para ela mas o mesmo tirou suas mãos

- Você precisar dormir -Parker ordenou seco saindo da cama e ela segurou seu braço

- Não faz isso comigo, por favor! -ela suplicou deixando as lágrimas cairem e a voz falhar então o garoto abaixou a cabeça e deu um suspiro - Isso machucar muito -completou assim que ele se soltou do seu braço

- Foi uma péssima idéia te vindo aqui -Parker resmungou enquanto ajeitava sua blusa depois deu um beijo na testa da sua amada e saiu do quarto deixando ela aos prantos ele queria dormir com ela e ainda mais agora para acalmá-la mas havia quebrando a primeira regra do combinado

- Não -ela ia atrás dele mas se desequilibrou acabou caiu da cama ajoelhada no chão assim que se apoiou com as mãos no chão pode jura que viu faíscas azuis celestes saírem dos seus dedos, rapidamente se sentou no chão e levantou as mãos e as aproximou do seu rosto fez isso para ver aquela maravilha mais de perto, afinal nunca tinha visto nada igual aquilo então ficou mexendo os dedos e vendo uma bolinha de energia se formar então deu um riso pegou uma mecha do seu cabelo colocou atrás da orelha e ficou gesticulando as mãos, fazendo uma bola maior se formar quando ouviu passos ao longe no corredor e como fosse umas vozes rapidamente foi para cama e se cobriu quando ouviu a porta abrir continuou ouvindo vozes depois escutou uma zoada de sacolas sendo colocadas no sofá e a porta sendo fechada esperou um pouco e encontrou a sala completamente vazia - Eles acreditaram que eu tava dormindo? -perguntou para si mesma afinal ela nem sabia que as vozes que ela tinha escutado era os pensamentos dos seus pais e não eles falando pois os mesmos pensavam que ela estava dormindo e por isso não fizeram barulho - Nossa eu não vou conseguir comer isso tudinho! -exclamou assim que desceu da cama e foi ver o que tinha nas sacolas ficou com água na boca quando viu suas comidas/besteiras prediletas lá - F.R.I.D.A.Y.? -chamou pelo seu sistema confidente

- Pois não Srta. Stark? -foi logo respondida

- A Sô tá acordada? -ela perguntou se sentando no sofá

- Não Srta. Stark -F.R.I.D.A.Y. respondeu prontamente

- Então pode acordá-la e dizer que eu estou chamando -ela disse abrindo a geladeira e colocou os pote de sorvete

- Como quiser Srta. Stark -o sistema disse depois silenciou então ela esperou uns minutinhos e levantou a cortina da sala só um pouquinho e viu a loirinha vindo desengonçada as pressas, segurou um pouco o riso e fechou a cortina se deitou na cama fazendo uma carinha triste para a mesma acreditar que ela estava doente ou tinha acontecido alguma coisa mas quando ela entrou correndo na sala com aquela cara de assustada foi impossível segurar a gargalhada

- Já começasse com tuas brincadeiras sem graça e ainda mais uma hora dessa! Atrapalhou meu sono da beleza! Sabe o nome disso? Fogo no rabo! -Cooper exclamou com a mão no peito tentando recuperar o fôlego por conta do susto que levou já tinha percebido que foi tudo armação

- Eu sei! A F.R.I.D.A.Y. não é demais? -ela perguntou sarcástica para a mesma

- Bom já que não foi nada, eu já estou indo viu...Beijinhos e vá a merda! -Cooper disse se virando para a porta mas a mesma ficou na frente dela e negou com a cabeça - Vixii tas com essa cara porque? Aconteceu alguma coisa? -perguntou na esperança da garota explica alguma coisa mas a mesma só balançou a cabeça positivamente - Então falar logo que frescura da merda! -exclamou já perdendo a paciência

- Aconteceu uma coisa beeem estranha comigo tipo uma coisa de louco e -ela deu ênfase no "E" e se aproximou da amiga - Você não quer me explicar o que foi? -perguntou e quando a loira ia se fazer de sonsa ela levantou o indicador - Por isso vai ficar sem o doritos que trouxeram pra você! -exclamou mostrando o pacote para a amiga que ficou boquiaberta

- Você não teria coragem -Cooper indagou firme vendo a amiga abrir a janela e colocar a mão que estava segurando o pacote para fora - Você  enlouqueceu de vez? -perguntou nervosa dando um passo para frente

- Oquê você acha? -ela rebateu arqueando uma sobrancelha

- Que isso é golpe sujo! Mas eu também sei brincar assim -Cooper disse indo até a sacola e deu um risinho quando achou um Oreo e Tubes Fini rapidamente segurou para mostrar a amiga que fez uma careta e jogou o pacote de doritos - POOORQUEEEEEEEEE? -gritou indo até a janela e se inclinando para o lado de fora quase chorando - SUA CRIATURA CRUEL QUEIME NO INFERNO -ela ia para cima dela mas viu o pacote intacto na suas mãos rapidamente puxou dela e o abraçou com força

- Vai me dizer agora? -ela perguntou lhe entregando uma lata de Coca-Cola e lhe fez sentar no sofá

- Aff tá eu conto mas prometa que depois você vai se converte e começar a estudar -Cooper disse mas a mesma fez uma careta - Você...Aii é...Poxaa...Ah deixar pra lá -ingadou dando um suspiro

- Sophia Melissa Cooper, eu acabei de ver uns bagulho azul sair do meu dedo e eu quero um explicação -ela encarou a amiga enquanto dava uma colherada no pote de nutella deixando a loira aflita porque estava quebrando o combinado e colocando a vida dela em risco






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...