História Agente-zero o recomeço - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Natasha Romanoff, Nick Fury, Pepper Potts, Personagens Originais, Steve Rogers
Tags Agente-zero / o recomeço
Visualizações 13
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - O passado


Alemanha -Berlin   

Base-Hydra

agente-zero esperava ansiosamente pela sua missão , enquanto treinava , acertou em cheio um chute nas costelas do agente , o fazendo gritar de dor ao cair no chão , caminhou até o agente caído , agachou-se , dando um leve tapa em seu ombro.

AZ: vamos lá você consegue kurts -disse dando um meio sorriso.

Kurtz: pra você é f.facil falar- ele disse soltando um suspiro.

AZ: sempre é -dou um sorriso amarelo  

levantei-me, caminhei até perto da janela ,lançando um sorriso falso ao doutor.

AZ: já terminei aqui! O que têm pra mim doutor ?. Hail hydra- sustentei meus braços erguidos em direção ao doutor.

D: Hail hydra, uma missão , matar o presidente do EUA, espero que não falhe , você foi escolhida a dedo pelo barão-disse ele com um sorriso debochado.

AZ: nunca falhei, por isso sempre sou a escolhida, a queridinha do barão -disse com um tom irónico.

D: me acompanhe.-disse ele com raiva 

O segui até a sala do barão, doutor me deixou sozinha em frente à mesma , inspirei todo ar que podia , fechando a  expressão , bati em sua porta , escutei um "Entre".

Girei a maçaneta , sentindo o ar gélido passando pela minha pele ,arrepiei com tal ato, barão estava sentado em sua poltrona vermelha em frente a  uma mesa cheia de papeladas.

AZ: doutor me falou sobre a missão. -limeitei a encara-lo- Hail Hydra-levantei o braço direito em direção a ele, obetendo a resposta.

B: Exato, lhe direi uma coisa importante sobre a sua missão- ele disse me avaliando com olhar-  barão  levantou da sua poltrona e andou até a agente-zero ,segurou com a pontas dos dedos o maxilar da agente a fazendo olhar para ele .-Não me desaponte Irene , você não gostaria de me ver com raiva -disse ele com tom de deboche , enquanto sua mão decia ao meu pescoço o apertando. 

AZ: Sim s.senhor- levantei meu braço batendo continência como se estivesse no exército, esperei pacientemente enquanto  ele retirava a mão do meu pescoço , para que o ar que estava escasso voltasse aos meus pulmões ,mantive minha expressão impenetrável como se nada tivesse acontecido.

B: Excelente, agora saia da minha sala-disse com o seblente fechado.

rapidamente andei até a porta girando a maçaneta e saindo daquele lugar.

se ele tivesse demorado ou eu ter apresentado alguma incomodo com a falta de ar ,eu não consiguiria concluir meu planos , que é simplesmente fugir daqui, 

Caminhei até meu quarto, adentrei o mesmo, indo direto ao banheiro, já em frente ao espelho dei uma avaliada em meu pescoco como estaria a marca e bem  aquilo ficaria roxo , Tomei um banho gelado , rapidamente vesti a mesma roupa. 

ja pronta sai do quarto andando em direção ao contrario do mesmo, lá no final do corredor era a sala do doutor,  quem o visse acharia um amor mas se conhecesse mesmo , saberia que ele é  um nazista manipulador ou seja um merda.

parei em frente a porta de cor bege , dei uma leve batida, só pra anunciar mesmo, girei a maçaneta adentrando o cómodo.

a sala era toda branca com símbolos da hydra , e era realmente mais fria do que a sala do barão, porque ali se encontrava pessoas congeladas , como se fosse picolés já pensou ser uma ?.,  tinha um grande espelho que refletia desde  porta a quase toda a extensão da sala, havia também uma mesa contendo várias ferramentas que poderiam ser para uso médico ou a tortura, E uma Mini sala aos fundos, fui até o mesmo encontrando doutor e uma prostitua se pegando.

Forcei uma tosse , para que me vissem ali , a mulher soltou um grito agudo que quase fez meus ouvidos sangrarem e o doutor apenas me lançou um olhar de ódio.

AZ: barão me mandou aqui- disse com uma voz autoritária.

D: Claro, porque não acha de esperar lá fora uns minutinhos para que eu termine aqui-disse com raiva.

AZ: Doutor, temos assuntos a tratar, outra hora você fode alguém-disse lhe lançando um sorriso cinico.

Doutor apenas acenou a cabeça em concordância, pediu gentilmente que a moça saísse.

D:Está ali-apontou para os arquivos- essa missão deve ser cumprido em total sigilo, se for pega, negar até a última gota de sangue mas sei que esperta pra não ser descoberta -disse sorrindo satisfeito

AZ: Estarei em vigilância.-Aproximei do arquivo o pegando, caminhei até a porta, virando  a cabeça de lado- Agora! Doutor, você pode terminar o que estava fazendo-disse sorrrindo sacana.

recebi olhar mortal, apenas ignorei, virei e continuei o caminho até o quarto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Desculpe pelos erros ortográficos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...