História Agentes Exo-L - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, SHINee
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jinki Lee (Onew), Kai, KiBum "Key" Kim, Kris Wu, Lay, Lu Han, Minho Choi, Personagens Originais, Sehun, Suho, Taemin Lee, Tao, Xiumin
Tags Agentes, Baekela, Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo M, Exo-k, Grazisoo, Grazyeol, Harem Muito Harem, Hunlua, Kai, Kaiana, Kris, Luhan, Luzi, Missão, Ot12, Sehun, Shippers Com Lua, Shippersdazi, Suella, Suho, Tao, Taoana, Xiulua, Xiumin
Exibições 45
Palavras 6.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Dois capítulos no mesmo dia, viu como sou legal? kk brincadeira, nem sei se tem pessoas acompanhando.
O que dizer sobre esse capítulo? Simplesmente amei escreve-lo, está tão fofo em algumas partes e tão *moon face* em outras. Se quiserem sugiro que escutem Just the way you are do Bruno Mars no Pov's do D.O .

Boa leitura xD

Capítulo 3 - Just the way you are


Fanfic / Fanfiction Agentes Exo-L - Capítulo 3 - Just the way you are

 

Baekhyun Pov's 


 Chegamos em casa, depois de uma tarde de sessão de fotos, todos estávamos cansados. Nem fomos para algum restaurante, como sempre fazemos, resolvemos pedir que entregassem em casa. Mas sempre tem aquela pequena discussão de opiniões.
 - Kai, já comemos frango mais cedo. Kris hyung reclamou, Kai já estava com o celular em mãos, discando o número de seu restaurante de frango preferido. 
- Para mim todo momento frango é bem vindo. Kai se defendeu
 -Podemos comer algo diferente hoje. D.O comentou calmo -Amanhã você pede quantos frangos puder comer. 

Kai relutou um pouco, mas acabou cedendo.

 -Qualquer coisa para mim está de bom tamanho. Sehun resmungou -Desde que não continue com fome.
 - Podia ser comida chinesa, Huoguo, seria ótimo agora. Tao opinou.

 -     Tá, pode ser outra coisa-Kai levantou redendo-se -Mas uma coisa eu digo, algum dia encontrarei alguém que compartilhe comigo esse amor por frango. 

-Fighting! Será uma linda história de amor -Aprofundei o assunto sarcásticamente - As crônicas de Kai :Unidos por uma coxa de frango frito. 

Alguns dos rapazes me ajudaram batendo palma, enquanto riam do moreno que ia para cozinha.

-Vou pedir nossa comida -Suho hyung levantou do sofá pegando o celular - Já que eu também irei pagar. 

Comemoramos o que já sabiamos. Aguardamos o pedido conversando. Apenas Luhan hyung encontrava-se alheio a tudo, depois do ocorrido de mais cedo ele não disse nenhuma palavra. Nenhum de nós ousou falar com ele, mesmo que as vezes ele sorrisse bobamente.

 - Está tudo bem, Luhan hyung? Chanyeol foi o primeiro que se atreveu 
- Sim -Falou e se ajeitou no sofá suspirando cansado - Na verdade, queria me desculpa pelo meu comportamento de mais cedo.

 -     Não é conosco que tem que se desculpa, sim com a moça que você humilhou.

 Kyungsoo tirou as palavras de minha boca.

 -Se desculpe com ela primeiro. Falei, Luhan sorriu e respondeu.

 - Já fiz isso. Ela aceitou minhas desculpas e até refez minha maquiagem.

 Depois que falou isso, tudo fez sentido. Ele foi o último que chegou na sessão de fotos, tivemos que tira fotos individuais, antes dele chega. 

- Está explicado -Chen se pronúnciou- Não tinha como você se maquiar tão bem. Você ficou muito bonito. 

- Que piada de mau gosto - Luhan hyung fingiu indignação - Sou naturalmente lindo.

 - Luhan, parece uma garota - Falei sorrindo - Você é a Marylin Monroe. 

Todos rimos e fizemos piadas uns com outros. Quando enfim a comida chegou, fomos para a mesa de jantar e comemos.

 - Já terminei. Lay hyung disse, tomando seu refrigerante.

 - Lay hyung, quando se trata de comida é um verdadeiro especialista - Brinquei - Principalmente na hora de comê-la.

 O hyung sorriu sem graça mostrando suas covinhas.

 -Quem vai lavar a louça hoje? Xiumin hyung questionou, todos nos olhamos, Kai, Sehun e Tao que ainda estavam comendo, correram para fora da cozinha sem olhar para trás.

 -Seus preguiçosos! D.O gritou 

- Vamos todos fazer Pedra, Papel e Tesoura - Suho hyung deu a ideia. 

No fim Kris hyung teve que lavar e Lay hyung ajudá-lo a secar. Depois de escovar os dentes voltei para sala, com excessão de Kris e Lay, todos estavam lá e falavam sobre as garotas novas.
 -Ela ficou tão vermelha que pensei que fosse explodir - Falei rindo, lembrando-me da cena da maquiadora vermelha de vergonha.
 -     Mas a mais nova, Lua, quase explodiu. Porém de raiva do Luhan hyung. Chen disse, todos olhamos para Luhan que corou.
 - O que será que elas acharam de nós? D.O questionou, pensativo. -Chanyeol, você viu elas conversando? Baekhyun perguntou, e o mais alto assentiu - O que será que elas estavam falando? 
- Não sei, coisas de garotas com certeza - Chanyeol respondeu - Ou sobre a gente.
 - Nossa, achei elas super esforçadas - Suho hyung disse admirado - Não deve ser fácil, vir de outro país e ter que se acostumar com um lugar novo.
 -Gostei do cabelo da Zi, é tão maneiro. Chanyeol disse - Não concorda Xiumin hyung?
 - Sim. Combina bem com ela. Xiumin hyung respondeu
 - Achei as duas fofas, mas a Lua tem bochechas tão adoráveis - Sehun comentou, deixando todos surpresos. 
- A Lua com raiva é engraçada - Tao disse, mantinha um sorriso travesso no rosto - Chamei ela de baixinha, ficou vermelha de raiva e disse algo que não pude entender.

 No meio da conversa, Kris hyung e Lay hyung saíram da cozinha. Juntaram-se á nós no grande sofá da sala, quando questionados sobre o que acharam das garotas, não podiam ter opiniões mais distintas. 
-Para mim elas são apenas novatas, que precisam crescer no trabalho - Kris resmungou friamente, o que seria normal, mas dessa vez ele surpreendeu - Aposto que o Luhan concorda comigo! 
- Digamos que fora os incidentes de hoje, nada demais aconteceu, ainda estou meio irritado pelo o que aconteceu. Mas compreendo que ela estava nervosa com seu primeiro dia - Luhan rebateu calmamente, deixando Kris ainda mais irritado - Não vejo motivos para guardar rancor, por algo tão estúpido. 
- Olha só digo uma coisa, nunca irei me envolver com nenhuma delas, espero que sigam o mesmo pensamento - Kris Repreendeu, subiu para seu quarto batendo os pés com raiva. 
-O que deu nele? Lay hyung perguntou 
- Não sei. E nem foi ele que quase ficou cego e levou uma alfinetada na bunda hoje- Luhan respondeu 

-Pois é, ele deve está... comecei mais me dei conta de algo - Espera aí, alfinetada na bunda? Perguntei já com um sorriso travesso nos lábios.
 -Sim. Aposto que a Lua fez aquilo de propósito, ela alfinetou cinco vezes seguidas sem parar, mas admito que mereci aquilo - Luhan hyung disse, enquanto sorria sem graça.
 Tao não aguentou acabou rindo alto como sempre e a fazer piadas com o que acabará de descobrir. -Hoje não foi seu dia de sorte, Luhan hyung. Como está se sentindo, ainda sente dor?
 - Não. Mas isso aqui machuca, Zitao? Deu um soco no braço do mais alto, que revidou mais forte. Começando uma briga infântil, como sempre acontece entre eles. 
- Chega, os dois! Suho hyung repreendeu, os dois pararam com a guerrinha.- Ainda é cedo, podemos andar de bicicleta . 
- Boa ideia, vamos lá -Xiumin hyung concordou e incentivou 
- Nada melhor que um exercício após comer tanto. 
- Vão na frente, preciso tomar um banho antes - D.O disse, concordamos e ele subiu as escadas.

 Todos saimos com nossas bicicletas, o céu estava lindo a lua cheia iluminava o nosso caminho. Cantávamos enquanto passavamos perto do Rio Han.

     D.O Pov's 

Terminei o banho e devidamente arrumado, desci para cozinha procurando alguma coisa doce. Sem saber o motivo certo, estava querendo muito algo doce para comer. Procurei em todos lugares, mas sem sucesso, até mesmo nos enconderijos secretos dos outros membros.

 -É, parece que vou me atrasar para o passeio de bicicleta - Suspirei derrotado - Vou ao mercado. No carro a caminho para o mercado, aproveitei para cantar diferentes músicas, sempre faço isso enquanto interpleto a letra. Chegando lá, percebo que o movimento é pequeno dentro do estabelicimento. Desço do carro em passos lentos, enquanto vejo algumas ligações perdidas de Suho hyung no celular. Também tinham algumas de outros integrantes, como do Baekhyun, que até deixou uma mensagem de voz. 

" Kyungsoo, Você desceu pelo ralo? Por que está demorando tanto?" 

Resolvi retorna a ligação para Suho hyung, que atendeu após o terceiro toque. 
*Ligação On:*

 -Onde você está? Perguntou preocupado. 
- Vim ao mercado, precisava comer algo que não tinha em casa. 
- Mas você podia ter vindo ao passeio, tem loja de conveniência aberta por aqui. 
-Eu sei - Dei uma risada, com seu tom de preocupação -Mas Minseok hyung está de dieta, não seria legal comer algo realmente saboroso e gorduroso perto dele. 
- Está certo - suspirou derrotado - Apenas volte para casa em segurança. 
-Tudo bem. Eu voltarei, até mais tarde. 
  
*Ligação Off* 

Eu admiro esse lado paternal do nosso líder, sempre disposto a fazer qualquer coisa por nós "Passando cartão de crédito" , cuidando como se realmente fossemos seus filhos.

 Entrei no mercado, estava quase vazio, talvez por passar das sete horas da noite. Caminhei rápido até o corredor dos doces, avistei o meu preferido. Que para minha sorte era o último, sem demora fui até ele, mas quando iria pegá-lo outra pessoa chegou ao mesmo tempo. E para minha surpresa era um rosto conhecido, mas não tanto quanto eu gostaria que fosse. 
-Anyeong Zi - cumprimentei sorridente, ela parecia surpresa ao me ver
 - O que faz aqui?  

-Ah, vim comprar algumas coisas para casa - Mostrou o cesto com algumas coisas dentro - E queria experimenta esse doce. 
Desviou o olhar de mim para o doce que eu também queria. Mas sorriu sem graça.
 - Mas pode ficar para outro dia - Zi disse sorrindo, pegou o doce e o colocou em minha mão - Pode ficar com ele.
 -Não. Você chegou aqui primeiro, tem mais direito do que eu. Além do mais, que tipo de cavalheiro eu seria se te privasse de comer algo tão delicioso pela primeira vez.
 -Mas Kyungsoo ... - tentou discorda. 
-Pode me chama de D.O Oppa - Falei e ela corou envergonhada- Escolherei outro que também gosto. 
-Obrigada - agradeceu 
- Não precisa agradecer - Respondi e lhe entreguei o doce, pegando outro em seguida - Tenho que ir agora, até amanhã Zi foi muito bom revê-la. Ela se despediu também e fez uma reverência. 

Paguei pelo doce e segui até o carro no estacionamento. Começou a chover os primeiros pingos eram fracos, mas depois ficaram fortes. Quando iria entrar no veículo, uma figura encapuzada e com sacolas em mãos me chamou atenção. Percebi que era Zi e precisava de ajuda. 

Dei a volta com o  carro que parou perto dela, peguei um guarda chuva que sempre fica no automóvel e corri até alcança-la. 

-Zi, espera! Gritei e ela se virou seus cabelos agora se encontravam molhados, assim como suas roupas 
- Venha comigo, posso lhe dar uma carona para casa. 
- D.O Oppa, mas eu moro apenas a vinte quarteirões daqui. -Molhada desse jeito pode pegar um resfriado. Não quero que fique doente.
 - Sendo assim, aceito sua carona. Corremos até o carro, sentamos no banco . A chuva não me molhou ao contrário dela, peguei uma toalha que sempre ficava no carro e entreguei para que ela se secasse. Agradeceu sorridente, aproveitei para ligar o aquecedor do carro e lhe entreguei uma camiseta seca e a jaqueta que eu estava usando. - Está tudo bem. Não estou com frio e minhas roupas não estão tão molhadas - Mentiu
 -Insisto para que fique com elas - Coloquei-as no colo dela 
- Não se preocupe ambas são minhas -Menti a jaqueta era minha, mas a camiseta sabia muito bem que era de Chanyeol - Por favor, aceite! 
Ela assentiu e timidamente aceitou, ficou levemente corada e sabia porquê. Me virei para o outro lado enquanto ela se trocava, quando terminou tocou de leve no meu ombro.
 - Ficou bem em você - Falei sorrindo e olhando em seus olhos brilhantes. A camiseta mais parecia um vestido nela, mas minha jaqueta embora grande, combinou com o estilo de Zi
 - Obrigada mesmo - agradeceu corada.
 - Não precisa agradecer tanto - Falei, me virei para a janela e comecei admirando a paissagem. 
- Quer comer um pouco?- A voz suave de zi me tirou a atenção, virei surpreso para encará-la encontrei-a segurando o doce de mais cedo. 
-     O- o quê disse? Gaguejei devido ao susto da pergunta. 
Entenda moro com onze pessoas esfomeadas, que nunca dividem nada (Tao) . Ficar surpreso quando alguém oferece é normal.
 - Quer comer um pouco do doce? - Disse abrindo a embalagem e quebrou no meio - pegue, sei que você gosta. Comemos em silêncio, mas já estava ficando meio perturbador. Coloquei música e começou a tocar Just the way you are do Bruno mars. Ela tomava água após comer, sorriu para mim. 
-Gosta dessa música? Perguntei, ela assentiu. 
-Muito. Gosto de cantá-la. 
-Sério? Questionei surpreso 

 -Eu também. Imediatamente começamos a cantá-la, era a primeira vez que cantava junto com alguém no carro, que não fosse os membros do exo, Zi tinha uma voz muito bonita. 

 

Oh os olhos dela, os olhos dela

Fazem as estrelas parecerem que não têm brilho 
O cabelo dela, o cabelo dela 
Recai perfeitamente sem ela precisar fazer nada
 Ela é tão linda 
E eu digo isso pra ela todo dia

 

 Sim eu sei, sei 
Quando eu a elogio
 Ela não acredita 
E é tão, é tão 
Triste saber que ela não vê o que eu vejo 
Mas sempre que ela me pergunta se está bonita
 Eu digo

Quando eu vejo o seu rosto
Não há nada que eu mudaria
Pois você é incrível
Do jeito que você é

E quando você sorri
O mundo inteiro para e fica olhando por um tempo
Pois, garota, você é incrível
Do jeito que você é, ei

Os lábios dela, os lábios dela
Eu poderia beijá-los o dia todo se ela me permitisse
A risada dela, a risada dela
Ela odeia, mas eu acho tão sexy
Ela é tão linda
E eu digo isso pra ela todo dia

Oh você sabe, você sabe
Você sabe que eu jamais pediria para você mudar
Se a perfeição é o que você busca
Então continue a mesma
Então nem se preocupe em perguntar se você está bonita
Você sabe que eu vou dizer

Quando eu vejo o seu rosto
Não há nada que eu mudaria
Pois você é incrível
Do jeito que você é

E quando você sorri
O mundo inteiro para e fica olhando por um tempo
Pois, garota, você é incrível
Do jeito que você é

Como você é
Como você é
Garota, você é incrível
Do jeito que você é

Quando eu vejo o seu rosto
Não há nada que eu mudaria
Pois você é incrível
Do jeito que você é

E quando você sorri
O mundo inteiro para e fica olhando por um tempo
Pois, garota, você é incrível
Do jeito que você é

 

 


  -     Já te falaram que você tem uma voz linda? Perguntei
  -     Não. Você acha mesmo?  Ela perguntou surpresa.
  -     Sim. Realmente acho isso. Você tem uma voz muito linda.
  
Nos olhamos por alguns segundos, ela sorriu timidamente.

  -     Fico extremamente feliz ao ouvir isso.
  
  
O carro parou em um engavetamento, nunca fiquei tão feliz em ficar um tempo indeterminado parado.

  -    Temos bastante tempo  para isso - Falei, me aproximei mais dela -  Por que não me fala mais sobre você? 
  -     Claro. Mas o que quer saber?  
  -     O que estiver disposta a falar.
  
E assim iniciamos uma conversa.


Sehun Pov's 

Enquanto isso

   Tentava inútilmente tirar a bola de basquete das mãos de Tao,  mas se tem algo que ele é bom, além de Rap e Wushu , é Basquete. Bloquear seu ataque era o que podia fazer. Estávamos jogando divididos em dois times, um time de Suho hyung e outro de Lay hyung, fiquei no do chinês  que acabará de ultrapassar Kai e fazer uma cesta. Fazíamos uma dança de comemoração sempre que marcávamos pontos ,  ou como Baekhyun hyung,saíamos correndo e comemorando com as crianças que assistiam. Algumas fãs também apareceram para assistir o jogo, tiramos algumas fotos com elas que ficaram felizes.

Começou a chover e tivemos que parar o jogo, que terminou empatado. Esperamos que ela diminuísse, dentro do simples vestiário  que havia no local, conversávamos sobre coisas aleatórias.  Até que o nosso manager chegou, nosso líder tinha ligado para ele.
   - Onde está Kyungsoo?  Perguntou ao entrar e procurá-lo por todo lugar visível do vestiário.

  -     Foi ao mercado. Mas isso foi uma desculpa para não vir. Já deve estar em casa. Baekhyun disse 
  -     Certo. Tem duas vans uma vai com as bicicletas, e a outra com os membros em duas viagens.
  -     Certo - Suho hyung confirmou- Então Kai, Lay, Luhan ,Tao e Xiumin. Vão na primeira viagem.
  
Eles saíram e foram para casa, estava passando meu tempo  jogando no celular,   até ele descarregar. 
  -     Não vou aguentar esperar - Levantei,  atraindo os olhares dos hyungs- Vou dar uma volta.
  -     Sehun, espere aqui. Já devem estar vindo nos buscar - Junmyeon hyung advertiu.
  -     Não irei muito longe. Só vou caminhar um pouco - Peguei na maçaneta da porta - Vocês vão ver,  quando eles chegarem já estarei aqui.
  -     Tome cuidado! Junmyeon hyung   alertou, assenti e sai de lá.
  
Mas antes pude ouvir Chanyeol hyung falando:

  -     Ele parece tão inquieto hoje. Como se tivesse algo incomodando.
  
  Baekhyun hyung respondeu há ele 

  -     Talvez seja a viagem que o Exo-M fará para China dentro de uma semana. Depois que a van deles quase capotou daquela vez, nossa preocupação aumentou. 

Foram as últimas palavras  que escutei, antes de sair andando  devagar. Sem pressa, deixando as gotas da chuva, que mesmo  fraca ,  molhava  meus cabelos.

Sinceramente também não sei o que está acontecendo comigo. Quem dera fosse preocupação com a viagem, aliás nem lembrava que o Exo-M viajaria para China, faz tanto tempo que não ficamos separados em subgrupos, mas isso não significa que não me preocupo. 

A única coisa que tenho certeza, é que desde que ela entrou naquela sala e se apresentou. Ocupa maior parte dos meus pensamentos, quando ficamos sozinhos em sua sala, seu profissionalismo foi impressionante. Mas aquelas bochechas rosadas, que parecem com as de Xiumin hyung ,Não,  são mais perfeitas que as dele. Fazem com que ela tenha uma aparência fofa, combinam perfeitamente com seu tamanho e seus olhos verdes. 

Lua, o que fez comigo? 

  -     Aish, o que estou pensando - Levei as mãos ao cabelo bagunçando eles nervoso -Preciso de Café, é disso que preciso. 
  

Procurava por alguma cafétaria aberta, avistei uma e entrei pedi um café expresso. Paguei e me retirei do local, andava sem olhar para nada,bebendo meu café voltando para onde estavam os hyungs. Estava tão distraido que nem percebi quando um carro desgovernado se aproximava, a luz do carro era forte, fechei meus olhos aguardando o impacto, que seria em cheio.

Nem tomei meu último Buble tea.

Nem conheci Miranda Kerr.

Nem coloquei minha bunda no seguro.

Que triste fim...

Mas o carro não veio, o que senti foi meu corpo sendo jogado ao chão por alguém. Que ficou em cima de mim, abri meus olhos e fiquei surpreso com o que via.

Era Lua, ela havia me salvado do carro. Seu olhar era sério, mas não desviava do meu. A chuva voltou forte, mas ela parecia não se importar.

  -     O que deu em você para ficar parado enquanto um carro vinha em sua direção?- Tinha o tom de voz  sério e ofegante ,  não sabia o que responder - Perdeu a voz agora?  
  -     O que esta fazendo aqui? Foi a única pergunta que veio em minha mente.
  -     Salvando sua vida - Disse e suspirou-Estava na cafétaria também. Falando nisso, está me devendo um café.
  
  -     O meu também se perdeu por aí -Olhei para os lados, como se estivesse procurando, ela riu e acabou sentando no meu colo - Sua risada é engraçada. 
  - Melhor sairmos daqui. Estamos no chão, e não quero ser culpada pelo resfriado de Oh Sehun, ou, ser agredida por alguma Exo-L.

Ela saiu de cima de mim, me ajudou a levantar. E corremos para nos proteger contra chuva.(não que fosse adiantar pois já estávamos enxarcados)

  -     Obrigado - Agradeci, ela sorriu -Quer voltar á cafétaria? Já que estou lhe devendo um café.
  
  Ela pareceu pensar um pouco. Mas depois voltou seu olhar para mim.

  -     Tive uma idéia melhor - Disse. Cruzei os braços, prestando atenção nela - Você está todo ensopado, podíamos ir ao meu apartamento,  posso colocar sua roupa para secar enquanto preparo um café para nós. Se estiver disposto a aceitar, é claro.

  -     Aceito - Respondi, lembrei de uma coisa importante  - Mas meu celular está sem bateria, preciso avisar os rapazes. 
  
  -     Não tem problema, chegando lá coloco ele para carregar. E você pode ligar do meu celular avisando para os meninos o que aconteceu. 
  -     Está bem. Vamos então.
  Iria começar a andar, quando escutei ela  dizer.

  -Ai, que droga. Sua calça está suja- Disse e se aproximou de mim. 
  -     Deve ter sido por causa da queda.
  -Sinto muito. Sou tão desastrada te joguei direto poça- Mexeu no cabelo arrumando alguns fios rebeldes.
  -     Não, Lua. Você não é, salvou minha vida. Serei eternamente grato, pode me pedir qualquer coisa, qualquer hora do dia.
  
Ela sorriu timidamente, ficando vermelha.

  -     Obrigada. 
  -     Não precisa agradecer - Respondi. Tentei tirar um pouco da sujeira, mas não alcancei pois era na parte de trás . E minhas costas doíam  - Mas será que poderia ajudar, não consigo alcançar.
  
  Ela assentiu e começou a dar pequenos tapas na região. Estava difícil então falei que podia ser com mais força. Senti alguns apertos no local , mas acabei rindo e segurei a risada muitas vezes.

  -Pelo jeito vou ter que lavar suas roupas também- Ela disse rindo.

  -     Não precisa fazer isso.
  -     Não, está tudo bem. Não posso deixar você ir para casa assim, vão pensar que sou uma estilista sem noção.


Ela ligou para um táxi que logo chegou, fomos para o apartamento dela. No caminho  me emprestou seu celular. Liguei para Kai, não contei tudo que aconteceu,apenas que ia ser atropelado e que fui salvo por uma pessoa conhecida. O moreno, agora com os cabelos tingidos de loiro, quase passou o telefone para o Manager. Mas sabia que ele faria de tudo para que fosse para casa, então apenas disse que estava bem e que logo voltaria.

 Encerrando a chamada.

O taxista parou o carro e Lua me avisou que tínhamos chegado. Na hora de pagar, quis ser cavalheiro, então paguei no lugar dela. Saímos do veículo, dei uma bela examinada no prédio á minha frente, não podia acredita no que meus olhos estavam vendo.
  
*Era o mesmo prédio que eu morava *

Ela não sabia disso, obviamente, do contrário não teria me convidado para vir em seu apartamento, sabendo que o meu era no mesmo prédio.

Mantive minha calma, como se não soubesse de nada. Entramos no prédio,  ironicamente o apartamento dela ficava no mesmo andar que o nosso.
  -     Você mora aqui sozinha? Questionei curioso.
  -     Não,  Eu e Zi moramos juntas -Respondeu, enquanto abria a porta e deu passagem para que eu adentrasse o cômodo -Sinta-se á vontade. 
  
   Entrei e a sala era bem organizada, tinha dois sofás vermelhos, a mesinha de centro com fotos das duas , uma estante com a televisão, videogame,animes ,mangas,doramas,filmes (ate mesmo dvds do exo ,um deles dizia S.exo) e um Home Theater.

  -Você deve estar com frio. Por que não toma um banho quente? Enquanto você toma banho, coloco sua roupa para lavar, posso até preparar nosso café. 
  -     Tudo bem- me levou até o quarto, onde colocou meu celular para carregar,  mostrou onde deixar a roupa suja e me deu um roupão para que usasse enquanto a minha roupa secava -Obrigado.

  -     Denada. Precisando é só chamar.
  
 
Terminei o banho, sequei-me e coloquei o roupão. Saindo do banheiro, tinha uma outra roupa masculina em cima da cama e a minha não estava mais no local. Estranhei e ela pareceu ler meus pensamentos.
  -     Não se preocupe, essa roupa nunca foi usada por ninguém -Estava de braços cruzados, encostada no batente da porta -Pode verificar, está até com a etiqueta.
  -Estou vendo. Mas por que você teria essa roupa aqui? 

Curioso? Não imagina! 

  -     Acho roupas masculinas confortáveis pra dormir.
  Interessante -pensei sorrindo

  -     Sua roupa já está lavada, mas vai demorar até que ela fique seca. Qualquer coisa é só gritar, estarei na cozinha.
  -     Sem problema.
  
Me troquei e a roupa ficou bem em mim. Peguei meu celular, mandei uma mensagem para Kai.

"Tenho uma novidade super interessante para te contar" 

Segundos depois...

"Não quero saber, estou dormindo. Deveria voltar para casa  e fazer o mesmo" 

"Estou mais perto do que imagina, meu caro Jongin , muito perto " 

Fui até a sacada do quarto e minhas suspeitas foram confirmadas.

" Tá legal, conseguiu minha atenção. Onde você está?" 

  " Saia na sacada do seu quarto e saberá"


Assim ele fez, quando me encontrou ficou surpreso.
  -     O que faz aí?  Tá assaltando os vizinhos seu Maknae idiota? Quando Junmyeon hyung  souber  vai te da uma bronca .  

Em anos nessa indústria músical, essa foi a primeira vez que fiquei mais próximo de bater no Kai.

  -     Não seu idiota. Esse é o apartamento das meninas.
  
  -     Que meninas?  É pior do que pensei , meu amigo tá virando cafetão.
  
  -     Aish. ESSE É O APARTAMENTO DA LUA E DA ZI, ENTENDEU?- Gritei e levei ambas as mãos à boca. 

  -     Sehun, tudo bem aí?  Escutei a voz de Lua, que se aproximava.
  -     Se esconde, anda Kai! - Gesticulei para ele entrar.
  
Lua apareceu na sacada, e parecia preocupada.
  -Sim. Tudo bem. Queria apenas ver a paissagem da varanda do seu quarto.

-Ah, pensei que falava com alguém.
-Sim.  Com o Kai pelo celular.      Mas já desliguei.


Atchim! 

Kai espirrou. Tive que fingir que tinha sido eu.


  -     O que foi isso?  
  -     Resfriado, pego isso muito fácil. 
  -     Por causa da chuva que levou hoje. Venha vamos entrar. 

Pegou na minha mão, e saímos do quarto.  Nem  olhei para Kai para ver se  continuava na sacada.


Zi Pov's 

Aquela risada do D.O Oppa era tão linda. Pessoalmente fica ainda melhor . Contava há ele sobre coisas da minha vida. Vez ou outra ele deixava escapar algumas coisas pessoais. Mas nunca passava disso, até porque Do Kyungsoo é um Homem sério e completamente respeitador. 

  -     Não acredito que  isso aconteceu - Ele falava ofegante após ter um ataque de risos -  Você começou a imita um lobo e falar em coreano no meio da festa.
  -     Foi a primeira vez que fiquei bêbada. Eu gritava meio inconsciente "Oppa, Saranghae" 

Fiz como daquela vez. Mas estou completamente sóbria agora.

  -     Você era fã do Exo na época?  - Perguntou, aqueles olhos penetrantes dele, me deixando hipnotizada.
  -    Claro - Respondi convicta , ele sorriu.

 -  Sei tudo sobre você agora.  Já me sinto mais informado, como se nos  conhecêssemos há séculos.

Ele não sabe como me deixa sem graça e feliz ao mesmo tempo falando isso.

  -     D.O Oppa. Você é tão gentil comigo.

 -Lógico - Falou convicto e apertou minha mão -Você é uma garota super legal e bonita.

Abaixei o rosto timidamente, ele levantou meu rosto e me fez encará-lo.

  -     Olhe para mim - Disse com sua voz suave- Me deixe olhar para esses seus olhos brilhantes.
 
Cheguei ao ponto de achar que estava Alucinada.  Que era tudo um sonho e que acordaria na minha cama, sendo xingada por Luhan hyung novamente no trabalho.

Mas era real.

Começou a tocar Moonlight, do Exo, versão coreana. Ele fez menção que desligaria, mas segurei em seu braço.

  -     Gosto muito dessa música - Falei, ele voltou a dirigir, comecei a cantar.
  
Quando dei por mim estávamos fazendo um dueto, com a música dele. Foi assim até chegarmos no meu prédio.
  -     Chegamos. É aqui onde moro- Falei e ele me fitou surpreso,  após olhar para fora.
  -     Sério? Ele questionou, assenti - Meu apartamento também fica aqui. 


Abri a boca surpresa. Ele riu,  aposto que minha cara estava  engraçada.

Quando enfim me recuperei, fui tenta tirar o cinto, mas ele não soltava de jeito nenhum. D.O Oppa se aproximou para me ajudar, usava toda sua força, mas parecia impossível.

  -Vou usar força total agora - Falou e assenti.

Puxou com tudo, conseguiu me soltar,  mas acabamos batendo nossas testas.
  -     Aish - Resmunguei massageando o local atingindo.
  -     Sinto muito - Lamentou,  tirou a mão da testa dele e colocou na minha , fazendo massagem.
  
  -     Não precisa se desculpar, não é culpa sua.
  
Nossos rostos estavam próximos. Podia sentir sua respiração, ele desceu a mão da minha testa e colocou na minha nuca.

Just the way you are. Começou a tocar novamente,  fazendo o momento ser ainda mais perfeito.


 Aproximou nossos lábios, começou com um simples roçar, mas depois se tornou um beijo calmo. Puxava  sua camisa, enquanto ele apertava minha cintura.O beijo agora era ardente sem interrupção. Queria que não acabasse, mas infelizmente a falta de ar venceu. Nos separamos dando pequenos selinhos.

  -     Me desculpe.- Disse ofegante - Mas eu  precisava fazer isso.
  
  -     Se- se- sem problemas- Recuperei o fôlego -  Não precisa se desculpar. Acho melhor eu ir agora.
  
Tentei abrir a porta,  mas estava trancada..
  -     D.O Oppa..
  -     Me promete que não vai ficar estranha comigo. Que te deixo sair, por favor, prometa.
  
  Me olhava fixamente , engoli em seco tentando não olhar para seus lábios charmosos em forma de coração. 
  -     Prometo - Falei .Ele sorriu.
  -     Irei com você. Afinal também moro aqui.
  
Levou o carro até o estacionamento , pegamos o elevador até meu andar que era o mesmo que o dele. Achei que meu coração fosse salta para fora, quando ele pegou minha mão e entrelaçou nossos dedos. 


Lua Pov's 

Admito que me aproveitei um pouco do Sehun. Mas vamos combinar,  ele é muito delícia para ser um Maknae. Aquela bunda dele, tão durinha. A roupa que dei para ele serviu muito bem, valorizou seu corpo.

Mas ainda acho que deveria ter deixado ele apenas de cueca.

Entreguei a xícara de café para ele, que agradeceu. Sentei-me á mesa e fiquei esperando sua reação.

  - Nossa. Isso está muito bom, você é boa nisso- Sehun disse elogiando - Já pode casar.
  
Se você tiver disposto a aceitar- Pensei, enquanto mordia o lábio.

Mas o que saiu da minha boca foi :


  -Que nada. Nem tenho namorado, Sehun.
  
O alarme do meu celular tocou, avisando que o Bolinho de arroz estava pronto. Levantei rapidamente desligando o forno, tirei a fôrma cuidadosamente. Mas logo senti duas mãos  agarrando minha cintura.

Eita porra! Quase derrubei tudo no chão.


  - Aliás pode me chama de Sehunnie, Lua- Disse sedutoramente próximo da minha orelha, apertando ainda mais minha cintura- Hum..estou mesmo com fome.
  
Ele está me provocando? Não deveria fazer isso!  

Levou uma das mãos á fôrma, mas estava quente, então acabou se queimando. 
  -     Aish - Praguejou, acabei rindo ainda de costas para ele - Não ria do meu sofrimento.
  
Virei-me para encará-lo, parei com as risadas.
  - Não seja dramático, Sehunnie- Segurei sua mão - Deixe-me ver! 
  
Não tinha nem queimado nada, ele estava fazendo drama. Mas já que ele quer provoca,  vamos fazer isso direito.
  
  - Nem queimou seu dedo - Falei, inocentemente coloquei o dedo dele na minha  boca, chupei sem quebrar o contato visual e depois tirei da boca - Pronto, você vai sobreviver.
  
Peguei um dos Bolinhos de arroz, aproveitei que ele tinha ficado de boca aberta, coloquei na boca dele. Esse estava menos quente que o outro.

Ele engasgou e ficou se debatendo  a cena era hilariante  pena ter que ajudar. Dei uns bons tapas nas costas dele, que acabou desengasgado. 
  -Kamsamnida -Agradeceu mais aliviado, entreguei água para ele - Você já salvou minha vida várias vezes hoje, estou começando a achar que você é minha anja da guarda. 


~Se ele soubesse que essa anja é na verdade uma sucubu louca para tirar toda vitalidade dele na cama ~

  - Que nada estou aqui pra isso.
  
 ."literalmente" -pensei
  
  Servi alguns bolinhos numa bandeja com Buble tea e fomos pra sala.
  - Lua você é Exo-L  né?
  -Sim a bastante  tempo...
  - Percebi pelos dvd's, aliás o que tem naquele que está dizendo S.exo? "Ai caralho alado ele viu isso !pensa,pensa,pensa"
  
  -     Apenas alguns clipes ... a zi deve ter escrito errado ,muito desatenta aquela garota ....
  -     Entendi haha. ... então qual é o mais bonito para você? "Eita e agora? Se eu disser que é  o Tao ele vai ficar magoado"
  - Vocês são todos muito bonitos e legais menos o Luhan  aquele hermafrodita, não é nada masculino e ainda se achou no direito de humilhar a zi u-ú "achei que ele  ia achar ruim porque ele e o Luhan são proximos"
  
  -     kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ommo kkkkkkk kkkkkk  aigoo kkk hemafrodita kkkkk aaaai ele pediu desculpas  pra ela já "ele se Debatia tanto.... vo nem zua"
  -     Bom mesmo u-ú
  -     Você gosta de mim?"ele ficou tão sério  nem parecia que estava morrendo  de rir um segundo atrás "
  -     Já se viu dançando?Cara você é muito sexy!  "Droga falei em voz alta não sabia onde me esconder ,peguei uma almofada e enfiei a cara nela esperando que ele ignorasse o comentário"
  
  -    Pensei que você diria que não gosta de mim- Ouvi ele dizendo, enquanto se ajeitava no sofá - Não precisa se envergonha - Disse ele enquanto ria acanhado.

  -     Não achou estranho eu dizer que você é muito sexy? - Falei tomando meu Buble tea e olhando fixamente para ele.
  - É engraçado ouvir isso ... estou sem graça  não sou tudo isso ... " riu corado "

  -     É claro que é,olha essa bunda Sehunnie! ! "Putaqpariu denovo coloquei a mão na boca"
  Ele levantou confuso tentando olhar pra bunda - O que tem de errado com ela ? - Eu não me segurei foi automático, aquelas nádegas maravilhosas ,hipnotizantes, tão durinhas, quando vi já estava apertando '--' " -Tão mágicas! ! "Estava fora de mim esfregava tanto que poderia sair um Gênio de lá "
  -     haha você quer elas para você? ? 
  
  "Não deveria pergunta isso" pensei 

  -     Quero você todo pra mim! "Gritei , droga"
  
  Ele me olhou surpreso  e eu estava completamente corada,  tirei minhas mãos lentamente dizendo -D-d-d desculpa e-e-e  eu não sei o que deu em mim - respirei fundo para me acalmar .

Sehunnie tocou meu rosto dizendo -Eu me darei pra você -Olhei surpresa ele me olhava diferente agora, seus olhos estavam relaxados e seus lábios entreabertos, se aproximou e me beijou enquanto me deitava no sofá , começou a tocar meus seios por debaixo da blusa e avançou no meu pescoço mordendo levemente, as coisas estavam muito quentes deixei escapar algums gemidos de prazer , quando de repente a porta se abre..

"Aish. Não se pode mais procriar em paz? " 

Zi: Lua?? Meu Deus!  "Zi avançou em Sehunnie  jogando ele  no chão  e chutando-o fortemente - Você  quer morrer !!?Eu vou te matar!!

-Ziiii NÃÃÃÃOO esse é o Oh Sehun !! Para! Você vai matar ele!

D.O diz -Calma está tudo bem , acho que eles estavam se conhecendo melhor - segurando-a pela cintura e aproximando-se de seu pescoço, Zi reagiu de forma muito estranha ficando corada e instantaneamente calma ela geralmente é muito nervosa.
  -     Calma eu e a Lua estávamos. .. "ele me olhou sem jeito"
  -     É, engasguei e ele muito gentil estava tentando me ajudar ."foi a primeira coisa que me veio na mente"
  
  -     viu ? Não precisa se preocupar ."acho que D.O sabia muito bem o que estava acontecendo, mas estava protegendo o Maknae da terrível Zi. 
  -     Enfim acho melhor irmos embora não é? "Sehun disse com cara de triste ... ainda dava pra ver um volume na calça dele"
  
  - Claro. Obrigada pela ajuda, Sehunnie - Agradeci, ele sorriu.
  -     Denada. Eu que devo agradecer,você me salvou hoje- Disse sorrindo. Me abraçou apertado e me levantou do chão. Senti coisinhas quando ele fez isso - Tchau, 
   
D.O. se despediu de Zi e de mim também, os dois saíram.  Fiquei ainda em choque, tentando entender tudo que ocorreu. Fitei o  Buble tea em cima da mesinha de centro e sorri.
  -     Eles já foram - Zi falou, cruzou os braços e parou na minha frente me encarando - Vai me dizer o que Oh Sehun estava fazendo aqui?  
  -     Você ouviu o que falei, me engasguei e ele gentilmente me ajudou -Falei simplista, mas ela continuava com aquela cara de desconfiança -  Mas e você e o D.O?  Não pensa que me engana, ninguém nunca conseguiu te segura quando fica nervosa. De repente D.O chega e você milagrosamente para de atacar o Sehunnie.

Mudando de assunto com sucesso. Ela até ficou sem graça.

  -     Não tenta mudar de assunto. Desde quando Sehun virou "Sehunnie"? - Fez aspas com os dedos. 


Desde que apertei a oitava maravilha do mundo: A bunda de Oh Sehun. Mentira sempre tive uma queda por ele, agora mais do que nunca.

  -     Ele disse que podia chamá-lo assim. Depois que salvei a vida dele.
  -    Sei - continuou me olhando desconfiada.

Merda, preciso compartilha isso com alguém. Foda-se vou contar! 

  -      Tá bom! Estávamos nos beijando, teria acontecido algo mais,  se você não tivesse aparecido e estragado minha chance de fazer uma mini porta.
  -     Eu não tenho sensor de putaria, para saber quando minha amiga está se agarrando com alguém - Zi ironizou,  apenas revirei os olhos.
  
  -    Tanto faz a história é longa. Preciso de algum tempo para contá-la.

  -     Apenas me diz que você não tarou a bunda do Sehun -  Me lançou um olhar esperançoso, retribui com moon face - Droga, Lua! Não podemos nos envolver com eles.
 
Uma lâmpada se acendeu em minha cabeça. Iria jogar verde para descobrir a verdade do que aconteceu entre ela e D.O. 

-Deveria ser profissional como você com D.O Oppa.  Ele apenas lhe deu uma carona como amigo.

Ela sorriu e ficou sem graça. 

-Na verdade, acabamos nos beijando - Deixou escapar e se arrependeu depois.

-Sabia!  Me conta tudo!       


Fomos para o quarto , troquei de roupa colocando a camiseta de Sehun. Sim ela havia secado, menos a calça dele. Fui para o quarto de Zi, onde iríamos assistir um filme de terror, ela me lançou um olhar malicioso e disse: 
  -     Gostei da camisa. Ainda tem o cheiro dele? 
  -     Infelizmente não - Fiz um biquinho triste.
  
Contamos o que aconteceu uma para outra. Não acredito que o D.O beijou ela enquanto tocava Just the way you are,  que fofos, estou shippando. Contei sobre mim e o Sehun, soltamos muitos gritos eufóricos. Os nossos vizinhos devem ter escutado.

 


Notas Finais


Gente, como essa Lua é tarada kk mas é sério #Sebooty é perfeição assim como a pessoa que a tem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...