História Águia Arqueira - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow
Personagens Felicity Smoak, John Diggle, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Ray Palmer, Roy Harper (Arsenal), Thea Queen
Exibições 13
Palavras 434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Capítulo 13| Encurralados pt.1


A noite estava linda, lua cheia, céu perfeitamente estrelado, parecia que tinha sido editado em algum programa de computador.
Qualquer outra pessoa da minha idade agora estaria numa balada, numa festa, ou simplesmente curtindo ' la vida loca' em algum lugar.
Já eu estou ouvindo um bom e velho rock, olhando para o céu e com o computador novo e não rastreável a procura de crimes.
Definitivamente estava sentindo falta de socar a cara de um bandido.
Quando a música para e o meu toque de celular começa a tocar no lugar. Corro para atender e vejo que é a felicity.

- Alô?
- Angel?
-Não o batman!
-Não temos tempo para brincadeira!
- O que aconteceu?
- O Oliver, saiu e ainda não voltou, ele estava impedindo um roubo ao banco quando um barulho forte e perdemos o contato.
- Estou indo.

Vesti minha roupa, mas pus um sobretudo por cima. Peguei minha moto e fui em direção ao endereço que felicity havia me dado. Chegando lá coloquei a máscara e coloquei o capuz e por fim eu tirei o sobretudo peguei o arco da mochila  e a bolsa de flechas com elas dentro.
Me aproximei do local onde felicity havia perdido o sinal do Oliver e vi o Arqueiro e um cara lutando e o Arqueiro levando a pior.
Atirei uma flecha certeira no bandido que caiu, mas Oliver olhou para mim e disse:

-Eu não preciso da sua ajuda!
- Tá bom, Tchau então .
- Angelic Misceus você prometeu ajudar - ouvi felicity gritar no meu ouvido.
- Ele não quer ajuda!
- Mas ele precisa !
-Então eu quero ouvir dele!
-Ouvir o que ?- ele perguntou.
- Você admitir que precisa da minha ajuda.
- Eu ... preciso da sua ajuda - sussurrou a última parte .
- Não ouvi.
- Eu preciso da sua ajuda.
- Ok. - quando me dei por mim estávamos cercados.
Um partiu para cima de mim e eu o recebi com um soco .
- Devia contratar capangas mais fortes.

Outro veio em minha direção e eu consegui acerta - lo com o arco duas vezes, mas como nem tudo é perfeito, ele me socou.
- Não. Você não fez isso.
-Fiz e não me arrependo.
- Mas quem disse que você vai viver para isso?

O chutei e o derrubei no chão puxando uma das minhas flechas e atirando nele.
Olhei ao redor e vi Oliver cercado, e eu sou o sexo frágil aqui? Peguei minhas flechas e atirei em alguns e Oliver acabou com outros dois, tô falando, é perseguição!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...