História Águia Arqueira - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow
Personagens Felicity Smoak, John Diggle, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Ray Palmer, Roy Harper (Arsenal), Thea Queen
Visualizações 21
Palavras 730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Capítulo 16|Mocinha Indefesa


Já se passou dois dias, e felicity e Ray parecem estar juntos, e eu salvando a cidade do crime, tá não sozinha, junto com o Oliver e pela primeira vez desde que ele voltou esses últimos dois dias foi como se o velho Ollie, salvamos a cidade de noite e de dia nos divertimos como pessoas normais, não que nós não sejamos normais, tá nos não somos normais

Nós fomos ao fliperama...

Flash backs

-Você sabe que eu vou ganhar né! -eu disse para o Oliver.
- Convencida!

Jogamos 3 partidas e Oliver ganhou todas.

- Eu deixei você ganhar!-eu falei
-Anham deixou!
-Oliver... eu deixei... Você ganhar.
- Não deixou, mas como eu sou legal vou te dar o prêmio escolhe aí.
-Obrigada.-agradeci - Moço né dá....
-O que foi Angel?-perguntou  Oliver
-Quem são aqueles bonecos?- perguntei apontando aos bonecos
-Ah! É a Àguia Arqueira e o Arqueiro Verde! Estão vendendo em todo lugar!
-Ótimo me dê eles!

Ele me entregou os dois, e é eu mostrei os dois bonecos ao Ollie.

- Qual você quer?
- É sério isso ?
- Claro!
-Tá então vamos fazer isso, eu fico com a águia arqueira e você fica com o arqueiro verde.
- Tudo bem...

Ou no dia em que fomos ao parque de diversões.

Flashbacks

-Montanha russa ?-pergunto
- Angel eu acho melhor não!
-Medo Oliver ?
-Nunca!

E corremos para a fila, quando chegou nossa vez entramos no carrinho, e o brinquedo começou a a rodar, eu segurei forte a mão do Oliver e comecei a olhar para baixo, me bateu um frio na barriga e na primeira descida o Oliver fez várias caretas engraçadas, por um momento eu esqueci de estar a mais de 10 metros do chão e comecei a rir dele.

Ou no dia que depois do fliperama fomos para a patinação.

-Corrida?-desafiou Oliver
-Jura? Vai me dar revanche!
- Não se você não concordar
-Adoro uma competição
- E eu não sei ?
-Sim, você sabe.

Acabou que eu ganhei.

- Empatamos?- Perguntei
- Sim, mas como eu dei a revanche eu ganho um ponto a mais
- Assim não vale!
-Melhor de três ?
-Melhor de três!

De repente mas, como de costume algo quebra meus pensamentos e me tira de meus devaneios, o meu telefone toca, na tela número desconhecido

-Alô ?
- Angelic Misceus, a menina que não tem medo da morte, eu já avisei que era para ficar longe dele, eu já falei para deixá - lo para mim, mas você não obedece, que chato isso! Mas eu dei meu jeito e o sequestrei, se quiser venha pega - lo, ou tentar.
- De quem você está falando?
-Oliver, Oliver Quin, você receberá um email com o endereço, você tem 3 horas ou eu vou fazer uma Lobotomia e o Oliver Queen não existirá mais, e será só meu, apenas meu.

Eu tento ligar para o Oliver, ele não atende e logo depois  a Thea me ligou

-Angel, por favor me diz que o Oliver tá com você- ela chorava
- Não mas eu sei onde ele está, não saia de casa, não me desobedeça, entendeu ?
-Sim, mas tente não morrer
- Não prometo nada

Vi o endereço peguei uma moto das minhas e ao chegar lá uma mulher né esperava.

- Pensei que não viria mais
- Onde ele está ?
-  Naninanão, você só vai leva-lo se me matar!
- Sem problema, tô precisando socar a cara de alguém mesmo - disse cerrando e levantando os punhos na altura do queixo
Depois de uma luta enorme eu estava ganhando
-Últimas palavras ?-perguntei enquanto a segurava
-Vai se ferrar! -ela dose com dificuldade
- Eu já estou ferrada!-digo e bato a sua cabeça na parede a matando.

Caminho por um corredor até achar o Oliver, amarrado numa cadeira, dou pequenos tapas na cara dele  para fazê - lo acordar, e assim foi.

- Você tá bem ?
-Angel...
- Shiu!
- Atrás de você !

Levantei e dei um soco num cara que se aproxima peguei sua arma e atirei nele.
- Temos que sair daqui, agora!- digo o soltando da cadeira

Com uma certa dificuldade Oliver se põe de pé.

- Para trás de mim!
-Não porque ...
- Você não está em condições para contrariar, afinal tive que vir atrás da mocinha indefesa e em perigo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...