História Águia Arqueira - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow
Personagens Felicity Smoak, John Diggle, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Ray Palmer, Roy Harper (Arsenal), Thea Queen
Exibições 12
Palavras 369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quinto capítulo, aproveite!

Capítulo 5 - Capítulo 5| O que aconteceu com você?


-Seu tio disse que você foi ameaçada por telefone, como foi isso?- disse Ollie.
-Sim, mas eu estou bem, vou ficar bem, eu sempre fico- disse decidida
-Angel você sabe que se precisar de mim eu estou aqui, eu posso e vou te proteger-disse me encarando.
-As únicas pessoas que podem me proteger, são os policiais, e segundo eles a Liga das Sombras
-Você tem que se manter longe deles Angel principalmente do ...
-Ra's Al Ghul ?
-Sim, eu sei que ele diz te amar como uma filha mas...
-Desde quando é bom ser filha dele
-Você tem que me escutar- diz socando a mesa, enquanto eu olho assustada.
-O que aconteceu com você naquela ilha, você não é mais o mesmo.-disse o olhando de cima a baixo.
-Eu sou o mesmo, o Ollie, o seu amigo, amigo da Felicity, do Roy, do Jhon, Irmão da Thea, Amigo da Noah, sou eu, aquele Ollie que você conhecia.
-Não, eu tinha pensado numa coisa,mas eu estava enganada.
-O quê?- diz fazendo cara de confuso.
-O Ollie que eu conhecia ainda está desaparecido naquela ilha, faça bom aproveito, eu tenho uma reunião, cuide-se e tente não se perder numa ilha de novo.-disse saindo, e batendo a porta.
Assim como Olliver não era mais o Ollie que eu conhecia, Eu não era mais a eu que todos conheciam e respeitavam só por ser a filha dos Misceus, e a única herdeira deste imenso patrimônio que hoje meu tio comanda para mim. Minha empresa, constrói produtos ligados à tecnologia, Softwares, Hardwares, e estas coisas e eu lembro o que diziam, que eu pai era um verdadeiro gênio, um verdadeiro herói e desde pequena eu não queria ser que nem as outras garotas, eu não queria ser uma princesinha, eu queria ser uma Heroína, já que diziam que meu pai é ou era um herói eu achava que o destino iria dar um jeito de me transformar em uma, me enganei, pelo visto o único jeito de ajudar alguém seria usando a minha empresa, e ás vezes ainda me pego pensando, como o meu pai me dizia;''Você ainda vai ser uma heroína, ainda vai salvar a vida de muitas pessoas, eu sei disso''



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...