História Ah Daddy! (JiKook) - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 291
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HORA DO SHOW PORRA!

BIRRRRLLLLLLLLLL!

K7 TÔ MUITO LOKA

TOMEI TODDYNHO E INSERI NESCAU NA VEIA

ENTAUM

ME DESCULPA PELOS ERROS PELO AMOR DE G-DRAGON

😋😋😋😋😋😋😋😋😋😋

Capítulo 47 - Parque parte 2


Pov Jimin

Chegamos no parque e tava tudo normal, fomos no carrinho de choque, no carrossel, em barraquinhas que tinham alguns "minigames", fomos na casa de jogos, comemos PRA CARAÍ, fomos em umas cinco montanhas russas e eu me caguei nas cinco... Mas... Chegando ao ponto.... Fomos na casa mal assombrada... Compramos o ingresso e na fila eu já estava me cagando todo...

Jk: Calma amor eu te protejo.- JungKook diz e me abraça por trás.

Jm: O...o...ooooo....ok.

A porta que levava para a primeira sala se abriu, demos o ingresso a uma moça que trabalhava ali e entramos, haviam dez pessoas no total do grupo, depois de uns dois minutos ali parados um homem surgiu das sombras e começou a contar uma lenda que era mais ou menos assim:

??- Ouçam, ouçam, atrás desta porta vocês vieram almas perdidas, demônios irritados e muitas outras coisas... Vou contar uma lenda sobre este lugar: A dezenas de anos está casa era um hospício, nele criaturas bizarras eram criadas e pessoas eram altamente maltratadas, dizem que o diretor desse hospício era o próprio diabo é que até hoje almas aqui vagam, mas lembrem se vocês não tocarem nelas, elas não tocam em vocês.

"MEU CÚ QUE EU VOU ENTRA NESSA PORRA!!"

Ele abre a porta, eu e JungKook vamos no meio do grupo, mas ele vai atrás de mim abraçando minha cintura, chegamos na segunda sala não aparentava ter nada, até que a CARALHA DE UM ZUMBI APARECE DO NADA DP CHÃO E VEM CORRENDO ATRÁS DE NÓS, corremos e chegamos na terceira sala, lá havia um médio todo ensanguentado que segurava um alicate e vinha perto de nossos ouvidos e sussurava coisas bizarras, na terceira sala havia uma exorcista descendo a PORRA DE UMA ESCADA IGUAL NA PORRA DO FILME, na quarta haviam mulheres e homem acorrentados e totalmente maltratados que do nada davam um puta berro, na quarta havia a porra de um lobisomem, mas não dps bonitinhos sabe? Aqueles que parecem que são um resto de aborto, na quinta haviam demônios que as vezes davam um puta berro também é por fim havia um homem com A PORRA DE UMA SERRA ELÉTRICA DE VERDADE! Saí de lá correndo quando a última porta se abriu e eu estava mais branco que o Yoongi, JungKook vinha em minha direção rindo demais da minha cara.

Jk: Meu Deus para, minha barriga já tá doendo hauahauhauauaa...

Jm: Se fude.

Jk: Só você me fode.- Ele diz e eu coro.- Quer comer algo para se acalmar?

Jm: Sim.... Quero...quero...ummm.. algodão doce.

Jk: Ok, fica sentado aqui se acalmando e eu vou ali pegar.

Pov JungKook

Meu Deus cara, meu Deus! Tô quase morrendo aqui.

Sério, o Jimin pagou maior mico, eu não consigo parar de rir, melhor ideia que eu já tive.

Agora vou comprar o algodão doce do meu hyung e vou levar ele na roda gigante para ele se acalmar.

Jk: Moço me dá dois algodões doces rosas.

Seu Zé: Aqui menino, deu...

Jk: Não precisa, toma vinte e fica com o troco.

Seu Zé: Obrigado.

Volto e Jimin está mexendo no celular me aproximo dele pego um pouco do algodão e ponho em seu nariz.

Jm: Ebaaaaaaaa!- Ele diz tirando o algodão de seu nariz.

Jk: Vamos na roda gigante?

Jm: Pode ser.

Fomos, o céu estava lindo todo estrelado, mas não estava mais lindo que o Jimin, os olhos dele brilhavam enquanto ele olhava as estrelas.

Jm: Isso me faz lembrar de uma coisa.

Jk: Do que?

Jm: Do seu pedido de namoro.- Ele diz e deita sua cabeça em meu ombro.

Jk: É né... Foi tão bom.

Jm: E é até hoje.

Depois disso ficamos parados por um tempo, perai tem alguma coisa de errado, vejo pela janela e MEU DEUS, o brinquedo havia quebrado, poderíamos passar horas ali...

Jm: Calma amor, o brinquedo só parou já vão arrumar.

Jk: Ok, ok.

Jm: Calma coelhinho fofinho.

Jk: Depois daqui vamos para a casa.

Jm: Ok.

Depois de vinte longos minutos finalmente a roda volta a andar, descemos do brinquedo e saímos do parque, fomos para a casa e lá tomamos um banho e fomos assistir alguma coisa...


Notas Finais


Amanhã tem lemon!!!!

UHUUUUUUU!

Bjus no kokoro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...