História Aiko // kim taehyung - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 7
Palavras 1.034
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - [1]


Fanfic / Fanfiction Aiko // kim taehyung - Capítulo 2 - [1]

Duas semanas depois do envio da candidatura.

- Não, Jane. Já te disse que não vou sair com nenhum rapaz! - Repeti, pela trigésima vez desde que começamos a conversa.

- Mas porquê? Já estás na universidade e nunca te vi sair com rapaz nenhum! - sim, eu Aiko Matsura consegui entrar na faculdade de fotografia de Seul. Sabia bem estar de volta à minha terra Natal.

- Eu ainda não estou oficialmente na universidade. - Disse, abrindo a porta do nosso pequeno apartamento.

- Por isso mesmo já devias ter tido, pelo menos, um encontro. Se não fosse esse cabelo deslavado... Pareces uma velha! - Jane, a minha meia irmã de origem inglesa nunca gostou do meu cabelo loiro platinado não cinzento como a mesma se refere a ele às vezes.

- Mas tens algum problema com o meu cabelo? E o que é que te diz que nunca tive um encontro? - Tenho fome.

- Infelizmente sou tua irmã...

- E o Br... - Peguei numa taça de cereais, do armário azul, que anima sempre as minhas manhãs. Mentira. Sou a pior pessoa matinal ou a qualquer altura do dia, sinceramente.

- Não, o Bryan do infantário não conta.

- Porque é que continuamos com esta conversa, mesmo?

- Porque tu precisas de alguém que te ature!

Que barulho é este? - Ouvi um ruído, seguido de risadas, no apartamento de cima - Estou a comer, e ninguém me interrompe quando estou a comer!

- Tu és tipo os cães, né? - Mandei-lhe um olhar de morte, que foi ignorado por completo, pelo que concluo que a minha missão de parecer má foi miseravelmente não sucedida. - Devem ser os vizinhos novos. Um passarinho contou-me que são 7 rapazes e são super giros.

- Orgia no prédio. - Qualquer dia o prédio torna-se numa casa de alterne com as lésbicas do quarto andar e agora isto. - Quantas horas os estiveste a espiar?

- Bom, eu estava a comer a minha maçã de manhã e, se calhar, ouvi algo e fiquei a "observar" da janela.

- "Observar"?

- Sim, observar. - Um silêncio desconfortável preencheu a divisão, ouvindo-se apenas o ranger dos cereais na minha boca. - Já sei! - Por favor, não vamos lá a cima. - Vamos fazer uma visita aos novos vizinhos.

- NÃO! - Atirei-me ao chão suplicando às criaturas do espaço que me levem de vez.

- Vá lá! Vai ser divertido. E são 7! Algum deve encaixar no teu perfil.

- Vai tu, faz sexo com eles e pode ser que te façam um desconto por seres a primeira cliente.

- Não preciso de fazer sexo com eles para os conhecer. - Defendeu-se.

- Tens razão basta só passar o dia à janela a olhar para o apartamento deles. - fiz uma pausa - Aposto que 3/7 são gays.

-Sabes que para isso tens de lá ir certo? - sorriu vitoriosa.

- Cala a boca e vamos.

Jane pegou nas chaves, arrastando-me consigo para fora do apartamento.

- Vamos pelas escadas. É mais rápido. - Pediu.

- Mas está tãoooo longe.

- Vá, vamos lá pelo elevador, preguiçosa.

- Não sou preguiçosa! Não gosto é de gastar a minha energia em ações que podem ser feitas de forma mais económica.

- Chegámos. Tinhas mesmo de trazer a taça de cereais? - Só agora me apercebera que a havia trazido.

- Uau! Já não te via assim tão excitadinha desde os saldos.

- Ahah! Que engraçada! Pensava que tinhas ido para artes, não para comédia! - Ironizou - Vou tocar.

- As as aulas ainda nem sequer começaram e já tenho de aturar maricas. - Sussurrei - Achava que as aulas só começavam pra semana.

- Olá! Sou a Jane, somos as vizinhas do 1° Direito.

- Annyeong! Eu sou o Jin! - abriu um sorriso caloroso.

- Por favor, arranjem um quarto. Prazer! - Disse, fazendo o sorriso mais falso que alguma vez fiz. - COM LICENÇA! DEIXA PASSAR! - E foi assim que penetrei o apartamento.

Talvez não devesse ter usado a palavra "penetrei". É o suficiente para por a minha cabecinha a pensar noutras coisas.

- Peço desculpa pela Akio. Ela é assim desde que a conheço.

- EU OUVI! - Deixa ver onde é que posso continuar a comer os meus cereais. Achei um sofá no meio de todas aquelas caixas de papelão. Mas estava ocupado. - Podes sair daí?

- Não. - Ai, que me vai dar uma coisa má - Já cá estava - Ai, caralho.

- Olha, é assim... - Fiz uma pausa para tentar controlar a raiva que corria dentro de mim - Ou sais daí ou eu passo-me da mioleira, bola de arroz - o loiro de olhos castanhos não se mexeu nem um centímetro.

- Tae, sai daí. Vá! - Proferiu o idiota que se apresentara como Jin.

- Sim, faz isso, bola de arroz. - Sorri.

- O meu nome é Taehyung. Kim Taehyung.

- Como queiras.

- Jane este é o... - Pronunciou Jin, apresentando Jenna a Taeyung.

- ...bola de arroz. - Interrompi.

- Akio, nós vamos andando, não é? - Disse Jane.

- Oh, sim. Estava só aqui a trocar umas palavrinhas com este indivíduo - Afirmei, enquanto Taehyung me olhava mortalmente.

- Muito prazer. - Disse Jane, esticando-lhe a mão.

- Não ficam para jantar? - Perguntou. - O resto dos rapazes foram ao supermercado comprar o jantar.

- O QUÊ? Ainda há mais? - gritei - Adiós muchachos - proferi enquanto deixava o apartamento quando esbarrei contra alguém - Vê lá por onde vais! - rapidamente senti o cheiro a leite e não eram os meus cereais, baixei lentamente a cabeça e deparei-me com um chão coberto de leite. Pude ouvir Taehyung rir virei-me perante esse gesto e dei de caras com o mesmo apoiado na ombreira da porta.

- eia, desculpa! - um rapaz com pele cor de açúcar e cabelo azul desculpou-se esfregando a cabeça com vergonha - Olá, o meu nome é Min Yoongi mas podes chamar-me Suga!

- És gay? Fazes parte dos 3/7?

- Não...

- Peço desculpa por ela. Eu sou a Jane, prazer! - tanta delicadeza até enjoa. - E vocês quem são? -Dirigiu-se a 4 duendes que se encontravam atrás de Yoongi. Até ao momento não tinha dado por eles.

- Estes são o Jungkook, Jimin, J-Hope e o Namjoon.

- Ché, credo tanta gente!

Copyright © _cxmg_ 2016 All Rights Reserved 



Notas Finais


• twitter: @_cxmg_

• instagram: @_cxmg_

• wattpad: @_cxmg_

Não sejam leitores fantasma falem comigo!!! Não mordo eheheheh Fighting <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...