História Ainda te amo - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Angel, Aquarius, Erza Scarlet, Evergreen, Flare Corona, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Ichiya Vandalay Kotobuki, Igneel, Jellal Fernandes, Jet, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Mavis Vermilion, Meredy, Michelle Lobster, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Sting Eucliffe, Taurus, Ur, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Nalu, Romance
Exibições 241
Palavras 3.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - Bônus


Fanfic / Fanfiction Ainda te amo - Capítulo 22 - Bônus

Como um pequeno barco no oceano

Com ondas grandes em movimento

Gosto como uma única palavra

Pode fazer um coração se abrir 

Eu posso ter apenas um fósforo

Mas posso fazer uma explosão

( Rachel Platten - Fight Song )

 

8 anos atrás....

 

Xxx - A princesa desse ano é..... Michelle Lobster 

 

Colocaram uma coroa na cabeça de Michelle e eu corri até ela segurando sua mão em seguida

 

Lucy - Nossa Michelle você foi a princesa, isso por que você é muito bonita!

 

Michelle - Sim e você foi o esquilo

 

Eu estava com uma fantasia de esquilo e todos riam de mim

 

Xxx - A Lucy é um esquilo

 

Xxx - Quer nozes queridinha?

 

Xxx - Feia, feia!

 

Lucy - Eu também vou ser a princesa um dia neh?

 

Michelle - Vai, quando você deixar de ser um bichinho

 

| LUCY |

 

Michelle penteava meus cabelos com certa força que sentia meus fios serem arrancados um por um deixando uma dor terrível. 

 

Michelle - Pronto

 

Ela virou meu rosto me fazendo olhar-lá

 

Michelle - Droga Lucy quantas vezes eu te avisei para não chorar? Olha só que você fez! Emborrou a maquiagem

 

Lucy - Me desculpa, deixa que eu limpo

 

Levantei e fui ao banheiro. Lavei o meu rosto e voltei para o quarto

 

Michelle - Vem aqui

 

Ela colocou um vestido bem apertado em mim e eu estava me sentindo sufocada. Ele era na cor pink, ia até meus pés, cheio e com muitos diamantes pequenos. Ela me maquiou novamente e minha aparência mudou, eu não parecia uma garota de 16 anos e sim de 25 anos.

 

Michelle - Você está linda

 

Lucy - Obrigada

 

Michelle - Agora senta ai e depois eu te chamo

 

Me empurrou fazendo-me sentar na cama e saiu do quarto batendo a porta com força, a mansão estremeceu e eu também. Me levantei e me olhei no espelho. Sorri com a minha mudança, eu não sou mas aquela menininha de antes. Meus cabelos cresceram estão muitos longos, tenho um corpo perfeito, seios fartos, cintura fina, curvas e....

 

Loki - Lucy você viu aquel....Nossaaa

 

Ele me olha dos pés a cabeça sorrindo maliciosamente. Eu e Loki frequentamos a mesma escola particular no centro, estudamos na mesma sala de aula onde todas as garotas são louca por ele. Loki é um garoto mas galinha do mundo, pega qualquer uma num picar de olhos. Ele tenta me conquistar mas sem sucesso, eu deixei bem claro que amo o meu rosado e nada no mundo irá mudar meus sentimentos por ele

 

Lucy - O que faz aqui?

 

Loki - É assim que recebe o seu amor?

 

Revirei os olhos. Ele fala para todo mundo que sou seu amor, tenho vontade de vomitar toda vez que ele abre a boca para falar  "amor"

 

Lucy - Não começa Loki por favor

 

Loki - Parei. Você está muito sexy 

 

Não respondo apenas sento na cama. Loki sentou do meu lado e ficou passando a mão em meus cabelos, tirei sua mão dali

 

Loki - Tá nervosa?

 

Lucy - Muito

 

Loki - Relaxa ok? 

 

Lucy - Sim

 

Loki - Sua amiga é muito linda, como ela se chama mesmo?

 

Lucy - Michelle e fique longe dela

 

Loki - Ah é? E quem vai me impedir?

 

Lucy - Eu. Loki ela é como uma irmã pra mim, não quero você ferindo os sentimentos dela

 

A porta se abriu revelando Michelle

 

Michelle - Já está na hora Lucy e você? Saía daqui

 

Loki sorriu e saiu. Peguei o meu colar e coloquei. Sai do quarto e fui para o local que todos me aguardavam, sim eu virei famosa. Todos se encontravam ali me olhando. Respirei fundo e subi no palco. 

 

Lucy - Boa noite a todos. Quero dedicar essa música a uma pessoa muito especial pra mim. Ele me conhece e sabe que essa canção é pra ele

 

Andei lentamente até o piano, as luzes se apagaram deixando apenas uma luz em minha volta. Fechei meus olhos e comecei a tocar lembrando do meu rosado. E assim cantei....

 

" I can almost see it

( Eu quase posso ver )

 

That dream I'm dreaming, but

( O sonho que estou sonhando, mas )

 

There's a voice inside my head saying

( Há uma voz dentro da minha cabeça dizendo )

 

You'll never reach it

( Você nunca vai alcançá-lo )

 

Every step I'm taking

( Cada passo que eu estou dando )

 

Every move I make, feels

( Cada movimento que eu faço, parece )

 

Lost, with no direction

( Perdido, sem direção )

 

My faith is shaking

( Minha fé está abalada )

 

But I, I gotta keep trying

( Mas eu, eu tenho que continuar tentando )

 

Gotta keep my head held high

( Tenho que manter minha cabeça erguida )

 

There's always gonna be another mountain

( Sempre haverá outra montanha )

 

I'm always gonna wanna make it move

( Eu sempre vou querer movê-la )

 

Always gonna be an uphill battle

( Sempre será uma batalha difícil )

 

Sometimes I'm gonna have to lose

( Às vezes eu terei que perder )

 

Ain't about how fast I get there

( Não é sobre o quão rápido eu chegarei lá )

 

Ain't about what's waiting

( Não é sobre o que está esperando )

 

On the other side

( Do outro lado )

 

It's the climb

( É a escalada )

 

Ouvi muitos aplausos, gritos, toquei no meu rosto e percebi que estava chorando. Lentamente abri meus olhos vendo pessoas de altas classes, famosos, luxo, riqueza mas isso tudo era apenas ilusão. Não samos felizes, dinheiro não compra felicidade. Meu pai me deu tudo casas, carros, lojas, fama, dinheiro mas nada me faz feliz. Eu não quero isso, quero ficar ao lado do meu rosado, será que é pedir muito?

 

Jude - Parabéns minha princesa você cantou muito bem.

 

Me abraçou 

 

Lucy - Temos que conversar

 

Ele me olhou confuso mas logo me saltou percebendo do que se tratava.

 

Jude - Não temos nada para conversar Lucy, não me vem com aquele assunto.

 

Eu ia abri a boca para falar mas ele impediu

 

Jude - Eu disse chega. Anda sorria para as câmeras.

 

Depois de bastantes fotos fomos para casa. Meu pai foi logo subindo para o seu quarto.

 

Lucy - Pai é sério espera

 

Jude - O que?

 

Lucy - Se passaram os anos, já está na hora de você cumprir com a sua promessa

 

Jude - Minha filha outra vez isso? 

 

Lucy - Sim papai. 

 

Jude - Para que você quer retornar aquele país? Não está satisfeita com tudo que eu tenho te dado? 

 

Lucy - Eu não quero o seu dinheiro, quero vê o meu rosado. Você disse que era apenas por quatro anos e já se passou onze anos. O que você acha que ele vai pensar?

 

Pergunto sentindo minha garganta e meu olhos arderem, tentei não chorar mas sem sucesso. Eu simplesmente não aguentava mais viver sem ele, é como se eu estivesse tendo um pesadelo e ninguém para me acordar. Nesses anos todos pude realmente perceber que o amo mas que tudo, ele tomou conta do meu coração. Eu o quero ao meu lado, necessito ve-lo não posso mas continuar aqui

 

Lucy - Por favor

 

Jude - Para de drama filha. Michelle vai arrumar Lucy 

 

Lucy - P-Pra que?

 

Jude - Iremos ter um jantar em família

 

Lucy - Por que não me avisaram?

 

Michelle - Por que não queremos

 

Loki - Como você é burra

 

Lucy - Eu vou tomar banho

 

Tomei um banho demorado, quando fui para o quarto Michelle estava com a escova em sua mão e voltou aquela dor insuportável. 

 

Michelle - Vista isso

 

Ela jogou uma blusa branca e short um pouco curto. Me vesti e descemos.

 

Loki - Linda como sempre

 

Lucy - Boa noite vovó

 

Ela me ignorou dei um beijo no rosto dela e me sentei. Minha vó do nada apareceu e mora com a gente, ela adotou Michelle.

 

Vovó - Não gosto de vê minha filha sendo babá dessa garota Jude, ela não é mais criança

 

Jude - Não obriguei Michelle a cuidar de Lucy aceitou por que quis

 

Lucy - Hei calma ai pai, e vovó eu também me sinto mal por ter alguém cuidando de mim mas Michelle precisava de um emprego não é mesmo?

 

Michelle - Infelismente

 

Vovó - Igual a mãe sempre querendo se dar de uma heroína.

 

Riu e começou a comer, fiz o mesmo. Depois de alguns minutos em silêncio minha vó voltou a falar.

 

Vovó - Ainda com essa promessa ridícula Lucy?

 

Fiquei confusa, segui o seu olhar e ele parou em meu colar.

 

Lucy - Ah....sobre isso....sim 

 

Vovó - Eu tenho pena de você por ser tão estúpida

 

Lucy - Vovó eu não vou desistir dele por mais que você queira. Eu o amo e em breve ficaremos juntos novamente

 

Eles começaram a rir e tipo muito alto mesmo. Como se eu acabasse de contar uma piada mais engraçada do mundo. 

 

Vovó - Você é louca

 

Loki - Eu até tentei conquistar-la mas sem sucesso.

 

Michelle - Tô começando a me preocupar com você

 

Sorri fraco e voltei a comer. Era sempre a mesma coisa, mesmo xingamento, mesmo insultos. Após a janta eles foram para os seus quartos.

 

Lucy - Deixa isso comigo pode ir

 

Tomo os pratos de sua mãos

 

Empregada - Por favor Lucy se o seu pai descobrir que você está me ajudando ele irá me despedir

 

Lucy - Ele não seria louco

 

Empregada - Mais...

 

Lucy - Nada de "mais" e vai descansar

 

Empregada - Você é um amor

 

Lavei muita louça mas enfim terminei, meus dedos estavam enrugados, minhas mãos cansada. Olhei para o relógio e era muito tarde sai da cozinha e me estranhei ao vê a porta aberta, fui até a mesma e algo me chamou muita atenção. O céu cheios de estrelas. Fiquei andando enquanto admirava as estrelas quanto me dei conta já estava no jardim.

 

Xxx - Lindo neh?

 

Lucy - Muito

 

Sorri pra sombra e voltei admirar o céu....ESPERA! Eu disse Sombra?

 

Lucy - O qu-

 

A pessoa tampou minha boca e me arrastou para o fundo do jardim. Me jogou no chão e ficou por cima de mim abri meus olhos e percebi que era um garoto com cabelos loiros.

 

Xxx - Cala boca ou eu te mato aqui mesmo

 

Lucy - O que você quer?

 

Xxx - Uma coisa rápida

 

Ele rasgou minha blusa depois tentou tirar meu sutiã. Percebi sua intenção e o empurrei longe

 

Lucy - NÃO

 

Xxx - Maldita

 

Senti meu braço ser rasgado

 

Lucy - Aaaah

 

Gemi de dor, toquei no mesmo e estava sangrando. Ele....me cortou?

 

Lucy - SOCORRO!! PAI , MICHELLー

 

Não consegui completar a frase pois ele tinha me dado um tapa na cara. Senti gosto de sangue em minha boca

 

Xxx - Ninguém vai te ouvir garota

 

Ele puxou meus cabelos me fazendo encara-lo

 

Xxx - Anda me diz, onde está o cofre? 

 

Lucy - E-Eu não s-sei moço

 

E era verdade eu não sabia onde estava esse cofre. Eu já estava chorando, sentia meu sangue escorrer pelo meu braço. 

 

Xxx - Você acha mesmo que eu vou acreditar nesse papinho de não sei? Me poupe de suas palavras garota, fala logo ou morra 

 

Ele pegou uma faca enorme e colocou em meu pescoço. Um desespero tomou conta de mim, eu vou morrer assim?

 

Lucy - Eu já disse que não sei

 

Xxx - O dinheiro vale mais do que a sua própria vida? 

 

Riu

 

Xxx - Egoísta. Me chamo Sting Eucliffe ou melhor Meia nove e nos vemos no inverno.

 

Senti meu outro braço ser rasgado também. Comecei a ficar em pânico

 

Lucy - SOCORRO!! PAI , MICHELLE, LOKI, VOVÓ ALGUÉM ME AJUDAR POR FAVOR!!

 

Gritei com toda minha força mais o que recebia era só silêncio. O garoto ria cada vez mais alto do meu desespero, eu irei morrer aqui? Não eu não posso mas quem irá me socorrer? Quem veio em mente foi o meu rosado mesmo eu chamando por ele, ele não irá me ouvir.

 

Lucy - NATSU

 

Gritei. Senti minha dor passar, olhei para o garoto o mesmo me olhava com os olhos arregalados. 

 

Sting - N-Natsu? E-eu c-conheço esse nome

 

Do nada o garoto pulou o muro. Respirei aliviada, mais por que aquele garoto estava tão assustado? Natsu o que você está fazendo? Voltei pra casa com muita dificuldade e subi para o meu quarto até que ouvi uns gemidos

 

Xxx - Isso....me fode...Oh 

 

Xxx - Assim?....é assim que você quer?

 

Segui as vozes e elas viam do quarto do meu pai, Caminhei até seu quarto e sua porta se abriu assim que a toquei me apoiando, e o que eu vi despedaçou meu coração. Safira a empregada estava nua de quatro na cama e meu pai metia nela a fazendo gemer e sussurrar baixinho enquanto ele apenas a comia por traz. Eu não acredito que eles estão fazendo isso enquanto eu me se encontrava em perigo. Sai de lá e fui para o meu quarto, tratei da minha ferida e tentei dormi. Não conseguia dormir pois Safira não parava de gemer o nome do meu pai, coloquei os fones de ouvidos e mesmo assim foi inútil, o que eu sentia nesse momento era só nojo. Depois de algumas horas eles finalmente ficaram em silêncio, me bateu uma fome e desci para comer alguma coisa. Acabei fazendo cereal.

 

Empregada - Oi

 

Lucy - Safira?

 

Empregada - Eu mesma por que a surpresa?

 

Lucy - N-Nada

 

Empregada - Eu vi você nos observando 

 

Lucy - Me desculpa não foi a minha intenção, eu vou voltar a dormir! 

 

Me viro indo a saída da cozinha mas ela segurou o meu braço

 

Empregada - Quero te dar um aviso

 

Lucy - S-Sim

 

Empregada - Não se meta entre mim e seu pai pois em breve eu serei a esposa dele e não estou afim de lidar com você! Infelismente você não é mais uma criancinha inútil, porque se fosse pode ter certeza de que eu te mandaria para um orfanato.

 

Eu não acreditei no que ouvi. 

 

Lucy - Do que você está falando? Para de brincar

 

Empregada - Não estou brincando sua marginal. E se você não me deixar em paz com o Jude muita coisa pode acontecer e eu te garanto que não serão boas.

 

Lucy - A gente nem tem família, eu sou única filha dele por que você quer me eliminar?

 

Empregada - Não interessa

 

Lucy - O que você quer com o meu pai?

 

Empregada - Adivinha

 

Lucy - Dinheiro? 

 

Empregada - Acertou!! 

 

Bateu palmas. 

 

Empregada - Garota eu só quero ser reconhecida por todo mundo ou você acha mesmo que eu vou ficar casada com o imprestável do seu pai? Claro que não! Seu pai é rico, dono de uma empresa, tem uma bela mansão e assim que eu me casar eu serei a encarregada disso 

 

Lucy - Você está enganada eu não vou deixar isso acontecer

 

Empregada - E vai fazer o que? Correr igual uma barata e dizer que eu te ameacei? Querida você tem muito o que aprender

 

Lucy - Eu vou contar pra ele

 

Empregada - Vai em frente e me avisa quando ele acreditar

 

Lucy - Você não presta

 

Empregada - Não mesmo

 

Ela saiu gargalhando feito uma louca. Uma semana se passou e eu tentei de qualquer jeito mostrar ao meu pai quem realmente Safira é mais ele não me dava ouvido. 

 

Loki - Então quer dizer que a empregada quer roubar o dinheiro do seu pai?

 

Lucy - Sim

 

Loki - Você está louca

 

Lucy - Claro que não! Eu estou falando a verdade

 

Loki - Safira é uma pessoa de alta confiança, como ela poderia fazer isso?

 

Lucy - Porque você não ouviu as coisas que ela me falou! Enfim só acredita em mim

 

Loki - Vou fingir que acredito

 

Lucy - Loki, é sério

 

Loki - Tudo bem vem aqui

 

Me puxou para o seu lado

 

Loki - Será que eu tenho uma chance com você?

 

Lucy - Não começa

 

Loki - Sobre o que você quer conversar?

 

Lucy - Meu pai?

 

Loki - Lucy ele não é mais inocente então deixa ele descobrir sozinho ok?

 

Lucy - Mas eu tenh-

 

Loki - Chega vamos mudar de assunto

 

Conversamos por um bom tempo até que ele resolveu procurar Michelle. Ainda não engoli essa história de ladrão, cofre e empregada, talvez eles sejam cúmplices. Pesquisei sobre Sting Eucliffe e nada apareceu, então tentei Meia nove e me assustei. Realmente ele é um ladrão, mas é um iniciante. Ele está em terceiro lugar no ladrão mais perigoso da França, até agora ele matou 400 pessoas. Mais isso não significa nada o pior era esse tal de Bizzle, ele está em primeiro lugar. Ele sim é um mostro, matou 17 mil e oitocentos pessoas ninguém consegue pega-lo nem mesmo a polícia. Seja o que for, isso tudo é muita loucura.

 

Loki - Ladrões?

 

Lucy - Sim. Eles são terríveis

 

Loki - Realmente

 

Lucy - Me conta sobre você e a Michelle

 

Loki - Não tenho nada para contar

 

Lucy - Você foi falar com ela ué

 

Loki - Eu a convidei para sair

 

Lucy - Que romântico

 

Loki - Mas não é um encontro ok?

 

Lucy - Você tá com ela toda hora

 

Loki - Isso não significa que eu estou apaixonado por ela

 

Lucy - Loki não fica assim, eu já disse que tenho namorado

 

Loki - Sim você tem mas ele está aqui por a causo? Não Lucy, ele não está!

 

Lucy - Eu não tenho culpa se você não tem sentimentos, só gosta de usar, magoar e destacar. Poxa cara eu não sou você, aprenda uma coisa Loki quem ama não trai, então por mais que você tente eu não vou ficar com um idiota feito você

 

Ele arregalou os olhos depois baixou a cabeça. Eu nunca não tinha falando desse jeito. Ele realmente estava chateado mais o que eu poderia fazer? Eu não gosto dele, a não ser como amigo.

 

Lucy - Eu não sinto nada por você Loki, aceite

 

Tento ser mais suave possível, mas sei que minha voz saiu um pouco rude.

 

Loki - Tudo bem eu desisto

 

Lucy - Por que você faz isso? Por que não podemos ser só amigos?

 

Loki - Só falo se você me prometer que não vai contar para ninguém 

 

Lucy - Eu prometo

 

Loki - Seu pai me pagou para eu fazer você esquecer esse tal de Natsu

 

Por algum motivo eu não fiquei supresa, a única coisa que eu sentia naquele momento era desprezo.

 

Lucy - Acho que já está na hora de você por um fim nisso, não acha?

 

Sai de lá e fui para o meu quarto. Peguei Michelle sentada na minha cama, com uma caixa no colo e segurando uma foto. Cheguei mais perto e vi que era minha caixa, a caixa que eu guardei as lembrança do meu rosado. E a foto que ela segurava era minha e do Natsu.

 

Lucy - Michelle

 

Sussurei e ela se assustou assim que viu minha presença. Levantou derrubando tudo

 

Michelle - Lucy....eu...isso...é....você não estava conversando com o Loki?

 

Lucy - Estava mais resolvi ficar sozinha.

 

Ela escondeu a foto no bolso, antes que eu pudesse falar alguém me interrompeu

 

Jet - Lucy?

 

Lucy - Oi

 

Jet - Que tal fazer as malas?

 

Lucy - Pra quê?

 

Jet - Tive uma conversa com seu pai e ele finalmente deixou você voltar

 

Um longo sorriso brotou em meus lábios. Em um piscar de olhos corri até ele. Não sei o que aconteceu, só sei que eu estava no chão abraçada ao Jet chorando

 

Lucy - M-Muito obrigada, e-eu te amo

 

Eu chorava feito uma criança, mas o que eu poderia fazer? Nunca estive tão feliz, eu finalmente vou ver o Natsu. Fiquei chorando e rindo ao mesmo tempo por alguns minutos até que Jet se afastou. Eu não acreditei no que ouvi, parecia que eu estava sonhado

 

Lucy - Sério?

 

Jet - Sim

 

Michelle - E quando nós vamos?

 

Lucy - Como assim "quando nós vamos"?

 

Michelle - Eu e você bobinha. Também quero conhecer esse seu namorado

 

Jet - Daqui a um mês

 

Michelle - Agora entendo o porque da Lucy não desistir dele, ele é a criança mais linda que já vi na vida

 

Lucy - N-Não é nada disso

 

Olhei pra Jet o mesmo me encarava sério

 

Lucy - O que foi?

 

Ele respirou fundo depois passou a mão no rosto

 

Jet - Lucy você tem certeza que vai querer voltar?

 

Lucy - Claro por que a pergunta?

 

Jet - Princesa escuta você acha mesmo que ele irá lembrar de você?

 

Lucy - Óbvio Jet. Para de fazer essas perguntas!

 

Jet - Estou apenas com medo de ele não te reconhecer. Já se passou muito tempo, Natsu tem praticamente 18 anos.

 

Lucy - Pode ter 18 mais não tem amnésia

 

Jet - Mai-

 

Lucy - Jet eu prometi e vou cumprir e tenho certeza que ele está me esperando.

 

Michelle - Assunto encerrado. Eu irei com você Lucy também quero conhecer-lo

 

Ela sorriu pra mim com um sorriso....falso talvez? Devo está louca

 

Lucy - Sim

 

Sorri. Falta apenas um mês e estarei de volta.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...