História Ain't my fault - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hibridos, Jungkook, Lobos, Sobrenatural, Universo, Vampiros
Exibições 15
Palavras 1.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie pessoas !! Sei que estive sumida por alguns dias, mas estou de volta.
O motivo do meu sumiço é que eu estive tendo muitos compromissos e também tive uma bloqueio mental forte. Mas eu estou aqui de volta para mais um um capítulo.

Boa leitura a todos !! :)

Capítulo 6 - Mágoas do passado


Fanfic / Fanfiction Ain't my fault - Capítulo 6 - Mágoas do passado

- Philip invadiu a mente dela. - Jin afirmou, fazendo todos ali arregalarem os olhos.

- Desde quando ele tem esse poder ? - Taehyung perguntou - Que eu me lembre ele é o rei dos Acton, mas não tem o poder de entrar na mente das pessoas, muito menos de vampiros !! - Exclamou ainda atônito.

- Dentro dos Acton não existe ninguém poderoso a este ponto - Falou Jungkook - A não ser...

- Aimee - Jin pronunciou e seus olhos ficaram roxos.

Aimee... Aimee, esse nome me parece familiar. Sinto que conheço essa Aimee, será que ela tem algo relacionado ao meu passado ?

- Desculpe, quem ? - Perguntei.

- Aimee, é uma bruxa. - Nikki falou olhando para Jin - Aimee já foi o amor da vida de Jin. Eles dois eram amigos, mas Jin a via de uma forma diferente. Ele fazia tudo por ela, mesmo sabendo que poderia ser algo perigoso. Aimee nunca se importou com ninguém sempre quis mais e mais em suas mãos. Ela queria poder e sabendo que Jin a amava, fez o mesmo de bobo e o colocou em um buraco. Aimee queria poder mas era fraca, então mandou Jin fazer o trabalho sujo por ela. Na época, existia um híbrido poderoso, que podia mandar em qualquer um, ele tinha um poder precioso em mãos e certamente Aimee queria para poder ser uma bruxa tão grande quanto Jin. Aimee manipulou Jin para que o mesmo deixasse o híbrido ao pior ponto possível. Jin o fez ficar fraco e morrer a cada segundo que se passava do dia, ele o enfraqueceu, o tratou como nada. Jin o matou aos poucos, mas um pedaço dele ainda o deixava vivo : Os seus poderes. Aimee sabia que Jin não reclamaria, falou ao mesmo que se fizesse o que a mesma queria, daria todo o amor que tinha para o Mago. Jin estava cego pelo amor então fez o que a mesma queria, matando o híbrido e dando a ela poder. Porém Aimee tinha planos, ela nunca pensou em Jin e sim, no que ele poderia fazer por ela. Aimee depois de pegar todos os poderes do híbrido, se fortaleceu e apaggou Jin o deixando sozinho e indo embora... - Nikki terminou.

- Não sinto mais amor por ela e sim, ódio !! não consigo acreditar que fui tão burro. - Falou com os olhos marejando.

- Quem era o híbrido ? - Perguntei a eles. Nikki olhou para Suga que estava fitando o chão. - Como você ainda está vivo ? - Perguntei.

- Ela tirou uma parte de meu poder. - Falou agora olhando para mim - Não  sou mais híbrido e nem tão poderoso assim, mas ainda estou vivo e tenho um pouco de poder. 

O clima ficou tenso e ninguém pronunciou nada por minutos. Jin olhou para mim e depois para Jungkook, foi para dentro de casa e eu fiquei com o resto do pessoal do lado de fora.

- Eu não tenho mágoas dele. Todos fazem coisas idiotas por amor !! - Suga exclamou, indo para dentro da floresta. Sayu correu atrás dele. 

- Viu ? Todos tem histórias ruins princesa !! - Taehyung falou, se pondo a minha frente - Agora vamos continuar, me hipnotize. - Mandou olhando em meus olhos.

- Você vai fazer extamente o que eu mandar, entendeu ? - Falei sussurrando vendo ele assentir. Todos prestavam bastente atenção em nós - Fale o que quer fazer, eu vou conceder seu pedido. - Falei em seu ouvido.

- Posso te beijar ? - Perguntou baixinho.

-Você quer me beijar ? - Perguntei agora normalmente, enquanto ele assentia com a cabeça - Desculpe, mas não são todos que tem esse prazer. - Falei olhando diretamente para Jungkook.

Saí de perto de Taehyung. O olhei, o mesmo estva com uma cara de confuso.

- Parece que deu certo. - Jungkook falou com um tom meio seco.

(...)

Eu estava sozinha, naquele quarto que eu não sei se posso denominar de meu. Tentei me lembrar de algo que pudesse me ligar a tal de Aimee. Não sei de que parte da minha vida ela participou ou não sei lá, mas eu tenho a impressão de que eu conheço a Aimee.

Minha cabeça começou a doer muito. Estava vendo algumas imagens, mas não sabia quem era. Comecei a gritar.

- Aimee, ajude Diana a caçar!! - Uma mulher loira de olhos verde falou a uma menininha  ruiva de olhos castanhos claro.

- Claro, mamãe !! Vamos Diana será divertido !! - A menininha falou me puxando a uma floresta que ficava em frente a uma casa verde no meio desta floresta.

Ela começou a falar docemente cada passo para eu conseguir uma presa. Ela parecia ser uma pessoa tão boa. Me mandou fechar os olhos e focar no cheiro de sangue. Eu conseguia sentir um cheiro muito bom vindo ao oeste, corri até lá e devorei o sangue do animal. A suposta Aimee apareceu em meio a uma fumaça.

- certo, venha comigo te mostrarei um lugar secreto. - Falou seguindo uma trilha.

Me pus a segui-la, Aimee parou atrás de uma grande rocha, ela entrou desntro de um buraco e me deparei com uma espécie de caverna suja e fedida.

- O que estamos fazendo aqui ? - Perguntei a Aimee.

- Esse é meu lugar especial, te trouxe porque a considero minha melhor amiga !! - Falou sorrindo. Nos sentamos e começamos a brincar.

- Aimee, você e minha tia são pessoas muito especiais para mim. - Falei.

- Minha mãe também é muito especial, lembro - me do dia que ela chegou com você no colo. Fiquei tão feliz ao saber que adquiri uma irmã - Falou me olhando - Eu faria de tudo por ela. 

(...)

- MAMÃE - Aimee gritava chorando, a pequena casa verde estava em chamas - MAMÃE NÃO ME DEIXE, EU TE AMO. 

A pequena menininha de cabelos ruivos virou-se lentamente para mim e me olhou com fúria em seus olhos.

- É tudo sua culpa !! - Exclamava furiosa - Peguem-na podem leva-la ela matou minha mãe. - Falava com os olhos vermelhos.

- Não Aimee, me ajude, não deixem me levar. - Implorava para a mesma chorando.

Olhei em volta e estava no meu quarto, meu peito subia e descia rapidamente e eu  estava suando frio. Estava deitada no colo de Jungkook, ele acariciava meus cabelos calmamente enquanto cantarolava baixinho.

- Calma, está tudo bem. - Ele falou sussurrando - Você está bem. - Afirmou novamente.

- Fica aqui comigo ? - Perguntei - Estou assustada, só por esta noite, fique aqui por favor !! - Implorei ao mesmo chorando.

- Shhh, calma - Falou - Eu fico aqui, está tudo bem. - Sussurrou.

Ele continuou sussurrando '' está tudo bem '' até eu pegar no sono. Nesta noite eu dormi nos braços daquele que estava mais próximo. Não implorei para que ele ficasse pelo fato de ser eu estar desenvolvendo um sentimento por ele, e sim pelo fato de estar muito mal.

Me surpreendeu o fato de que Aimee fosse alguém que eu convivi. Ela deve levar esse ódio por mim até hoje, ser ela deve ser ruim. Alimentar esse ódio por anos deve ser sufocante, saber que sua mãe morreu por causa de outro alguém também deve. Não sei exatamente como é a dor dela, mas perder alguém que ama não é fácil. Sua mãe não ia querer que ela fosse assim. Afinal, pra quê Aimee precisa de poder ? 


Notas Finais


Obrigada por lerem, espero que tenham gostado!!
Até o próximo capítulo !!
Kisses :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...