História Akai Ito - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiacos de Garuda, Aioros de Sagitário, Camus de Aquário, Hades, Hyoga de Cisne, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião
Tags Camus De Aquário, Camusxmilo, Milo De Escorpião
Exibições 22
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei! Pra quem tiver acompanhando, trouxe o segundo capítulo de Akai Ito!
Quero agradecer ao comentário da ~Disukidragon no capitulo anterior!

Antes de começarmos, alguns avisos são importantes:
*Os versos nos inicio de cada capitulo pertence a mim, salvo se houver algum aviso;
* Os personagens pertencem ao Masami Kurumada
*As imagens não pertencem a mim, salvo algum aviso;
*As personalidades de alguns personagens podem estar alteradas;
*A aparecia física de alguns personagens foram tiradas do mangá, enquanto de outros foram retiradas do anime.

Acho que é isso! Boa leitura!

Capítulo 2 - Cap 2 Numb: I'm tired of being what you want me to be


Fanfic / Fanfiction Akai Ito - Capítulo 2 - Cap 2 Numb: I'm tired of being what you want me to be

Cap 2 – Numb: I'm tired of being what you want me to be

Um sorriso no rosto

Não, uma lágrima

A dor nunca mostrada

Alto, forte, ombros largos, pele bronzeada, cabelos loiros, sorriso radiante, olhos azuis como céu, sexy. Era assim que qualquer garota descreveria Milo, o menino de ouro do Colégio Santuário. Praticava atletismo e jogava futebol, mas sua paixão era a natação, sonhava em ser medalha de ouro nas olimpíadas, mas por enquanto se contentava em ser capitão da equipe e ser o maior medalhista da história do colégio.

Mas ele não era só atleta, ele também era considerado um gênio, tinha notas altas e sem precisar se esforçar, o que ele agradecia, já que odiava estudar, seus pais, Kardia e Bianca, até queriam que ele fosse para uma escola técnica, onde seu intelecto seria mais bem explorado, mas ele não quis, afinal, na escola técnica não tinha equipe de natação.

Para quem visse de fora, acharia a vida de Milo perfeita: Pais que o amavam e que estavam sempre presentes, uma bela casa, um bom colégio, muitos amigos e muitas garotas e garotos. Mas Milo não se aguentava mais. Não aguentava a pressão. Ele queria viver, algo que nunca pode fazer, ele apenas existia, existia para fazer seus pais felizes, afinal, eles lutaram muito para que ele pudesse nascer. A mãe de Milo teve muitas complicações que afetaram seu sistema reprodutor, e somente após muita luta ela conseguiu dar à luz a seu único filho, já que ela teve que retirar o útero logo após.

Sabendo dos sacrifícios dos pais, Milo se sentia na obrigação de retribuir sendo um filho exemplar, mesmo que isso significasse que ele nunca seria realmente feliz. Por isso ele praticamente não bebia, não usava nenhum tipo de drogas e nem fumava, apesar de ter uma curiosidade imensa, já que a maioria de seus amigos faziam uso principalmente de maconha.

Milo ansiava por uma grande aventura, ansiava por viagens, pessoas diferentes, mas seus pais ficavam loucos até mesmo quando ele tinha que ir para outra cidade competir, e esse e era o único motivo para sair da cidade em que morava. Eles não gostavam de viajar e acreditavam que algo poderia acontecer com seu precioso filho caso ele saísse da vista deles por muito tempo. Então Milo se sentia preso dentro daquela cidade, que, por mais que fosse uma grande cidade, ainda assim não era suficiente para ele que se sentia preso em sua bolha criada por seus pais.

Não tinha nenhum relacionamento sério, apesar de ter tantas garotas e garotos atrás dele. E eram de todos os tipos, líderes de torcida, nerds, do coral, outros atletas, a lista era grande. Ele saia com alguns, mas nenhuma o interessava de verdade. Ele acreditava em amor verdadeiro, e era isso que ele queria. Na verdade ele queria mais, queria uma pessoa que não apenas o completasse, mas que o fizesse transbordar. Ele acreditava que todos estavam destinados a alguém assim, mas sabia que nem todos conseguiam se encontrar, mas ele iria esperar.

Os amigos de Milo eram todos atletas da equipe de natação, eles eram três: Aioros, Afrodite, Carlo, conhecido como Máscara da Morte, mas ninguém sabia o porquê. Eles eram bons amigos, por isso formavam uma equipe tão boa, eram incríveis no revezamento livre 4 x 100, haviam garantido o ouro nos jogos escolares do ano anterior e estavam confiantes para mais um este ano. E por isso Milo levava a sério os treinos, não queria decepcionar os amigos.

Pensando bem, Milo não vivia apenas em função de agradar aos pais, mas também aos amigos, aos professores, e a todos da escola que contavam com ele para trazer medalhas para a escola. Por isso se entregava ao esporte. Há muito tempo ele se sentia mal com isso, não queria ter toda essa responsabilidade, mas ele agiu assim por tanto tempo e agora era isso que todos esperavam dele, são tantas coisas que ele gostaria de não ter feito, porque assim, talvez, ele seria mais feliz.

E naquela manhã, mais um início de período chegava e trazia com ela algo que mudaria não só a vida dele, mas de todos ao seu redor.


Notas Finais


E ai? O que acharam do nosso querido Milo? Assim como o Camus vai ter uma música, o Milo também vai, e a dele é a Numb da banda Link Park, caso alguém não conheça: https://www.youtube.com/watch?v=kXYiU_JCYtU

O próximo capitulo já será maior, e outros personagens vão aparecer!

No mais, espero que tenham gostado! Me perdoem por qualquer erro! Criticas e sugestões são sempre bem vindas! Até o próximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...