História Akai Ito - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, Monsta X, Seventeen
Personagens BamBam, Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hyung Won, I'M, Jackson, JB, Jeon Wonwoo, Jinyoung, Joo Heon, Junghan "Jeonghan", Ki Hyun, Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Mark, Min Hyuk, Seungcheol "S.Coups", Show Nu, Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Won Ho, Xu Ming Hao "THE8", Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, 2won, Changki, Hozi, Hyungwonho, Jackbam, Jeongcheol, Joohyuk, Junhao, Markjin, Meanie, Minheon, Seokchan, Soonhoon, Verkwan
Visualizações 130
Palavras 2.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI! Voltei
Acabei de fazer kkkkk
Desculpa qualquer erro
Boa leitura

Capítulo 16 - Mau Dia


Fanfic / Fanfiction Akai Ito - Capítulo 16 - Mau Dia

MINZY ON

SASHA: Chega Minzy – tentava me convencer a desistir da minha raiva por aquele viado – só sobrou você, todos nos desistimos.

MINZY: Por que vocês são covardes – disse já com raiva.

SASHA: É tão difícil admitir que perdeu por um homem? – comentou rindo – Jooheon já me odeia e isso é culpa sua – reclamou – só conseguiu próxima eles ainda mais – deu de ombro. Fui pra cima dela, mas Park me segurou.

PARK: Você enlouqueceu? Chega acabou – me empurrou – você perdeu.

MINZY: EU NUNCA VOU PERDER – gritei

SASHA: Adeus Minzy – comecei a rir – e melhor tentamos contar por meninos – sussurrou por Park, mas eu consegui ouvir.

MINZY: É melhor correr – sorri sarcástica – qualquer momento eu posso atacar.

                                         X

JOOHEON ON

Deixei o Minnie dormindo quando eu fazia o café da manha pra ele já que precisávamos acordar cedo pra ir no hospital tira a bota. Ouvir o telefone toca e corri pra atender.

JOOHEON: Alo! Quem fala? – sentei no sofá

SHOWNU: Ainda esta ai – reclamou

JOOHEON: É claro. Estou cuidado muito bem do Minnie – provoquei

SHOWNU: Que seja hoje não vai der curso – disse bravo

JOOHEON: Ótimo posso fica mais tempo com o Minnie – sorrir

SHOWNU: Muleque – desligou

Comecei a rir ate que eu sinto um cheiro de queimado.

MINHYUK: HONEY! – me gritou do quarto – O QUE VOCE ESTA QUEIMANDO AI!

Sai correndo pegando a panela esquecendo que ela estava quente e queimando minha mão deixando a panela cair fazendo um barulho imenso.

MINHYUK: Honey? – apareceu no alto da escada – deixa eu pega a caixa de primeiro socorros – correu meio mancado já que estava curado.

JOOHEON: Não força a perna Minnie – reclamei sentado de novo no sofá – mesmo que esteja curado – pegou e voltou – sua Omma me mata – sussurrou fazendo bico.

MINHYUK: Aigoo muito açúcar logo de manha – deu um selinho me fazendo rir – ta próxima vez toma cuidado sim.

JOOHEON: Cuidarei – balancei a cabeça confirmando – vamos tomar café na frente do hospital – e ele concordou terminando de passa a faixa na minha mão – nosso café virou pó de novo.

MINHYUK: So voce mesmo Honey – sorriu. Aquele sorriso aquece meu coração – vamos?

JOOHEON: Sim e ah seu querido “irmãozinho” avisou que não dera curso hoje – ele levantou minha sobrancelha quando eu disse do seu querido irmão – pelo menos eu vou poder fica mais um pouco com voce ate eu ir embora – disse cabisbaixo e ele me olhou confuso.

MINHYUK: Quem disse que você vai embora? – agora foi minha vez que olha confuso – você ficara comigo – disse e se virou entrado no hall colocando o sapato.

Fiquei parado sorrindo bobo passando as mao pelo rosto quente, com certeza eu estava corado. Peguei minha blusa no sofá indo por hall.

MINHYUK: AI! – ouvi ele gritando e sai correndo de meia mesmo passando pelo hall.

Encontrei-o no chão reclamando da sua bunda esta doendo e a vizinha dele quase entrado entro da parede com a mão no peito.

JOOHEON: Que raio aconteceu aqui? – perguntei pra ambos mais ninguém respondeu.

A velinha se arrumou balançado a roupa e olhou pra mim picando e se virou rebolando ate sua porta.

Meu deus que horror.

Eu que quase atravessei a parede pra fugi dela.

Ajudei o Minnie a se levantar e olhando se ele tinha se machucado.

MINHYUK: Aquela velha me assustou quando abrir a porta que ate me fez cair – disse bravo – se ela olhar de novo pra você com interesse eu tiro isso e taco na cabeça dela – apontou pra bota.

JOOHEON: Não será preciso sim – selei nossos lábios.

MINHYUK: É impressão minha ou hoje não e um bom dia – suspirou.

JOOHEON: Eu espero que melhore – concordou e saímos indo por hospital.

                                          X

SEUNGKWAN ON

Todos em casa descansados e eu aqui na universidade olhando os bolos pra ver se tudo estava certinho. Mas o pior e procura o Vernon pelas salas pra ele me ajudar pra irmos em casa jogar mas não eu que tenho que fazer tudo aqui.

SEUNGKWAN: VERNON! VERNON! – gritava passando pelos correndo ate que ouvi um barulho de bola no campo.

Corri ate lá abrindo a porta e... 

SEUNGKWAN: AI! – fui acertado por uma bola de beisebol bem no meu nariz me deixando tonto e caindo no chão – alguém anotou a placa do caminhão? – toquei no meu nariz dolorido – AI! – choraminguei.

VERNON: Kwannie – me ajudou a levantar – você se machucou? – nãooo que isso – desculpa Amor – Amor? Agora ele vem com Amor.

SEUNGKWAN: Corre – sussurrei levantado a cabeça olhando o céu e me chegou mais perto confuso – CORRE VERNON – grite o assustando – SE EU DE PEGA EU MATO VOCE – saiu correndo e eu atrás.

VERNON: EU JÁ DE PEDI DESCULPA – gritou ainda correndo pelo corredor.

SEUNGKWAN: EU VOU PDE PEGAR VERNON – gritei de volta

VERNON: FOI SEM QUE... – bate com tudo no armário da parede. Não me pergunte como isso aconteceu que ate eu não sei.

SEUNGKWAN: Vernon – o chamei batendo em seu rosto ate que ele abriu os olhos – você esta bem? – confirmou tocando seu nariz resmungando em seguida – viu como dói – sorriu se sentado – desculpa Amor – comecei a rir e ele junto.

Puxei o beijando, mas nossos narizes se tocaram e reclamamos colocando a mão tentado passa a dor.

VERNON: Mau dia – choramingou se levantado me abraçado de lado e fomos indo a cozinha colocar gelo no nariz – mau dia.

                                  X

S.COUPS ON

Dor? Dor era pouca.

Sentado no sofá do Hannie reclamado de dor no dedo do pé.

Por quê? Só chutei a sua cama quando fui beija-lo no quarto às escondidas.

S.COUPS: Como pode dor tanto assim? – perguntei pra Omma dele que torce o saquinho de gelo – nem chutei forte.

SRA.YOON: É assim mesmo – colocou o gelo no meu pé. Arrepio ate o ultimo fio de cabelo.

JEONGHAN: Omma – gritou de lado em cima – me ajuda.

Sra.Yoon correu escada a cima e eu fui mancado ate lá subindo um degrau de cada vez. Encontrei-o com o cabelo preso na... Porta? Como?

Eu e a Sra.Yoon ajudamos ele a tira o cabelo de lá e o abracei beijando seu cabelo.

JEONGHAN: Como isso aconteceu? – perguntou sem entender – fui fecha e prendeu.

S.COUPS: Estranho – sussurrei – nos dois se machucado.

JEONGHAN: O dia começou péssimo – reclamou e beijei sua testa concordando.

                              X

MINGYU ON

Eu e Wonwoo estávamos andando pela rua ainda um pouco molhada ate que um carro passa em cima da possa d’água e molha nos dois.

MINGYU: FILHA DA P... – o carro parou e eu peguei a mão do Wonwoo que estava limpado o óculos – corre Wonwoo – corremos virando a rua.

WONWOO: Aish – colocou o óculos molhado mesmo e olhou pra mim.

MINGYU: É culpa do cara – me defendi.

Fomos ate a esquina e olhamos pra ver se ele ainda estava ali.

MINGYU: Ele ainda estava ali – sussurrei e o cara nos viu apontado o dedo pra gente correndo – merda – corremos ate minha rua entrado com tudo.

SRA.KIM: O que esta acontecendo aqui? – perguntou e Wonwoo apontou pra mim. Olhei assustado pra minha Omma.

Depois de um bom sermão subimos e emprestei uma roupa minha por Wonwoo.

Deitamos abraçado e ele começou a me beijar.

WONWOO: Dia estranho – sussurrou e eu concordei

                                         X

DINO ON

Nem sei quantos minutos eu e o DK estávamos olhando nossos sorvetes espatifados no chão do parque.

Como isso?

Um bando de ciclistas passou pela gente um pouco longe ainda e do nada quando passara caíram nossos sorvetes. 

DK: Chocolate – suspirou fazendo bico. Fiquei na ponta do pé e selei nossos lábios. Como ele não e nada aproveitador aprofundou o beijou me fazendo arrepiar.

DINO: Vamos comprar outro – to parecendo o mais velho aqui. Andamos ate a sorveteria... Fechada? – aish – reclamei choroso.   

DK: Vem meu pequeno – olhei pra ele bravo.

Sem sorvete

Ainda me chamando de pequeno

Vou deixar passar. Suspirei

DINO: Vamos em casa – peguei sua mão – vou de que acabar com meu estoque de sorvete – balancei a cabeça – péssimo dia – reclamava quando puxava DK pra casa e ele rindo concordando.

                                             X

BAMBAM ON

BAMBAM: Dia péssimo – reclamei em cima da arvore tentado pega minha bola que ficou pressa na arvore

JACKSON: Eu de ajuda, pera ai – subi no troco balançado a arvore.

BAMBAM: Jackson cuida... – o troco que eu estava fez um barulho e olhei assustado pra Jackson e também ouvi um barulho, mas do troco dele – Ai! Merda! – grite caindo com tudo no gramado do parque e Jackson na agua.

JACKSON: BamBam me ajude – gritou tentado subi no gramando

BAMBAM: Pera ai que também preciso de ajuda – me levantei com a mão do lado do corpo – vem segura minha mão – puxei o ajudando a subi.

JACKSON: Vem aqui – me abraçou me molhando todo.

BAMBAM: Ah gelado – comecei a rir e ele deitado em cima de mim com os braços esticados.

JACKSON: Aigoo como essa bola fica pressa assim? – perguntou virando por outro lado. Deitei em seu peito. Já dava todo molhado mesmo.

BAMBAM: Não se... – a bola cai bem em cima da minha cabeça – Serio? Agora? – reclamei e Jackson me beija me fazendo esquece-se da bola.

                                            X

MARK ON

JR: Hyung – me chamou – como você conseguiu fazer isso? – perguntou olhando o bolo no chão.

MARK: Eu deixei em cima da mesa – comecei expliquei – ai quando virei e eu só ouvi o barulho – disse – meu bolo, aish péssimo dia pra fazer bolo.

JR: Calma Hyung – foi pega os cacos de vidros.

MARK: Amor voce vai se corta – disse ficando do lado dele

JR: Não vou na... Ai – reclamou e peguei sua mão vendo uma bolinha de sangue na ponta do seu dedo.

MARK: Viu – suspirei puxando ele pra sala – vou pega o band-aid – sai e peguei em cima do armário. Sentei ao seu lado e coloquei o dedo na boca limpado a sangue. Coloquei e beijei seu dedo.

JR: Só ganho beijo no dedo? – perguntou manhoso. Peguei seu rosto e beije o puxando pela nunca aprofundado o beijo.

                                          X

JB ON

Os dois

Ambos no hospital

Com o dedo enfaixado

YOUNGJAE: Porta filha de uma madeira pra não fala outra coisa – reclamou do lado da sua irmã que só ria.

YURI: Oppa hoje é um mau dia pra vocês – concordei rindo.

JB: Só pode der sido o vento que móvel a porta – disse.

YURI: Mas Oppa não estava ventado aqui – disse levantados os braços pra eu pega-la. Peguei-a e me sentei no outro sofá do lado dele que ainda reclamava.

YOUNGJAE: Muito estranho isso – eu e Yuri balançamos a cabeça concordando.

JB: Deixa isso pra lá – peguei seu rosto beijando quando Yuri escondia o sorriso com as mãos.

YOUNGJAE: Aigoo – sorriu em fim. Dei outro beijo nele e na Yuri que começou a rir.

                                   X

WONHO ON

WONHO: Então Wonnie – sussurrei pra ele – como a gente vai pega-lo? – perguntei ainda olhando o gatinho em cima da arvore do meu quintal.

HYUNGWON: Faz pezinho pra mim – levantou as mangas da camisa segurando meu ombro quando eu juntava as mãos.

WONHO: Cuidado Wonnie – disse olhando pra ele tentado colocar uma perna no outro troco – CUIDADO – gritei sentido meu coração para quando ele escorregou quase caindo.

HYUNGWON: Eu estou bem – disse com a voz embasada pela força de fazia – vem gatinho aqui – o gato... olhando pra ele – aish gatinho ajuda também ne – reclamou e o gato pulo na sua cabeça passando por mim caindo no chão e depois saiu correndo.

HYUNGWON: Am... – virei e ele caiu em cima de mim.

WONHO: Ai... Wonnie você ta bem? – perguntei sentido minha costa doer

HYUNGWON: Estou bem sim. E você? – perguntou

WONHO: Muito melhor sabendo que você esta bem – beijei sua boca – com um pouco de dor – ele passou a mão pelo meu rosto e me beijou.

HYUNGWON: Péssimo dia – suspirou deitado sua cabeça no meu peito.

WONHO: Nem me fale – deitei minha cabeça no gramado.

                                  X

I.M ON

Estava arrumando as flores na estande ate que vejo Kihyun entrado com uma vaso grande fazendo força pra não deixa cair.

I.M: Hyung cuidado – disse e ele olhou pra mim sorrindo

KIHYUN: Eu consigo Chang – piscou pra mim – e voce consegue? – perguntou brincado

I.M: É claro que eu cons... – pisei no degrau errado e acabei caindo de bunda no chão – retiro que eu disse... Ai – deitei no chão.

KIHYUN: você esta bem? – perguntou rindo – vem eu de ajudo – foi se abaixa mas bateu a cabeça nas coisa de jardinagem que caiu tudo em cima dele – Aish... Mau dia – reclamou deitado do meu lado.

I.M: sabe o que ajuda nessas horas? – perguntei e ele olhou confuso – isso – beijei sua boca em um simples selar.

KIHYUN: Preciso de mais pra melhor – pegou meu rosto beijando quando eu segurava sua cintura apertado forte puxando pra perto de mim.

                                  X

THE8 ON

Estava treinando com o bastão no quintal quando ouvi Jun me chamar me assustando e o bastão voou direto na cabeça do Jun.

THE8: Oh meu deus – corri ate o muro na onde ele estava sentado com o amo na cabeça – me desculpa Jun.

JUN: Calma não foi nada – disse passando a mão pelo meu rosto me fazendo sorrir.

SRA.XU: O que esta acontec... – quando fui me levantar bati a cabeça na jarra de suco derramado todo em mim.

THE8: Uva? – perguntei e ela confirmou tentado segurar o riso – bom.

JUN: Deixa-me ver – pegou meu rosto olhando bem e me beijou na frente da minha Omma que quase gritou toda alegre.

THE8: Junnie minha Omma – deu de ombro. Sorrir e beijei-o de novo pra felicidade pra minha Omma.

SRA.XU: Agora você senhorzinho vai por banho – concordei rindo – Jun fique e come com a gente.

JUN: Claro Sra.Xu – sorrir pra ele.

SRA.XU: Aigoo... Agora vou de que fazer outro suco – balançou a cabeça indo da entrada da casa

JUN: Hoje o dia não esta muito bom – comentou e eu concordei entrado em casa.

                                   X

HOSHI ON

Eu olhava por Woozi com uma cara de choro e ele tentava me consolar.

A rodinha ainda rolava pela rua a baixo. Ambos todo ralado.

Porque logo na decida a roda ta uma de revoltada e sai do skate que estávamos brincado descendo sentado fazendo a gente rola junto.

WOOZI: A gente tenta arrumar – disse e beijou minha bochecha chegando à minha boca me beijando forte – mas primeiro precisamos cuidar da gente primeiro – olhei pra nos corpos que ambos estava ralando os joelhos.

HOSHI: Esta bem – suspirei levantado ajudado ele – mas e melhor fazer isso – peguei o skate e joguei no lixo.

WOOZI: Tem certeza? – perguntou e eu o beijei puxando pela cintura

HOSHI: Sim, agora vamos que eu quero comer bolo da sua Omma – segurei sua mão indo pra sua casa.

WOOZI: Dia pra se machucar – reclamou – mau dia.

                                       X

HYUNGWON ON

Eu

Minhyuk

Kihyun

Jeonghan

Seungkwan

DK

Wonwoo

The8

Woozi

BamBam

Junior

Youngjae

Estavamos na frente da barraquinho e sorvete da tia da Kim que conhecíamos há anos desde pequenos. Tia Yume a sorveteira mais famosa e vidente.

TODOS: O que esta acontecendo hoje Tia Yume – perguntamos irritados

YUME: Ora é só o Universo pregado uma peça em vocês – disse tanto uma gargalhada -  é um teste pra ver se o Amor de vocês e puro – gargalhou ainda mais – eu vou explicar.

Ih a tia da virando o mestre Shiufu.

Universo filho da... Vou lá sabe.


Notas Finais


Gostaram? comentem sim.
No próximo capitulo eu vou explica tudo kkkkkk
Até a próxima meus Anjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...