História Albinism - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zayn Malik
Personagens Zayn Malik
Tags Albinismo, Directioners, Doença, Preconceito, Zayn Malik, Zquad
Exibições 96
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Peço imensa desculpa pelas pessoas que leram o ultimo cap, estava errado.. mas agora é o capitulo certo.
não esqueçam de comentar

Capítulo 19 - Eighth


Fanfic / Fanfiction Albinism - Capítulo 19 - Eighth

        Zayn não responde a garota de imediato, na verdade ele acredita que encontrar a mãe de Megan não seja a melhor forma de resolver isso. E se a mãe é quem culpe tango a garota a sua frente por um crime que ela não tem nada ver?

— Deixa isso pra lá, talvez não seja uma boa ideia — Zayn da de ombros e toma um pouco de café.

— Preciso tentar... — Summer suspira e passa o dedo na borda da caneca — Posso fazer isso sozinha.

        Summer se levanta e coloca mais uma cápsula na cafeteira e depois vai até a sala ligar a televisão por que estava na hora da sua série favorita começar. Zayn observou a menina de pijama lilás e pantufas indo de lá pra cá pela cozinha e sorriu ao ver ela tão despreocupada, ele nunca ficava muito tempo na manhã com uma garota que não fosse sua mãe e suas irmãs e isso era engraçado, ele se pegou observando Summer mais uma vez. A pele totalmente branca como leite e neve, em alguns momentos ele tinha vontade de toca-lá, os cabelos tinham fios também bem brancos e bagunçados, isso indicava que ela ainda nem tinha de fato acordado. A garota era branca, era um corpo normal, não tinha curvas demais, mas isso ainda não a deixava menos bonita.

        O moreno balança a cabeça e para de encarar Summer antes que ela perceba, em seguida se levanta para colocar a caneca na lava louça e caminha da cozinha para sala onde vê Summer sentada no sofá com os pés em cima da mesa de centro, ele encara a TV e vê que ela estava assistindo uma série policial.

— Como você consegue ver isso logo de manhã? — Zayn pergunta e Summer encara o rapaz parado perto do sofá.

— Gosto de Criminal Minds.

— Você acabou de comer, isso não te deixa enjoada? — ele faz uma careta e Summer gargalha.

— Então quer dizer que Zayn Malik não tem estômago pra ver algumas cenas criminais? — ela gargalha e aproxima a caneca dos lábios e bebe o café.

— Não é isso, só é muito cedo pra ver essas coisas — diz Zayn dando de ombros e pegando seu celular e as chaves de casa.

— Já vai? Achei que teria companhia — a garota se ajeita no sofá e suspira.

— A dias atrás você pegaria um vaso pra me tirar da sua casa, agora está pedindo pra eu ficar? — ele arqueia as sobrancelhas e vê que a garota é indiferente ao seu comentário e continua prestando atenção na televisão — Tchau Summer.

        Zayn ajeita sua jaqueta de couro ao sair da casa de Summer e encara a rua vazia e a casa de Zoe, talvez fosse bom contar a ela e Morgan que a garota tinha descoberto a real razão do ódio de Megan. Mas no fim ele só desceu as escadas e caminhou para sua casa, quando entrou foi direto para a cozinha pegar um pouco de água e subiu para o quarto.
        Ao abrir as portas que davam para sua pequena sacada o rapaz acendeu um cigarro e se debruçou no parapeito.

        As janelas de Summer estavam abertas e ele conseguia ver um pouco do quarto dela e a cama bagunçada, Zayn também percebeu que as janelas do quarto dela eram as únicas de qualquer cômodo a casa que ficavam abertas durante o dia. O rapaz não demorou muito para voltar ao quarto e fazer um telefonema para sua mãe, eles conversaram um pouco sobre a estadia de Zayn em Bradford e algumas coisas que estavam acontecendo em Londres.

•••

        Zayn só trabalhava no período da tarde e a noite naquele dia, então depois de tomar um banho e se vestir ele foi direto para o restaurante. O moreno tinha bastante trabalho para fazer e coisas para organizar e se ocupou a tarde toda disso.
        Summer recebeu a visita de Zoe pela tarde, mas não comentou nada sobre a noite passada e sobre o que descobriu dos motivos de Megan para odia-lá. A garota não conseguia tirar aquela história da cabeça por que sabia que em parte tinha uma dívida com a família da garota de cabelos platinados e isso a deixava incomodada. Morgan não tinha aparecido naquele dia e Summer ficou o dia todo assistindo algumas séries e depois lendo o livro que Zayn tinha lhe presenteado.

        Quando já era meio tarde Summer decidiu que iria dar uma volta, odiava ter que ficar o dia todo em casa e não sair a noite. Ela subiu as escadas apressadamente e foi para o banheiro tomar um banho, ela encarou seu reflexo no espelho e decidiu que hoje ela iria ser ela mesma. Hoje Summer não ia esconder os cabelos cor de leite, logo quando saiu do banho ela ajeitou os cabelos lisos e a franja. Summer passou base e pó, em seguida passou bastante rimel e delineador, finalizando com um batom mais claro. A garota parou em frente ao seu guarda roupa e tentou pensar em algo para vestir, resolveu pegar uma calça skinning preta de cotele, coturnos pretos, uma blusa lisa branca acompanhada de um cardigan preto. Ela se olhou no espelho e sorriu quando viu que estava bonita.

        Summer pegou as chaves de casa e o velho celular e saiu, ela tinha pedido um táxi e resolvi ir para o centro da cidade já que ficar ali pelo bairro não era à melhor coisa a se fazer. Enquanto o carro seguia para o centro ela observou algumas ruas e bairros que ela não lembrava ter passado um dia, também avistou uma praça toda iluminada e pediu ao motorista que parasse ali.

— Obrigada — disse ela antes de sair.

— Não fique muito sozinha garota, as ruas a noite são perigosas — o senhor disse antes de partir.

        Ela deu uma volta pela praça e sentiu o ar gelado bater contra o rosto e arrepiar a sua pele enquanto andava, Summer viu as placas e tentou se localizar enquanto parava em um sinaleiro. A garota enfiou as mãos no bolso e esperou os carros pararem para que ela pudesse passar, quando viu que os carros estavam longe ela decidiu que passaria mesmo com o sinal fechado pata pedestres.

— Ninguém te ensinou que precisa esperar o boneco ficar verde? — ela sentiu alguém agarrar seu braço e a puxar novamente para a calçada, a voz era de grave e calma — Sou Liam Payne.

        Summer se virou para o rapaz que parecia um pouco mais velho que ela, o rapaz era alto e tinha a pele clara e os cabelos castanhos em um penteado alto. O rapaz estava sorrindo para Summer e ela tentou devolve-lo em um sorriso gentil.

— Minha mãe me ensinou a não falar com estranhos — disse Summer enquanto olhava fixamente para o sinal.

— Eu já me apresentei.

— Isso não é suficiente — Summer vê o boneco ficar verde e se apressa para atravessar a rua.

— Eu só estava sendo gentil. Deveria ter deixado o carro passar em cima de você, mas me sentiria culpado caso isso acontecesse — ele ri.

— Talvez eu quisesse que o carro passasse por cima de mim.

— E deixar um rosto assim ser estragado? Você me renderia boas fotos e alguns desfiles garota — Liam da risada e Summer franze a testa.

— Você deve ter uma péssima visão.

        Liam não respondeu, ele ainda estava tentando entender como aquela garota era bonita sem ter nada demais. Eles caminharam juntos por um longo caminho até chegar em uma parte da cidade que tinham vários restaurantes, então Liam lembrou que era por isso que tinha saído do hotel em que estava. Queria jantar fora a pesar do horário.

— Você quer jantar? — Liam deixa as palavras saírem sem pensar.

— Como é? — Summer para no meio do caminho e encaro o rapaz.

— Você poderia escolher o restaurante, não sabe o quanto é chato passar os dias ouvindo modelos reclamarem. É bom ter uma companhia como você.

— Nem te conheço — ela ri e revira os olhos.

— Vamos Summer, você já sabe algumas coisas sobre mim... Não vou te sequestrar — ele da risada.

        No fim ela acaba cedendo ao convite de Liam, eles entraram em um restaurante e o rapaz pediu uma mesa para os dois. Enquanto esperavam seus pedidos os dois conversaram mais e Liam contou sobre sua vida. Ele trabalhava em uma revista de moda como fotógrafo e era sócio em uma agência de modelo, Liam tinha 23 anos e tinha cursado publicidade e feito em alguns cursos de fotografia.
        Os dois tiveram um jantar muito bom, era a primeira vez que Summer tinha se sentido a vontade com alguém que mal conhecia e isso a deixava um pouco feliz.

— Obrigado pelo jantar Summer — ele diz antes de coloca-lá no táxi — Pense bem na minha proposta e se um dia for a New York me procure, tenho certeza de que será uma bela modelo.

— Certo. Obrigada Liam — a garota deu um tchauzinho e depois sorriu.

        Quando ela chegou em casa antes de sair do táxi ela viu Zayn subir a escada e dar a mão para um garota e antes mesmo de abrir a porta os dois estavam se beijando. Summer fechou os olhos e saiu do carro, lá no fundo ela sentia algo há incomodando, mas não sabia o por que. Ela e Zayn nunca teriam nada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...