História Albinism - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zayn Malik
Personagens Zayn Malik
Tags Albinismo, Directioners, Doença, Preconceito, Zayn Malik, Zquad
Exibições 138
Palavras 1.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Sixth


Fanfic / Fanfiction Albinism - Capítulo 7 - Sixth

— Mais uma por favor — disse a garota com a voz trêmula ao lado de Summer — Sabe o que é pior que terminar um namoro?

        Summer olha para a garota e a mesma está olhando para o colo e parece realmente muito bêbada, a garota ri e pega o copo que o Bar man acabou de deixar ali.

— É ficar em casa chorando! Eles nunca ficam chorando, então por que nos damos ao trabalho? Mulheres as vezes são patéticas... ele nunca vai se importar se você está chateada como nós nos importamos — A morena vira mais um gole e limpa a boca com o dorso da mão.

— Você deve ter razão — diz Serena, a garota apóia os cotovelos na mão e brinca com o copo vazio.

        A garota ao seu lado esfrega as mãos na saia justa e ri alto e só então Summer percebe que ela está chorando, ela não tinha ideia do que fazer para a garota parar de chorar, nem sabia se devia se dar ao trabalho. A menina encara Summer e limpa as lágrimas, e dá um sorriso.

— Já namorou? — Summer nega — Sorte sua. Você me lembra alguém...

— Alguém? — Summer questiona e tenta não encarar muito a garota.

— Deve ser a bebida, aliás, preciso ir ao banheiro... — a garota levanta cambaleando e Summer levanta atrás dela, ela não sabe o que está fazendo, mas algo lhe diz que ela precisa ir atrás da garota morena.

        Summer encontra o banheiro com facilidade e vê a garota sentada no chão de uma das cabines e vai até ela. A garota está vomitando e parece fraca, Summer pega um pouco de papel e tenta ajudar a menina, as duas ficam ali por cerca de meia hora até que a morena se sinta um pouco melhor.

— Obrigada por me ajudar — diz a garota para Summer.

— Tá — ela estende a mão e a garota a agarra, Summer encara a mão da garota e seu tom de pele.

— O que foi!? — diz a menina tentando chegar a pia para lavar o rosto — Ei, tudo certo aí?

        " Vocês são como café e leite, uma ótima combinação" — a voz da mãe de Summer ecoa em seus pensamentos e a garota precisa balançar a cabeça para afasta-los.

— Você é esquisita... deixe eu me apresentar, Morgan Stanley — Morgan sorri para Summer e então pega a bolsa um rimel e batom.

— Summer...

— Já ouvi esse nome — Morgan diz antes mesmo de Summer terminar de falar, a morena sorri ao se lembrar — Já sei, em uma noite dessas você bateu em mim!

— Que? — Summer pergunta confusa.

— É, você estava com a mão sangrando e te ofereci ajuda, mas você não quis.... Legal te encontrar, garota misteriosa — Morgan fala rindo.

        As duas saem do banheiro e Morgan paga outra bebida para Summer, a morena estava bêbada e por isso pediu água. Também pediu desculpas a Summer por falar aquilo sobre namoros, é que ela precisava desabafar com alguém e Summer parecia ser uma garota legal.

— Quer uma carona? — Morgan pergunta a Summer e a mesma nega — Não vou dirigir ok? Pensei em dividirmos o táxi...

— Estou bem... e moro longe daqui — Summer da a primeira desculpa que pensa e Morgan ri.

— Ok, garota mistério... Não vou insistir — a morena sorri para Summer e da um Tchau antes de entrar no carro.

        Summer não iria contar a Morgan onde ela morava, até por que a chance de ver ela novamente seria de uma em um milhão. Também não queria ser zoada pela garota caso ela soubesse sobre a fantasma da casa.

•••

        Na manhã seguinte Summer se despedia de Zoe com um abraço, as duas estavam paradas no meio da sala e Summer sorria assim como a senhora de cabelos grisalhos. Depois que Zoe saiu, a garota de cabelos brancos foi até a cozinha e colocou uma cápsula de café na cafeteira e se jogou no sofá para assistir à um filme.
        Há um ano atrás um amigo de Zoe que trabalhava em uma dessas empresas de assinatura de canais, instalou um ponto na casa de Summer. Ele sabia que era ilegal e contra regulamentos, mas não deixaria de ajudar uma amiga próxima. E desde então é isso que Summer mais adora fazer, depois de tomar café e sair para dançar. Óbvio.

        Zayn encostou na sacada de seu quarto e tragou um cigarro, ele estava esperando uma ligação de sua mãe e pensava no que poderia fazer para sair do tédio. O bairro onde morava não era tão movimentado, muito menos a rua. O rapaz viu um táxi parando em uma casa e a mesma mulher que lhe cumprimentou um dia saiu de casa com duas malas, por um momento Zayn imaginou quem ela seria ou para onde estaria indo.
        Ele só parou de pensar nisso quando ouviu seu celular vibrar e ver o nome da sua mãe no ecrã, ele apagou o cigarro e o jogou fora, em seguida atendeu o celular e ouviu a voz de sua mãe toda animada.

— Oi querido, como está? — sua mãe pergunta é Zayn cruza as pernas e se escora mais na sacada.

— Estou bem mãe, e aí?

— Estamos com saudades, já arranjou algo por aí? — a mulher perguntou um pouco curiosa e Zayn suspirou.

— Não, preciso me adaptar por aqui. Mas tenho certeza que logo conseguirei algum emprego — ele responde, Zayn fecha os olhos e ouve sua mãe.

— Nós estamos com saudades, não acha que seria melhor voltar e... — a mulher começa; porém Zayn interrompe.

— Não mãe, não começa com isso de novo — diz a rapaz irritado.

— Desculpa — ela pede sem jeito — Só liguei para ter noticias.

— Esta tudo bem, mando mensagens se caso acontecer alguma coisa.

— Tá, Tchau querido...

        Zayn enfia o celular novamente no bolso e pega o maço de cigarro, e acende mais um.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...