História Alcohol - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~planaboys

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Agst, Bts, Drama, Taekook, Vkook
Exibições 124
Palavras 262
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente da saga "Caras nocivos" essa é Alcohol.
A primeira foi Cigarettes, com Shawn Mendes.
Ficou curtinha mas causou o efeito que eu queria.
Eu particularmente fiz essa vkook em homenagem a vkooka que eu mais amo no mundo, a melzinha (@jenwgguk).
Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único - Jeon Jungkook, o álcool.


O principal problema de se viciar em algo nocivo, é que você consegue ver, consegue perceber que aquilo lhe faz mal, mas não é capaz de abandonar por ter se tornado completamente dependente dessa coisa.

Eu sabia desde o começo que o seu efeito era idêntico ao da droga mais utilizada no mundo, mas eu agi como se não me importasse, pois isso era gratificante tanto quanto era doloroso. Por alguns instantes, era bom ser alcoólatra, mesmo que nos outros fosse algo completamente agoniante e desgastante.

Eu ficava feliz enquanto me tocava, mesmo que depois fosse ficar triste por saber que eu não era o único a sentir seu toque.

Entrava em êxtase quando era preenchido por você, mesmo sabendo que depois entraria em tormento ao saber que também preenchia outros.

Sorria quando seu sorriso afrodisíaco se dirigia a mim, mesmo que depois fosse chorar por recordar que ele é direcionado a todos.

Eu, Kim Taehyung, não passava de um Jeoncólatra, viciado e sujeito a depender submissamente de Jeongguk.

Afogado nesse copo cheio de você, ficava inconsciente e perdia cada vez mais a razão a cada gole dado por mim.

Enquanto sua garrafa passava por todos eu continuava aqui, estático, esperando que retornasse a minha mão, para acabar com essa sede e sentir novamente aquela ardência que tanto me feria quanto saciava.

E então eu bebia de você, sem me importar com o alto teor de cada dose fatal que recebia pois, no final, não me importava se entraria em coma, desde que esse coma fosse alcoólico e o álcool fosse você.


Notas Finais


Então, é isso.
Tia sana ama vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...