História Além da amizade (Camren) - Capítulo 79


Escrita por: ~

Exibições 664
Palavras 2.247
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores <3

Capítulo 79 - Merry Christmas


Fanfic / Fanfiction Além da amizade (Camren) - Capítulo 79 - Merry Christmas

''Eu não quero muito neste natal

Só tem uma coisa que eu quero

Eu não me importo com os presentes

Embaixo da árvore de natal

Eu só te quero pra mim

Mais do que você pode imaginar

Faça com que o meu desejo se realize

Tudo o que eu quero neste natal é você'' 

-Fifth Harmony (All I Want For Christmas Is You)

[4 dias depois]

 Lauren resolveu comprar duas passagens para o Brasil, iriam de avião e voltariam no mesmo dia, queria apenas voltar ao local em que tudo começou, o club onde viu Camila pela primeira vez, quando falaram pra família insistiram em ficar com Carmen, como ela ainda é muito novinha não queriam deixá-la viajar então deixaram a pequena com Sinu e separaram uma pequena malinha pra irem juntas até lá.

-você me surpreendeu, nunca pensei que voltaríamos aquele lugar, sinto falta mas eu amo a nossa vida aqui em Miami

-eu sempre tive vontade desde que nos casamos, agora precisamos ir pro aeroporto se não vamos perder o horário

-vou sentir saudades da nossa princesa

-eu também, mas a gente volta ainda hoje, estava indo assim cedinho da manhã para voltar de tarde pois ás 17:30 temos que estar na chácara, sua mãe irá cuidar bem dela

As duas saíram indo pro aeroporto. Dentro de 45 minutos elas desembarcaram no Brasil, Camila estava animada para escolher o local que iriam ficar mas Lauren já tinha planos, não podiam demorar ali. Foram então juntas até o club, ainda funcionava as aulas de dança, porém havia uma nova professora e na sala onde Lauren trabalhava, outra secretária, elas entraram sem fazer barulho e observaram um pouco da aula, agora era apenas pra crianças e tinha outras várias atividades no lugar, quando acabou a professora se aproximou delas

-Oi, meu nome é Rachel McAdams, vi as duas entretidas assistindo a aula, resolvi cumprimentá-las

-muito prazer, Camila Cabello e essa é a minha esposa Lauren Jauregui

-seus nomes não me é estranho

-eu fazia aulas aqui antes de ganhar uma bolsa pra Miami juntamente com minhas amigas Ally, Dinah e Normani que era a antiga professora, tomamos outros rumos apesar de ter começado a vida lá com a dança

-e eu trabalhava aqui de secretária, qual o nome da nova?

-Amanda Seyfriend, é uma boa profissional -olhou para a garota que estava com seus olhos fixos no computador e sorriu, Camila logo lembrou de quando suspirava olhando pra Lauren através daqueles vidros

-e a administração do club, ainda é do Austin Mahone?

-não, ele e sua esposa Alexa Ferrer estão falidos, a pouco tempo descobriram que parte do dinheiro que ele dizia ser reservado para ajudar uma instituição de crianças carentes era enviada para uma conta dele

-que pilantra! quando eu trabalhava aqui não soube sobre instituição alguma

-ele inventou isso tudo não faz muito tempo, quase foi preso, para pagar a dívida teve que abrir mão do club

-bem feito, não tenho boas lembranças desse homem

-eu preciso ir agora, está no meu horário, foi um prazer

-o prazer foi nosso Rachel, está fazendo um ótimo trabalho aqui

-obrigada!

A moça se retirou e as duas observaram a secretaria por poucos segundos antes de sair e se aproximarem da enorme piscina

-eu lembro quando te fiz entrar comigo

-saber que estava ali do meu lado me fez perder o medo, mas a melhor parte foi o quase beijo, quando caímos uma por cima da outra, eu tive que reunir muita força dentro de mim para não beijar você

-eu tive tanto medo de meus sentimentos não serem correspondidos

-foi inevitável não se apaixonar por você meu amor, quer dar um mergulho? podemos deixar a mala aqui no canto

-mas onde vamos ficar?

-surpresinha!

-vamos então, mas não podemos demorar, nossas passagens de volta fora compradas pra 16:00 da tarde

-relaxa, vai dar tudo certo bebê

Pegaram os biquínis dentro da mala e se trocaram rapidamente no banheiro entrando na piscina

-é como estar revivendo nosso passado, mas somente as partes boas

-foi nessa intenção que te trouxe até aqui, porque amo as nossas lembranças, os momentos que passamos juntas

Beijaram-se e não demoraram tanto lá, logo voltaram pro banheiro se secando e voltando a se vestir. Lauren ao sair do clube com sua esposa chamou um táxi e colocou uma venda nos olhos da latina

-onde vai me levar amor?

-você logo vai ver, fica ai quietinha

Em poucos minutos o carro chegou no lugar deserto, com apenas uma Cabana, o lugar onde Lauren costumava ir pra fugir dos problemas e onde elas haviam tido bons momentos também, após pagar o taxista e pedir para que retornasse ás 15:00 caminhou segurando na mão de sua garota até chegar na porta

-agora pode tirar a venda

Quando ela viu onde estava sorriu pra Lauren lhe envolvendo em um abraço

-estamos realmente revivendo tudo! essa cabana! que saudades! foi onde você me deu o colar de lua, e você ficou com o do sol, está guardadinho em uma caixinha na nossa casa

-foi onde também discutimos e depois nos acertamos fazendo amor logo em seguida -sorriu com a lembrança

-lembro bem de cada detalhe

-está limpo aqui, talvez outra pessoa tenha encontrado esse lugar, é bom que não fica abandonado

-olha! tem velas aqui lolo

-de fato alguém encontrou a ''minha'' cabana, provavelmente um casal

-mas agora ela é nossa, pelo menos por esse momento, e tem um colchão enorme aqui pra gente, quer reviver também a parte que a gente fez amor aqui? -arqueou as sobrancelhas e não precisou de mais nada para ter sua garota unindo seus lábios aos dela

Não se importaram se o colchão era um pouco velho ou se haviam um pouco de poeira em alguns lugares da pequena cabana, só as duas importavam e o sentimento que as uniam, fizeram amor ali como antes, no período que namorava, e agora faziam novamente depois de casadas, estavam adorando reviver tudo aquilo e sentir-se feliz por isso. Lauren beijou cada parte do corpo de sua esposa, tocou suas coxas belas e barriga lisinha, seus seios pequenos e graciosos e mordeu o lábio inferior da garota, em seguida beijou sua boca de forma apaixonada e intensa, seus corpos se tocavam, seus dedos já trabalhavam em penetrar Camila freneticamente enquanto ela fazia o mesmo, pareciam estar em ritmos sincronizados, envolveram-se ali até chegarem juntas ao ápice, suspiraram e deitaram-se lado a lado

-eu te amo baby

-eu também te amo lolo, muito! a gente vai ficar aqui mesmo ou vai pra algum hotel?

-eu pedi ao taxista que viesse nos buscar ás três, é o tempo que levaremos para ir pro aeroporto, eu trouxe algumas coisas pra gente comer, mas é besteira, tipo, biscoito, doces, se estiver com muita fome ai a gente pode ir pra algum hotel

-não, eu estou bem, só quero ficar quietinha contigo aqui

Agarrou-se a Lauren e beijou seu rosto

-você é tão quentinha, é tão bom te abraçar

-é? pois fica aqui coladinha em mim, não sai pra nada

Apenas vestiram-se e voltaram pra mesma posição que estavam, ficaram grudadas ali por horas, conversando e relembrando momentos delas juntas. Pontualmente ás 15:00 ouviram uma buzina lá fora, o taxista tinha chegado, entraram no carro e foram pro aeroporto, demorou meia hora da cabana até lá, quando chegaram faltava apenas 30 minutos pra entrarem no avião, pegaram a fila e ficaram logo lá dentro. Retornaram a Miami ás 17:00, foram direto pra casa dos Cabello pegar a Carmen e dar uma passadinha em casa, como era véspera de natal, Camila e Lauren se organizaram juntamente com suas amigas para irem pra chácara, já haviam combinado sobre essa ida a dias atrás, partiriam para lá por volta das 17:30, a latina estava com Carmen no braço dando mingau pra ela enquanto Lauren dava a comida do cachorro

-amor a gente vai levar o Charlie né? não quero que ele fique aqui sozinho

-sim baby, ele vai junto com a gente

-vai dar pra todo mundo?

-vai sim, não se preocupe, lá e grande, espaçoso, tem um quarto para os seus pais com a Sofi e um para os meus, tem um para Dinah e Normani, elas vão levar o carrinho da Daya para ela dormir nele e o Alec dorme junto com elas, tem outro quarto que será pra Troy, Ally e Ian e claro, o nosso e da nossa pequena, iremos levar o carrinho também, é bom que ela fica pertinho da gente durante toda a noite, ah e tem o Chris e a Tay, mas eles falaram que armam redes na varanda, tem armadores lá e provavelmente deve ser muito bom dormir ali sentindo o vento, como é uma propriedade privada não tem perigo

-ótimo! irá levar bebida?

-sim, será nosso primeiro natal junto a nossa filha, quero comemorar e se divertir

-mas não exagera tá?

-eu sei amorzinho, ninguém irá beber ao ponto de ficar bêbado, estragar a noite é tudo que eu não quero

-já mandou o endereço para os nossos pais?

-sim, e falei a hora para chegarem lá, papa irá fazer um churrasco delicioso

-humm, já fico com água na boca só de imaginar -Carmen soltou a mamadeira e botou a língua pra fora

-olha amor! acho que ela vai aprender rapidinho a dar aquele sorriso com a língua entre os dentes que você faz e que me deixa toda derretida

-ela está cada dia mais espera, né meu amor? -beijou o topo da cabeça dela

-ela é nossa, as vezes fico repetindo isso várias vezes em frente ao espelho, é como se não acreditasse ainda sabe? como se a ficha ainda não tivesse caído de que temos uma baby assim tão linda!

-ela deixou tudo ainda melhor do que já estava

-com certeza!

-amor, eu amei a viajem, mesmo que super rápida, obrigada! melhor presente de Natal

-fico feliz por ter gostado -deu um selinho rápido nela

Depois de organizarem algumas coisas partiram de carro pra chácara, ao chegar seus familiares já estavam em frente a espera, Normani, Dinah e Ally chegaram quase que na mesma hora que elas. Depois que colocaram as coisas no quarto Mike começou a arrumar a churrasqueira com as carnes, haviam trazido o bastante pra fazer sobrar. Enquanto as crianças dormiram todos estavam cooperando para ajudar, Clara e Sinuhe ficaram encarregadas do jantar, Chris colocou uma enorme mesa para fora, o jantar seria servido lá sob a luz da lua e estrelas quando anoitecesse, logo a frente tinha o enorme roseiral.

(...)

Alec corria de um lado pro outro brincando com Ian

-cuidado meu bebê, não corre assim tão rápido pra não cair

-Dinah ele sabe andar direitinho

-mas ainda se desequilibra em alguns passinhos, temos que ficar de olho

-você é uma mamãe coruja mesmo

-eu assumo, sou mesmo -deu um selinho em Normani

Troy e Ally estavam abraçados observando o filho brincar

-ele está cada dia mais esperto e lindo

-se parece contigo

-ah Troy, assim fico com vergonha

-acho mais lindo ainda quanto você fica assim vermelhinha minha pequena, te amo tanto sabia?

-sim eu sabia, mas amo te ouvir falar isso

-sempre te direi todos os dias, te amo! -beijaram-se

Clara estava observando Mike que estava preparando o churrasco e Sinuhe estava sentada no batente da entrada para a casa com a cabeça encostada no ombro de seu marido

-nossa Kaki está tão feliz! até parece que foi ontem que a gente viu ela do tamanho da Sofi, agora já e uma mulher casada, nos deu uma netinha

-o tempo passa depressa que a gente nem nota

-desejo que o casamento das duas seja recheado de amor sempre!

-assim como o nosso -olhou para Sinu com um olhar apaixonado e depositou um beijo no rosto dela

Camila e Lauren estavam sentadas próximo o roseiral, Carmen dormia nos braços da mãe

-lolo não quer ir deitar ela no carrinho?

-não, deixa ela aqui mesmo com a gente,coloquei a mantinha por causa do frio então não tem problema. viu seus pais no maior amorzinho ali?

-sim rs eles sempre são assim, isso me deixa feliz

-a Sofi também parece animada, não sei o que ela fala tanto com a Tay e o Chris

-curiosa! eles se dão super bem né? gosto de ver nossa família assim unida, eu sinto o amor pairar por todo lugar, olharam pra Norminah, Trolly, Clara com o Mike e Sinuhe com Alejandro

-eu também sinto

Beijou Camila e logo ouviu Michael fazendo que a carne estava no ponto, Daya e Carmen ficaram no carrinho dormindo enquanto suas mães serviram-se de um delicioso jantar e provaram do churrasco maravilhoso, abriram algumas latas de cerveja para comemorar, logo daria meia noite e seria Natal. Lauren assim como prometeu não exagerou na bebida, apenas tomou duas latinhas. Quando o relógio marcou meia noite todos sorriram se abraçando e desejando um Feliz Natal, Lauren correu até o roseiral e tirou uma rosa indo até Camila

-feliz natal meu amor! nosso primeiro natal junto de nossa princesa, que venham muitos e muitos anos pela frente, sou a mulher mais feliz desse mundo por tê-las na minha vida -entregou a rosa

-obrigada amorzinho! Feliz Natal, te amamos! -disse olhando para a pequena Carmen e em seguida fitando os olhos verdes de sua esposa que estavam fixos nos seus olhos castanhos.

''Melhor do que todos os presentes por baixo da árvore de Natal é a presença de uma família feliz.''

 

 

 


Notas Finais


nos vemos em breve ^^ bjs

se tiver algum erro depois corrijo viu? ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...